Arquivo da tag: catiapoã

Polo vicentino do Projeto Guri amplia número de vagas para 2017

Por Prefeitura de São Vicente

Oficializada recentemente, a renovação do convênio entre o Projeto Guri – mantido pelo Governo do Estado – a Prefeitura de São Vicente trará novidade para 2017. A pedido do secretário municipal da Cultura, Amauri Alves, e em consequência dos bons resultados da parceria na Cidade, o projeto vai oferecer um número maior de vagas.

A ampliação de vagas foi firmada na assinatura do contrato pela Prefeitura, para os cursos que já são desenvolvidos nas dependências das Oficinas Culturais Professor Oswaldo Névola Filho, no Catiapoã.

Conforme a coordenadora do polo vicentino do Projeto Guri, Gabrilele de Jesus, no período da manhã, além dos cursos de Violão, Cavaco e Percussão, também serão oferecidos os de Violino, Viola Clássica, Violoncelo e Contrabaixo.

Já no período da tarde, além dos programas já existentes, será oferecido o curso de Cavaco. Alessandra Costa, diretora executiva do Guri, através da regional encaminhará o novo termo com a ampliação da oferta de vagas. As inscrições serão abertas no final de janeiro.

Palestra sobre microempreendedorismo individual nas Oficinas Culturais de SV

‘Como se tornar um microempreendedor individual’ é o tema da palestra realizada pelo Sebrae-SP no próximo dia 8 (segunda-feira), às 15 horas, nas Oficinas Culturais Professor Oswaldo Névola Filho de São Vicente (Rua Tenente Durval do Amaral, 72, Catiapoã). A atividade conta com apoio da Prefeitura através da Secretaria da Cultura e da representação municipal da Sutaco.

O evento gratuito será ministrado pela analista do Sebrae-SP, Érika Maria Carvalho Pavanelli Leite. O microempreendedor individual (MEI) é a pessoa que trabalha por conta própria com fatura de até R$ 60 mil anuais e que se legaliza como pequeno empresário, sem participação em outra empresa como sócio ou

Entre as vantagens oferecidas ao MEI é o registro do CNPJ, que facilita abertura de conta bancária, pedido de empréstimos e emissão de notas fiscais. O MEI foi legalizado conforme Lei Complementar Federal nº 128/2008. As inscrições para a palestra devem ser antecipadas. Informações de segunda a quinta-feira: 3468-8636.

*Lincoln Spada

 

Projeto Guri de SV promove bate-papo com maestro da Finlândia

Maestro, regente e violista, Ville Mankkinen será o convidado ilustre de um encontro do polo vicentino do Projeto Guri com seus alunos, educadores e demais interessados. O bate-papo aberto ao público será realizado nesta terça-feira (dia 21), às 14 horas, antes das audições das turmas do projeto. As atividades serão no auditório das Oficinas Culturais Professor Oswaldo Névola Filho (Rua Tenente Durval do Amaral, 72, Catiapoã).

Na roda de conversa, Ville partilhará as experiências sobre o ensino musical na Europa, berço do classicismo. Com formação junto a artistas renomados na Finlândia, Rússia e República Tcheca, Ville atuou em diversas grupos eruditos, leciona violino e viola, além de há mais de 10 anos atuar como regente de orquestras na Finlândia, como a Wasa Sinfonietta.

Durante o bate-papo, o maestro estará acompanhado do regente brasileiro Sergio Chnee, promotor do Festival Internacional de Regência Sergio Chnee, o Firsc. Formado como coach e em administração, Sergio é especialista em análise comparativa de uma organização ou corporação com uma orquestra.

AUDIÇÕES

No mesmo dia e local, os alunos do Projeto Guri farão suas apresentações, que serão divididas em três grupos. Os participantes das turmas A e B farão sessão conjunta às 16 horas. Já no dia 23 (quinta-feira), os avanços musicais serão demonstrados em sessões conjuntas às 15h30 (turmas A e B.) e às 17 horas (turmas B e C).

O PROJETO

É um programa de educação musical há mais de 20 anos que atende a 30 mil crianças e adolescentes em 370 espaços do estado de São Paulo. O polo vicentino do Projeto Guri é uma iniciativa em parceria com a Secretaria da Cultura de São Vicente que oferece a infraestrutura das Oficinas Culturais para a realização das aulas. Mais informações pelo telefone 3468-8636.

*Lincoln Spada

 

Circuito Sesc de Artes leva oficina ‘Samba de Coco’ para São Vicente

A oficina de dança e percussão de ritmos bem brasileiros será ministrada no próximo dia 19, das 19 às 22 horas, nas Oficinas Culturais Professor Oswaldo Névola Filho (Rua Durval do Amaral, 72, Catiapoã). A atividade gratuita ‘Samba de Coco’ do grupo Coco Raízes de Arcoverde é uma realização do Circuito Sesc de Artes – Sesc Santos e apoio da Prefeitura por meio da Secretaria da Cultura.

O Samba de Coco Raízes de Arcoverde mantém a tradição do coco na forma mais pura e original. Com influência das culturas negra e indígena, o grupo representa o amor pelas raízes culturais entre duas famílias, pois para os Gomes e os Calixto, o samba de coco é mais do que música, é um modo de vida.

Hoje, contando com 27 participantes (entre adultos, adolescentes e crianças), o grupo reativou o samba de coco dançando com regularidade sendo reconhecido e respeitado. Este reconhecimento só foi possível através da tradição que foi passada pelas gerações destas famílias.

Nesta oficina, as pessoas poderão participar de uma aula de dança e percussão, bem como conhecer um pouco melhor a história do Samba de Coco, sua relação com a comunidade, e a importância da tradição oral.

INSCRIÇÕES

São 20 vagas para maiores de 16 anos e as inscrições podem ser realizadas das 9 às 17 horas, de segunda a sexta nas Oficinas Culturais. É necessário apresentar cópias do RG. Menores de idade devem comparecer com seus responsáveis, que também deverão levar cópia do RG. Informações: 3468-8636.

*Lincoln Spada

 

Corais encerram programação natalina em São Vicente nesta semana

A programação natalina das Oficinas Culturais Professor Oswaldo Névola Filho será encerrada nesta semana com a apresentação de dois corais da Região. Na quinta-feira (dia 17), às 19h30, o auditório contará com o Grupo Vocal Cântigo. Na sexta (dia 18), no mesmo horário, o convidado será o Coral Zanzalá de Cubatão.

Ambas as sessões no local (Rua Tenente Durval do Amaral, 72, Catiapoã) são gratuitas. A programação é uma realização da Prefeitura de São Vicente através da da Secretaria da Cultura com apoio da Associação dos Artistas.

O Grupo Vocal Cântigo tem amplo repertório e já tem notoriedade em apresentações na Baixada Santista. Por sua vez, o Coral Zanzalá de Cubatão, criado ainda em 1978. Trata-se de um fruto do sonho do maestro Rodrigo Audusto Tavares e se tornou referência regional pela qualidade técnica e atuação cênica de seus cantores.

Nesses 20 anos produziu vários espetáculos como Ópera do Malandro (2005) e De tudo se faz canção (2008), além da especial participação em Queen Sinfônico e Help, onde dividiu o palco com a Banda Sinfônica de Cubatão. Especial por excelência possui um eclético repertório que vai do erudito ao contemporâneo, passeando pela MPB, Música Gospel Norte-americana (Negro Spirituals), Cancioneiro Popular do canto coral e World Music. Atuamente com 60 participantes, a regência do Zanzalá é de Nailse Cruz.

*Lincoln Spada

 

Oficinas Culturais de SV têm agenda infantil em outubro

Neste mês das crianças, o público infantil tem lugar reservado nas Oficinas Culturais Professor Oswaldo Névola Filho. Localizado na Rua Tenente Durval do Amaral, 72, Catiapoã, o local da Secretaria da Cultura receberá semanalmente, aos sábados (dias 10, 17, 24 e 31), apresentações teatrais, oficina de pintura com tinta guache e atividades lúdicas.

As oficinas de pintura com tinta guache serão realizadas das 14 às 15 horas, voltadas para crianças de 5 a 10 anos. O objetivo é de aumentar a criatividade dos participantes, como também do desenvolvimento motor e cognitivo dos pequenos artistas. São 20 vagas a cada sábado, sem necessidade de inscrição prévia: será no dia, por ordem de chegada.

Todo o material será fornecido gratuitamente pela Secult, como papéis e tintas. A atividade contará com os monitores André Reis e Hanae Shiba, chefe de departamento da Secult e funcionária nas Oficinas Culturais. Por causa das tintas, recomenda-se que os pais acompanhem a oficina e levem uma camiseta velha de adulto para colocar por cima da roupa de suas crianças.

Das 15 às 16 horas, o público infantil pode participar do momento de lazer com atividades lúdicas e brincadeiras tradicionais e folclóricas. Este espaço terá monitoria dos chefes de departamento da Secult, Danilo Teixeira e Sérgio Lima.

Em seguida, a cada sábado haverá uma apresentação teatral, como ‘A Oca do Curumim’ (dia 10) e ‘O Ratinho que Não Gostava de Queijo’ (dias 24 e 31). As Oficinas Culturais são um programa da Secult de São Vicente com apoio da Associação dos Artistas.

*Lincoln Spada

 

Exposição gratuita de cartonagem e papietagem em São Vicente

O resultado das aulas de cartonagem e papietagem ministradas em São Vicente está em exposição gratuita até o dia 3 de julho, nas Oficinas Culturais Professor Oswaldo Névola Filho (Rua Tenente Durval do Amaral, 72, Catiapoã). A atividade é realizada pela Secretaria Municipal da Cultura com a Oficina Cultural Pagu.

Cartonagem é a arte de confeccionar obras de cartão. Já papietagem é a técnica de produzir objetos por meio do papel. Durante o curso, os alunos aprenderam com a professora Márcia Alves a fazer máscaras e bonecos utilizando a técnica.

*Lincoln Spada