Arquivo da tag: benedicto calixto

Coral Porto dos Anjos se apresenta no Teatro Coliseu

Por André Azenha

Contribuir para o formação educacional, social e cultural da futura geração, utilizando a arte como ferramenta. No caso, especificamente a música. Esse tem sido o objetivo do projeto Coral Porto dos Anjos, que desde o início do ano tem preparado crianças da região para o espetáculo “Cantar, Brincar e Amar”, que será realizado terça-feira, 21 de novembro, 20h, no Teatro Coliseu. A entrada é gratuita, com retirada dos ingressos uma hora antes.

O espetáculo aborda de maneira lúdica e bem-humorada o fenômeno das crianças da nova geração que não sabem mais brincar. Os professores, Maestros Regina Kinjo e Marcos Lucatelli, conduzem 40 dos maiores talentos artísticos mirins da região. Um espetáculo para toda a família, cujo repertório mistura músicas dos universos folclórico, erudito, percussão corporal e muito mais.

Durante o ano foram desenvolvidas atividades formativas em canto com alguns dos melhores profissionais do país, além de apresentações de caráter social em instituições assistenciais.

“Nós criamos no projeto um ambiente saudável, criativo e que proporcione a oportunidade de desenvolvimento de aptidões artísticas e musicais das crianças. Fugindo do lugar comum, o Coral Porto dos Anjos busca inovações capazes de manter as crianças e a plateia verdadeiramente encantados com o universo musical”, comenta Adrianne Okazaki, diretora artística do Coral.

Antes, o coral faz uma apresentação prévia neste domingo, 19, 17h, na Pinacoteca Benedicto Calixto (Av. Bartolomeu de Gusmão, 15, Boqueirão). Também gratuita. O Coral Porto dos Anjos tem patrocínio máster de BTP – Brasil Terminal Portuário, patrocínio de ADM do Brasil e CODESP – Companhia Docas do Estado de São Paulo. Realização: Lei de Incentivo à Cultura – Ministério da Cultura, Governo Federal – Ordem e Progresso.

 

Documentário sobre música autoral santista é exibido na Pinacoteca

Por Litoral Autoral
.
Neste domingo (dia 15), às 17h, na sala de exibições da Pinacoteca Benedicto Calixto acontece a exibição do show e documentário ‘Litoral Autoral’. Trata-se de um projeto de mestrado em produção de áudio na Universidade de Westminter (Londres). A sessão será na Av. Bartolomeu de Gusmão, 15/Santos.
.
O filme se refere ao show realizado com compositores e intérpretes da Baixada Santista, unidos então no palco do Teatro Municipal Braz Cubas, com seus respectivos trabalhos autorais em diferentes vertentes.
.
Participaram do evento músicos como Bruno Conde, Theo Cancello, Kleber Serrado, Edinho Godoy, Paulo Maymone, Didi Gomes, Viviane Davoglio, Rafaella Laranja, Gessé Froes, Bell Mainardi Froes, Hilda Maria, Lucas Brolese, Marcos Canduta, Danilo Oliveira, Daniel Cancello, Bheto Alves, Elizeu Custódio, Debora Gozzoli, Nadja Soares, Jonatas Silva e Thiago.

2º Santos Film Fest ocorre entre dias 17 e 23; acesse a programação

Por Secult Santos
.
O 2º Santos Film Fest – Festival de Filmes de Santos realiza sua segunda edição entre os próximos dias 17 e 23. Serão apresentados 34 filmes, em mostra sem caráter competitivo. A programação também abrange debates, oficinas formativas, apresentações musicais e exposições.
.
O tema desta edição, ‘Cultura faz bem’, reflete sobre o momento cultural do País e a importância da cultura na construção de uma sociedade mais justa. Assim, o festival oferece à população uma gama de filmes que discutem questões contemporâneas, históricas e ligadas à cidadania.
.
O festival, com programação gratuita, ocorre em nove espaços da Cidade: Cine Roxy 5 (Av. Ana Costa, 443, Gonzaga), Cine Roxy 4 (Av. Ana Costa, 465, Gonzaga), Cinemateca de Santos (Rua Ministro Xavier de Toledo, 42, Campo Grande), Pinacoteca Benedicto Calixto (Av. Bartolomeu de Gusmão, 15, Boqueirão) e Instituto Arte no Dique (Rua Brigadeiro Faria Lima, 1349, Rádio Clube).
.
Também estará na Unimonte (Rua Comendador Martins, 52, Vila Mathias), Roxy Premium Lounge (Avenida Dona Ana Costa, 465, 1º piso, Gonzaga), Shopping Pátio Iporanga (Avenida Ana Costa, 465, Gonzaga) e Sesc (Rua Conselheiro Ribas, 136, Aparecida).
.
Homenagens
.
O 2º Santos Film Fest homenageia o ator Luciano Quirino. Na abertura, no próximo dia 17, 20h, no Cine Roxy 5, o ator santista, hoje residente no Rio de Janeiro, apresentará o curta-metragem ‘Os Bons Parceiros’, exibido em Cannes. O festival ainda traz filmes em que Quirino atuou, como ‘Detetives do Prédio Azul’, ‘Gonzaga de Pai pra Filho’ e ‘Domésticas’.
.
A cerimônia de abertura também homenageará a locadora Vídeo Paradiso, dirigida por Marcelo Rosendo e Rosana Datoguêa, que apoia praticamente todos os festivais e iniciativas cinematográficas na região, e o concerto ‘Música Para Cinema’, da Banda Marcial de Cubatão, regida pelo maestro Alexandre Felipe Gomes.
.
No dia 18, 19h, no Roxy 5, a homenagem será para a atriz Ondina Clais. Destaque nos palcos, nas telinhas e telonas, a atriz esteve em filmes de destaque recentes como ‘João, o Maestro’, ‘O Filme da Minha Vida’ e o curta-metragem ‘Noites Brancas em Sábado de Glória’, primeiro trabalho dela no cinema.
.
>> 17/out | 19h | Cine Café – Roxy Gonzaga (Av. Ana Costa, 443/Santos) | Happy Hour Cinematográfico com Cigarra Elétrica;
>> 17/out | 20h | Roxy Gonzaga | Cerimônia de abertura homenageando a Vídeo Paradiso e o ator Luciano Quirino e exibição de ‘Os Bons Parceiros’;
>> 18/out | 10h | Arte no Dique (Av. Brig. Faria Lima, 1349/Santos) | ​Bate-papo com ator Luciano Quirino;
>> 18/out | 14h | Roxy Gonzaga | ‘Detetives do Prédio Azul’ ;
>> 18/out | 14h | Roxy Premium Lounge – Roxy Pátio Iporanga (Av. Ana Costa, 465/Santos) | Bate-papo com ator Luciano Quirino;
>> 18/out | 14h | Arte no Dique | ‘Território do Brincar’;
>> 18/out | 14h30 | Roxy Pátio Iporanga | Lançamento da exposição “Além da Cor da Pele”;
>> 18/out | 15h | Pinacoteca Benedicto Calixto (Av. Bartolomeu de Gusmão, 15/Santos) | Gonzaga – de Pai para Filho’;
>> 18/out | 16h | Unimonte (R. Com. Martins, 52/Santos) | Oficina Básica de Edição de Vídeo, com Leonardo Soler, Felipe Spinelli, Rogério Almeida e Mávila Rinara;
>> 18/out | 16h | Unimonte | Oficina básica de produção audiovisual, com Nathan Tiepelmann e Ana Paula Terra;
>> 18/out | 17h | Pinacoteca | ‘Além das Palavras’;
>> 18/out | 18h | Cine Café | Happy hour cinematográfico com banda The Classics;
>> 18/out | 19h | Roxy Gonzaga | Homenagem à atriz Ondina Clais, ‘Noites brancas em sábado de glória’ e ‘O filme da minha vida’;
>> 18/out | 19h30 | Pinacoteca | ‘Sementes de Tamarindo’;
​>> 18/out | 21h30 | Roxy Pátio Iporanga | ‘Âmago’ e ‘Histórias íntimas’;
>> 19/out | 14h | Roxy Premium Lounge | Bate-papo com o cineasta Júlio Lelis;
>> 19/out | 15h | Arte no Dique | Oficina Introdução ao Audiovisual, com Fiama Virgínia, Artur de Abreu e Bruno Landin;
>> 19/out | 15h | Pinacoteca | ‘Domésticas, o filme’;
>> 19/out | 16h | Unimonte | Oficina básica de fotografia, com Vitor Santos de Araújo e Marcelo Colmenero;
>> 19/out | 16h | Unimonte | Oficina de Linguagem Audiovisual, com Giovanna Timon e Victoria Andria;
>> 19/out | 17h | Pinacoteca | ‘Insubstituível’;
>> 19/out | 18h | Cine Café | Happy hour cinematográfico;
>> 19/out | 19h | Roxy Gonzaga | ‘A Plebe é rude’;
>> 19/out | 19h30 | Pinacoteca | ‘Punhal’;
>> 19/out | 21h30 | Roxy Pátio Iporanga | ‘Headbanger Voice – a história da rock bridage’;
>> 20/out | 10h | Arte no Dique | ‘Premiê, quase lindo’ e bate-papo com Alexandre Sorriso;
>> 20/out | 14h | Roxy Premium Lounge | Debate ‘Música em cena’ com cineastas Alexandre Sorriso, Diego da Costa e Wladimyr Cruz;
>> 20/out | 15h | Pinacoteca | ‘Além da estrada’;
>> 20/out | 16h | Arte no Dique | ‘Divinas Divas’;
>> 20/out | 16h | Unimonte | Oficina de tiros e efeitos especiais no cinema, com Delson Matos Gomes e Alexandre Valença Alves Barbosa;
>> 20/out | 16h | Unimonte | Oficina de atuação, com Juliana Fernandes;
>> 20/out | 17h | Pinacoteca | Show de Carla Mariani;
>> 20/out | 18h | Cine Café | Happy Hour Cinematográfico;
>> 20/out | 19h | Roxy Gonzaga | ‘Noitada do Samba – Foco de resistência’;
>> 20/out | 19h30 | Pinacoteca | Vernissage da exposição ‘A Magia do Cinema’, de Waldemar Lopes;
>> 20/out | 21h30 | Roxy Pátio Iporanga | ‘A Garota Ocidental’;
>> 21/out | 15h | Pinacoteca | ‘A Saga da alma de um poeta’;
>> 21/out | 16h | Roxy Pátio Iporanga | Sessão comemorativa dos 35 anos de ‘Vitor ou Vitória?’;
>> 21/out | 17h | Pinacoteca | ‘Redemoinho’
>> 21/out | 18h30 | Roxy Pátio Iporanga | Exposição ‘Julie Andrews: A Nossa Dama’;
>> 21/out | 19h | Pinacoteca | ‘Black & White’;
>> 21/out | 23h30 | Cinemateca de Santos (R. Xavier de Toledo, 42/Santos) | Virada cinematográfica;
>> 22/out | 15h | Pinacoteca | ‘Gaga, o amor pela dança’;
>> 22/out | 16h | SESC Santos (R. Cons. Ribas, 136/Santos) | Debate ‘A crítica de cinema na Baixada Santista’;
>> 22/out | 17h | Pinacoteca | ‘O Cidadão ilustre’;
>> 22/out | 19h | Pinacoteca | ‘Jauja’;
>> 23/out | 16h | Arte no Dique | ‘Nunca me sonharam’;
​>> 23/out | 18h | Cine Café | Happy Hour Cinematográfico com Tha Classic;
>> 23/out | 20h | Roxy Gonzaga | ‘Como Grãos’ e ‘Somos todos estrangeiros’.

Confira a programação da 54ª Semana Benedicto Calixto em Itanhaém

Por Prefeitura de Itanhaém

Comemorando a 54ª Semana Benedicto Calixto, em homenagem a um dos maiores artistas plásticos da história brasileira, nascido e criado em Itanhaém, os espaços culturais da Cidade receberão uma programação especial a partir desta sexta-feira (6), que permanecerá até o dia 29 de outubro. A abertura acontecerá na Pinacoteca Municipal de Itanhaém, às 19 horas, na Praça Carlos Botelho, no Centro Histórico.

Os tributos ao pintor que estarão expostos são objetos pessoais do próprio Benedicto, banners, fotografias e poesias sobre o artista. Sarau e pintura ao ar livre também fazem parte da programação. No Museu Nossa Senhora da Conceição estarão itens da Fundação Pinacoteca Benedicto Calixto, de Santos, como maleta de pintura com 5 pincéis, maleta de couro (fotográfica), câmera fotográfica, bengala e revelação fotográfica com caixa de papelão.

Programação oficial

>> 6/out | 19h | Pinacoteca (Praça Carlos Botelho, 48) | Abertura oficial do 21º Salão de Artes Plásticas;
>> 7 a 29/out | 9h às 17 | Pinacoteca | Exposição de Telas – XXI Salão de Artes Plásticas;
>> 11/out a 29/out | 9h às 17h | Gabinete de Leitura (Praça Carlos Botelho, 149) | Exposição Fotográfica – “Inspirações de Calixto”;
>> 7/out a 29/out | 9h às 17h | Museu Conceição de Itanhaém (Praça Narciso de Andrade) | Homenagem – “Calixto no Museu”;
>> 7/out a 29/out | 10h às 18h | Convento N. Sra. Conceição (Centro) | Exposição de Telas Coletiva;
>> 9/out a 29/out | 9h às 17h | Biblioteca (R. Cunha Moreira, 71) | Exposição de Poesias com a Academia Itanhaense de Letras;
>> 9/out a 29/out | 9h às 17h | Sala de Leitura Harry Forssell (Av. Cond. de Vimieiros, 1131) | Exposição de banners – Obras de Calixto;
>> 9/out | 14h | Biblioteca | Sarau “Será o Benedicto?”;
>> 11/out | 19h | Gabinete de Leitura | Exposição – “A Fotografia e Calixto”;
>> 14/out | 10h | Centro Histórico | Pintura ao Ar Livre com o artista plástico Ronaldo Lopes;
>> 14/out | 17h | Convento N. Sra. Conceição | Exposição “O Convento de Calixto – Benedicto de Itanhaém”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Carreira

Calixto começou a traçar seu destino ainda muito jovem, aos oito anos de idade. Expandiu suas habilidades para as áreas da história e fotografia. Acostumado a registrar paisagens pelas lentes do equipamento fotográfico, tornou-se pioneiro no Brasil a pintar a partir de fotos. O pintor morou em Itanhaém até seus 16 anos, quando sua família se mudou para Santos, onde teve um começo de vida humilde, sobrevivendo da pintura de muros e placas de propaganda.

Por convite do irmão mais velho, dos 17 aos 18 anos, morou em Brotas, no interior de São Paulo. Em 1877, retornou a Itanhaém para se casar com sua prima de 2º grau, Antônia. De volta a Brotas, continuou pintando paisagens das fazendas locais e retratos de grandes cafeicultores. Em 1881, deixou Brotas para voltar a Itanhaém para o nascimento de sua primeira filha, Fantina. No final desse mesmo ano se transferiu com a família para Santos, onde passou a pintar paisagens nos tetos e paredes das mansões de comerciantes. Depois, fez sua primeira exposição no salão do jornal Correio Paulistano, em São Paulo.

 

Em Itanhaém, mostras reúnem curiosidades sobre vida e obras de Benedicto Calixto

Por Prefeitura de Itanhaém

Em Itanhaém, duas exposições em homenagem ao artista plástico Benedicto Calixto de Jesus são exibidas até sexta-feira (21). As mostras, que acontecem no Espaço Gabinete de Leitura José Rosendo e também na Sala de Leitura Harry Forssell, reúnem curiosidades sobre a biografia do pintor, obras e banners com reproduções de alguns dos seus principais trabalhos.

Nascido em 14 de outubro de 1853, conhecido como filho de Itanhaém, Calixto tem quadros espalhados pelo mundo. Em toda sua trajetória como artista plástico estima-se que aproximadamente 700 obras tenham sido produzidas pelo pintor. Entre elas: pinturas de marinhas, retratos, paisagens rurais, urbanas e religiosas.

O Espaço Gabinete de Leitura José Rosendo funciona ao lado da rampa que dá acesso ao Convento de Nossa Senhora da Conceição, no mesmo endereço onde foi construído o prédio original do Gabinete de Leitura em 1896, ou seja, na Praça Carlos Botelho, 149, no Centro. Ainda no prédio original, Calixto proferiu uma palestra em 1922, por ocasião do Centenário da Independência do Brasil. O ambiente é aberto, das 9 às 17 horas, para visitação e abriga 10 banners que revelam em textos e imagens um pouco da história do itanhaense.

Os trabalhos também ganharam destaque na Sala de Leitura Harry Forssell, localizada na sede da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, na Avenida Condessa de Vimieiros, 1.131, no Centro. O espaço fica aberto para o público das 8 às 17 horas. Quem passar pelo local encontrará cópias de imagens das principais obras produzidas pelo artista, além de livros sobre a história de Calixto. E nesta terça-feira (18), a Sala de Leitura completará 10 anos de existência.

Pinacoteca Benedicto Calixto tem workshop, show e improvisação musical

Por Prefeitura de Santos

Na Pinacoteca Benedicto Calixto (Av. Bartolomeu de Gusmão, 15), no sábado, às 15h30, o projeto gratuito Se esse Jardim Fosse Meu reúne a criançada na área externa da Pinacoteca para ouvir histórias, participar de brincadeiras e de oficinas de arte. A programação, que ocorre todos os sábados deste mês, tem a coordenação da educadora Rosaura Tucci e dos educadores do museu.

Em seguida, às 16h30, um show eclético, que aborda diferentes vertentes musicais: do rock ao mantra, do pop ao erudito, do samba ao jazz. Essa é a promessa da cantora Lenir Appes, que  ainda declama poemas de Fernando Pessoa e trechos do livro ‘Amada Imortal’, de Kurt Pahlen. Lenir Appes tem o seu repertório acompanhado por Ary Hollandy (piano), Fábio Ferreira (contrabaixo) e Sico dos Santos (guitarra).

E no domingo, às 17h, os guitarristas Filipe Martinez e Johnny Oliveira realizam improvisação musical sobre temas standards do jazz e músicas brasileiras, além de composições próprias instrumentais.

Workshop de Fotografia

E os participantes poderão conhecer o trabalho e a trajetória no mercado da fotografia de Zecintra. A oficina interativa abordará questões técnicas, conceituais e artísticas, neste sábado e domingo (dias 15 e 16), das 13h às 18h. Inscrições: 1 pacote de leite em pó, que será destinado ao Fundo Social de Solidariedade. Informações: eventos@pinacotecadesantos.org.br e 3288-2260.

 

Mostra ‘Burka’ de Rosa Liksom acontece na Pinacoteca de Santos

A Pinacoteca Benedicto Calixto (Av. Bartolomeu de Gusmão, 15/Santos) realiza nesta quarta-feira (dia 12), às 19h30, a abertura da exposição ‘Burka’, da artista plástica e escritora finlandesa Rosa Liksom. Na mostra, Rosa apresenta pessoas vestidas de burcas, que passeiam nas paisagens finlandesas à beira-mar, nos subúrbios e espaços urbanos. Os trabalhos ficam expostos até o dia 31 de outubro. A entrada é gratuita.

A presença da veste feminina nos cenários da Finlândia serve como elemento gráfico. Além disso, o tom de azul utilizado das burcas é o mesmo da bandeira do país. As imagens discutem se a vestimenta pode permanecer neutra, se representa uma ameaça à liberdade ocidental ou se simboliza a união de diferentes crenças.

‘Burka’ já foi vista na Suécia, Alemanha, Estônia, Romênia, França e Dinamarca. Algumas das obras pertencem à coleção permanente do Museu de Arte Fotográfica da Finlândia. O projeto foi editado em livro fotográfico homônimo.

A artista

a1Escritora, roteirista e artista plástica, Rosa Liksom constituiu seu portfólio artístico trabalhando em bares, padarias, fábricas de peixe, brechós e saunas pela Europa, União Soviética, Mongólia, China e EUA. É autora de 16 livros, 17 peças de teatro, roteiros para cinema e artista plástica com 30 mostras individuais na Finlândia e Europa.

Seus livros foram traduzidos para 20 idiomas. Uma de suas publicações, ‘Os Paraísos do Caminho Vazio’, já foi traduzida para o português. Em 2011, recebeu o prêmio literário de maior prestígio no seu país com novela ‘Cabine Número 6’. A obra foi indicada ao Prêmio de literatura francesa ‘Prix Médicis étranger’. Em 2014, a obra dela foi destaque na Feira do Livro de Frankfurt.