Arquivo da tag: chico botelho

MISS realiza sessões com filmes contemplados pelo Facult

Por Prefeitura de Santos

Localizado no Centro de Cultura Patrícia Galvão (Av. Sen. Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias), o Museu da Imagem e do Som de Santos – Miss é um dos equipamentos culturais da Cidade que recebe trabalhos de produtores audiovisuais da região.

Nos próximos dias, a Sala de Projeção Chico Botelho, no Miss, recebe as projeções de três produções contempladas pelo 6º Concurso de Apoio a Projetos Culturais Independentes do Munícipio de Santos, o Facult.

A agenda tem início nesta sexta-feira (8/fev), às 19h, com a obra ‘Ofício: Estudo 9/1’, de Juliana França. O trabalho une as linguagens de dança e vídeo, registrando as reações e opiniões de nove profissionais de diferentes áreas enquanto assistem uma coreografia.

Já na próxima quinta-feira (14/fev), a partir das 18h30, é a vez de duas grandes histórias santistas ganharem projeção nas estreias dos documentários ‘The Pink Panther Boite’, dirigido por Kauê Nunes Melo, e ‘Dudu do Gonzaga’, com direção de Nildo Ferreira.

O primeiro filme traz depoimentos de personagens que frequentaram a singular boate dos anos 1980, localizada em frente à Praia do José Menino. Considerado por muitos a joia do entretenimento adulto na Cidade, o ambiente era visitado por casais, famílias que iam jantar e assistir espetáculos musicais, stripteases e shows eróticos. Além disso, o palco da boate abriu espaço para várias estrelas transexuais da época, como Gretta Star e Roberta Close.

A segunda produção fala sobre a vida de Luiz Eduardo D’Agrella Teixeira, o Dudu do Gonzaga. Um dos personagens mais famosos da Cidade nas décadas de 70 e 80. Homossexual assumido, ele enfrentou preconceito e fez história pelo seu comportamento extravagante e inusitado. Pessoas que conviveram com Dudu revelam suas histórias e fotos. O documentário ainda lança um questionamento sobre a sua morte.

 

Filme sobre a Portuguesa Santista tem sessão no MISS

Por Secult Santos

Mistura de documentário e ficção, o filme ‘A Mais Briosa – Um Amor 100 Divisão’ tem sessão na Sala de Projeção Chico Botelho, no Museu da Imagem e do Som de Santos – Miss (Av. Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias), no próximo dia 21, às 19h. Entrada franca.

Celebrando o centenário da Portuguesa Santista, o filme, dirigido por Guilherme Bernardo, conta a história do clube desde a fundação, passando por vários grandes momentos de sua trajetória, ressaltando o amor incondicional de sua torcida.

A produção é conduzida por depoimentos de ex-jogadores, jornalistas e torcedores, que se misturam a uma história ficcional em que o barbeiro português Lino recebe a vista do neto, que vem do exterior de férias. Logo o jovem começa a questionar o avô sobre o clube que ilustra as fotos e bandeiras de sua barbearia.

O projeto começou a ser idealizado em novembro de 2016 e as filmagens começaram em abril de 2017. Participam dos depoimentos Pepe, treinador do time de 2003; Walter Dias, jornalista e setorista da Portuguesa desde os anos 50; Álvaro Silveira, autor do livro dos 100 anos da Portuguesa; Rico, atacante do time de 2003; e craques do time de 1964 como Adelson, Pereirinha e Samarone. Mais informações na página http://www.facebook.com/amaisbriosa.

Miss recebe manutenção entre os dias 2 e 4 de maio

Museu da Imagem e do Som de Santos (Miss), localizado no piso térreo do Centro de Cultura Patrícia Galvão (Av. Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias), estará fechado entre os dias 2 e 4 de maio para receber serviços de manutenção geral. O equipamento da Secretaria Municipal de Cultura (Secult) volta a abrir no dia 5, com funcionamento de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h. Entrada gratuita.

O Miss possui acervo permanente com mais de 200 objetos (entre eles estão máquinas fotográficas históricas, câmeras filmadoras, projetores e equipamentos de som), uma discoteca com mais de 6 mil vinis e catálogo de filmes e obras audiovisuais com 3 mil títulos. Todo material pode ser acessado pelo público.

O espaço também dispõe da Sala de Projeção Chico Botelho, que integra o museu audiovisual, que já recebeu sessões do Cine Comunidade, Instituto Querô, CinemaMêmo, Festival Tela Verde, Mostra Ecofalante, Sansex, Nerd Cine Fest, Curta Santos, Panorama do Cinema Dinamarquês, Cine Retrô, Mostra da Semana da Diversidade Sexual e videodanças, Culturalmente Santista e Semana da Cultura Caiçara, entre outros eventos.

*Prefeitura de Santos