Todos os posts de Lincaos

Jornalista, ator e cineasta, assessora festivais de manhã, escreve em jornais diários à tarde e aceita farras à noite.

Projeto Falando de Samba homenageia Beth Carvalho no Guarany

Por Prefeitura de Santos

Nesta quinta-feira (16), a partir das 20h, a edição do mês do projeto Falando de Samba vai prestar uma homenagem a cantora Beth Carvalho. A roda de samba, comandada por Rubens Gordinho, será realizada no palco do Teatro Guarany (Praça dos Andradas, 100, Centro Histórico).

Entre os músicos convidados da noite, destaque para cantora Monna Brasil, que vai cantar grandes sucessos de uma das maiores interpretes do samba, falecida no último dia 30, aos 72 anos. Os ingressos gratuitos podem ser retirados no dia do evento, na portaria do Teatro Guarany, a partir das 19h30.

Vilas Criativas têm sessões de cinema gratuitas no fim de semana

Por Prefeitura de Santos

As Vilas Criativas de Santos têm sessões de cinema gratuitas no fim de semana. Na unidade da Vila Progresso – Sala Maurice Lègeard (Rua Moisés, antiga Rua 3), a programação de sexta-feira (17) traz sessões da fantasia/aventura ‘Goosebumps 2 – Halloween Assombrado’, às 18h30 e 20h30. Já na Vila Criativa do Morro da Penha (Rua Brigadeiro Newton Braga), que abriga a Sala de Cinema Carlos Mauri Alexandrino, o destaque de sábado (18) é a ficção/aventura ‘Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros’, com sessões às 15h e 17h10.

‘Goosebumps 2’ se passa em Wardenclyffe, nos Estados Unidos, às vésperas do Halloween, quando Sonny (Jeremy Ray Taylor) e Sam (Caleel Harris), grandes amigos, encontram um livro incompleto guardado dentro de um baú. Ao folhearem a obra, despertam o boneco Slappy (Avery Lee Jones). Criação do autor R.L. Stine (Jack Black), o brinquedo usa os jovens e a irmã de Sonny, Sarah (Madison Iseman), para criar sua própria família.

Já ‘Jurassic World’ mostra o Parque dos Dinossauros, onde público tem a chance de ver de perto espécies de répteis que até então estavam extintas. Porém, um dos animais, resultado de experiência genética, desenvolve alta inteligência e vira uma ameaça aos visitantes. Os ingressos para as sessões, gratuitos, são distribuídos 30min antes. As projeções nas Vilas Criativas são resultado de parceria entre as secretarias de Governo (Segov) e de Cultura (Secult).

4º Santos Film Fest abre inscrições para voluntários

Por Secult Santos | Foto: Thainara Macedo

O 4º Santos Film Fest – Festival Internacional de Filmes de Santos, que ocorre de 26/jun a 3/jul, está com inscrições abertas para voluntários. Estudantes de cinema, comunicação, pessoas com experiência em monitoria, produção, cobertura audiovisual, mídias digitais, texto, amantes da sétima arte e demais interessados podem preencher o cadastro no link até o dia 20/mai. Os selecionados serão contatados por e-mail.

Com o tema ‘Deixe a Arte Entrar’, o festival terá projeções e atividades gratuitas em diversos espaços de Santos. Serão exibidos dezenas de filmes, nacionais e estrangeiros, curtas e longas-metragens, além de exposições e bate-papos. Mais detalhes da programação e das inscrições dos filmes serão divulgados em breve no site, no Facebook ou pelo Instagram.

Orgulho Nerd é tema de roda de jogos na Gibiteca de Santos

Por Prefeitura de Santos

A Roda de Jogos 27, do grupo R&B Para Todos, antecipa a comemoração do Orgulho Nerd, na Gibiteca Marcel Rodrigues Paes (Posto 5, orla do Boqueirão). O evento gratuito ocorre neste sábado (18), a partir das 13h, com sessões de Tormenta RPG, 7° Mar, Aventuras, Foices & Feitiços e 13° Era.

As mesas serão comandadas por Caio Vinicius Cousem, Murilo Timóteo, Marcos Moraes e Samma. Na programação ainda haverá o wargame Gasland e diversos boardgames para quem quiser jogar.

Além disso, os participantes poderão ganhar brindes e participar de sorteios de Amigurumis de Mímicos, produzidos pelo Amigurarts. O R&B Para Todos tem apoio da Secretaria de Cultura (Secult); loja Caverna do Dragão e editoras nacionais de boardgames e RPG.

Dia do Orgulho Nerd

Celebrado no dia 25 de maio, o Dia do Orgulho Nerd ou Dia do Orgulho Geek é uma iniciativa que teve origem na Espanha em 2006, e se espalhou pelo mundo através da internet, com a proposta de promover a cultura nerd/geek.

A data foi escolhida para comemorar a estreia do primeiro filme da série Star Wars, o ‘Episódio IV: Uma Nova Esperança’, que ocorreu em 25 de maio de 1977. A data também coincide com o ‘Dia da Toalha’, para os fãs da obra ‘O Guia do Mochileiro das Galáxias’ e com o Glorioso 25 de Maio, para os entusiastas da série Discworld.

Jovens refletem sobre vida e morte no Teatro do Kaos esta semana

Por Lincoln Spada | Foto: Bruna Quevedo

Uma geração de jovens artistas sobem ao palco do Teatro do Kaos esta semana para refletirem sobre vida e morte, tempo e tabu. Tratam-se das peças ‘O Suicídio mais bonito do mundo’ neste sábado (dia 18), às 20 horas, e ‘Resíduos’, no dia seguinte (19) e no mesmo horário, no Largo do Sapo (Sítio do Cafezal, Cubatão). Com ingressos a R$ 5,00, as sessões compõem a Campanha de Popularização do Teatro.

No monólogo ‘O Suicídio mais bonito do mundo’, Mariana Nunes aborda: já se sentiu a um passo da queda? A obra é um devaneio de realidades e ficções poéticas sobre um corpo que oscila entre a identidade e a existência das suas próprias dores. Mariana assina o texto, Fabiano Di Melo dirige e opera a luz, enquanto o som é operado por Luiz Guilherme, estes sob a orientação de Nelson Baskerville. Classificação: 16 anos.

Já ‘Resíduos’ é baseada nos versos do poema homônimo de Drummond. O teatro aborda os poucos que deixamos nas pessoas e no mundo, e o que estes interferem em resquícios de nossos dias. Assim, convida a plateia a escavar memórias sobre o que produzem ao longo de suas próprias vidas.

Com dramaturgia coletiva, a obra tem direção de Dario Felix, que também assina a sonoplastia com Marcelo Marinho. No elenco, Felippe Alves, Marcus Di Bello e Paola Caruso, sendo que os dois últimos são responsáveis respectivamente pela iluminação e figurino. A orientação é de Luiz Fernando Marques. Classificação: 16 anos.

Com sede no Teatro do Kaos, a Campanha Pública de Teatro conta com 10 espetáculos em 30 dias entre abril e maio. Na semana seguinte, entram em cartaz ‘Nostalgia do Amor Ausente’ (dia 25) e ‘Benjamin – O Filho da Felicidade’ (dia 26). Confira a programação completa em: fb.com/teatrodokaos.

Palácio das Artes promove workshop de contação de histórias

Por Prefeitura de Praia Grande

Na próxima sexta (17/mai), o Palácio das Artes (Av. Pres. Costa e Silva, 1600/Praia Grande) promove uma atividade diferente, voltada para educadores, universitários, profissionais de recreação, pais e público em geral. Sem inscrição prévia, o workshop gratuito de Contação de Histórias acontece às 15h, com convidados muito especiais, que levam muita magia e diversão à criançada.

Mediado pela professora Marcia Eloriaga, o workshop visa ensinar profissionais da área da educação e público em geral algumas técnicas especiais educativas para ensinar a criança através de histórias, relacionando o mundo real com atividades lúdicas. Os contadores de histórias Tatiana Félix, Maria Helena Stamado e Myller Oliveira participam do workshop, falando sobre as experiências, técnicas e amor pela atividade.

Myller Oliveira é o “contador de histórias oficial” do Palácio das Artes. Funcionário do Museu da Cidade há sete anos, Myller faz parte das ações educativas, que recebem crianças em geral, além de alunos das escolas de educação especial de Praia Grande. A formação teatral é uma das principais fontes de inspiração de Myller.

“Me formei no Teatro do Kaos, de Cubatão, e toda a experiência e vivência que tive com nomes importantes do teatro regional me ajuda a realizar o trabalho de contação de histórias, principalmente com os alunos especiais. “Quem ganha sou eu em ter a oportunidade de interagir e levar alegria a esses alunos”.

Além das técnicas, Myller afirma que a intuição é sua principal base de trabalho. “É importante sentir o momento, o que podemos passar para a criança e de que forma isso pode ser feito, qual abordagem utilizar. Contar histórias é algo que transforma sentimentos e proporciona o desenvolvimento da imaginação, e essa responsabilidade é grande e gratificante”.

Cia. de Dança de Cubatão concorrerá por semanas em novo quadro do Faustão

Por Lincoln Spada

A Cia de Dança de Cubatão concorre com outros coletivos do segmento ao vivo neste domingo (19/mai), a partir das 18h, no Domingão do Faustão. Trata-se do concurso ‘Dança de Grupo do Faustão’, onde o grupo dirigido pela secretária de Cultura, Vanessa Toledo, foi nomeado pela emissora de Cia. Cubatão.

No quadro da TV que servirá de ‘esquenta’ para o tradicional ‘Dança dos Famosos’, oito grupos apadrinhados respectivamente por ex-participantes do quadro de celebridades se intercalarão por semanas em performances de dois minutos. A cada apresentação, o desafio de um novo ritmo – a primeira sessão será de estilo livre.

Assim, o grupo cubatense de jazz contemporâneo apadrinhado por Hortência concorrerá com: Cia Vera Passos (CE) de jazz, hip hop e sapateado; Filhos do Samba (RJ), afro, gafieira e sapateado; Sigma (SP), danças urbanas; Cybernétikos (SP), hip hop; Sashas (PR), danças urbanas, jazz e dança contemporânea; Imperadores da Dança (PR), passinho, afro, hip hop e popping; e Kahal (SP), hip hop, house e tutting.

Ranking será por júri popular

O quadro não contará com jurados, sendo a votação por júri popular: soma-se as notas da plateia com os votos dos telespectadores pelo site no Gshow. O grupo já tem experiência em competições. Colecionou prêmios em diferentes categorias nos festivais de Dança de Joinville, Valentina Kozlova (EUA), Passo de Arte, Bravos, entre outros.

Vanessa ressalta: “A participação neste programa é uma vitrine para a Cia e uma oportunidade de mostrarmos tudo o que temos batalhado durante todos esses anos. Fazemos nosso trabalho com muita dedicação e tenho certeza de que isso, aliado ao talento de cada um da equipe, soma no resultado sempre”.

Prêmio financiaria grupo artístico

A importância do voto é que o concurso da Globo consagrará o campeão em R$ 100 mil, valor que corresponderia o custeio da Cia. de Dança no próximo semestre. Há oito meses, o coletivo não recebe repasses da secretaria municipal de Cultura: a lei que o financiava acima de R$ 170 mil anuais por uma década foi declarada inconstitucional em 2018.

Enquanto o Poder Público busca outro modelo de financiar a companhia, a própria secretária de Cultura se tornou proponente pelo grupo na Lei Rouanet desde o ano passado. Empresas podem patrocinar o plano anual com itinerância da companhia orçado em R$ 375 mil. Até o momento, não foram anunciados investimentos ao projeto na plataforma federal.