Arquivo da tag: audiovisual e multimeios

No Braz Cubas, 8º Facult é tema de tira-dúvidas nesta quinta

Por Lincoln Spada

Novos segmentos artísticos devem compor o Conselho de Cultura de Santos (Concult), no biênio 2019-2021. É que em janeiro, a atual gestão do órgão endossou indicações à Prefeitura para alterações das representatividades da sociedade civil já a partir do primeiro trimestre.

Assim, estão previstas as vagas exclusivas para Artes Urbanas (hip hop, artistas de rua, festas urbanas, etc.) e Cultura da Diversidade (expressões artísticas relacionadas a questões de diversidade sexual, identidade racial, etc.). As eleições dos representantes ocorrem na 10ª Conferência Municipal de Cultura, no dia 16/mar.

Os outros segmentos representados no Concult serão: Música; Audiovisual e Multimeios; Literatura; Teatro e Circo; Artes Visuais; Dança e Movimento; Patrimônio Cultural; Carnaval e Cultura Popular; Produção Cultural. Tanto o conselho quanto a 10ª Conferência pautam o ‘Painel: Facult + Políticas Culturais’.

O painel

A iniciativa realizada pelo Concult e pela Prefeitura via Secult também será um tira-dúvidas sobre o regulamento do 8º Concurso de Apoio a Projetos Culturais Independentes no Município de Santos, o Facult. O evento será nesta quinta-feira (dia 7), às 19 horas, no Teatro Braz Cubas (Av. Sen. Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias). Não há inscrições prévias para o painel com entrada franca.

Posse do Concult de Santos é dia 13; cadeira é polêmica

Post atualizado à 1h de sábado*

O novo Conselho de Cultura de Santos e a sua mesa diretora serão empossados nesta segunda-feira, às 19 horas, na Prodesan (Praça dos Expedicionários, 10, Gonzaga). Ao todo, a entidade é formada por 11 representantes do Poder Público, 11 da sociedade civil e mais 11 suplentes.

03

Enquanto as cadeiras do Poder Público são distribuídas entre secretarias, considerando a cultura como política transversal, as da sociedade civil são indicadas por segmento. As áreas contempladas são: artesanato, folclore e cultura popular, dança e movimento, livro e literatura, produção e promoção cultural, carnaval, história e memória, teatro e circo, patrimônio histórico edificado, artes visuais, audiovisual e multimeios.

Apesar de já haver espaço para Secretaria da Cultura dentro da cota do Poder Público, era considerado comum haver a disputa das vagas de conselheiros da sociedade civil com funcionários públicos da área artística durante as pré-conferências. E a partir daí,  reuniões do Concult geravam a questão se o funcionário representava as ideias do Poder Público ou o mesmo como artista representava a sociedade civil, que a elegeu.

02Desta vez, uma das cadeiras da sociedade civil está sendo tema de polêmica. Na primeira pré-conferência de dança não houve quórum do segmento, sendo adiada para a semana seguinte. Lá, dois membros da Secult foram eleitos com a mobilização de seus alunos como votantes. A funcionária em questão é estatutária e não possui nenhum cargo comissionado ou função gratificada.  Nesse caso, a eleição foi legítima e caberia a quem ocupar a cadeira da sociedade representa-la.

Mas por causa do histórico de situações, parte da classe artística gostaria de quem assumisse o posto fosse alguém sem vínculos com a Prefeitura. Ainda na conferência houve uma votação para legitimar ou não tal eleição dos delegados de dança, em que se manteve a cadeira. Alguns artistas desejam reverter este cenário durante o biênio.

*Lincoln Spada

*Errei feio, errei rude: No texto original, comentava que todas as cadeiras do Poder Público pertenciam à Secult, divididas por segmento. 

Vem aí a 8ª Conferência de Cultura de Santos neste sábado

Após as pré-conferências realizadas na Estação da Cidadania nas duas últimas semanas, é a vez da 8ª Conferência de Cultura de Santos ocorrer neste sábado, dia 28 de março. O evento gratuito e aberto à comunidade será gerido pela comissão organizadora e iniciará ás 9 horas no auditório da Prodesan (Praça dos Expedicionários, 10/Santos).

A conferência contará com leitura, discussão e votação de todas as propostas apresentadas nesta quinzena. Assim, elabora as diretrizes e a definição de prioridades para o Plano Municipal da Cultura, como previsto desde as reuniões do conselho de Cultura no início do ano.

Haverá também apresentação dos novos conselheiros e representantes da sociedade civil. Todos eleitos também nas pré-conferências de cada segmento artístico. São as categorias: artesanato, folclore e cultura popular, dança e movimento, livro e literatura, produção e promoção cultural, carnaval, história e memória, teatro e circo, patrimônio histórico edificado, artes visuais, audiovisual e multimeios.

*Lincoln Spada