Arquivo da tag: banda

Alegria, irreverência e 50 mil foliões no Gonzaguinha; veja agenda de carnaval de SV

Informações da Prefeitura de São Vicente

A Praia do Gonzaguinha virou um ‘mar de gente’ no final da manhã deste domingo de Carnaval (3/fev). O Ba-bahianas sem Taboleiro levou cerca de 50 mil pessoas para a orla de São Vicente. A alegria e a irreverência envolveram os foliões que, embalados por muita música, deram um show este ano. O bloco, considerado um dos maiores do Estado, mantém a tradição de homens vestidos de mulheres, mas o destaque também vai para o grande número de grupos fantasiados especialmente para a ocasião.

“No ano passado já fizemos uma fantasia. Este ano nos organizamos melhor. Somos um grupo de 11 pessoas. O Ba-bahianas é um espaço para que a população se divirta para que tenha alegria ao menos um dia no ano. É uma forma também de São Vicente mostrar sua cultura”, disse Marco Antonio, de 27 anos, que estava com os amigos, todos caracterizados de fantasias cor de rosa e com a inscrição 013, uma alusão ao código DDD da Baixada Santista. A dona de casa Odete Maria dos Santos destacou a organização do bloco. “Bom demais o Ba-bahianas. Todo ano eu venho. A organização estava muito boa e o policiamento também. Adorei”. Ela estava acompanhada de amigas e dos filhos.

“Foi um desfile muito bonito, alegre e divertido. O pessoal veio para se divertir e trazer a alegria, foi o que mais pedimos durante a semana. Deu tudo certo. O reforço na segurança também foi muito bom”, disse Fabiano Cutino, presidente do Ba-bahianas. O desfile também foi acompanhado por Nazir, presidente de honra da agremiação, e um dos mais antigos membros do bloco. Antes de dar início ao desfile, Cutino falou sobre a morte de Regina Célia Dias, presidente da Academia Vicentina de Letras, Artes e Ofícios, e ex-presidente do Ba-bahianas sem Taboleiro, que faleceu na tarde deste sábado (2/fev).

O Ba-bahianas Sem Taboleiro foi criado no dia 22 de janeiro 1936 pela família Sbravatti, e é o mais antigo bloco de São Vicente. O prefeito Pedro Gouvêa acompanhou o desfile ao lado do deputado estadual Caio França. O secretário de Cultura, Fábio Lopez, também destacou a segurança: “O desfile desse ano foi bastante organizado, com a participação de várias secretarias, todos trabalhando em conjunto. Tanto as pessoas que curtem o carnaval e participaram do bloco, como aqueles que não gostam da agitação tiveram atenção do Poder Público”.

Segunda-feira (4/mar)
> Banda Ressaca do Marquês | Concentra das 15h às 22h | R. Marquês de S. Vicente, Pq. Bitaru
> Banda do Jeitoso | Concentra das 10h às 22h | Av. Jequié, Rio Negro
> Banda Bateu Folia | Concentra das 15h às 22h | R. Antônio Andrade de Moura, Vl. Fátima
> Banda da Pontinha | Concentra na R. Vereador Vicente de Barros, Vila Margarida
> Banda Olha Elas com Chiclete | Concentra das 17 às 22h | Av. Airton Sena, Ilha Porchat
> Banda Bicho Pegô | Concentra às 16h, desfila das 18 às 20h | Pça. Tom Jobim, Praia do Gonzaguinha
> Banda Carnavalesca Praça 12 | Concentra das 16 às 22h, desfila das 18 às 20h | Av. Dr. José Singer, Humaitá
> Banda Nova Catarina | Concentra das 14h30 às 22h | Av. Ver. Lourival Moreira do Amaral, Parque São Vicente
> Banda Tirando Onda | Concentra das 14 às 22h | R. Projetada 1, Tancredo

Terça-feira (5/mar)
> Banda 100% Pompeba | Concentra às 15h, desfila das 19 às 21h | R. Franklin Crauzem de Moura, 78, Pompeba
> Banda da Fiel | Concentra às 16h | Pça. Tom Jobim, Gonzaguinha
> Bloco Carnavalesco Furacão Rio Negro | Concentra às 18h | R. Jequié, Jd. Rio Negro
> Banda do Frei | Concentra das 10 às 22h | R. Américo Brasiliense, Centro
> Banda Talibânia | Concentra das 16 às 22h | R. Yolanda Conti, Vila Margarida
> Banda Tony Country | Concentra das 15 às 22h | R. do Piçarro, 220
> Banda do Sapo | Concentra das 17 às 19h | R. Sari de Oliveira, Humaitá
> Banda Vai que Vira | Concentra das 15 às 22h | R. Wenceslau Brás, Naútica

Quarta-feira (6/mar)
> Banda Central da Folia | Concentra das 15 às 22h | R. Maria Rocco, Humaitá

Sexta-feira (8/mar)
> Banda da Unção | Concentra às 18h30 | R. Antonio Pacífico, Humaitá
> Banda MDC | Concentra das 14 às 22h | R. Ver. Walter Meralato, Humaitá

Sábado (9/mar)
> Banda Av. Brasil Folia | Concentra às 14h | Av. Brasil, 191, México 70
> Banda Lelo | Concentra na R. Monte Verde, Quarentenário
> Banda Chiquinho | Concentra das 16 às 22h | R. Cidade de Cubatão, 729, Vila Margarida
> Banda Recreativa da Praça Okley | Concentra das 16 às 22h | Pça. Jorge Amado, Jóquei Clube
> Banda Maria Bonita R9 | Concentra das 15 às 23h | R. 9, Jardim Rio Branco

Domingo (10/mar)
> Banda Smoking | Concentra das 15 às 22h | R. Ver. Wilson Tomaz, Jóquei Clube
> Banda Eskina da 18 | Concentra das 14 às 22h | Av. Dom Pedro II, Náutica
> Banda Grêmio Esportivo Unidos 70 da 08 | Concentra das 16 às 22h | Av. Brasil, México 70
> Banda Nova Folia | Concentra das 18 às 22h | R. Belo Horizonte, Vila Ponte Nova
> Banda Deu Onda | Concentra às 15h | R. Franklin Crausem de Moura, 78, Pompeba | Desfila das 19 às 21h

 

Bandas estreantes são os destaques da semana do Carnabanda 2019

Prefeitura de Santos

A segunda semana do Carnabanda 2019 terá cinco bandas que vão desfilar pela primeira vez no evento promovido pela Prefeitura de Santos. Nesta terça-feira (5), às 19h, ocorre a estreia da Banda Balacobaco, que agita o São Manoel. A concentração ocorre na Praça Nicolau Geraigire. A CET-Santos faz a interdição da praça entre as ruas Manoel M. Canoilas e Prof. Frâncico Meira. A rota alternativa é a Rua Abel Simões Carvalho. Também ocorrem bloqueios momentâneos nas ruas Francisco Meira, Um (CDHU), Dr. João Carlos de Azevedo e Ada Campanini da Silva.

Outra estreante da noite é a Banda Carnatole, que a partir das 19h tem concentração na Rua Tolentino Filgueiras, no Gonzaga. A via estará interditada entre as ruas Tocantins e José Cabalero. Rota alternativa: Rua Azevedo Sodré. Os bloqueios momentâneos acontecem nas ruas Tolentino Filgueiras, Pasteur, Luis de Farias e Av. Washington Luiz.

Na quarta-feira (6), a partir das 19h, mais duas bandas fazem seus primeiros desfiles. A Banda da Encruzilhada concentra seus foliões na Praça Alm. Tamandaré. A CET-Santos interdita o acesso à praça, entre a Rua Borges e Avenida Conselheiro Nébias. Rota alternativa: Avenida Conselheiro Nébias. Bloqueios momentâneos na Avenida Conselheiro Nébias, Avenida Conselheiro Rodrigues Alves, Avenida Dr. Washington Luiz (sentido praia/Centro) e Rua Cunha Moreira.

Na mesma noite, a Banda Desde Pequenininho faz a festa no Boqueirão, com concentração marcada na Rua Vahia de Abreu. A via tem interdição entre a Rua Goiás e a Rua Machado de Assis. Rota alternativa: Av. Dr Washington Luiz (sentido Centro/praia). Bloqueios momentâneos: Rua Vahia de Abreu, Rua Mato Grosso, Avenida Washington Luiz (sentido praia/Centro) e Rua Alexandre Herculano.

A folia continua na quinta-feira

Quinta-feira (7) a folia continua com o desfile da Banda Só Amigos da Baixada Santista, a partir das 19h, no Aparecida. Concentração na Praça Abílio Rodrigues Paz (BNH – interior da praça). Interdições momentâneas: Rua Alexandre Martins, Rua Frei Francisco Sampaio, Rua Jurubatuba, Rua Pirajá da Silva, Rua Alm. Ernesto de Mello Jr, Rua Luiz Marques Gaspar, Rua Aureliano Coutinho, Rua Alexandre Fleming, Rua Vergueiro Steidel (no contrafluxo) e Rua Alexandre Martins.

Já a Banda Miss – Mocidade Independente de Santos faz sua estreia animando a Encruzilhada. Concentração na Rua Cunha Moreira, que fica interditada entre a Avenida Senador Feijó e a Rua Comendador Martins. Rota alternativa pela Rua Guedes Coelho. A Avenida Senador Feijó, Rua Barão de Paranapiacaba e a Rua Júlio Conceição têm bloqueios momentâneos.

Bandas têm novos dias de desfiles

Atendendo solicitação da Polícia Militar para que os desfiles das bandas carnavalescas não coincidam com as datas do Desfile Oficial das Escolas de Samba, a programação do Carnabanda 2019 sofreu duas alterações. A Banda Dragão, que desfilaria no próximo dia 23, vai sair pelas ruas do Embaré no dia 26, a partir das 19h. Em breve será anunciada a nova data do desfile da Banda BB do Estuário. Para saber a programação completa do Carnabanda 2019 acesse: http://www.santos.sp.gov.br/carnaval.

 

Skank e Aliados são destaque em Santos; confira 7 shows praianos de domingo

Por Secult Santos

Os sucessos são muitos: ‘Te Ver’, ‘Resposta’, ‘Saideira’, ‘Vou Deixar’, ‘Tão Seu’, ‘Uma Partida de Futebol’, ‘Eu Disse a Ela’, entre inúmeros outros. Formada em 1991, em Belo Horizonte (MG), a banda Skank é o destaque da festa que celebra o aniversário de 473 anos de Santos. Com apoio da Prefeitura, o show ocorre neste domingo (27/jan), às 20h, na Praia do Gonzaga, ao lado do Canal 2.

A abertura será a partir das 18h, com a banda santista Aliados, que apresentará hits como ‘Esperança’, ‘Sorrindo’ e ‘No Seu Coração’. É gratuito. O Skank é formado por Samuel Rosa (guitarra e voz), Henrique Portugal (teclados), Lelo Zaneti (baixo) e Haroldo Ferretti (bateria). Já o Aliados reúne Fildzz (vocal), Dudu Golzi (guitarra e vocal), Rafa Borba (bateria) e Marquinhos Perez (baixo).

Ainda, pelas praias de Santos, haverá discotecagem nas tendas da orla santista às 18h, e bailes a partir das 19h, com as bandas Mix Brasil (Tenda 1, Pompéia), New Zago (Tenda 2, Gonzaga), Nayat Jordan & Company (Tenda 3, Boqueirão) e MA3 (Tenda 4, Embaré) sendo esta programação específica com apoio do Governo de SP e Sabesp. Por sua vez, o bairro da Aparecida, no Espaço Cultural Dan Nunes (Fonte do Sapo) será a vez da banda Ponto de Impacto se apresentar gratuitamente às 19h.

 

ETMD Ivanildo realiza Semana da Música entre os dias 19 e 27

Por Lincoln Spada

Recital, workshop e apresentações de alunos integram a Semana da Música, realizada entre os dias 19 e 27 de outubro, na ETMD – Escola Técnica de Música e Dança Ivanildo Rebouças da Silva, na Av. Nações Unidas, 168 (Vila Nova), em ação apoiada pela Prefeitura Municipal via Secretaria de Educação. Mais informações da programação gratuita em: (13) 3372-9236.

A mostra será aberta nesta quinta-feira (dia 19), às 20 horas, com o show do Jazz Quartet. Já na segunda-feira (dia 23), o calendário cultural continua com apresentação do Quaternário, às 14h30, workshop de princípios básicos para o canto com Rita Curitola, às 19h30, e a mostra de talentos ‘Conserva In Concert’, às 20h30.

Por sua vez, a terça-feira (dia 24) reserva apresentação de trompa e trombone da Banda Escola Cubatão, às 15 horas, e show ‘Pratas da Casa’, às 20 horas. No dia seguinte (dia 25), às 14h30 e às 20 horas, será a vez respectivamente do Grupo Rinascita de Música Antiga e Música de Câmara.

Na quinta-feira (dia 26), está previsto as apresentações de Pratas da Casa, às 10 horas, Trio de Flautas, às 14h30, e recital com a Profª. Regina Schllochauer, às 20 horas. Encerrando a Semana da Música, na sexta (dia 27), haverá atividade com instrumento complementar técnico às 14h30 e, já às 20h30, a sessão da Banda Escola Cubatão.

 

Caravana da Arte envolve praças do Casqueiro e Vila São José

Por Lincoln Spada
.
As praças de Cubatão serão epicentros de artes variadas neste próximo final de semana. É o projeto Caravana da Arte, que realizará programações gratuitas na sexta-feira (dia 20), na Praça da Cidadania (Vila São José) e no domingo (dia 22), na Praça Independência (Jardim Casqueiro).
.
No primeiro dia, a partir das 15 horas, acontece o Jongo dos Cafezais, com a Associação Zabelê de Cultura Popular, às 16h10, é a vez do espetáculo ‘A Folia no Terreiro do Seu Mané Pacaru’, do grupo Mamulengo da Folia. Já às 17h20, entra em cena a Banda Dr. Júpiter e o clube de dança Criart’s. Na hora seguinte, é a vez do mesmo clube embalar a plateia com o Trio Agostino e Petrolina a Juazeiro.
.
Já no domingo, às 15 horas, o próprio trio arremata o público com o clube de dança, seguido às 16h10 da peça ‘A Folia no Terreiro do Seu Mané Pacaru’. Por volta das 17h20, está previsto o show da Banda Paz com o grupo Criart’s e, às 18h20, quem finaliza a mostra é o grupo Zabelê de Cubatão. Em ambos os dias, haverá nos intervalos das apresentações a intervenção artística ‘Abbacircus’, além da performance ‘Consulta sua história de amor’, com Patrícia Vignolli e o Realejo da Sorte.
.
O projeto Caravana da Arte é uma realização do Governo do Estado via ProAC-ICMS com a Usiminas e a Cooperativa Paulista de Teatro. A parceria do Pop e Estima Cultural e apoio do Instituto Cultural Usiminas e da Prefeitura Municipal de Cubatão via Secult.

Jovens da Vila Gilda fazem crowdfunding para intercâmbio cultural na Europa

Por André Azenha

Desde 2012, a Banda Querô, primeiro produto cultural do Instituto Arte no Dique e formada por jovens de baixa renda da comunidade do Dique da Vila Gilda, em Santos, realiza apresentações de percussão na França. A iniciativa foi idealizada pela franco-brasileira e relações internacionais Ingrid Farrel junto ao presidente da instituição, José Virgílio Leal de Figueiredo. Da parceria, nasceu a Associação Arte no Dique França, na cidade La Ciotat, dirigida por Ingrid.

Durante esses anos, a Banda Querô se apresentou ao lado de grandes nomes da música internacional. “A chance de vivenciar culturas diferentes, se apresentar perante multidões e estar em contato com grandes músicos transformou a vida dos garotos”, explica Marcos Vinicius, da Selo Criativo, responsável pela campanha. Um deles, Gabriel Prado, atualmente vive na Itália e trabalha como músico profissional. “O Gabriel é um exemplo do que o intercâmbio cultural pode possibilitar: dar uma perspectiva a pessoas que enfrentam todas as dificuldades do dia a dia”, afirma José Virgílio Leal de Figueiredo.

Sem patrocínio privado para esse ano, o Instituto Arte no Dique visa manter o intercâmbio e a possibilidade que esses garotos mantenham o sonho de alcançar uma vida digna e atuarem profissionalmente na área que escolheram. Para que esse projeto transformador continue, em 2 de Maio será iniciada uma campanha de financiamento coletivo online pelo site Catarse. Interessados poderão contribuir pelo link www.catarse.me/artenodique. Ao longo da campanha, a página do Arte no Dique no Facebook (www.facebook.com/artenodiqueoficial) divulgará detalhes sobre cada um dos músicos visando envolver o público com a causa.

Banda Querô

Formada na oficina de percussão, a Banda Querô é o primeiro produto cultural do Instituto Arte no Dique. Com uma batida própria que mistura ritmo e harmonia, o grupo criado em 2003 já realizou dezenas de apresentações pelo Brasil e várias no exterior. Com forte influência do samba reggae, vem ganhando notoriedade nos últimos anos, após o lançamento do CD de estreia “A Arte no Dique”, em 2007, que rendeu três participações na maior festa a céu aberto do mundo, o carnaval de Salvador.

O nome Querô é uma homenagem ao personagem principal de “Querô, uma reportagem maldita”, do dramaturgo santista Plínio Marcos. O presidente do projeto, José Virgílio Leal de Figueiredo, avalia que a banda Querô “representa o objetivo do Arte no Dique de formar mão de obra para a arte, a cultura e o entretenimento”.

Instituto Arte no Dique

O Instituto Arte no Dique desenvolve trabalho sócio cultural com a população do Dique da Vila Gilda na Zona Noroeste de Santos. Tem a missão de oferecer oportunidade de transformação e desenvolvimento humano e social a crianças, adolescentes, jovens e adultos através da participação da comunidade em ações educativas, de geração de renda, meio ambiente e valorização da cultura popular da região.

O projeto é desenvolvido numa das regiões de maior vulnerabilidade social da cidade, com uma população de 22 mil habitantes vivendo em condições precárias, em palafitas à beira do mangue, sobre o Rio Bugre. Com a participação efetiva da comunidade e a contribuição dos diferentes setores da sociedade o que poderia parecer impossível está acontecendo. Atualmente, a instituição oferece oficinas de percussão, dança, capoeira, teatro, customização, costura e inclusão digital, atendendo mais de 600 pessoas da região.

 

Zebra Zebra faz show gratuito na tenda da praia do Itararé

Por Zebra Zebra

Está prevista a realização de show da Banda Zebra Zebra gratuita, na Tenda da Praia do Itararé (São Vicente), em parceria da Prefeitura Municipal com o Conselho Municipal de Políticas Culturais. O show será neste sábado (21/jan), a partir das 19 horas.

“Zebra Zebra é um suspiro de inteligência e criatividade em meio ao marasmo. A banda mescla aqui o que de melhor há na música brasileira e no rock alternativo/punk. As letras, um dos trunfos do trabalho do Zebra Zebra, são declamadas em alguns momentos, frases inteligentes e de efeito que te prendem, pérolas que devem ser lidas no encarte junto com a audição do álbum”, resume Wladymir Cruz, da Zonapunk.