Arquivo da categoria: Guia de artes

Confira aqui a programação gratuita da 44ª Semana Afonso Schmidt

Informações da Prefeitura de Cubatão

Oficinas de arte, projeção de filmes e obras literárias marcam 44ª Semana Afonso Schmidt, que ocorre de 24 a 28/jun. Dentro da programação, estará aberta a Sala Afonso Schmidt, com objetos e fotos do poeta-escritor na Biblioteca Prof. João Rangel Simões (Av. Nove de Abril, 1977, Cubatão), local de toda a programação gratuita do evento.

A semana tem início dia 24/jun (segunda), com palestras do historiador Francisco Rodrigues Torres, às 10 e 15h, sobre “Afonso Schmidt – Cidadão do Mundo”. Já às 14h, na sala de pesquisa, tem a oficina de arte “Releituras: Poesias de Afonso Schmidt interpretadas por desenhos”, com a artista visual Dani da Guarda. Evento destinado a crianças de 7 a 12 anos.

Dia 25, às 9h, recital da Escola Técnica de Música e Dança “Ivanildo Rebouças da Silva”. E às 14h, a ilustradora Nice Lopes coordena a oficina de arte para crianças “Autorretratos com carimbos”. Dia 26, às 9h, manhã musical com a Associação Laranjeira, já às 14h, a contadora de histórias Nalva Leal realiza oficina de dobraduras. Às 15h, bate-papo literário com escritores cubatenses.

Dia 27, às 15h, sessão de curta-metragens e ‘teasers’ variados com o tema universo literário, sob a curadoria de Madeleine Alves. Já às 19h, os editores Valdir Alvarenga e Irene Estrela Bulhões lançam a edição nº 105 da Revista Mirante. Dia 28, das 8 às 12h, a calçada em frente à biblioteca ganhará uma banca para doação de livros, com o apoio da Editora Escala. No mesmo horário tem a exposição de textos de alunos da rede municipal de ensino elaborados com base nas obras de Afonso Schmidt.

A partir das 10h estão programadas atividades culturais incluindo a doação de livros e sarau literário na Praça Afonso Schmidt (próximo da Rodoviária), Vila Couto. Das 15 às 17h, o arquiteto Carlos Roque coordena um bate-papo sobre seus trabalhos com Urban Sketchers Santos e Rio de Janeiro, com exposição de desenhos. E das 19 às 22h, tem noite de autógrafos do escritor cubatense Natan Alencar. Ele lança o livro “Flores e Pedregulhos”.

Afonso Schmidt nasceu em Cubatão em 1890 e morreu em São Paulo em 1964. Foi jornalista, escritor, dramaturgo, e participou ativamente da política brasileira. De volta para São Paulo, trabalhou na Folha de S.Paulo e no Estado de S.Paulo. Ali publicou os romances ‘A Sombra de Julio Frank’, ‘Zanzalá’ e ‘A Marcha’. Foram mais de 40 livros publicados, dentre os quais, ‘O Menino Filipe’, ‘A Vida de Paulo Eiró’, ‘São Paulo de meus Amores’ e ‘A Primeira Viagem’.

No Dia de São Pedro, Instituto Procomum realiza seus festejos na Vila Nova

Informações do Instituto Procomum

O Instituto Procomum realiza a sua festa junina neste sábado (29/jun), das 15h Às 21h, na Rua Sete de Setembro, 52, Vl. Nova. O evento contará com comidas típicas, quadrilha, forró, brincadeiras e feira de brechó. Com entrada franca, os recursos arrecadados auxiliarão na sustentabilidade dos grupos e projetos do LABxS, realizado pelo instituto.

A programação contará às 15 horas com batalha de repente, às 16h com desfile Favela Fashion Dique, às 16h30 com discotecagem, às 18h com apresentação de forró com Nanda Queiroz e Trio com a organização de uma tradicional quadrilha junina. Por fim, nova sessão de discotecagem às 20 horas. O espaço conta ainda com barraquinhas, correio elegante, caldo verde, pamonha e muito mais.

Segue convite dos organizadores: “Bem, chegou a melhor época do ano: tempo de arrastar a chinela, beber vinho quente e quentão, comer tudo com milho, cheirar os cangote no xote, pular fogueira, mandar correio elegante, fazer calo na mão de tanto fazer bandeirinha, usar roupa xadrez sem culpa”.

‘Redes e Economia da Cultura’ pautam roda de conversa no Sesc Santos

Por Sesc Santos

O Sesc Santos realiza nova oficina de formação do grupo gestor de seu futuro mapeamento artístico, cultural, ambiental e turístico da Baixada Santista. O evento gratuito e aberto na parte da manhã (das 10h às 13h30) para o público será nesta terça-feira (25/jun), na sede da instituição (Rua Conselheiro Ribas, 136/Santos).

O tema do encontro será ‘Redes e Economia da Cultura’, com Alex Barcellos e Thiago Vinícius. Como as rede de bens e serviços culturais dialogam com o acesso à cultura e a ocupação democrática dos espaços?

Quais as formas que a produção, o comércio, o consumo e as finanças podem assumir nas redes de bens e serviços culturais? Que diálogos tecem com o acesso à cultura e a ocupação democrática de espaços? Como fortalecer a diversidade cultural, as identidades e a qualidade de vida?

Jovens do Querô realizam teste de elenco para novo curta a partir de sábado

Por Nicole Zadorestki

Para quem sonha em fazer parte de um filme, essa é a oportunidade! Neste sábado (29/06), na São Judas Campus Unimonte (Santos/SP), os jovens das Oficinas Querô Segundo Ano realizam o primeiro teste de elenco para selecionar os perfis do próximo curta-metragem: “Blandina”. Na segunda (01/07), os testes serão na Secult São Vicente – Oficinas Culturais.

Baseado em uma história real, o curta-metragem mostra a relação de Blandina e sua filha Angelina em tempos de escassez. De maneira lúdica, elas usam a imaginação para driblar a fome e seguir adiante.

Os dois testes são gratuitos e acontecem das 10h às 17h. Serão selecionados dois perfis: crianças (meninas) com aparência de 8 a 10 anos e Mulheres que aparentem ter de 30 a 35 anos. Não é preciso ter experiência em atuação. Interessados devem levar o RG e crianças devem ir acompanhadas do responsável.

As Oficinas Querô têm patrocínio do Banco Votorantim, CMOC Internacional Brasil, Petrocoque, Brasil Terminal Portuário e thyssenkrupp. A universidade São Judas Campus Unimonte fica na Rua Comendador Martins, 52 – Vila Matias e a Secult São Vicente – Oficinas Culturais na Rua Tenente Durval do Amaral, 72 – Catiapoã.

As filmagens estão programadas para agosto. Mais informações pelo telefone (13) 3233-7084 ou com a jovem produtora de elenco das Oficinas Querô, Joice Rodrigues, pelo whatsapp: (13) 99198-6666.

 

Na véspera de São João, forró e jazz se unem no novo Forró Pé na Areia

Por Lincoln Spada

No miudinho ou no vai e vem, o arrasta pé neste domingo (23) será na próxima edição do Forró Pé na Areia. A festa praiana antecede o Dia de São João, levando o bom ritmo junino à beira do mar. Com inédito apoio cultural do 8ª Santos Jazz Festival, o evento gratuito realizado pela Carcará Produções será das 12 às 19h, na Praia do Gonzaga, próximo à Praça das Bandeiras (Santos).

Boa parte do ritmo ficará por conta do Trio Serrapraiano. Formado por Gilson (sanfona), Zé Augusto (voz e zabumba) e Fabio Correia (voz e triângulo), o conjunto santista está a nove anos na estrada, já dividindo palco com Rastapé, Bicho de Pé, Caju e Castanha, Trio Alvorada e circulando em diversos municípios de Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo.

Em meio ao sol dominical, o forró também se mesclará ao jazz – fruto da parceria entre a Carcará Produções e o principal festival de música do litoral paulista. Trata-se da estreia do Armorial ForróJazz, banda de nome que referencia o Movimento Armorial de Suassuna nos anos 70. O Santos Jazz Festival forneceu bases para a produção musical e executiva do grupo.

Com direito a bateria, contrabaixo acústico, flauta transversal, pífano, sanfona e saxofone, o conjunto manifesta o encontro da música popular e erudita, misturando hits pé de serra com a bossa de Tom Jobim. E sob a mediação do coordenador do evento, Jefferson Fernandes conduz a Sellecta Carcará em uma discotecagem gerada por uma extensa pesquisa da cultura nordestina.

“Nós vamos fazer o primeiro pouso na beira da água em 2019, misturando a cultura nordestina com nossa cultura caiçara, trazendo muito forró, baião, xaxado e xote”, destaca. A dança, por sua vez, é pauta do workshop ministrado por Kida Morena junto ao público do evento. Membro do Grupo Percussivo Afro-Calunga, tem experiência na dança de salão com ênfase no forró pé de serra.

Kida completa: “a partir da vontade de aprender a condução na dança a dois, rompemos com as limitações em relação aos papéis de gênero desempenhados neste contexto, infringindo regras que existem para engessar nossos corpos e nossas experiências”. Saiba mais em: https://fb.com/events/321092408572310.

Fescete inicia mostra de teatro adulto nesta próxima semana no Braz Cubas

Por Lincoln Spada | Foto: Denise Braga

O Teatro Municipal Braz Cubas receberá a programação da mostra de cenas da categoria de teatro adulto a partir desta segunda-feira (dia 24). As sessões integram a 23ª edição do Fescete – Festival de Cenas Teatrais, que, neste ano, tem como tema a ‘Polifonia Cênica’.

Com ingressos a R$ 10, as sessões que totalizam mais de 20 cenas serão de segunda a quarta-feira, sempre às 19 horas. No foyer, a Cia. PlastikOnírica fará uma roda de conversa sobre teatro lambe-lambe, na segunda-feira (às 17h30), seguido de apresentação (às 18h30). Nos dias seguintes, o coletivo teatral fará sessões gratuitas a partir das 18 horas.

Destaque nesta segunda-feira para a mostra nacional de teatro lambe-lambe na Praça Mauá, com apresentações gratuitas ao meio-dia, e também para a aula-espetáculo gratuita ‘História do Teatro Parte 1 – Grécia’, do Grupo Arte e Estudo, às 20 horas no Tescom (Av. Cons. Rodrigues Alves, 195).

O Fescete é uma realização do Tescom, em parceria com a Prefeitura Municipal de Santos. Tem o apoio do SESC Santos e TV Tribuna com o patrocínio do Porto de Santos (Autoridade Portuária de Santos) via Lei de Incentivo à Cultura. Realização: Secretaria Especial da Cultura, Ministério da Cidadania e Governo Federal. Informações: www.fescete.com.br.

Comédia ‘Shakespeare, aí vou eu’ será encenada no Teatro Procópio Ferreira

Por Cia Teatral ‘Quem Sabe faz a Hora…’

A Cia. Teatral “Quem sabe faz a hora…” apresenta neste sábado (22/jun), às 21h, ‘Shakespeare, aí vou eu!’, uma comédia do além, escrita por Thalita Góes e com direção de Fátima Góes. A sessão será no Teatro Procópio Ferreira (Av. Dom Pedro 1º, 350/Guarujá). Ingressos a R$ 20 – a meia-entrada será para quem doar 1 Kg de alimento não-perecíbel.

Com interpretação solo de Thalita Góes, Ofélia é uma atriz apaixonada por Shakespeare, que sempre sonhou em interpretar uma das heroínas do dramaturgo inglês, finalmente tem sua grande chance, vai estrear um espetáculo de seu amado, mas ela não contava que faria a passagem para o outro plano pouco antes de realizar seu sonho.

Uma vibrante comédia que resgata as obras de Shakespeare. Em devaneios Ofélia faz citações e revive algumas das heroínas imaginando como seria encontra-lo pessoalmente. O espetáculo se passa no final do século 19 e o público conhecerá Shakespeare de uma forma inusitada e hilária. Esta comédia divertidíssima tem todos os ingredientes para conquistar até William Shakespeare.