Arquivo da tag: cenas teatrais

Últimas semanas para inscrições do 21º Fescete – Festival de Cenas Teatrais

Por Lincoln Spada

Artistas da Baixada Santista e de todo o Brasil podem participar do 21º Fescete – Festival de Cenas Teatrais de Santos. Realizada pelo Tescom, a iniciativa pioneira do gênero no País recebe inscrições virtualmente até próximo dia 30 pelo site: http://www.fescete.com.br.

Nesta edição, uma comissão artística selecionará 66 cenas nas categorias de teatro adulto (28 cenas), estudantil (18), mirim (10) e monólogo (10). Durante o festival de 15 a 30 de junho, os orientadores e a plateia através do voto popular premiarão as categorias com valores em dinheiro, troféus e menções honrosas.

Alunos do Ensino Fundamental I, II, Médio e Superior da Baixada Santista também podem versar seus poemas no 13º Concurso Estudantil de Poesias. As inscrições gratuitas para este segmento são até 21 de maio.

Com o tema ‘Lona Aberta, Céu Estrelado’, o 21º Fescete é uma realização do Tescom em parceria com o Ministério da Cultura e da Prefeitura de Santos via Secretaria de Cultura, com apoio da TV Tribuna.

 

Padre José de Anchieta é personagem em esquetes teatrais na Biquinha

Por Prefeitura de São Vicente

Além do tradicional comércio de doces e salgados, a reabertura da Praça da Biquinha, às 19h desta sexta-feira (20), traz uma novidade aos visitantes, com o início de apresentações teatrais relâmpago ao ar livre. Atores interpretarão a peça “Anchieta, o Santo Corcoz”.

A partir de sábado (21), esquetes serão encenadas nos finais de semana, com quatro apresentações por dia: às 10h30, 11h30, 14h e 16h. As sessões vão até 5 de março. A cena em homenagem ao padre José de Anchieta resume feitos e ações do religioso na convivência com os índios, como catequista e educador.

Anchieta foi o primeiro teatrólogo do Brasil, pois encenava autos e mistérios para falar aos índios, aos seus olhos e ouvidos. A peça recebeu em 2005 o prêmio de melhor texto original no IX Fescete – Festival de Cenas Teatrais de Santos.

Enfatiza-se no enredo a deficiência física do padre. José de Anchieta era portador de uma corcunda em decorrência de fratura na coluna vertebral. Apesar da saúde frágil, foi um incansável desbravador, superando seus limites, contra as diversidades do meio inóspito em que viveu. Jamais desistiu de suas crenças e valores que o motivavam a sua missão.

A proposta é provocar a reflexão sobre a força de realização humana, que independentemente dos limites físicos, move-se por ideais e realiza grandes feitos. Também busca estimular, pela narrativa histórica, o sentimento pátrio e o orgulho por nossa origem tupi-guarani, raça que se mesclando a outras tantas, constitui a raça brasileira.

 

Mostra Iracema Paula Ribeiro tem início no Tescom neste domingo

Por Marcus Di Bello | Foto: Denise Braga

Os trabalhos de conclusão de curso da Tescom – Escola de Teatro começam a ser apresentados domingo (27), dentro da Mostra Iracema Paula Ribeiro. As peças “Por Quê?” (15h), “João e Maria” (18h) e “Semente” (20h30) são os destaques do primeiro dia de mostra.

Em cena, crianças de 6 a 14 anos apresentam seus diferentes processos de montagem, dando continuidade ao que foi apresentado no Fescete – Festival de Cenas Teatrais de Santos, realizado em junho desse ano. O Tescom fica na Av. Rodrigues Alves, 195, Santos. Ingressos a R$ 15.

 

Fescete 20 Anos premia uma centena de artistas e estudantes

Cerca de 100 troféus Iracema Paula Ribeiro consagraram artistas, alunos, arte-educadores e técnicos das artes cênicas na cerimônia de encerramento do Fescete 20 Anos – Festival de Cenas Teatrais. O evento foi realizado na última sexta-feira (dia 1º) no Teatro Braz Cubas, em Santos. Com o tema ‘Reinventar’ e show da Banda Mordida, a cerimônia também teve o anúncio do tradicional concurso de poesias do festival.
.
Na escolha dos grupos de orientadores teatrais, as melhores cenas deste ano foram: ‘La fuerza de la superacion’ (Tenda da Fortuna, de São Paulo, na categoria adulta), ‘Elena’ (Cia Valsa pra Lua, de Cubatão, na categoria monólogo), ‘Meu pé de laranja lima’ (Teatro JN de São Vicente, na categoria estudantil A), ‘Morte e vida Severina’ (Colégio Jean Piaget, na categoria estudantil B) e ‘Por quê?’ (do Inesperado’s Baby, na categoria mirim).
.
O Festival
.
O Fescete 20 Anos é uma realização da Escola de Teatro Tescom, do Governo Federal via Ministério da Cultura, patrocínio da Secretaria de Portos via Porto de Santos, co-patrocínio Transbrasa, apoio da Lei de Incentivo à Cultura, Prefeitura de Santos, TV Tribuna e Sesc Santos. Apoio cultural: AG Branco, Anglo Santos, Associação dos Artistas, Contabilidade Abílio das Neves, DB Fotografia, Dino Filmes, Divina Fornada, Ecad, Elemídia, Engenharia Habilidade, Just Design, Kokimbos, Nutri Org, Red Balloon, Unisanta, Vista Mídia e Viva Vinhos. Informações: www.fescete.com.br
.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 .
Categoria Mirim
>> Voto dos orientadores para melhores cenas: ‘Por quê?’ (Inesperado’s Baby/1º lugar), ‘Os Porquinhos’ (Cia Juliana Lima/2º lugar), ‘Semente’ (Presepada Teens/2º lugar) e ‘Linda Flor’ (Arte e estudo juvenil/3º lugar).
>> Voto popular de melhores cenas: ‘Por quê?’ (Inesperado’s Baby/1º lugar), ‘A Revolta dos Brinquedos’ (Inesperadinhos/2º lugar), ‘Linda Flor’ (Arte e estudo mirim/3º lugar).
>> Produção: ‘Por quê?’ (Inesperado’s Baby); Texto original: Marcus Di Bello (‘Por quê?’, de Inesperado’s Baby); Texto adaptado e sonoplastia: Juliana Lima (‘Os porquinhos’, da Cia. Juliana Lima); Figurino: Paola Caruso (‘Somos todos Dom Quixote’ e ‘A farsa do príncipe’); Iluminação: Marcus Di Bello (‘Severino faz chover’, da Presepada Kids); Cenografia: Dario Félix e Miriã Pessoa (‘Severino faz chover’, da Presepada Kids); Revelação: Catarina Cação (‘João e Maria’, de Arte e Estudo Mirim); Ator: Vitor Lima (‘Semente’, da Presepada Teens); Atriz: Manuela Romano (‘A revolta dos brinquedos’, do Inesperadinhos); Direção: Jamili Limma (‘Por quê?’, de Inesperado’s Baby);Prêmio especial pela construção da personagem: Ana Luiza Miranda (‘Severino faz chover’, da Presepada Teens); Prêmio pelo conjunto de cena: ‘Por quê?’; Coro cênico: ‘Linda Flor’ (Arte e estudo juvenil); Prêmio especial à Ana Luiza (‘Os Porquinhos, da Cia Juliana Lima) e às bailarinas de ‘A Farsa do Príncipe’.
.
Categoria Estudantil (A e B)
3>> Voto dos orientadores para melhores cenas da categoria estudantil A: ‘Meu pé de laranja lima’ (Teatro JN/1º lugar), ‘A revolução das notas musicais’ (Teátrio Musical/2º lugar), ‘A alegria do circo’ (Porto Encena/3º lugar).
>> Voto dos orientadores para melhores cenas da categoria estudantil B: ‘Morte e vida Severina’ (Teatro Jean Piaget/1º lugar), ‘A ver estrelas’ (O.B.A. São Vicente/2º lugar), ‘O Sétimo Planeta’ (Cia Teatral Pé no Palco/2º lugar), ‘As bruxas de Salém’ (O.B.A. Conselheiro/3º lugar).
>> Voto popular de melhores cenas: ‘Terra Ardente’ (Revirados/1º lugar), ‘O Truk da Trupe’ (Anglo Santos/2º lugar), ‘Morte e Vida Severina’ (Jean Piaget/3º lugar).
>> Produção: ‘Morte e Vida Severina’ (Jean Piaget); Texto original: Plínio Augusto (‘Vai dar bolo’, de Atrás da Cortina/A) e Nei Boito (‘Circo Portovick’, de Exploradores Cênicos/B); Texto adaptado: Raquel Araújo (‘O país dos dedos gordos, do Teatro Novo Tempo/A) e Marcondys França (‘O fantasminha Pluft’, do Verteatro/B); Figurino: Teatro JN (‘Meu Pé de Laranja Lima’/A) e Larissa Miyachiro (‘O sétimo planeta’, da Cia Teatral Pé no Palco/B); Iluminação: André Cajaíba; Sonoplastia: Marici Dorta (‘A revolução das notas musicais’, do Teátrio Musical/A) e Fred Lincoln (‘Circo Portovick’, de Exploradores Cênicos/B); Cenografia: Teatro JN (‘Meu pé de laranja lima’/A) e Daniel Valverde (‘A ver estrelas’, da O.B.A. São Vicente/B); Revelação: Jaya Cordaro Tavares, Lia Ramos Duarte (ambos de ‘O país dos dedos gordos’, do Teatro Novo Tempo/A), Naila da Silva Souza e Giovanna dos Santos Barone (ambas de ‘Circo Portovick’, dos Exploradores Cênicos/B); Ator: Guilherme Oliveira Mota (‘O país dos dedos gordos’, do Teatro Novo Tempo/A) e Arthur Neto (‘Morte e vida Severina’, do Teatro Jean Piaget/B); Atriz: Julia Laurieri (‘Os saltimbancos’, do Verteatro/A), Paula Prado e Beatriz Silva (ambas de ‘As bruxas de Salém’, do O.B.A. Conselheiro/B); Direção: Igor Ferreira (‘Meu pé de laranja lima’, do Teatro JN) e Daniel Valverde (várias obras); Prêmio especial: ‘Meu pé de laranja lima’ (Teatro JN), ‘A alegria do circo’ (Porto Encena), ‘Um Brasil Nordestino’ (Thearteiros) e a atenção à sustentabilidade do Grupo Dom Líbor.
.
Categoria Monólogo
2>> Voto dos orientadores para melhores cenas: ‘Elena’ (Cia Valsa pra Lua/1º lugar), ‘A mais forte’ (Taetro de Teatro/2º lugar) e ‘Um discurso para minha avó’ (Cia. Teatro Vozavós/3º lugar).
>> Voto popular de melhores cenas: ‘Laura’ (Maristelos/1º lugar), ‘Um dedo de prosa’ (Coletivo Allegro/2º lugar), ‘A Mais Forte’ (Taetro de Teatro/3º lugar).
>> Texto original e figurino: Juliana do Espírito Santo (‘Um discurso para minha avó’, da Cia de Teatro Vozavós); Maquiagem: Carina Torres e Vera Mojola (‘A mais forte’, do Taetro de Teatro); Iluminação: Anderson de Oliveira (‘A mais forte’, do Taetro de Teatro); Sonoplastia: Fred Lincoln (‘Um dedo de prosa’, do Coletivo Allegro); Cenografia e direção: Fabiano Melo (‘Elena’, Cia Valsa para Lua); Ator: Rodrigo Caesar (‘Carta de um defunto rico’, da Cia Héterus de Teatro); Atriz: Mariana Nunes (‘Elena’, da Cia Valsa pra Lua).
.
Categoria Adulto
>> Voto dos orientadores para melhores cenas: ‘La fuerza de la superacion’ (Tenda da Fortuna/1º lugar), ‘Eu matei minha mãe’ (Teatro JN/2º lugar) e ‘Uma dona só’ (Taetro de Teatro/3º lugar).
>> Voto popular de melhores cenas: ‘Axé Aiê’ (Mosaico Teatral/1º lugar), ‘Urbanus’ (Cia Dons/2º lugar), ‘Mãos de Ferro’ (TNQ/3º lugar).
>> Texto original: Mateus Faconti e Amadeus Gaia (‘La fuerza de la superacion’, de Tenda da Fortuna); Figurino: Larissa Kathleen (‘O Jantar’, do Grupo da Laje); Maquiagem: Carina Torres (‘A Mulher Judia’, do Taetro de Teatro); Iluminação: Roberto Bastelli (‘Luminescência’, da Cria Criou Cia de Artes); Sonoplastia: Eder Santos (‘La fuerza de la superacion’, de Tenda da Fortuna); Cenografia: Igor Ferreira (‘Eu matei minha mãe’, do Teatro JN); Revelação: Martinha Lopes (‘O Teste’, da Cia Atores da Vila) e Wilson Gois (‘De volta ao luto’, da Cia Lorena);Ator: Alex Moreira (‘La fuerza de la superacion’, da Tenda da Fortuna); Atriz: Ellen Silva (‘Uma dona só’, do Taetro de Teatro); Direção: Mateus Faconti (‘La fuerza de la superacion’, da Tenda da Fortuna); Prêmio especial ao elenco de ‘O Teste’ (Cia Atores da Vila) e pesquisa estéticado Teatro JN (‘Eu matei a minha mãe’).
.
12º Concurso Estudantil de Poesia
>> Ensino Fundamental 1: Luna Alves Silva Santos (Anglo Santos/1º lugar), Esthela Mendes Ricciotti (Anglo Santos/2º lugar), Salwa Riad El Malt (Anglo Santos/3º lugar);
>> Ensino Fundamental 2: Júlia Ferreira Pinto (Colégio Coração de Maria/1º lugar), Ana Luiza Badialle Costa (Colégio Coração de Maria/2º lugar), Bruno Manelici Felix (Anglo Santos/3º lugar), Arthur Felinto Mendes Ricciotti (Anglo Santos/Especial);
>> Ensino Médio: Hemily Kamila Santos de Lima (Colégio França/1º lugar), Deborah Braga Freitas Santos (Anglo Santos/2º lugar), João Vitor Soares Ribeiro (E.E. Afonso Schmidt/3º lugar);
>> Universitário: Ulisses Batista Thadeu Salvador (Unip/1º lugar), Angélica Aldrey Prates (Unisanta/2º lugar), João Victor Concer Corrêa (Unisantos/3º lugar).
>> Prêmio Fescete Solidário ‘Quadradinhos de Amor’: Colégio Anglo Santos;
.
*Lincoln Spada

Troféu Iracema Paula Ribeiro marca o encerramento do Fescete nesta sexta

A noite desta sexta-feira será de consagração para vários artistas e alunos de teatro com o anúncio dos vencedores do Fescete 20 Anos – Festival de Cenas Teatrais. Para abrilhantar o evento, os mais bem avaliados pelos orientadores de cada categoria receberão o Troféu Iracema Paula Ribeiro, marca do festival nos últimos 11 anos.

Trata-se de uma concepção do artista plástico Cid Maia, que desde 2005 recria artesanalmente os mais de mil prêmios do Fescete que marcam a vida dos contemplados. Nascido em Santos, Cid é coordenador pedagógico, com pós-graduação em arte-educação (em Barcelona), produz pinturas sobre telas, esculturas, gravuras e muralismo. Este mês, esteve no festival de grafite da cidade espanhola de Tolosa.

A obra-prima de suas mãos, o Troféu Iracema Paula Ribeiro, será entregue aos vencedores das categorias teatrais infantil, estudantil, adulto e monólogo, além do tradicional concurso de poesias voltado nas modalidades de Ensino Fundamental 1 e 2, Médio e Universitário. A cerimônia também contará com os shows do coro cênico Broadway Voices e da banda Mordida. Com entrada franca, o evento será nesta sexta-feira, às 19h30, no Teatro Braz Cubas (Av. Pinheiro Machado, 48/Santos).

Fescete

O Fescete 20 Anos é uma realização da Escola de Teatro Tescom, do Governo Federal via Ministério da Cultura, patrocínio da Secretaria de Portos via Porto de Santos, co-patrocínio Transbrasa, apoio da Lei de Incentivo à Cultura, Prefeitura de Santos, TV Tribuna e Sesc Santos. Apoio cultural: AG Branco, Anglo Santos, Associação dos Artistas, Contabilidade Abílio das Neves, DB Fotografia, Dino Filmes, Divina Fornada, Ecad, Elemídia, Engenharia Habilidade, Just Design, Kokimbos, Nutri Org, Red Balloon, Unisanta, Vista Mídia e Viva Vinhos. Informações: http://www.fescete.com.br.

*Lincoln Spada