Arquivo da tag: 1

Ponto MIS em Marília recebe oficina de produção audiovisual

A Secretaria Municipal da Cultura, em parceria com o Museu da Imagem e do Som (Pontos Mis), tem inscrições abertas para a Oficina “Produção Audiovisual”, com Marcelo Perdido. A Oficina é gratuita, conta com 20 vagas e acontecerá na Sala de Projeção Municipal, sede do Pontos MIS em Marília, no dia 4 de março, das 19 às 22h. Os interessados devem ter idade mínima de 16 anos e podem fazer suas inscrições no próprio local que fica no Centro Cultural, Avenida Sampaio Vidal, 245, entrada pela Avenida Rio Branco.

Para o oficineiro e diretor Marcelo Perdido, ter um vídeo bem produzido é cada vez mais necessário para diferentes plataformas de comunicação. “Nesta oficina, os alunos aprenderão os fundamentos da parte conceitual, técnica e criativa para criar – com poucos recursos – um vídeo que se destaque, orientamos que os participantes de preferência levem suas câmeras de vídeo”, disse.

Marcelo é videomaker já há 10 anos, formado em publicidade pela Mackenzie e Pós-Graduado em Criação de Imagem e Som em Meios Eletrônicos pelo Senac, onde defendeu a tese do criador solitário, modelo de trabalho que logo adotaria com os avanços do vídeo digital. Foi diretor de programas na MTV Brasil, e dirigiu trabalhos para RedBull, Coca-Cola, Adidas, Mercedez, atualmente dirige conteúdos para Google e Capricho.

Segundo a Secretária Tais Monteiro, Secretária Municipal de Cultura “Estamos renovando o Termo de Parceria com o Museu da Imagem e do Som por entender a importância de trazer não só os filmes, mas estas oficinas totalmente gratuitas para os marilienses com temas tão atuais e relevantes”. Em abril acontecerá também a Oficina “Rir é o melhor remédio” com o crítico de cinema, professor, pesquisador e jornalista Sérgio Alpendre.

*Prefeitura de Marília

 

‘Não Vamos Pagar!’ abre circuito teatral em Vargem Grande do Sul

Abrindo a temporada de 2015, da parceria Departamento Municipal de Cultura e Turismo e Circuito Cultural Paulista, Vargem Grande do Sul recebe no dia 29 de março o espetáculo “Não Vamos Pagar!”. A Prefeitura ainda não informou detalhes o horário, o local e valor do ingresso do espetáculo.

Escrita pelo ganhador do Prêmio Nobel, Dario Fo e sua mulher Franca Rame, a peça é uma comédia ágil, provocativa, uma farsa onde um protesto contra a alta de preços num supermercado desencadeia uma série de situações surpreendentes e inesperadas, construindo, através de seus diálogos ligeiros, uma rara e inteligente combinação de crítica social e humor. Uma sátira politica ao mesmo tempo catártica e engraçadíssima, considerada uma das grandes obras-primas de Dario Fo.

Na peça, Antônia e Margarida são donas de casa que não conseguem chegar ao fim do mês com as contas em dia. Antônia acabou de perder o emprego e seu marido, João, trabalha numa fábrica prestes a ser fechada.

Em protesto pelo aumento abusivo dos preços, um grupo acaba saqueando um supermercado. Antônia participa do ato, desencadeando uma sequência de peripécias para evitar que o marido – homem de princípios que prefere “morrer de fome a fazer alguma coisa contra a lei” – tome conhecimento do seu ato. Soma-se a isto os problemas criados pela amiga Margarida, relutante em ajudá-la, e os vários encontros e incidentes com as forças da lei.

*Prefeitura de Vargem Grande do Sul

 

Casa da Cultura de Bertioga recebe mostra gratuita de cinema em março

A relação entre cinema e literatura é o destaque da nova programação a ser exibida pela ‘Mostra de Filmes Premiados’, na Casa da Cultura (Av. Thomé de Souza, 130/Bertioga), a partir do próximo dia 3. Serão cinco filmes e, em cada um deles, serão apresentados importantes escritores por um grande dialogo entre artes, artistas e públicos diferentes. As sessões serão realizadas toda terça-feira, às 19h30, gratuitamente até o dia 31.

A realização é do Sesc Bertioga, em parceria com a Prefeitura do Município. A programação começa com o filme brasileiro ‘Hoje’, que narra a história de Vera (Denise Fraga) – uma ex-militante política que recebe uma indenização do governo, em decorrência do desaparecimento do marido, vítima da repressão provocada pela ditadura militar. Com o dinheiro ela consegue comprar um apartamento próprio, além de enfim poder ser reconhecida como viúva.

01A programação segue no dia 10 com a exibição do documentário ‘José e Pilar’, do diretor Miguel Gonçalves Mendes. Com duração de 125 minutos, retrata a relação entre José Saramago e sua esposa, Pilar del Río. ‘José e Pilar’ é um retrato surpreendente de um autor durante o seu processo de criação e da relação de um casal empenhado em mudar o mundo – ou, pelo menos, em torná-lo melhor.

Vencedor do Palma de Ouro no Festival de Cannes em 1985 e indicado ao Oscar de melhor filme em língua estrangeira, ‘Quando Papai saiu em viagem de negócios’ será o filme exibido no dia 17. O filme narra à história de um rapaz cujo pai (interpretado por Predrag Miki Manojlovic) é suspeito de trabalhar p03ara o Cominform e é enviando para um campo de trabalhos forçados por ter feito um comentário descuidado sobre um cartoon político.

No dia 24, será a vez do romance ‘A criança’, que conta a história de Sonia (Débora François), uma jovem de 18 anos, que acabou de dar à luz a um menino. Bruno (Jérémie Renier), o pai, com 20 anos de idade vive de pequenos roubos cometidos por ele e seus comparsas adolescentes. Os dois vêem de maneira bem diferente o significado da chegada desta criança, sendo que os atos de Bruno em relação ao filho colocarão o casal diante de sérios dilemas sobre suas existências.

A programação encerra no dia 31 com o filme ‘Carta a uma desconhecida’, que traz a história da jovem e tímida Lisa que se apaixona por Stefan, pianista famoso e mulherengo. Anos depois, já adulta, ela se entrega a ele. Logo em seguida, o músico parte em turnê sem saber que havia engravidado Lisa.

*Prefeitura de Bertioga

 

Câmara de Santos homenageia Cine Roxy neste domingo

A Câmara Municipal de Santos através do decreto legislativo nº 61 de 11 de dezembro de 2014, de autoria do vereador Igor Martins de Melo, concedeu placa comemorativa aos 80 anos de fundação do Cine Roxy. A entrega da placa será feita pelo vereador ao empresário Toninho Campos, no próximo domingo, às 21 horas, no Cine Roxy, onde acontecerá em seguida a exibição ao vivo do Oscar 2015.

Leia abaixo a justificativa da Câmara

No ano passado o Cine Roxy completou 80 anos de tradição e empreendedorismo. Em oito décadas foram exibidos milhares de filmes que, com suas histórias, marcaram a trajetória de sucesso deste charmoso cinema de rua, que se manteve firme com a concorrência esmagadora do modelo multiplex. Dos primeiros e grandes rolos de película ao sistema digital que passaram e passam por aqui, personagens contaram seus dramas ou suas alegrias através de histórias que encantaram e, que ainda, encantam gerações.

0E não tem como falar de Cine Roxy sem falar também das outras unidades que fazem parte do complexo. São elas Roxy 4, dentro do Shopping Pátio Iporanga, Roxy 6, dentro do Shopping Brisamar, em São Vicente e Roxy 3, no Parque Anilinas, em Cubatão. O negócio de família, que deu certo, passou de pai para filho e hoje a direção está nas mãos do empresário Antônio Campos Neto, conhecido como Toninho Campos.

Prêmios importantes foram merecidamente conferidos a esse empresário, entre eles o Prêmio ED 2013 na categoria Exibição – Destaque Profissional de Programação, considerado o principal do país nos segmentos de exibição e distribuição. No ano passado, o Cine Roxy foi eleito pelo público o melhor cinema da região pelo Prêmio DL Marcas.

*André Azenha

 

Marília abre inscrições para projeto Teatro da Cidade

Devido ao sucesso das três edições anteriores, a Secretaria de Cultura de Marília abre a partir do dia 23 de fevereiro (2ª feira), as inscrições para o Projeto “Teatro da Cidade” 2015, com aulas de teatro gratuitas para todas as idades. As inscrições, gratuitas, serão realizadas no Museu de Paleontologia de Marília (com Rita de Cássia ou Ivone Silva), ao lado da Biblioteca Municipal, de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30.

Para se inscrever, os interessados devem preencher uma ficha de inscrição, sendo que menores de idade devem estar acompanhados por um pai ou responsável. As aulas terão início no dia 04 de março, no piso superior da Biblioteca Municipal (entrada pelo Museu de Paleontologia). O projeto, com duração de 11 meses, é coordenado pelo arte-educador Márcio Martins e tem como objetivo incentivar a produção de teatro em nossa cidade, formando novos grupos de teatro não profissional e orientar e dinamizar a produção dos já existentes ainda não conhecidos. Assim, os arte educadores de teatro atuam como agentes culturais, fomentadores da atividade teatral em nosso município.

“O projeto tem como objetivo fomentar a construção artística na cidade. É uma excelente oportunidade para que as pessoas conheçam suas potencialidades e tenham uma experiência teatral e expressiva. Pela arte podemos possibilitar que os alunos desenvolvam a comunicação, crie senso crítico e esteja de fato inserido no nosso contexto social como sujeito agente”, disse Márcio Martins, coordenador do projeto ‘Teatro da Cidade’. Para Ivone Silva, coordenadora da Secretaria da Cultura e responsável pelo projeto, o trabalho de formação cultural é muito importante e todos tem oportunidade de participar.

“O projeto consiste em incentivar a produção local de arte cênica, tendo como proposta formar novos grupos e fomentar a atividade cultural na cidade. As inscrições serão realizadas por ordem de chegada para que todos tenham igual oportunidade de participar. Em todas as edições do ‘Teatro da Cidade’, o sucesso foi grande e o resultado, apresentado em um grande espetáculo, mostrou o desenvolvimento de cada aluno. É um excelente projeto e por isso convidamos a população para participar”, disse Ivone.

O curso, gratuito, oferece 150 vagas (30 para cada turma), divididas por 5 faixas etárias: infantil (de 06 a 10 anos), pré-juvenil (de 10 a 15 anos), jovem (de 15 a 18 anos), adulto (de 18 a 50 anos) e terceira idade (acima de 50 anos). O curso terá duração de 11 meses e as aulas serão ministradas uma vez por semana. Os horários das turmas serão informados posteriormente. As aulas serão ministradas uma vez por semana, às quartas, quintas e sábados, da seguinte forma:

Quartas:
Turma terceira idade: das 9h às 12h, (Arte-educador: Márcio Martins)
Turma adulta: das 18h30 às 21h30 (Arte-educador: Márcio Martins)

Quintas:
Turma pré-juvenil: das 14h às 17h. (Arte-educadora: Letícia Rodrigues)
Turma Jovem: das 18h30 às 21h30. (Arte-educadora: Letícia Rodrigues)

Sábados:
Turma infantil: das 9h às 12h. (Arte-educadora: Letícia Rodrigues)

*Prefeitura de Marília

 

Lucas Nadal lança álbum ‘Flesh and Blood’ em São Paulo

O cantor, compositor e guitarrista Lucas Nadal fará o show de lançamento de seu segundo disco, “Flesh And Blood”, no dia 28 de fevereiro, no Espaço Som, em São Paulo. O álbum, que mostra uma sonoridade mais diversificada e madura que seu disco anterior, tem como primeiro single a músca “Call It What You Want”.

O álbum agrega as diferentes influências musicais do cantor, como a banda de Hard Rock KISS, a vulnerabilidade de PJ Harvey e o grunge do Nirvana, e reitera os talentos dele como cantor, instrumentista e compositor. “Estou muito feliz com o resultado do trabalho. Desde que lancei o último disco, eu aprendi bastante coisa nova e me desenvolvi como músico, e é incrível poder aplicar isso nessas novas músicas’

01Além do lançamento do segundo trabalho do cantor, o show contará também com a banda Amarillion lançando o EP “#Libertad” e com a abertura da banda Subterrâneos. Os ingressos estão disponíveis no site Agarre (www.agarre.com) e custam R$10 (promocionais e limitados) e R$15 (portaria). O Espaço Som fica na Rua Teodoro Sampaio, 512 – São Paulo.

Novo álbum

“Flesh And Blood”, o segundo álbum da carreira do cantor Lucas Nadal, mantém as influências já mostradas em seu primeiro trabalho. Passando do Rock Alternativo/Grunge ao Heavy Metal/Hard Rock, o artista concebeu um estilo musical peculiar e pessoal para apresentar ao público.

Ainda fiel na linha de seu disco anterior, Lucas mostra em “Flesh And Blood” versatilidade e amadurecimento musical, que pode ser conferido no primeiro single do disco intitulado “Call It What You Want”, e também em outras faixas, como “Very You, “Take What You Can Take” e a balada “Straight To Me”.

Outros destaques do disco são as músicas “Harder Than It’s Ever Been”, “Left Behind” e a instrumental “Eye Of Aggamoto”, que deixam clara a forte influência de Hard Rock e Heavy Metal do cantor. O álbum “Flesh And Blood” pode ser adquirido em cópia digital em plataformas como Itunes, Rdio, Spotify e Google Play e em cópias físicas, disponíveis para venda nos shows do cantor.

*Samanta Lorena

 

Sesc Santos abre inscrições para novas turmas do Projeto Curumim

O Sesc Curumim é um programa de educação não formal que visa, a partir de um ambiente de cooperação e de respeito mútuo, garantir espaços de convivência e tempos de brincar para crianças de 7 a 12 anos por meio de um conjunto de ações lúdicas integradas e diversificadas que ampliam o seu universo sociocultural. As inscrições são entre terça e sexta-feira (dias 24 a 27), das 8 às 11h30 e das 14h30 às 18h, no próprio Sesc Santos (Rua Conselheiro Ribas, 136).

As atividades que fazem parte do programa tem por objetivo aguçar o desenvolvimento do brincar através de jogos, artes plásticas, música, brincadeiras esportivas, leitura, informática, teatro, ludoteca entre outras. Interessados devem levar documentação original: certidão de Nascimento ou RG da criança, 1 foto (recente) 3X4 da criança, exame médico (atestado clínico) informando que a criança está apta a participar de atividades físicas e Credencial Plena/Cartão de matrícula do Sesc atualizado.

Projeto Curumim

02Em 2014, o Projeto Curumim completou 27 anos, a iniciativa está presente em 25 das 33 unidades do Sesc em todo o Brasil e atende mais 3 mil crianças. O Curumim está comprometido com a autonomia, respeito à diversidade, inclusão e cooperação entra as crianças com a perspectiva de que venham a ser multiplicadoras dessas relações nos demais ambientes de convivência.

“Outro ponto fundamental para o desenvolvimento das crianças e para o sucesso da proposta é a importância da participação dos pais ou responsáveis pelo menor, especialmente, nas reuniões agendadas” acrescenta a Coordenadora de Atividades Sócio Educativas no Sesc, Marize Teixeira.

*Sesc Santos