Arquivo da tag: 2019

3º Festival Bravo começa neste sábado; confira programação completa

Por Prefeitura de Santos

Quem aprecia música clássica tem uma semana inteira de programação gratuita a partir deste sábado (9/fev), com a realização do 3º Bravo! Festival de Música Orquestral. A abertura do evento ocorre às 19h30, no Teatro Guarany (Praça dos Andradas, 100, Centro Histórico), com as apresentações do Quarteto Caiçara, Quarteto Ybirá e do violinista Bruno Robalo, vencedor do concurso de solistas da última edição do festival.

Entre os próximos dias 11 e 16 estão programadas masterclasses, abertas ao público, com os músicos Wellington Rebouças (violino), Renato Bandel (viola), Joel de Souza Filho (violoncelo) e Thiago Araújo (trompete), além do maestro Marcelo Maganha (regência).

Inspirada nos grandes eventos de música clássica, a iniciativa da Secretaria Municipal de Cultura (Secult) selecionou 62 músicos para integrar o corpo estudantil do festival. No próximo dia 15 está programada a realização do Concurso Jovens Solistas, a partir das 14h, no Teatro Municipal Braz Cubas (Av. Sen. Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias). O encerramento do Bravo! está marcado para o mesmo local, no dia 17, às 18h, com concerto de gala de orquestra formada pelos jovens músico do corpo estudantil do evento.

Programação

> 09/fev | Sábado | 19h30 | Teatro Guarany | Concerto de Abertura;
> 11/fev | Segunda-feira | 16h às 18h | Teatro Braz Cubas | Masterclass com Wellington Rebouças (violino);
> 12/fev | Terça-feira | 16h às 18h | Teatro Braz Cubas | Masterclass com Renato Bandel (viola);
> 13/fev | Quarta-feira | 16h às 18h | Teatro Braz Cubas | Masterclass com Joel de Sousa (violoncelo);
> 14/fev | Quinta-feira | 16h às 18h | Teatro Coliseu | Masterlcass com Thiago Araújo (trompete);
> 15/fev | Sexta-feira | 14h às 18h | Teatro Braz Cubas | Concurso de jovens solistas;
> 16/fev | Sábado | 14h às 17h | Teatro Braz Cubas | Masterclass com maestro Marcel Maganha da Alpha Cursos (regência);
> 17/fev | Domingo | 18h | Teatro Braz Cubas | Concerto de Gala.

 

Bandas estreantes são os destaques da semana do Carnabanda 2019

Prefeitura de Santos

A segunda semana do Carnabanda 2019 terá cinco bandas que vão desfilar pela primeira vez no evento promovido pela Prefeitura de Santos. Nesta terça-feira (5), às 19h, ocorre a estreia da Banda Balacobaco, que agita o São Manoel. A concentração ocorre na Praça Nicolau Geraigire. A CET-Santos faz a interdição da praça entre as ruas Manoel M. Canoilas e Prof. Frâncico Meira. A rota alternativa é a Rua Abel Simões Carvalho. Também ocorrem bloqueios momentâneos nas ruas Francisco Meira, Um (CDHU), Dr. João Carlos de Azevedo e Ada Campanini da Silva.

Outra estreante da noite é a Banda Carnatole, que a partir das 19h tem concentração na Rua Tolentino Filgueiras, no Gonzaga. A via estará interditada entre as ruas Tocantins e José Cabalero. Rota alternativa: Rua Azevedo Sodré. Os bloqueios momentâneos acontecem nas ruas Tolentino Filgueiras, Pasteur, Luis de Farias e Av. Washington Luiz.

Na quarta-feira (6), a partir das 19h, mais duas bandas fazem seus primeiros desfiles. A Banda da Encruzilhada concentra seus foliões na Praça Alm. Tamandaré. A CET-Santos interdita o acesso à praça, entre a Rua Borges e Avenida Conselheiro Nébias. Rota alternativa: Avenida Conselheiro Nébias. Bloqueios momentâneos na Avenida Conselheiro Nébias, Avenida Conselheiro Rodrigues Alves, Avenida Dr. Washington Luiz (sentido praia/Centro) e Rua Cunha Moreira.

Na mesma noite, a Banda Desde Pequenininho faz a festa no Boqueirão, com concentração marcada na Rua Vahia de Abreu. A via tem interdição entre a Rua Goiás e a Rua Machado de Assis. Rota alternativa: Av. Dr Washington Luiz (sentido Centro/praia). Bloqueios momentâneos: Rua Vahia de Abreu, Rua Mato Grosso, Avenida Washington Luiz (sentido praia/Centro) e Rua Alexandre Herculano.

A folia continua na quinta-feira

Quinta-feira (7) a folia continua com o desfile da Banda Só Amigos da Baixada Santista, a partir das 19h, no Aparecida. Concentração na Praça Abílio Rodrigues Paz (BNH – interior da praça). Interdições momentâneas: Rua Alexandre Martins, Rua Frei Francisco Sampaio, Rua Jurubatuba, Rua Pirajá da Silva, Rua Alm. Ernesto de Mello Jr, Rua Luiz Marques Gaspar, Rua Aureliano Coutinho, Rua Alexandre Fleming, Rua Vergueiro Steidel (no contrafluxo) e Rua Alexandre Martins.

Já a Banda Miss – Mocidade Independente de Santos faz sua estreia animando a Encruzilhada. Concentração na Rua Cunha Moreira, que fica interditada entre a Avenida Senador Feijó e a Rua Comendador Martins. Rota alternativa pela Rua Guedes Coelho. A Avenida Senador Feijó, Rua Barão de Paranapiacaba e a Rua Júlio Conceição têm bloqueios momentâneos.

Bandas têm novos dias de desfiles

Atendendo solicitação da Polícia Militar para que os desfiles das bandas carnavalescas não coincidam com as datas do Desfile Oficial das Escolas de Samba, a programação do Carnabanda 2019 sofreu duas alterações. A Banda Dragão, que desfilaria no próximo dia 23, vai sair pelas ruas do Embaré no dia 26, a partir das 19h. Em breve será anunciada a nova data do desfile da Banda BB do Estuário. Para saber a programação completa do Carnabanda 2019 acesse: http://www.santos.sp.gov.br/carnaval.

 

Curso promove laboratório de desenvolvimento de projetos para 8º Facult

Por Madeleine Alves

Muitos têm ideias para trabalhos culturais. Contudo, ao se deparar com um edital em suas letras frias, desanimam de tentar concorrer a um incentivo público. Foi para desmistificar essa sensação e trazer mais bons projetos à vida que surgiu o Curso ‘Facult: do Edital ao Envio’. Ministrado pela realizadora audiovisual e produtora cultural Madeleine Alves, com produção da Amanda Marx Produções, este laboratório visa ensinar ao participante como transformar uma ideia em um Projeto Cultural, com o intuito especifico de participar da seleção do 8º Concurso de Apoio a Projetos Culturais Independentes no Município de Santos que serão premiados pelo Fundo de Assistência à Cultura – FACULT.

Serão 4 (quatro) dias, cada um com 3 horas/aula por dia, em um total de 12 horas/aula, todas realizadas de forma prática e presencial. Nas aulas, os participantes vão estudar o regulamento do 8º FACULT, a fim de que entendam todas as etapas de desenvolvimento do projeto, desde a organização dos documentos necessários até a formatação, aprendendo a elaborar textos que demonstrem os objetivos do projeto, contrapartida, cronograma, planilha orçamentária, entre outros elementos que possam fornecer condições de realizar sua elaboração completa, finalizando com a inscrição.

Durante o curso, teremos também a palestra ‘Experiências na realização de projetos culturais’, com o diretor teatral Platão Capurro Filho, que irá relatar suas experiências na elaboração de projetos, realizados com as mais diversas formas de incentivos. O 8º FACULT é uma ótima oportunidade para profissionais de qualquer segmento artístico que tenham alguma ideia que gostariam de executar e estejam iniciando sua participação em projetos culturais, pois exige uma elaboração mais simples do que as existentes em outros projetos, tais como ProAC e Lei Rouanet.

Vale lembrar que a próxima edição do Facult selecionará 30 projetos e cada projeto selecionado receberá o valor de R$ 15 mil, conforme regulamento. O curso em si será ministrado de 18 a 21/mar, das 19h30 às 22h30, no Espaço Naradeva (R. Siqueira Campos, 618/Santos). O investimento até 22/fev será R$ 100 à vista ou R$ 60 em 2x no cheque ou em até 18x no cartão de crédito, sem incluir juros da operadora. A partir do dia 23/fev, o curso terá o valor de R$ 120 à vista, R$ 70 em 2x no cheque ou ema té 18x no cartão de crédito, sem incluir juros de operadora. Informações: (13) 98151-4979 ou projetofacult2019@gmail.com.

 

No Braz Cubas, 8º Facult é tema de tira-dúvidas nesta quinta

Por Lincoln Spada

Novos segmentos artísticos devem compor o Conselho de Cultura de Santos (Concult), no biênio 2019-2021. É que em janeiro, a atual gestão do órgão endossou indicações à Prefeitura para alterações das representatividades da sociedade civil já a partir do primeiro trimestre.

Assim, estão previstas as vagas exclusivas para Artes Urbanas (hip hop, artistas de rua, festas urbanas, etc.) e Cultura da Diversidade (expressões artísticas relacionadas a questões de diversidade sexual, identidade racial, etc.). As eleições dos representantes ocorrem na 10ª Conferência Municipal de Cultura, no dia 16/mar.

Os outros segmentos representados no Concult serão: Música; Audiovisual e Multimeios; Literatura; Teatro e Circo; Artes Visuais; Dança e Movimento; Patrimônio Cultural; Carnaval e Cultura Popular; Produção Cultural. Tanto o conselho quanto a 10ª Conferência pautam o ‘Painel: Facult + Políticas Culturais’.

O painel

A iniciativa realizada pelo Concult e pela Prefeitura via Secult também será um tira-dúvidas sobre o regulamento do 8º Concurso de Apoio a Projetos Culturais Independentes no Município de Santos, o Facult. O evento será nesta quinta-feira (dia 7), às 19 horas, no Teatro Braz Cubas (Av. Sen. Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias). Não há inscrições prévias para o painel com entrada franca.

Estação Verão Praia traz apresentações musicais no final de semana

Prefeitura de Praia Grande

Os moradores e turistas de Praia Grande podem se divertir em mais um final de semana do Estação Verão Praia. Nesta sexta e sábado (1º e 2/fev), os artistas locais voltam aos palcos das 12 arenas (confira a relação de artistas e locais ao final da matéria). A entrada é gratuita e acontece das 21h até meia-noite.

No mês de fevereiro, as atrações musicais de diferentes estilos da região encerram todas as noites de sextas e sábados nas arenas, além das atividades físicas e esportivas do Estação Verão Praia ocorrerem aos sábados e domingos, das 9h às 20h. Neste ano, os espaços contam com restaurantes e banheiros disponíveis, continuando com a estratégia de sucesso da última edição.

Sexta-feira (1ºfev) – A partir das 21h
> Canto do Forte (Rua Xixová) – Rita Garcia (sertanejo)
> Boqueirão (Rua Paris) – Henrique Mineiro (sertanejo)
> Guilhermina (Avenida Guilhermina) – Ton Cremon (rock)
> Guilhermina/Aviação (Rua Nicarágua) – Stonerland (pop)
> Aviação (Rua São Pedro) – Allan Rodrigues e Rodolfo (sertanejo)
> Tupi (Rua Guaranis) – Willian Santana (pop)
> Tupi (Rua Martins Fontes / Ernesto Vergara) – Otavio Camargo (sertanejo)
> Ocian (Rua José de Alencar) – Ricardinho (samba)
> Ocian/Mirim (Avenida dos Sindicatos) – Folia 99 (escola de samba)
> Maracanã (Rua João André Quintale) – Quase Nada (samba)
> Caiçara (Avenida Nossa Senhora de Fátima) – Maré Musical (rock)
> Flórida/Real (Rua Íris) – Aula de forró (forró)

Sábado (2/fev) – A partir das 21h
> Canto do Forte (Rua Xixová) – Kinho Bateria (MPB)
> Boqueirão (Rua Paris) – Vem na Batucada (samba)
> Guilhermina (Avenida Guilhermina) – Alê Hourneaux & Banda (MPB)
> Guilhermina/Aviação (Rua Nicarágua) – Nando e Gabriel (sertanejo)
> Aviação (Rua São Pedro) – Fabricio Campo e Banda (pop)
> Tupi (Rua Guaranis) – MR Now (rock)
> Tupi (Rua Martins Fontes / Ernesto Vergara) – Grupo Nova Era (samba)
> Ocian (Rua José de Alencar) – Autentica (pop)
> Ocian/Mirim (Avenida dos Sindicatos) – Taymon e Thiago (sertanejo)
> Maracanã (Rua João André Quintale) – Matheus Felipe (sertanejo)
> Caiçara (Avenida Nossa Senhora de Fátima) – Samba Diferente (samba)
> Flórida/Real (Rua Íris) – aula de forró (forró)

 

Confira a lista de bolsistas aprovados no 3º Bravo! Festival de Música Orquestral

Prefeitura de Santos

Foram divulgados os 62 nomes dos jovens músicos que integrarão o corpo estudantil do 3º Bravo! Festival de Música Orquestral. Inspirada nos grandes eventos de música clássica, a iniciativa, realizada pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult), por meio de seu Departamento de Formação e Pesquisa Cultural (Deforpec), oferece masterclasses com grandes nomes da música erudita aos participantes. Palestra de abertura ocorre no dia 9 de fevereiro, no Teatro Guarany (Praça dos Andradas, 100, Centro), com a condução do violonista Bruno Robalo e dos quartetos Caiçara e Ybirá.

Entre os dias 11 e 16 de fevereiro estão programadas aulas com Wellington Rebouças (violino), Renato Bandel (viola), Joel de Souza Filho (violoncelo), Thiago Araújo (trompete) e com o maestro Marcelo Maganha. O Bravo! tem encerramento no dia 17 de fevereiro, no Teatro Municipal Braz Cubas (Av. Senador Pinheiro Machado, 48, na Vila Mathias), com concerto de gala com a orquestra formada pelos alunos, ao lado do Clube do Choro de Santos e da Escola de Choro e Cidadania Luizinho 7 Cordas. As aulas também ocorrem no Municipal. Confira a lista de aprovados:

Abner Souza, violino
Aline Oliveira, violoncelo
Ana Elise, violino
André Serrano, trombone
André dos Santos, aluno ouvinte
Anthony Richard Ribeiro, violino
Bruno Robalo, violino
Daniel Mingoranse, violino
Danilo Silva, violino
Davi Buczynski , violino
Gilvan Calsolari, viola
Giovana Lima, violino
Guilherme Jonas, viola
Guilherme Ramos, flauta
Helcio Walfal, violino
Ilana Rocha, violino
Izadora Moro, violino
Joabe Silva, violino
Joelson França, trompete
Jonas Azevedo, violino
Jonny Moura, violino
José Roberto Sobral, violino
João Marcos Nobre, viola
João Marcos Oliveira, violino
João Victor Muniz, percussão
Juan Sotomayor, violino
Julia Wong, violino
Juliana Menezes, violino
Laís Ferreira, viola
Lana de Castro, violino
Letícia Moraes, clarinete
Luan Pablo, clarinete,
Lucas Gabriel, violino
Lucas Matheus, violino
Lucas Pascoali, violino
Lucas Paulino, violino
Lucas Renan, fagote
Lucas Rodrigues, violino
Lucas Espírito Santo, trompete
Luís Felipe, violino
Manoela Santos, fagote
Maria Eduarda Moro, violoncelo
Maria Fernanda Camargo, violoncelo
Maria Fernanda Gracia, violino
Marcos Paulo Oliveira, clarinete
Matheus Eduardo, violino
Murilo Cesar, violoncelo
Nathalia Oliveira, trombone
Otavio Monteiro, viola
Otavio Silva, trompete
Pedro Pascoali, violino
Quezia Sousa, viola
Samuel Lourenço, flauta
Silas Neto, flauta
Sofia Albrecht , violoncelo
Thais Casemiro, violino
Thalia Izidoro, flauta
Thiago Alvares, clarinete
Vinicius Mendes, violino
Vitor Mastre, clarinete
Wellington Oliveira, trompete
Yasmim Silva, viola

37ª Encenação de São Vicente segue até dia 22; conheça o elenco principal

Por Prefeitura de São Vicente

Chegou o momento de concentrar as atenções para não perder nenhum detalhe. Diariamente até terça-feira (22/jan), data do aniversário da Cidade, acontece sempre a partir das 20h30 a temporada da 37ª Encenação da Fundação da Vila de São Vicente, em frente à Praça Tom Jobim. Confira aqui os pontos de troca de 1 Kg de alimento não-perecível pelos ingressos deste principal espetáculo da Região.

> Acesse aqui a galeria oficial de fotos da 37ª Encenação

A direção do espetáculo é dividida pelas premiadas coreógrafas Geyssa Alencar e Sabrina Olímpio e do ator e diretor teatral Lucas Magalhães. Em cena, mais de 700 atores e 1 mil pessoas que colaboram na confecção desta obra. No elenco, destaque para Marcos Frota interpretando a Loucura: “Contar essa história é valorizar um momento marcante para o nosso País. É uma proposta diferente. Um grande desafio. Vou viver muito mais do que uma personagem. Vou representar um sentimento. E o desafio é promover essa grande celebração”.

Também estão os atores Duda Nagle (Martim Afonso), Marissol Dias (Índia Jacy ou Deusa Lua); Fernanda Pontes (Anna Pimentel); Carol Nakamura (Índia Bartira); Rick Moreno (Índio Tibiriçá); Alexandre Romero (Conselheiro) e Guilherme Leonel (João Ramalho). O pároco da Igreja Matriz de São Vicente, padre Renan Fonseca e Censi, interpreta Gonçalo Monteiro, primeiro padre a rezar uma missa na Primeira Cidade do Brasil. Já o ator local Gustavo Roemer dará vida ao Bacharel de Cananeia.

Vale o sacrifício

Se estar na 37ª Encenação de Fundação da Vila de São Vicente é especial para quem tem experiência nos palcos e atrás das câmeras, para quem vem da comunidade será um momento único e que permite qualquer sacrifício. Em alguns casos, até mesmo percorrer 200 quilômetros (ida e volta), de segunda a sexta-feira, entre Itariri, no Vale do Ribeira, e São Vicente. Foi o que fez a jovem Júlia Marina Olímpia Menezes Clementino, de 17 anos, que passou os últimos três meses em viagens de ida e volta entre as duas cidades, para realizar o sonho de participar da Encenação.

“Estou ansiosa. Esta é minha primeira encenação. Participo de eventos em Itariri, onde moro. Agora, estar na Encenação de São Vicente é um sonho que será realizado. Quero me dedicar ao teatro”. Ela está no núcleo dos índios. Para ensaiar, Júlia era acompanhada pelos pais, que deram total apoio ao sonho da filha em participar do evento, considerado o maior do gênero em todo o Mundo. “Fiz a inscrição da milha filha, pois este sempre foi um sonho para ela. Estivemos em todos os ensaios. Não foi fácil, tivemos de percorrer cerca de 200 quilômetros, para vir e voltar. Em alguns dias, com o trânsito, ficamos até quatro horas na estrada”, lembra a professora Ireni da Silva Menezes, 41 anos, mãe de Júlia.

A estrada também fez parte da rotina do doceiro Everton Alves, 56 anos, e de Silvana Alves de Souza, 42 anos. Moradores em Mongaguá, eles são veteranos na Encenação. “Em 2014 vim assistir ao espetáculo e fiquei encantado. Então, decidi me inscrever. Neste ano estou indo para a minha terceira participação”, conta Everton. “Estou aqui na Arena desde 2010, participando como atriz da comunidade. Não tenho palavras para descrever este momento único”, completa a manicure Silvana. Os dois estão no núcleo da Loucura.

Em sua 7ª participação, a praia-grandense Maria Celsa Santos Pupo, 64 anos, dispensa qualquer compromisso para fazer parte do evento. “Quando chega o período de inscrição, venho imediatamente garantir presença na Encenação. Cancelo qualquer compromisso para estar aqui”, afirma. Ela será porta-bandeira no núcleo da Corte. Moradora em Santos, Maria de Fátima Larsson, 54 anos, amplia o quadro de atores que vêm de outras cidades. “Será a minha primeira vez como atriz. Sempre quis participar do evento. Neste ano estou realizando o meu sonho”, comemora.