Arquivo da tag: aniversário

Porto Circense comemora 1º ano com programação dia 8

Com informações de Ugo Castro Alves

A Associação Cultural Porto Circense realiza programação cultural de seu 1º aniversário neste sábado (8/dez), a partir das 17h e segue até 1h, em sua sede (Av. Almirante Cochrane, 404, Macuco/Santos). O ingresso custa R$ 10.

O evento contará com muitas atrações, como ‘Espaço de Brincar’, com a Ecobrincar (17h), a vivência-oficina ‘O circo vem daí’ (18h30), o espetáculo ‘Cabaré Móbile’ (20h) e forró elétrico com a banda Saramandaia (21h30). O espaço será abrilhantado com exposições de lambes de Fabrício Lopez, regado ao sabor de pratos do Chef Eduardo Turati.

A Porto Circense iniciou seus trabalhos em dezembro de 2017, com a arte do circo para a Baixada Santista. “Sendo ministrando aulas ou através de seus eventos, a Porto trabalha incansavelmente para espalhar a magia do circo ao seu redor”, relatam os produtores da associação.

Maria Rita homenageia Santos com show patrocinado pelo Grupo Mendes

Por Lincoln Spada

Após três anos longe dos palcos santistas, Maria Rita volta a entoar o seu repertório no próximo sábado (28/jan), às 21 horas, na Praça Mauá. O show gratuito é em comemoração ao 471º aniversário do município e desfaz a saudade dos fãs da intérprete, que cantou em 2014 no Mendes Convention Center. Trata-se do principal espaço do Grupo Mendes, que é justamente quem custeia todo o evento deste fim de semana, conforme nota da Prefeitura de Santos.

Filha de Elis Regina e de César Camargo Mariano, a estrela da MPB traz à Cidade o show ‘Samba de Maria’. Em sua recente turnê, ela canta músicas que marcaram sua vida e clássicos da MPB. Integram a apresentação sucessos de Zeca Pagodinho, Arlindo Cruz, Jorge Aragão, Alcione, Beth Carvalho, além de sambas-enredo. Ganhadora de 11 prêmios Grammy Latino, incluindo de Melhor Artista Revelação, Maria Rita já vendeu milhões de CD’s e DVD’s, no Brasil e no mundo.

A praia é a praça

Em tempo da crise econômica alcançar os municípios, assim a Prefeitura de Santos confirma não ter ônus com a programação cultural e turística deste verão. No réveillon, a VLI Multimodal S/A custeou a queima de fogos de artifício. Em vez de tendas na orla, a iniciativa privada financiou apresentações artísticas em espaços ao ar livre pelos quatro cantos da cidade. E o tradicional show de aniversário também não veio dos cofres públicos.

Este ano também será marcado com a transferência do evento ao Centro Histórico. Noutras vezes, Diogo Nogueira, Jota Quest e Lulu Santos foram alguns músicos que se repetiam suas apresentações na praia do Gonzaga, após embalarem as edições do Baile Oficial da Cidade, no mesmo Mendes Convention Center, em que os ingressos revertiam em recursos para o Fundo Social de Solidariedade. Neste ano, não houve o tradicional baile.

Chamamento: Agenda do 35º niver do Centro Cultural Cadeia Velha

Há exatos 35 anos, o #CentroCulturalCadeiaVelha era institucionalizado como espaço de artes integradas, sendo nomeado pela Secretaria de Estado da Cultura como “Casa da Cultura do Litoral” e “Delegacia Regional de Cultura”, precursora da atual Oficina Cultural Pagu, gestora do patrimônio. Mas esta celebração às avessas é uma crítica ao fim do prédio estadual como Centro Cultural Cadeia Velha, já que a partir deste final de semana, o prédio estadual será fechado à população por tempo indeterminado.

Reformado por quase cinco anos com custo de R$ 10 milhões, o equipamento foi reaberto em agosto e já contou com mais de 15 mil visitas, recebendo festivais, apresentações e atividades formativas desde sua reinauguração. Com a constante redução de verbas, o Governo Estadual mal anunciou em novembro que será rompido o convênio com unidades gestoras de todas as oficinas culturais do interior e litoral, incluindo a OC Pagu, mas sem dialogar com a comunidade artística como garantirá (além das oficinas culturais) as portas abertas, a Cadeia Velha como centro regional de artes integradas e uma gestão participativa com os artistas no uso do prédio.

Se o Governo Estadual não reafirma o seu compromisso de antigas audiências com a população, nós, artistas, ativistas e apoiadores, convocamos todos os coletivos e artistas interessados a elaborar uma agenda colaborativa e gratuita à comunidade entre os dias 16 e 17 de dezembro, no Centro Cultural Cadeia Velha. Solicitamos que enviem até quarta-feira (dia 14) um breve resumo da atividade, contatos (telefone, email, redes sociais) e preferências de dias e horários pelo inbox de: fb.com/centroculturalcadeiavelha.

Primeira food bike de Santos completa um ano em abril

Para comemorar um ano de atividades, a food bike Brigadeiros Dona Chita estaciona no Casa Velha (Bulevar Othon Feliciano, Gonzaga) sábado (16), às 14h, com descontos especiais. Ao todo, foram mais de 60 exposições, que incluem participações em eventos coorporativos, festas, ações artísticas, de economia criativa e foodpark. “Não poderia ser em outro lugar. A família Scapuccin apostou na idéia junto comigo, quando aqui esse conceito era novidade e não havia referências de como a Cidade iria abraçar essa proposta”, ressalta a jornalista Milena Graziela, criadora e condutora da marca.

Criada em 2013, a Dona Chita apostou no brigadeiro para promover um dos ícones da nossa confeitaria popular. Do sabor à apresentação dos doces os critérios de qualidade buscam um refinamento sem perder a simplicidade tão típica do brigadeiro e da variedade marcante na culinária brasileira. Há um ano, passou a usar a bicicleta para promover um cardápio com ampla variedade de brigadeiros exclusivos. São receitas com ingredientes, como a goiabada, a abóbora, o coco, o doce de leite, o café, todos combinados com muito chocolate.

A empreendedora fez o primeiro brigadeiro aos oito anos, ajudando a mãe que é uma quituteira e trabalha com alimentos há 30 anos. “Minha formação na cozinha foi no melhor estilo espartano”, brinca e emenda. “Minha mãe me ensinou, desde cedo, na prática os segredos de doces, bolos e recheios que carregam um sabor caseiro e quase ancestral”.

Parcerias

Ainda para celebrar a data, a Dona Chita convidou diversas empreendedoras para produzirem uma linha de produtos com a imagem da mascote da marca, obra feita pela premiada e renomada ilustradora santista, Simone Matias. Os colares são assinados pela ‘Nas Ruas de Santos’, a boneca de feltro pela ‘Coisas de Ana’, camisetas e aventais pela ‘Soul Frida’, bolsas pela ‘Gato Negro Artesanias’, porta-níqueis com a ‘Na Casa Dela Tinha’ e carteira mágica pela ‘Morena Chique’.

A bicicleta também ganha novos acessórios: uma coroa de flores para cesta, preparada pelas ‘Donas Florindas’, e placa decorativa da ‘Piba Puppet’. “São mulheres empreendedoras e muito comprometidas com o trabalho. Estão firmes nos seus propósitos, resistem e provam que uma nova forma de economia e produção pode sim mudar nosso jeito de consumir”, explica Milena.

Coletivo Bike It – Gastronomia Itinerante

Entre as principais conquistas em um ano de atividade , está a participação no Coletivo Bike It, o primeiro na região a reunir quatro food bikes, de diferentes segmentos: Bem Querer Delivery (snack de frutas), Dona Chita (brigadeiros), Café Encontro (cafés especiais) e Sandubike (sanduíches saudáveis). A proposta inédita do grupo de empreendedores do ‘Bike It’ agrega a funcionalidade da bicicleta à variedade culinária e gastronômica, tão presente na comida de rua brasileira. Esse mês, o trabalho do coletivo completa sete meses de atividades.

*Amanda Marconi

 

MISS abre exposição em homenagem ao aniversário de Santos

Em homenagem aos 470 anos de Santos, comemorados no próximo dia 26, o Museu da Imagem e do Som de Santos (Miss) abre na sexta-feira (15) a exposição fotográfica ‘Santos – Outro Olhar’, que traz imagens coloridas e em preto e branco, que retratam os encantos da Cidade. As 26 imagens serão apresentadas em painéis fotográficos no formato 50×75 cm e poderão ser vistas até o dia 28 de fevereiro.

Além das fotos já apresentadas na exposição ‘Olhar Santista’, a nova montagem traz outras obras inéditas, algumas vencedoras do concurso fotográfico ‘Ilumina Santos’, promovido pela Prefeitura Municipal em parceria com o Fundo Social de Solidariedade, para ilustrar o calendário da Cidade em 2016.

Serviço
Exposição fotográfica ‘Santos – Outro Olhar’
De 15 de janeiro a 28 de fevereiro
Museu da Imagem e do Som de Santos (Miss)
Piso térreo do Centro de Cultura Patrícia Galvão
Av. Sen. Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias.
Gratuito

*Prefeitura de Santos

 

Confira a programação cultural para o 484º aniversário de SV

Mais de 25 atividades culturais, entre apresentações, exposições, oficinas e rodas de partilha, estão previstas para o mês de janeiro, quando a codade celebra seu 484º aniversário. As ações serão realizadas gratuitamente por artistas de São Vicente e da Baixada Santista com apoio da Prefeitura Municipal através da Secretaria da Cultura e acontecem entre os dias 6 e 30 nas Oficinas Culturais Professor Oswaldo Névola Filho e Parque Cultural Vila de São Vicente.

Localizada na Rua Tenente Durval do Amaral, 72, Catiapoã, as Oficinas Culturais concentrarão a maioria das atividades formativas, com destaque para as artes colombianas com universitários da Aiesec, as danças de Okinawa com as irmãs japonesas Kayoko e Yayoi Miyagi, e fotojornalismo sobre a África, da vicentina Lia Heck. Direto da Itália, o diretor teatral Eliel Ferreira ministrará oficina de iniciação teatral.

Também estão previstas formações sobre dança de rua, confecção de dedoches e fantoches e a iniciativa 1º Foto Arte de São Vicente, além de apresentações de teatro infantil, canto cênico como grupo Cantigo e o indie rock com a banda Ways. O projeto de arte sustentável Mandala – Reciclando o Mundo, ocorrerá durante todo o mês de janeiro.

Já o Parque Cultural Vila de São Vicente (Praça João Pessoa, s/nº) contará, em grande parte, com sessões gratuitas de teatro aos fins de semana com as companhias Os Indesejáveis do Telhado, Héterus e Coletivo Sanatório Geral, além da quadrilha junina Andy e Angel, Cia Criarte, Mashup e grupos de dança local, como o recém-criado Gohayó Daiko.

O parque também sediará o 21º Sarau Caiçara, organizado pelo coletivo Percutindo Mundos com escritores, dançarinos e atores, o 2º Encontro entre Amigos Fotógrafos e feira de artesanato. A programação ainda inclui oficinas de confecção de máscaras para teatro, de fotografia e encerra com um debate sobre História e Fotografia. Confira abaixo a lista na íntegra de todas as atividades gratuitas:

>> Dias 6 a 9 – 14h às 16h – Oficinas Culturais – Imersão em arte colombiana com ênfase em dança, com os colombianos Lina Maria Dias Muñoz e Cesar Gomez Cassres, da Aiesec;
>> Dias 11 a 13 – 15h às 18h – Oficinas Culturais – Oficina de confecção de dedoches, com a artesã Marcia Alves;
>> Dias 11 a 15 – 14h ás 17h – Oficinas Culturais – Oficina de iniciação teatral com o diretor teatral Eliel Ferreira;
>> Dias 11 a 22 – 15h às 18h – Oficinas Culturais – Projeto de arte e sustentabilidade ‘Mandala – Reciclando o Mundo’;
>> Dias 12 a 15 – 14h às 17h – Parque Cultural Vila de SV – Oficina de confecção de máscaras para teatro, com o ator e diretor teatral Rodrigo Caesar;
>> Dia 14 – 20h às 22h – Oficinas Culturais – Workshop de street dance, com o dançarino e coreógrafo Kaio Cícero dos Santos;
>> Dia 16 – 10h às 13h – Oficinas Culturais – Workshops de fotojornalismo ‘Senegal: histórias de um fenômeno islâmico através de imagens’, de Lia Heck
>> Dias 16 e 23 – 17h – Oficinas Culturais – Teatro infantil ‘O Ratinho que não gostava de queijo’, com a Cia Kuarup;
>> Dia 17 – 15h às 19h – Parque Cultural Vila de SV – 2º Encontro entre Amigos Fotógrafos, com Ivy Freitas; e passeio cultural, com Helena Hartmann;
>> Dia 17 – 16h – Parque Cultural Vila de SV – Teatro infantil ‘É doce ou salgado?’, com Coletivo Sanatório Geral;
>> Dias 17 a 24 – 10h às 20h – Parque Cultural Vila de SV – Feira de Artesanato;
>> Dias 18 a 20 – 15h às 18h – Oficinas Culturais – Oficina de confecção de fantoches de espuma, com Marcia Alves;
>> Dias 18 a 20 – 19h às 21h30 – Oficinas Culturais – Workshop de Danças de Okinawa, com as irmãs Miyagi, do Japão;
>> Dia 19 – 20h – Oficinas Culturais – Apresentação musical do Grupo Cântigo;
>> Dia 20 – 15h às 19h – Parque Cultural Vila de SV – Oficina de Fotografia, do Fotoclube O Frame;
>> Dia 20 – 20h – Oficinas Culturais – Apresentação musical da Banda Ways (indie rock);
>> Dia 21 – 20h – Parque Cultural Vila de SV – Teatro ‘Aquele que diz sim, aquele que diz não’, da Cia Teatral Os Indesejáveis do Telhado;
>> Dia 22 – Orla do Gonzaguinha – Vias Vivas;
>> Dia 22 – 19h30 – Parque Cultural Vila de SV – Gohayó Daiko;
>> Dia 22 – 20h – Parque Cultural Vila de SV – Apresentação de dança das irmãs Myiagi, do Japão;
>> Dia 22 – 20h30 – Parque Cultural Vila de SV – Teatro ‘Choro de Saudade’, da Cia Héterus de Teatro;
>> Dias 22 a 24 – Oficinas Culturais – Projeto ‘1º Foto Arte São Vicente’ com bate-papo, mostras fotográficas e de equipamentos antigos;
>> Dia 24 – 16h às 18h – Parque Cultural Vila de SV – 21º Sarau Caiçara, do Percutindo Mundos;
>> Dia 24 – 19h30 – Parque Cultural Vila de SV – Quadrilha Junina Andy e Angel;
>> Dia 24 – 20h às 21h30 – Parque Cultural Vila de SV – Grupos de dança de São Vicente e convidados;
>> Dia 30 – 15h às 19h – Parque Cultural Vila de SV – Debate ‘História e Fotografia’, com historiador Marcos Braga, guia de turismo Helena Hartmann e fotógrafa Ivy Freitas.

*Lincoln Spada

 

Gibiteca comemora 23 anos em fim de semana repleto de atividades

A Gibiteca Municipal Marcel Rodrigues completa 23 anos e traz programação especial para comemorar a data. Entre os próximos dias 11 e 13, o espaço realiza exposições, lançamentos, sessão de autógrafos, bate-papo com os autores, música, sketchcrawl, encontro cosplay e outras atividades gratuitas voltadas para os quadrinhos e manifestações dedicadas ao universo geek/nerd.

A comemoração tem início na sexta-feira (11), com a abertura da exposição ‘Star Wars por uns 60’, realizada, a partir das 19h30, na área de circulação do Shopping Pátio Iporanga (Av. Ana Costa, 465, Gonzaga). É a única atividade que ocorre fora do tradicional Posto 5, na orla do Boqueirão.

No sábado (12), às 12h, a Gibiteca abre a mostra ‘80 anos de Mauricio de Sousa’, em homenagem ao pai da Turma da Mônica. Os artistas Alexandre ‘Bar’ Barbosa, Aline Teodoro, André ‘HQ’, Augusto Passos, Caca, Christiano Flexa, Clayton InLoco, DaCosta, Denis Dym, Dodo, Ed Carlos, Eder Messias, Fábio Coala, Flavio Calazans, Helton/Aikau, Jazz Miranda, Jo Seraph, Joel Jr. Fragoso, Leandro Henrique Altafim, Nice Lopes, Sam Coza, Seri,Victor Freundt e Zéppas participam da homenagem com trabalhos inspirados nas obras do pai da Mônica.

Durante o dia também haverá exibição de action figures e estátuas, além de música ao vivo com Walmir Buono e Aracelli Go. O duo traz repertório que vai do jazz a bossa nova. No domingo (13), o local disponibiliza mesas de jogos. A atividade tem coordenação do grupo Todos on Board (ToB), da equipe da loja Caverna do Dragão e da Liga Star Wars X-Wing. Além disso, ocorre exposição de jogos, distribuição de brindes e sorteio de RPGs, tabuleiros e card games.

Realizada pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult), a comemoração do aniversário da Gibiteca conta com o apoio do site Opiniões Desinformativas (OD), das loja Caverna do Dragão e Breshopim, do grupo Todos on Board (TOB), das editoras Pensamento Coletivo, Conclave e Funbox, do Nerd Cine Fest e da Liga Baixada Santista X-Wing. Confira a programação completa:

Sexta (11)
19h30 – Exposição ‘Star Wars por uns 60’ – Shopping Pátio Iporanga

Sábado (12)
12h – Exposição ‘80 anos de Mauricio de Sousa’ – Gibiteca
12h30 – Mesa livre de desenhos de mangá com o Estúdio Mangarts
13h – Painel ‘O jornalista Marcel Paes’, com o Prof. Dr. Flavio Calazans
14h – Encontro cosplay e maratona sketchcrawl organizados pelo ilustrador e desenhista de humor Osvaldo Da Costa.
16h – Exibição de dois episódios do desenho animado ‘Onigomanjhas’, de Mauro de Abreu, premiado no Anima Mundi
16h – Caricatura ao vivo com o Caricartoon, organizado por Caca Marszolek Bueno
17h – Debate com integrantes da Associação dos Quadrinistas e Caricaturistas do Estado de São Paulo (AQC) sobre as atividades da entidade e também sobre o prêmio Ângelo Agostini. Com Worney de Souza, Marcos Venceslau, Bira Dantas, Alexandre Silva e Gazy Andraus.
18h – Lançamento coletivo de Fábio Coala, Paulo Siqueira, Victor Freundt, Bruno Bispo, Clayton InLoco e da editora Edda
19h30 – Bolo de aniversário e apresentação do balanço do ano da Gibiteca

Domingo (13)
10h – Game Fest com Mortal Kombat e jogos surpresa, coordenação de Felipe Marques
10h – Workshop sobre RPG. Como jogar, onde encontrar os jogos e seus principais destaques, assim como um pouco de sua história e detalhes sobre o mercado nacional. A oficina será ministrada por Fábio Ribeiro (TOB) e convidados
11h30 – Lançamento do jogo Jade Punk, da editora Pensamento Coletivo
14h – Apresentação do card game ‘Dungeons Twister’
15h – Exibição e debate sobre o filme inédito The Knigths of Badassdom, inédito no Brasil
17h – Bate-papo com Fábio Ribeiro, Yara Myiasito e Nego Jota sobre os jogos de mesa (tabuleiro, RPG e cards), que promete discutir cenário atual, mercado e futuro dos tabletop games

*Prefeitura de Santos