Arquivo da tag: camara de vereadores

Patrimônio industrial de Cubatão é tema de seminário

Por Lincoln Spada

A historiadora Celma do Carmo de Souza Pinto ministrará o seminário ‘Desafios para a Preservação do Patrimônio Industrial de Cubatão’, iniciativa do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e da Prefeitura de Cubatão. O evento gratuito será na próxima terça-feira (11/dez), das 9h às 12h e das 14h às 17h, na Câmara de Vereadores (Praça dos Emancipadores, s/nº, Centro/Cubatão).

Celma é mestre em Teoria e História da Arquitetura e doutoranda em Teoria, História e Crítica (ambas na Universidade de Brasília, UNB) e atualmente trabalha no Iphan. Realizando pesquisas nas áreas de patrimônio cultural e na relação de paisagem e patrimônio industrial, ela já publicou três livros sobre Cubatão, ‘Anilinas’, ‘Meu lugar no mundo: Cubatão’ e ‘Cubatão, história de uma cidade industrial’.

O seminário visa a participação de especialistas e membros dos conselhos de Turismo, de Defesa do Patrimônio Cultural e de Políticas Culturais, além de demais interessados da comunidade.

Na Câmara, PT santista questiona contratações da Secult

01A contratação de 35 agentes culturais na Secretaria de Cultura de Santos em caráter emergencial foi alvo de críticas da bancada do PT na Câmara Municipal na sessão do último dia 30. Os vereadores Adilson Júnior e Evaldo Stanislau levantaram a questão de que “legislação municipal não permite a contratação emergencial na área da Cultura, mas apenas nas secretarias de Saúde e Educação”, conforme reportagem de Luigi Di Vaio no Diário do Litoral.

O líder do prefeito na Câmara, o vereador Sadao Nakai (PSDB), ressaltou que a necessidade de novos agentes é porque a Secult perdeu recentemente 45 funcionários. A pasta conta com 206 servidores para manter em funcionamento seus equipamentos: dois centros culturais, três teatros, seis galerias e museus, seis bibliotecas, salas de cinema, gibiteca, entre outros.

Mais dois colegas governistas, Sandoval Soares (PSDB) e Douglas Gonçalves (DEM), também defenderam o aumento no quadro da Secult. O primeiro teria anotado que a quantidade de novas contratações não equivale a cabide de empregos. Por sua vez, o outro citou que era realmente necessária a chamada após duas conversas com o atual secretário, Professor Fabião.

*Lincoln Spada

 

Exposição mostra trabalhos de alunos do Cema em Limeira

Foi inaugurada nesta quarta-feira, 1º de abril, no hall de entrada da Prefeitura de Limeira, a exposição “Toda genialidade de um universo particular”, que apresenta quadros pintados por alunos do Cema (Centro de Especialização Municipal do Autista). Ao todo, são 17 trabalhos de Kleber Polizeli, de 30 anos, e Nicolas Périco Palermo, de 14 anos. A iniciativa é da Prefeitura de Limeira, por intermédio da Secretaria de Saúde, com objetivo de marcar o Dia Mundial de Conscientização do Autismo (2 de abril).

A abertura do evento recebeu a participação de alunos, familiares e de toda a equipe de profissionais do Cema. O secretário de Saúde, Luiz Antônio da Silva, disse que a atual gestão tem feito todos os esforços para melhorar a estrutura do Cema, como a transferência para a atual sede, localizada em um amplo imóvel na rua Alferes Franco, 1006. Os investimentos nesse novo espaço, bem como no quadro de funcionários possibilitou o aumento do número de pessoas atendidas, de 22 para 39.

02“Desde o primeiro momento que entrei no Cema, percebi o quanto essa experiência era incrível e apaixonante, pois além da dedicação dos funcionários da instituição, o trabalho também envolve a luta das mães pelos filhos”, afirmou.

A vereadora Érika Tank parabenizou todos aqueles estão envolvidos nas ações do Cema. Como forma de colaborar com essa luta, ela salientou que diversos prédios públicos estarão iluminados de azul nesta semana, como o Teatro Vitória, a Câmara de Vereadores e a Gruta da Praça Toledo Barros. “Nossa sociedade deve abrir seu coração para entender um pouco mais o autismo”.

Segundo a coordenadora técnica do Cema, a terapeuta ocupacional Cilene Falascina, o Transtorno do Espectro Autista pode ser leve, moderado ou grave. Estudos mais recentes, de acordo com ela, relacionam o autismo a causas genéticas. “A incidência do autismo é de três a quatro vezes mais frequente nos meninos, por esse motivo, o azul é a cor do movimento”.

A terapeuta ocupacional esclareceu, ainda, que o Autismo compromete principalmente as áreas de interação social e a comunicação verbal e não-verbal, ocasionando comportamento com interesses restritivos e repetitivos. “No Brasil há aproximadamente 2 milhões de pessoas com autismo, sendo que a proporção é de 1 autista para cada 100 nascimentos”.

O evento contou também com a presença de Gabriel Henrique Pereira, de 26 anos, que ingressou no Cema aos cinco anos e hoje é pós-graduado em Administração de Empresas, da aluna Nadyeli Barbosa da Silva, que fez uma apresentação de teclado, da coordenadora administrativa do Cema, Josiane Prata e dos organizadores da mostra por parte da Secretaria de Saúde, Fabiano Costa e Jeniffer Andrade. Os trabalhos podem ser conferidos até 10 de abril e os visitantes concorrem ao sorteio de dois quadros.

*Cibele Gianechini – Prefeitura de Limeira