Arquivo da categoria: Teatro

Teatro, música e artes visuais neste fim de semana em Guarujá

Por Prefeitura de Guarujá

Confira aqui a programação deste feriado em Guarujá:

> ‘Espetáculo Casa3’
Sábado (6/jul), às 18h e 21h. Dança, canto e teatro. A escola de artes Casa3 apresenta os resultados dos alunos no primeiro semestre em duas sessões. Ingressos de R$ 30 a R$ 60. Classificação: Livre. Teatro Procópio Ferreira (Av. D. Pedro 1º, 350).

> ‘UTC no Teatro – Não pode rir’
Domingo (7/jul), às 20h30. O show é formado por sete humoristas que se desafiam no jogo de rodadas UTC (Ultimate Trocadilho Championship) que entre piadas e trocadilhos, quem rir primeiro, perde. O espetáculo é feito sem roteiro, garantindo a espontaneidade e a interativa com público.

O jogo também é parte do Canal Castro Brothers, que acumula 420 milhões de visualizações. Os irmãos Marcos Castro e Matheus Castro do canal trazem o jogo para o teatro com os comediantes Ed Gama, Fred, Luciana D’Aulizio, Henrique Fedorowicz e Rafael Studart. Ingressos de R$ 40 a R$ 80. Classificação: 12 anos. Teatro Procópio Ferreira.

> Shows Musicais
A Festa Junina de Guarujá conta com barraquinhas de comidas típicas, parque de diversões e as seguintes apresentações musicais neste fim de semana: Nuwance (6/jul, 19h) e Yasmin Faria (7/jul, 19h). Ginásio Guaibê (Av. Santos Dumont, 420).

Já na Festa da Santa Cruz dos Navegantes (Saldanha da Gama), tem os shows de Sandra Mell (6/jul, às 20h) e Jonathan do Forró (7/jul, às 20h). E na Praça das Bandeiras (Praia de Pitangueiras), os shows de Anderson Oliveira (6/jul, às 18h) e Claudinho Lima (7/jul, às 18h).

> ‘Volks Guarujá – 1° Encontro de Carros Antigos’
O 1° Encontro de Carros Antigos de Guarujá será realizado dia 7/jul, das 9 às 15h. A entrada para carros é a doação de 2 kg de alimento não-perecível, para os pedestres a entrada é livre. Praça Dr. Walter Belian (Praia do Guaiúba).

> Exposições
No Sofitel Guarujá Jequitimar (Av. Marjory da Silva Prado, 1100) ocorre a ‘Vernissage Enzo Ferrara’, em que Enzo apresenta obras que retratam o cotidiano e os espaços públicos com as diversidades das pessoas e cores vibrantes. Visitação diária das 15h às 19h até 12/jul.

Já no Teatro Procópio Ferreira, há o ‘Vernissage Rita Hernandes’, em que ela traz para sua exposição, quadros, mandalas e até mesmo uma bicicleta personalizada com flores. Suas obras são detalhistas, coloridas e brilhantes. Visitação de segunda a sexta, das 9h às 18h, e aos fins de semana, das 14h às 19h, até 30/jul.

Por fim, na Câmara de Vereadores (Av. Leomil, 291), a ‘Mostra de Artes Rememorar’ é realizada com peças que foram doadas para o acervo cultural do Espaço Cultural Alberto Marques, da Câmara Municipal, entre 1997 a 2008, tem estilo variado, com trabalhos de expressão realista, natureza morta, origens brasileiras e paisagens em óleo e aquarela. Aberto de segunda a sexta, das 9h às 17h, até 2/ago.

Espetáculos de Goiás e Piauí completam agenda do 4º FestKaos

Por Lincoln Spada

Um par de espetáculos concebidos nas capitais do Centro-Oeste e Nordeste estará em cartaz neste fim de semana do 4º FestKaos – Festival Teatro do Kaos. As sessões gratuitas são de ‘Sertãohamlet’ (sábado, às 20 horas) e ‘Abrigo São Loucas’ (domingo, às 19 horas), no teatro homônimo na Praça Cel. Joaquim Montenegro, 34, Sítio Cafezal, Cubatão.

No dia 6, o diretor, autor e ator Guido Campos mescla a partir de um enredo de vingança a trama do personagem clássico de Shakespeare e a trajetória do lampião encarnado por Virgulino Ferreira da Silva na obra goianiense ‘Sertãohamlet’. Ainda, o enredo com humor e emoção conta com uma moça apaixonada, uma beata e um contador de cordel.

Já no dia 7, o teresinense Grupo Harém de Teatro é convidado a encenar ‘Abrigo São Loucas’, onde três Marias revivem memórias conjugais com políticos, enquanto preparam um encontro de ex-primeiras damas. Tons de tragicomédia, picardia e ironia marcam a obra com texto e direção de Arimatan Martins. No palco, o elenco é formado por Francisco Pellé, Francisco de Castro, Francisco Freitas e Emanuel de Andrade.

Após a sessão, haverá a cerimônia de premiação do festival. O 4º FestKaos é uma realização do Teatro do Kaos com verba da Prefeitura Municipal de Cubatão via emenda parlamentar do vereador Rafael de Souza Villar, o Rafael Tucla. A iniciativa conta com apoio do SESC Santos, DC Damicos, Lisboa Palace Hotel, Pau Brasil Madeiras e Prithi Bar e Restaurante. Mais informações: www.teatrodokaos.com.br.

Obras de Mário de Andrade e Dias Gomes inspiram peças no 4º FestKaos

Por Lincoln Spada

O 4º FestKaos – Festival Teatro do Kaos conta com variadas linguagens cênicas em seu palco, entre o teatro de formas animadas do paulista Teatro e os objetos artesanais para iluminação cênicas da carioca Cia de Segunda. Diárias e gratuitas, as sessões às 20 horas ocorrem no Teatro do Kaos (Praça Cel. Joaquim Montenegro, 34, Sítio Cafezal, Cubatão).

Na quinta-feira (dia 4), o Teatro Didático da Unesp apresenta ‘Pauliceia Desvairada’. Inspirado no poema homônimo de Mário de Andrade, o teatro propicia sensações à plateia por meio de um potente jogo cênico: juntos, bonecos, sons e luzes criam pinturas em movimento. Com direção de Wagner Cintra, o elenco é formado por Elis Regina, Igor Erbert, Luísa Pinti, Salomão Pôlegar e Victor Djalma Amaral.

No dia seguinte, direto de Nova Iguaçu haverá a sessão de ‘Inquérito – Apenas uma parte da verdade’, baseado em obra de Dias Gomes sobre caso real da senhora de engenho que foi presa pelo Santo Ofício no Brasil. Por questões religiosas, Branca Dias foi torturada e julgada com seu pai e noivo: até onde vai a liberdade de expressão religiosa? Com direção de Anderson Dias, a peça tem no elenco Thiago com José Brito e Ohana Natureza.

Com programação até dia 7, o 4º FestKaos é uma realização do Teatro do Kaos com verba da Prefeitura Municipal de Cubatão via emenda parlamentar do vereador Rafael de Souza Villar, o Rafael Tucla. A iniciativa conta com apoio do SESC Santos, DC Damicos, Lisboa Palace Hotel, Pau Brasil Madeiras e Prithi Bar e Restaurante.

Palácio das Artes recebe ‘UTC no Teatro’ nesta sexta-feira

Por Prefeitura de Praia Grande

Imagine um campeonato de piadas em que dois humoristas se enfrentam a cada rodada no formato de mata-mata e utilizam uma série de recursos para fazer o adversário rir. Esse é o “UTC (Ultimate Trocadilho Championship) no Teatro” que acontece sexta (5/jul), às 21h, no Palácio das Artes (Av. Pres. Costa e Silva, 1600/Praia Grande), e promete divertir o público presente.

Os ingressos estão à venda pelo site www.bilheteriaexpress.com.br, ao custo de R$50 (lote promocional para ingressos de valores inteiros) e R$40 (meia-entrada). Ao encerrarem os ingressos promocionais, o valor da inteira volta a ser de R$ 80 para o stand-up comedy, que tem duração de 1 hora e 10 minutos.

Sucesso no YouTube com mais de 600 mi de visualizações, o jogo faz parte do canal Castro Brothers, que possui 5 mi de inscritos. O show é feito sem roteiro e repleto de interação com a plateia. Além de Marcos e Matheus Castro, participam do espetáculo os humoristas Ed Gama, Fred Mascarenhas, Luciana D’Aulizio, Henrique Fedorowicz e Rafael Studart.

Conheça a lista dos vencedores da 23ª edição do Fescete

Por Lincoln Spada

O fazer artístico de mais de 30 coletivos teatrais do País foi consagrado durante a cerimônia de encerramento da 23º edição do Fescete – Festival de Cenas Teatrais. O Teatro Braz Cubas foi a sede do evento na noite desta última sexta-feira (dia 28). Foram distribuídos prêmios para diferentes categorias, sendo os primeiros colocados de acordo com o júri as cenas ‘Eleição na Selva’, do Inesperado’s Teens (mirim), ‘Nascente’ do Colégio Progresso Bilíngue (Estudantil A), ‘Todos os corações são vermelhos’ do Grupo Enlouquecidos da EE Zulmira de Almeida Lambert (Estudantil B), ‘Já pensou se fôssemos moscas?’ do Grupo Falarte (monólogo) e ‘La Barca’ do Grupo Las Lobas (adulto).

Destaque para o Grupo Enlouquecidos, que recebeu sete troféus. Já o tradicional Concurso Estudantil de Poesia, em sua 15ª edição, premiou também como primeiros colocados os seguintes estudantes: Gabriel Mendes Lima, do Colégio França (Ensino Fundamental 1), Arthur Felinto Mendes Ricciotti (Ensino Fundamental 2) e Eric Shirashi Freitas, ambos do Colégio do Carmo (Ensino Médio), e João Victor Concer Corrêa (Unila). O Fescete é uma realização do Tescom, em parceria com a Prefeitura Municipal de Santos. Tem o apoio do SESC Santos e TV Tribuna com o patrocínio do Porto de Santos (Autoridade Portuária de Santos) via Lei de Incentivo à Cultura. Realização: Secretaria Especial da Cultura, Ministério da Cidadania e Governo Federal. Informações: www.fescete.com.br.

Categoria Mirim – o Inesperado’s Teens ganhou cinco prêmios com ‘Eleição na Selva’ (figurino, maquiagem, elenco, direção de Jamili Limma e 1º lugar), o Presepada Teens outros quatro com ‘Ladrão de Horas’ (sonoplastia, iluminação, cenografia e 2º lugar), o Presepada Kids três com ‘Eu não quero ser princesa!’ (texto de Dario Félix, atriz Alicia Campos e 3º lugar) e Inesperado’s Kids dois com ‘Alice no País da Mentira’ (atriz revelação com Giovanna Alves e 3º lugar). Ainda, houve prêmios para a atriz Luna Alves (‘Linda Flor’ do Grupo Arte e Estudo Juvenil), pro ator Richardy Santos (‘Meu Pé de Laranja Lima’ do Grupo Navalha de Teatro), menção honrosa para Cia. Improvisados (‘Presos à Escravidão’), voto popular ao Grupo Masterkids (‘Pandora’) e prêmio Fescete Sustentável para o Grupo Quem Avisa Amigo É! (‘Se o mestre mandou fazer, é bom obedecer’).

Categoria Estudantil A (1º ao 7º ano do EF) – O núcleo teatral do Colégio Progresso Bilíngue recebeu três prêmios (Fescete Solidário, direção de Marcelo Marinho e Marco França e 1º lugar com a cena ‘Nascente’), mesma quantia da companhia da UME dos Andradas II (maquiagem, elenco feminino e 2º lugar com a cena ‘Femininas’). Outros grupos receberam dois prêmios: Trup Triarte do CEB 30 de Julho com ‘Manhãs azuis em dias cinzentos’ (figurino e 3º lugar), Porto Encena da E.M. Porto das Artes com ‘Brincar é só brincar’ (sonoplastia e voto popular), Grupo Papa Trupe da UME João Papa Sobrinho com ‘O Gato e a Gaivota’ (texto de Alex Guarany e ator Marco Antônio) e Grupo da Trupinho, da EMEF Prof. Luiz Pinho, com a cena ‘Rapunzel doe suas tranças por um mel’ (menção honrosa e atriz revelação Júlia Pietra). Ainda, foram contemplados: a iluminação de ‘A Família Addams’ do Grupo Teátrio Musical (Colégio Átrio) e a cenografia de ‘Evolução’ do Grupo Aspirantes Cênicos (EM Porto das Artes).

Categoria Estudantil B (8º ano do EF e EM) – O Grupo Enlouquecidos da EE Zulmira de Almeida Lambert recebeu sete prêmios com ‘Todos os corações são vermelhos’ (sonoplastia, figurino, maquiagem, menção honrosa, voto popular, direção de Mariah Lima e Nathaly Leal e 1º lugar), enquanto núcleo do Jean Piaget ganhou três troféus com ‘Um Exercício de amor’ (cenografia, menção honrosa a Sofia Betini e Alexandre Sá, e 2º lugar), e a Cia Pé no Palco do Colégio do Carmo foi laureada duas vezes com ‘O Julgamento Lucullus’ (ator Nicolas Cobra e 3º lugar). Ainda, foram premiados: núcleo do Colégio Progresso Bilíngue com ‘Trágicas’ (iluminação), OBA Colégio Objetivo Santos com ‘Clarão nas estrelas’ (atriz revelação Larissa Monson), Exploradores Cênicos da EM Porto das Artes com ‘As Irmãs’ (menção honrosa aos atores Rafael Oliveira e Clara Lopes) e OBA Colégio Objetivo da Ponta da Praia com ‘Sonho de uma noite de verão’ (atriz Julia Correa).

Categoria Monólogo – De Foz de Iguaçu, o Grupo Falarte recebeu cinco prêmios com ‘Já pensou se fôssemos moscas?’ (cenografia, texto e direção com João Victor Concer e Luana Schmidt, voto popular e 1º lugar), mesma quantia do Coletivo Allegro (sonoplastia, iluminação, cenografia, atriz Fátima Martins e 2º lugar). A paulistana Trupe Andejos recebeu três troféus com ‘Bagã’ (figurino, revelação e maquiagem) e, de Arapongas, a Cia Inteligados, com ‘Tarde para se importar’, recebeu láureas como 3º lugar e com o ator Misael Café.

Categoria Adulto – O Grupo Insuporsanos recebeu quatro prêmios com ‘O Dinheiro do tio’ (texto de Isabel Samegima, atores Marcos Martinz e Alaff Lira e voto popular), já a Dramatúrgica Oficina recebeu dois prêmios com ‘Estado Numeral’ (iluminação, direção de Denise Braga e atriz Miriã Pessoa), mesma quantia dos coletivos Ludicus e Dons com ‘Caravana’ (sonoplastia e 2º lugar), Grupo Las Lobas com ‘La Barca’ (cenografia e 1º lugar), Cia. Diagonal de Teatro com ‘Mozão’ (figurino e maquiagem) e Grupo de Quinta com ‘A Palavra progresso na boca de minha mãe soava terrivelmente falsa’ (atriz revelação Vera Padovan e 3º lugar). Houve prêmio especial para cena ‘Ela’, da Buena Cia e menções honrosas aos grupos Gextus, Cia. Manifesto, Cia. Samba da Vida e Cia. Ata.

Concurso Estudantil de Poesia – Na categoria de Ensino Fundamental 1, foram contemplados de 1º ao 3º lugar respectivamente, Gabriel Mendes Lima (Colégio França), Sarah dos Santos Barros (UME Dr. José da Costa e Silva Sobrinho) e Gabriel Ferreira Menezes (UME Olavo Bilac). No Ensino Fundamental 2, de 1º ao 3º lugar, Arthur Felinto Mendes Ricciotti (Colégio do Carmo), Ananda Girardi Almeida Coimbra (Colégio Átrio) e Maria Lygia Tjäder Guimarães (Colégio Progresso Bilíngue). Por sua vez, no Ensino Médio, de 1º ao 3º lugar foram considerados Eric Shirashi Freitas, Flávia Lanzara Abud (ambos do Colégio do Carmo) e Jéssica Caldeira dos Santos (Colégio França). Por fim, na categoria universitária, os três primeiros colocados foram João Victor Concer Corrêa (Unila), Natasha Luzada Oliveira (Esamc) e Alessandra Schmidt Gonzalez (Univesp).

 

Artes cênicas e música pautam o Sesc Santos nesta semana; acesse a agenda

Por Sesc Santos

Confira a seguir a programação de atividades artísticas entre 2 e 7 de julho do Sesc Santos (Rua Conselheiro Ribas, 136/Santos).

> Música: Made in Brazil
Uma das bandas de rock mais longevas do país, considerada uma instituição do estilo, festeja seus 50 anos de carreira. No repertório, o rock’n roll puro e suas diversas influências estão presentes com alguns dos maiores sucessos da banda e de seus quinze discos lançados, como Anjo da guarda, Pauliceia desvairada, Jack – o estripador e Minha vida é Rock’n Roll.

Ficha técnica: Oswaldo “Rock” Vecchione (vocal, baixo e gaita) Celso “Kim” Vecchione (guitarra e baixo) Rick “Monstrinho” Vecchione (bateria) Guilherme “Ziggy” Mendonça (guitarra e violão) Octavio “Bangla” Lopes (sax) Solange “Sol” Blessa – (vocal de apoio) Rubens “Rubão” Nardo (vocal) Tiago “Mineiro” Tavares – (Teclados) E músicos convidados. Quinta (4/jul), às 21h, Comedoria. Ingressos de R$ 6 a R$ 20.

> Oficina circense: Superpoderes
O que pode o seu corpo? Qual é o superpoder do seu lado mutante? E sua fraqueza, qual é? Será que em algum momento ela também pode ser um tipo de poder? Na oficina de Neto Machado e Jorge Alencar são criados heróis e heroínas, heróis que ainda não existem, heroínas que precisam ser inventadas. Que tem poderes ainda a serem descobertos. O poder que temos, é o de se reinventar e ser diferente a partir da arte! Com jogos, desenhos e cenas, estimulando o participante a alçar voos em direções à poderes que talvez nem imaginava. Sexta (5/jul), das 15h às 17h, Sala 32. Grátis.

> Oficina para educadores: Superpoderes
Quais heróis, entidades, drags, monstros você monta diariamente para que seja possível seguir adiante? Quais super poderes, sensibilidades, armas, ferramentas, táticas, mutações, incorporações você realiza para continuar se movendo? Quando dói ser você? Quando é prazeroso ser você? Onde está a vulnerabilidade? Quando a fragilidade se torna potência e vice-versa?

Com Neto Machado e Jorge Alencar. Essas e outras perguntas motivam a “Oficina de Super Poderes” a realizar um mergulho – ou um voo – para dentro de cada participante, por meio de práticas de auto-percepção e autoficcionalização, organizadas como experimentações performáticas e jogos fantasiosos. Sexta (5/jul), das 19h às 21h, na Sala 32. Grátis.

> Teatro: ‘O Autômato’, do Teatro de La Plaza
Há muito tempo, um hábil relojoeiro resolveu construir um engenhoso boneco de corda para auxiliá-lo com algumas tarefas e lhe fazer companhia. Mas com uma bela dama, o boneco é abandonado. Na tentativa de contar essa história, os objetos que o rodeiam parecem ganhar vida, despertando o abandonado autômato para reviver suas lembranças.

Direção: Héctor López Girondo. Ideia Original e Dramaturgia: Fábio Parpinelli. Assistência de Direção: Luz López. Elenco: Fábio Parpinelli e Gustavo Martins. Animação de Objetos: Afonso Braga e Gustavo Martins. Sexta-feira (5/jul), às 21h, ingressos de R$ 5 a R$ 17.

> Teatro: ‘Desastro’
O espetáculo brinca com o futuro que fazemos existir nas artimanhas da imaginação capaz de transformar um quarto no universo sideral. “Desastro” tem na trilha sonora o ponto de partida e questão fundamental: versões, de uma mesma música de David Bowie, “Space Oddity”, inspiram o roteiro e dão o tom do espetáculo que recria a aventura de Major Tom, da letra da canção, numa viagem para explorar o desconhecido.

Efeitos especiais de uma ficção científica protagonizada por superamigos, cúmplices dos poderes de ampliar suas percepções. Desastro é dança, mas não exatamente uma coreografia com passos no ritmo da música. É teatro, mas sem uma história com início, meio e fim. É um concerto de rock’n roll, mas sem banda nem cantor. Desastro é o poder de dar luz a novos mundos. Sábado (6/jul), às 18h, ingressos de R$ 4 a R$ 17.

> Contação: ‘Contra outra estória, Clarice’
Nesse musical inspirado nas histórias infantis de Clarice Lispector, umas galinhas contrariamente começam a botar muitos ovos, mas esses ovos estavam sendo desaparecidos… ou roubados? Um belo dia, elas descobrem o que estava acontecendo. Com Contadores de História. Domingo (7/jul), às 17h30, grátis.

> Música: ‘Nasci pra bailar com elas’
No ano em que João Donato comemora 85 anos, três cantoras (Wanda Sá, Joyce Moreno e Paula Morelenbaum) sobem ao palco junto com o pianista e compositor para o homenagear. Precursor da Bossa nova, Doanto segue sua trajetória de compositor e pianista, constante renovador da música brasileira. Um músico que promove fusões musicais de jazz, bossa e música latina, entre tantos outros estilos. Domingo (7/jul), às 18h, ingressos de R$ 6 a R$ 20.

Lélia Abramo e folclorista são reverenciados em peças no 4º FestKaos

Por Lincoln Spada

Ambos ativistas culturais de São Paulo, a atriz Lélia Abramo (1911-2004) e o escritor e folclorista Cornélio Pires (1884-1958) terão respectivamente sua vida e obra apresentadas no 4º FestKaos – Festival Teatro do Kaos nesta semana. A iniciativa gratuita conta com sessões diárias às 20 horas até o próximo domingo (dia 7).

Nesta terça-feira (dia 2), o piracicabano Grupo Andaime encenará ‘As Patacoadas de Cornélio Pires’. Com elementos da cultura popular, o espetáculo adapta os textos do artista sobre o universo caipira. São cenas lúdicas e repletas de poesia sobre a vida no campo. Com texto e direção de Luiz Carlos Laranjeiras, o elenco é formado por Antonio Chapéu, Bruno Agulhari, Maria Trevisan, Marcio Abegão, Neto Barbosa e Tiago De Luca.

Já no dia 3, direto de São José dos Campos, a Cia Teatro da Cidade apresenta ‘Lélia Abramo, uma atriz’. A partir de pesquisas e entrevistas do grupo, o monólogo aborda em Linguagem Narrativa a vida da artista, desde sua estada em Roma durante a 2ª Guerra Mundial até sua militância política durante a ditadura da Era Vargas. Além de seus famosos personagens, como Pozzo e Romana.

A montagem parte de um encontro entre a atriz da companhia, Andréia Barros, e Lélia, em seu apartamento nos anos 90. A vivência de um dia inteiro inspira a história que, ora é contado sob a perspectiva de Lélia, ora sob o ponto de vista de Andréia, que divide a autoria do texto com o diretor teatral Antônio Januzelli.

Segunda-feira

Na segunda, às 20 horas, será a vez da Cia. Trilha de Teatro apresentar a obra ‘Benjamin – O Filho da Felicidade’. De São Vicente, a peça é um recorte biográfico de Benjamin de Oliveira, versátil artista e produtor cultural que consagrou o circo-teatro. O protagonismo negro conduz o espetáculo estrelado por Jair Moreira, Hugo Henrique, Emanuella Alves e Kevelin Santos. Com texto de Ronaldo Fernandes e direção de Miriam Vieira, a obra tem sessão de classificação livre.

O 4º FestKaos é uma realização do Teatro do Kaos com verba da Prefeitura Municipal de Cubatão via emenda parlamentar do vereador Rafael de Souza Villar, o Rafael Tucla. A iniciativa conta com apoio do SESC Santos, DC Damicos, Lisboa Palace Hotel, Pau Brasil Madeiras e Prithi Bar e Restaurante. Mais informações: www.teatrodokaos.com.br.