Arquivo da tag: biblioteca geraldo ferraz

Visitas às bibliotecas centrais de Guarujá crescem em 20%

Por Prefeitura de Guarujá

Mais de 282 mil atendimentos foram realizados nas bibliotecas centrais de Guarujá no último biênio. Entre 2017 e 2018, houve um acréscimo de 31 mil atendimentos no último ano. Além de um acervo de livros e revistas, os visitantes podem conferir gibiteca, acervo museológico sobre a Revolução de 1932 e uma horta fitoterápica, com diversidade de ervas e plantas medicinas.

Tudo isso em um ambiente moderno, climatizado e com wi-fi gratuito nas Bibliotecas centrais: Geraldo Ferraz (Rua Ceará, s/n – Vila Alice), em Vicente de Carvalho; e Martins Fontes (Rua Quintino Bocaiúva, 183, no Centro). Neste período de férias, as bibliotecas têm chamado a atenção não só de estudantes residentes, mas também de turistas.

Leitor assíduo da Biblioteca Martins Fontes, o estoquista Marcos Santana, gosta de conferir os jornais diários. “Desde pequeno frequento o local. Costumo vir na hora do almoço ou após o trabalho”. Quem conheceu a Biblioteca do Centro pela primeira vez foi Lucas Teixeira, estudante, 24 anos, que é da Cidade: “Estava buscando uma biblioteca. E achei aqui um local bem diferente, com bastante variedade”, apontou.

Além das centrais, a rede municipal de ensino ainda conta com as bibliotecas anexas às escolas de ensino fundamental, que representam um apoio pedagógico importante dentro das unidades. Até o momento, Guarujá já tem 19 bibliotecas anexas, de um total de 26 unidades a serem contempladas.

Para se tornar um sócio das Bibliotecas centrais é necessário se dirigir a uma das Unidades, munido de documentos pessoais (no caso de menores, o do responsável); 2 fotos 3×4 e comprovante de residência. Horário de atendimento é de segunda a sábado, das 9h às 17h, somente no período de férias, e das 8h às 18h, no decorrer do ano.

Quem efetuar a retirada de livro com 100 folhas pode ficar o título por 10 dias; já para um título de 200 folhas, por exemplo, o período é de 20 dias. As doações de livros e gibis também são bem-vindas. Aqueles que desejam colaborar na ampliação dos acervos poderá fazer a sua doação somente na Biblioteca Geraldo Ferraz, em Vicente de Carvalho.

Guarujá inaugura gibiteca municipal nesta quinta-feira

Incentivar a leitura através do mundo dos quadrinhos. É com este objetivo que a Prefeitura de Guarujá inaugura na próxima quinta-feira a primeira Gibiteca Municipal. Trata-se de um novo espaço que vai funcionar na Biblioteca Municipal Geraldo Ferraz (Rua Ceará s/n – Vila Santense), em Vicente de Carvalho. A solenidade será às 15 horas.

A programação tem início com o lançamento do Livro “Emanuel entre Lobos – Essência Vol. l”, de autoria de Charlie Rock. Também estão incluídas as apresentações do cartunista Fábio Costa; do artista plástico Christian; caricaturista Dodô; Grupo Cosplay; violão e canto com o professor Janari Rodrigues de Figueiredo; Cup Song (canto e batidas com copos), com os Amigos da Biblioteca (grupo de ex-alunos da Escola Municipal 1º de Maio); o solo musical com Luana, e Rafaela Coral e Canto; e encerrando, o grupo Gashapon (apresentações de personagens japoneses).

De acordo com a secretária municipal de Educação, Priscilla Bonini, mais do que uma Biblioteca para gibis, a Gibiteca pretende ser um local de encontro e lazer. “Nosso foco principal é sempre o aluno. Através da Gibiteca pretende-se incentivar a leitura, já que os gibis são, normalmente, o primeiro contato da criança com a literatura, aliando imagens às palavras de forma simples, rápida e divertida, onde as ilustrações dialogam com o texto”.

A Gibiteca Municipal funcionará na entrada da Biblioteca Geraldo Ferraz e já reúne mais de dois mil gibis em seu acervo. Desde março, o espaço tem contado com a ajuda da população, através de doações. A iniciativa visa estimular o hábito da leitura nas crianças, com a interatividade dos quadrinhos.

Para o coordenador de Bibliotecas da Seduc, Pedro Menezes, o objetivo é que a criança possa levar o gibi pra casa. “Queremos promover um incentivo maior quanto à conservação dos gibis.” O acervo dispõe de gibis como da turma da Monica, Xuxa, entre outros. Há também alguns clássicos da literatura brasileira, como ‘O Cortiço’, de Aluisio Azevedo. “Esta que é uma leitura considerada um pouco complexa, também tem sua versão em quadrinhos. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), os gibis serão adotados no ensino da rede pública e assim será um grande ganho para nossa rede municipal. Ao associar a escrita à imagem, a criança tem uma facilidade maior para aprender a ler e escrever”, conta.

Serviço

Para retirar os gibis, o munícipe precisa estar munido de documentos e preencher um cadastro na Biblioteca, com seus dados pessoais. A Gibiteca Municipal funcionará de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas, e aos sábados, das 9 às 17 horas. Mais informações pelo telefone: 3341 7845.

*Prefeitura de Guarujá