Arquivo da categoria: Guia de artes

Sesc recebe Germano Mathias, orquestra e coral nesta semana

Três apresentações musicais rondam nesta semana o Sesc-Santos (Rua Conselheiro Ribas, 136). A Orquestra Sinfônica Jovem Unisantos se apresentará gratuita na terça-feira (9), às 20h. Já Germano Mathias subirá ao palco na quinta-feira (11), às 20h, com ingressos de R$ 5 a R$ 17. Por fim, no domingo às 17h30, será a vez do Coral da Gente do Instituto Baccarelli, com entradas de R$ 5 a R$ 17.

Orquestra Sinfônica Jovem Unisantos

01A Orquestra é formada por jovens com idade média de 18 anos e tem por objetivo incentivar a prática musical e formação de público para a música erudita. Seu repertório é variado, incluindo temas de filmes e musicais. Nesta apresentação, a Orquestra será acompanhada do Coral Unisantos. Regência do maestro Beto Lopes.

Germano Mathias

No ano de comemoração de seus 80 anos, o sambista paulistano lança um novo álbum em que a maior parte das canções trata do tema futebol, como Bola de Meia (Nerino Silva); Menino Prodígio (Severino Ramos); Samba Rubro-Negro (Wilson Batista e Jorge Castro) e Bronca da Marilú (Jorge Costa e Américo Campos), além das canções que marcaram sua carreira.

Coral da Gente do Instituto Baccarelli

O Coral da Gente é um dos programas do Instituto Baccarelli voltados a crianças e adolescentes da comunidade de Heliópolis, na cidade de São Paulo. O projeto inclui aulas de técnica vocal, postura, respiração, expressão cênica, percepção e teoria musical, compondo uma sólida base para a formação de músicos.

*Sesc-Santos

‘Expressive’ de Helmut Schippers é destaque na Galeria Braz Cubas

O artista plástico Helmut C. Schippers exibirá suas pinturas em coquetel de abertura nesta quinta-feira (10/dez), às 19 horas, na Galeria de Arte Braz Cubas (Av. Pinheiro Machado, 48, 2º andar/Santos). A exposição “Expressive” permanecerá aberta até 9 de janeiro, de segunda à sexta-feira, das 13h às 21 horas, e aos sábados e domingos, das 10h às 19 horas.

01Helmut C. Schippers nasceu em Rheydt, na Alemanha, em 1941, em plena Segunda Guerra Mundial. Suas primeiras pinturas já denotavam interesse pelos temas atinentes à condição humana. Foi no Brasil, entretanto, para onde ele se mudou em 1979, que foi criada a maioria de suas pinturas de teor expressionista. Na época, já formado em engenharia nuclear e, mais precisamente, após sua aposentadoria como diretor de uma importante empresa alemã, em 2001, ele concentrou sua produção em seus dois ateliês, um em São Paulo e outro em Paraty.

Sua paleta apresenta cores fortes, expressivas, calorosas, circunscritas em áreas determinadas. O projeto Expressive mostra os diversos estudos de Schippers que resultam em um trabalho diferenciado. O artista, que já realizou várias exposições no Brasil, apresenta a integração de todos os pensamentos numa exposição menos comprometida com a realidade e com mais foco na imaginação. Suas pinturas a óleo apresentam diversas nuances de cores intensas que permitem aos visitantes interpretações diversas.

*Murilo Netto – Museus e Galerias da Prefeitura de Santos

Ucho Carvalho revisita aquarelas na Pinacoteca de Santos

Ucho Carvalho tem 63 anos, é santista e  expôs suas pinturas regularmente, desde meados da década de 1970 até o final da década de 1990, em Santos e galerias de São Paulo, onde reside há 43 anos. Ucho é publicitário e, atualmente, trabalha como Consultor de Estratégia Visual para marcas e agências de propaganda, no Brasil e no exterior.

Entusiasmado com a nova coleção, Ucho conta: “Há 17 anos fiz ,aqui na cidade, minha ultima exposição de pintura. Desde então não parei de pintar, mas foi tão esparsa minha produção que considero esta volta às paredes públicas, uma retomada importante e emblemática no meu trabalho. Por isso escolhi voltar via Santos, que foi onde tudo começou”.

01Na exposição que será realizada na Pinacoteca Benedicto Calixto (Av. Bartolomeu de Gusmão, 15/Santos), o artista vai apresentar 30 aquarelas produzidas especialmente para o evento, em medidas que variam entre 1,05m x 75cm, 1m x 70, 70 x 70 e 70 x 40.“As imagens que apresento, agora, são resultado de trabalho recente e orientado para ser mostrado em conjunto”.

A água é o tema que une os quadros que serão apresentados. “É a água do mar e da chuva, água que para mim muda a paisagem e o humor. As cenas que pintei são lembranças e visões de lugares e situações, são fragmentos da minha memória marinha que, por ter nascido na praia, em Santos, e ter continuado a me corresponder com o mar, definiram grande parte do meu repertório visual”.

A exposição inaugurada no último dia 3 de dezembro segue até 11 de janeiro, com as obras à venda.

Sobre o artista

Arquideto e artista plástico, Ucho Carvalho é, hoje, um dos mais importantes e prestigiados profissionais brasileiros nas áreas de consultoria visual e de imagem.

Iniciou suas atividades como Designer em meados da década de 80. Fundou e manteve por quase duas décadas o estúdio de criação CVS, que tinha entre seus clientes a Rede Globo, Globosat, Editora Abril, Ralph Lauren,Vogue e Pirelli. A partir de então tornou-se especialista em Artes Visuais nas áreas Editorial, Publicitária e  Televisão.

Hoje, além da direção da Asia Branding, trabalha como Consultor do Grupo ABC e também participa de projetos e grupos semestrais de discussão de Tendências e Imagem Estratégica com os Trend Sources Institutes de Paris e Londres.

*Pinacoteca Benedicto Calixto

Conrado Pouza e Bruno De La Rosa celebram 10 anos no Sesc

Pela primeira vez no Sesc-Santos (Rua Conselheiro Ribas, 134), sobem ao palco os músicos santistas Bruno De La Rosa e Conrado Pouza celebrando 10 anos de carreira. O show será neste sábado, dia 6, às 21 horas. Os ingressos custam entre R$ 6 e R$ 20.

02Os artistas são conhecidos por tocarem em casas que marcaram uma geração na noite santista, como “Galeria” e “Espelunca”. Entre as canções, contarão histórias marcantes de suas trajetórias como profissionais.

Além dos clássicos do cancioneiro brasileiro, o show contará com novos arranjos e músicas inéditas. Eles se apresentam com Evan Junior (bateria), Danilo Oliveira (contrabaixo), Luciano Rocha (percussão), Marquinho Mendonça (bandolim e cavaquinho).

Os Panthanas encena ‘Pernaltas de Natal’ na Fonte do Sapo

O Núcleo de Pathifarias Circenses ‘Os Panthanas’ apresenta gratuitamente a performance  de circo e teatro ‘Pernaltas de Natal’ neste sábado, às 19 horas, na Fonte do Sapo (Praia da Aparecida/Santos). No elenco, os atores Junior Brassalotti, Sidney Herzog, Pablo Bailoni, Letycia Gonçalves, Lucas Loreto, Cauê Calixto e Sérgio Bratz.

Os Panthanas – Núcleo de Pathifarias Circenses nasceu na Oficina Escola Livre de Circo – Santos em 2005, sendo o primeiro grupo da Baixada Santista que pesquisa exclusivamente a linguagem circense, mais especificamente para as ruas. Essa oficina, ministrada pelo Núcleo Pavanelli de São Paulo, teve como objetivo implementar uma Escola de Circo com aulas permanentes e que proporcionasse aos participantes uma capacitação profissional, para execução de números circenses, espetáculos e formação de instrutores.

Desse grupo fizeram parte bailarinos, arte educadores, atores profissionais e em formação, que investiram todo seu tempo e energia no treinamento das técnicas e na sua utilização em um espetáculo teatral sempre se utilizando de técnicas circenses com foco em espaços alternativos. Além da parte prática esse grupo mergulhou em uma profunda pesquisa sobre a história do circo no Brasil e no mundo que fornecesse a eles base concreta para montagens.

Entre 2007 e 2010, os integrantes do grupo se dedicaram também a multiplicar as artes circenses e ministraram atividades em todas as cidades da Baixada Santista e algumas do Vale do Ribeira. Nesse período realizou circulação pelo Estado de São Paulo, em diversas cidades, festivais e mostras com o 1º espetáculo do grupo “Brasileirinho”. Em 2008, estreou “Panthanas Et Circenses”. Em 2011, foi a vez de levar às ruas “Uma Palhaçada Federal”.

*Núcleo Os Panthanas

Cia Vozes em Cena faz residência artística na Vila de SV

Mais um grupo de teatro de São Vicente participa do projeto de residência artística no Parque Cultural Vila de São Vicente (Praça João Pessoa, no Centro), cumprindo atividades durante os próximos dois meses. Trata-se da Cia. Vozes em Cena, que ficará responsável por recepcionar os visitantes, de sexta a domingo, das 10 às 20h, além dos feriados. A entrada é gratuita.

Com intervenções bem-humoradas, mostrando cenas do dia a dia da época da fundação da Cidade, a participação dos grupos teatrais dá suporte à visitação do local, seguindo orientação da Secult, responsável pela administração do parque municipal.

O projeto é da Secretaria da Cultura, valorizando o trabalho dos grupos teatrais da Cidade, com apoio da Associação dos Artistas.

*Prefeitura de São Vicente

Alunos da EAC Wilson Geraldo encenam ‘Cordel do Amor Sem Fim’

Uma proposta improvável de casamento transforma a vida de Teresa, de sua família e até da cidade em que ela mora. Este é o mote da peça Cordel do Amor Sem Fim, de Claudia Barral, que marca a formatura dos alunos da Escola de Artes Cênicas Wilson Geraldo. As apresentações serão neste sábado e domingo, às 20h, no Teatro Guarany (Praça dos Andradas, 100/Santos).

01A montagem assume elementos simbolistas como eixo principal, para contar a história. A concepção artística da peça foi de Roberto Peres, diretor falecido em novembro deste ano. Na direção está Raquel Anastasia. Formam o elenco os alunos Amanda Testini, Augusto Rollo, Juliana Heloise, Leticia Tavares e Mayara Medeiros. Participam, ainda, os atores convidados Léo Porto e Nevily Alves.

A preparação vocal é de Carol Bezerra e a corporal, de Carolina Moreira. Cenografia e figurinos de Léo Porto. Iluminação de Reginaldo Aguiar. Na produção, Méa Matheus, com colaboração de Inês Adad.