Arquivo da tag: chico buarque

A premiadíssima Imara Reis ministra aula magna na EAC Wilson Geraldo

Por Secult Santos

A atriz, diretora e professora Imara Reis é a convidada da aula magna que será realizada na segunda-feira (11), na Escola de Artes Cênicas Wilson Geraldo (EAC), abrindo as atividades do Curso de Formação de Atores em 2019. O encontro é aberto ao público e ocorre no Teatro Guarany (Praça dos Andradas, 100, Centro Histórico), a partir das 19h.

Imara começou a fazer teatro no Colégio Santa Marcelina (RJ). Formada em Letras (UFF), onde também fez Teatro, foi integrante do Grupo Laboratório juntamente com Tonico Pereira e José Carlos Gondim. Em 1973, convidada por Tonico Pereira, passou a integrar o Grupo Chegança, de Luis Mendonça. Neste grupo participou de ‘As Incelenças’, ‘Viva o Cordão Encarnado’ e ‘Lampião no Inferno’. A atriz foi integrante também do elenco da primeira montagem de ‘Calabar’, de Chico Buarque e Ruy Guerra.

Após participar de outras produções, começou a trabalhar como atriz em peças publicitárias, participando de inúmeros comerciais. No final dos anos 1970, em viagem de estudos à Europa, fez cursos de especialização em Paris e Madri, além de ter protagonizado seu primeiro curta-metragem, Sílvia, produzido por Helena Rocha.

De volta ao Brasil, estreou na TV Tupi na novela ‘Dinheiro Vivo’, de Mario Prata. Estreou, em 1981, na TV Bandeirantes com a novela ‘Os Adolescentes’. Seu primeiro longa foi ‘Inquietações de Uma Mulher Casada’, de Alberto Salvá, e desde então trabalhou em mais de 20 filmes. Como atriz, Imara já ganhou três troféus Kikitos e três Candango, nos festivais de Gramado e de Brasília, além de outras premiações. Em 2010, foi publicada a sua biografia, ‘Van Filosofia’, pela série Perfil, da coleção Aplauso.

Grupos Artísticos de Cubatão abrem temporada com ‘Música no Parque’

Por Morgana Monteiro

A Banda Sinfônica de Cubatão abre a programação do projeto Música no Parque no próximo domingo, 12/2, na cidade. A apresentação será às 16h, no Vão Cultural do Novo Anilinas (Av. Nove de Abril, s/nº). Em sua 4ª temporada, o projeto leva a arte dos Grupos Artísticos para a comunidade, sempre com repertórios diferenciados.

Intitulado “Deu Carnaval na Banda!”, o espetáculo da Sinfônica traz todos os ritmos e formas extraídos da cultura musical mais popular no País. O casamento entre a música erudita e a popular acontece justamente no Carnaval, recheado, neste concerto, por obras de compositores alemães, ingleses e, sobretudo, brasileiros.

No programa estão: “Carnaval”, de Schumann; “Maxixe”, de Chiquinha Gonzaga ; “Homenagem ao Malandro”, de Chico Barque; “Festa do interior”, de Moraes Moreira; “Fantasia Brasileira”, de Peter Koval, entre outras canções. “Será uma apresentação alegre e festiva. Nossa ideia é oferecer ao público lindas paisagens sonoras, timbres e ritmos vibrantes”, comentou o maestro Rodrigo Vitta, regente titular da equipe.

Roberto Farias que é coordenador geral dos Grupos Artísticos de Cubatão e idealizador do “Música no Parque” afirma que a atividade tem por objetivo fortalecer o vínculo dos grupos cubatenses com o público, que sempre tem prestigiado as apresentações. “Os espetáculos tiveram início de maneira tímida. Mas ao decorrer de cada temporada, percebemos que as pessoas comparecem todo domingo porque têm certeza de que encontrarão uma linda apresentação ali”, disse.

Os concertos continuam neste mês: no sábado, 18/2 é a vez do Coral Zanzalá e da Cia de Dança de Cubatão levarem seu talento ao Novo Anilinas; em 19/2, domingo, Banda Marcial e seu Corpo Coreográfico trazem um repertório inédito.

 

Coral de Santos se apresenta no Cais Milton Teixeira

Por Secult Santos

O Coral Municipal de Santos se apresenta nesta sexta-feira (16), a partir das 20h30, no auditório do Centro de Atividades Integradas (Cais) Milton Teixeira (Av. Rangel Pestana, 150, Vila Mathias). A performance tem entrada franca.

O programa é uma homenagem aos 100 anos do samba, com canções como ‘Feitiço da Vila’ (Noel Rosa), ‘Sem Compromisso’ (Geraldo Pereira e Nelson Trigueiro), ‘Deixa a Menina’ (Chico Buarque) e ‘Samba do Arnesto’ (Adoniran Barbosa), entre outras.

A noite também tem participação especial do Coral da Alfândega do Porto de Santos, que apresenta sambas de Chico Buarque: ‘Samba do Grande Amor’, ‘Samba de Orly’, ‘Amor Barato’ e ‘Roda Viva’.

Os coros serão acompanhados por Bruno Felix (piano), Paulo Januário e Miliko San (percussão) e Joacir Leite (expressão cênica). A regência é de Nailse Machado e Fernando Pompeu. Mais informações pelo telefone 3202-3570. O Coral Municipal de Santos é um Corpo Estável da Secretaria Municipal de Cultura (Secult).

 

Mayarah Magalhães faz releitura de obra de Elza Soares no Sesc Santos

A artista Mayarah Magalhães juntamente com músicos santistas faz sua releitura deste importante álbum da cantora carioca Elza Soares (‘Do cóccix até o pescoço’), lançado em 2002 e que a colocou em contato com compositores mais jovens, além de permitir seu reencontro com obras de Caetano Veloso e Chico Buarque. No repertório, canções como “A Carne”, “Dor de Cotovelo”, “Façamos” e “Fadas”.

O show será na próxima sexta-feira (dia 26), às 21 horas, no Sesc Santos (Rua Conselheiro Ribas, 136/Santos). Ingressos de R$ 5 a R$ 17. Direção musical e arranjos de Ugo Castro Alves.

*Mayarah Magalhães

 

Corisco Mix recebe show de Marcelo Amazonas e Luiz Claudio de Santos

Grandes nomes da Música Popular Brasileira, como Chico Buarque, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Milton Nascimento, Adoniran Barbosa, Cartola, Tom Jobim, entre tantos outros, compuseram canções que fizeram bastante sucesso e outras que nem tanto.

Assim, os músicos Luiz Claudio de Santos e Marcelo Amazonas interpretarão essas canções no formato – uma desconhecida seguida de uma conhecida do grande público, além de seus trabalhos próprios. O evento será no sábado (21/mai), a partir das 20 horas, no Corisco Mix (Rua Espírito Santo, 87/Santos). Ingresso a R$ 10.

*Corisco Mix

 

Dia das Mães é comemorado com clássicos da MPB em Santos

Que tal celebrar o Dia das Mães ao som de músicas de Caetano Veloso, Chico Buarque, Ivan Lins, Dorival Caymmi e Tom Jobim? Em uma apresentação única, o trio Ekoa retorna a Santos após turnê pela Europa, e faz uma releitura de clássicos da Música Popular Brasileira (MPB). O show será gratuito e ocorre no sábado (7), às 17 horas, na esquina das ruas Castro Alves e Conselheiro Lafaiete, no Embaré.

O trio é formado por Kleber Serrado (voz), Bruno Conde (violão) e Theo Cancello (piano). Eles lançaram no final de 2015 o primeiro disco, que contou com participações especiais, como os músicos Renato Braz, Marcos Suzano e Pedro Altério. O trabalho foi avaliado positivamente pela crítica, o que garantiu passagem direta para shows em cidades da Inglaterra e da França nos últimos meses.

Além de releituras, o trio Ekoa apresentará repertório próprio. O show integra o projeto “Concertos Barceló”, que tem o objetivo de oferecer periodicamente concertos de música clássica e popular fora da rota dos centros comuns de cultura de Santos. O Quarteto de Cordas Martins Fontes participou dos primeiros shows, sempre temáticos, e que duram cerca de uma hora e não interrompem o tráfego de veículos na rua.

Serviço
Quem: Trio Ekoa
Quando: 07/05 – Sábado – 17h
Onde: Rua Castro Alves 22 (esquina com Rua Conselheiro Lafaiete)
Quanto: Gratuito

*José Claudio Pimentel

Agenda Cultural: Sesc Santos tem Tocando Santos, Indie Festival e mais

O Sesc Santos (Rua Conselheiro Ribas, 136/Santos) apresenta várias atrações neste final de semana (1º a 3 de abril). Saiba mais:

PAULO MAYMONE – LANÇAMENTO DO CD CANÇÕES AO MAR

Coroando seus 30 anos de música o compositor, que possui forte influência de nomes como Edu Lobo, Cartola, Noel Rosa, Chico Buarque e, especialmente, Milton Nascimento e Tom Jobim, lança seu segundo CD em um show que contará com os cantores Kika Willcox, Luiz Cláudio de Santos e Kleber Serrado. A banda será formada por Theo Cancello (produção musical, guitarra, sanfona e piano), Alexandre Faccas (bateria), Danilo Dog Ceschim (baixo), André Willian (piano e teclado) e o próprio Paulo Maymone (violão). Participações especiais dos cantores João Maria e Rosa Esteves. Teatro. Sexta, às 21h, ingressos de R$ 6 a R$ 20.

NOITE DANÇANTE

As bandas que se apresentam tocam músicas selecionadas para quem gosta de dançar ou apenas ouvir música de qualidade. No repertório, boleros, sambas, MBP e, anos 60 e 70. Com Vera Lúcia e Banda. Comedoria. Sexta, às 19h30, ingresso de R$ 5 a R$ 17.

LANÇAMENTO DO CD DE JEFFERSON GONÇALVES

Gaitista carioca com destaque no cenário nacional lança em Santos o CD/ LP “Jefferson Gonçalves 25 anos de Carreira”. Trata-se de uma coletânea comemorativa cujas músicas foram escolhidas pelos pessoas que financiaram o projeto pelo sistema de crowdfunding. Além das composições autorais o músico presenteia seu público com versões inéditas de pelo menos dois clássicos do Blues: Shame, Shame, Shame (Jimmy Reed) e I Can’t Be Satisfied (Muddy Waters), além de outras. Pela primeira vez em Santos, Jefferson Gonçalves vem com sua banda completa e com um convidado especial, o percussionista Laudir de Oliveira. Comedoria. Sábado, às 21h, ingressos de R$ 5 a R$ 17.

CIRCUITO INDIE FESTIVAL 2016

Cala a boca, Philip

Philip (Jason Schwartzman) é um prodígio literário pairando por Nova York, prestes a lançar o seu segundo livro, após o sucesso de seu romance de estreia. Ele está tenso, entediado e desesperado para sair de sua cidade e da rotina que tomou conta de seu relacionamento amoroso com a fotógrafa Ashley (Elisabeth Moss). Ike Zimmerman (Jonathan Pryce), um célebre escritor mais velho e ídolo pessoal de Philip, empresta sua casa de verão para o jovem escritor. O filme então acompanha Philip, orbitando entre Ashley, Ike e suas outras relações afetivas, com seus questionamentos existenciais e criativo. Direção: Alex Ross Perry. Sábado, 14h30, entrada franca.

Jornada ao Oeste

Enquanto um homem exausto respira agitado à beira-mar, um monge budista, trajando vestes vermelhas, caminha a um ritmo imperceptível pelas ruas de Marseille, na França. O caminhar lento do monge chama a atenção dos pedestres das ruas movimentadas. A câmera revela pequenos e belos fragmentos da influência que esse caminhante incomum provoca nos habitantes da cidade, até o momento em que o monge ganha, enfim, um discípulo. Direção: Ming-liang Tsai. Sábado, 16h30, entrada franca.

O MACACO E A VELHA

Serão contadas pequenas histórias que divertem as crianças, mas também podem ser apreciadas pelos adultos. Entra elas O Macaco e a Velha, Pirueta a Pipa Peralta, entro outras. Com João Acaiabe. Foyer do Teatro. Sábado, 17h30, entrada franca.

TOCANDO SANTOS 2016: Orquestra Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo

Formada por 90 alunos da Escola de Música do Estado de São Paulo Tom Jobim (EMESP Tom Jobim), a Orquestra Jovem do Estado é dedicada à experimentação musical para estudantes. Sob direção do maestro Cláudio Cruz, o grupo oferece aos jovens uma experiência fundamental para a formação musical. Fundada em 1979, com os bolsistas do 10o Festival de Inverno de Campos do Jordão, teve como regentes titulares o maestro John Neschling, Diogo Pacheco, Bernardo Fedorowsky, Juan Serrano e João Maurício Galindo. A Orquestra já representou o Brasil no 2° Encontro Latino Americano de Orquestras Juvenis, realizado na Argentina, e em agosto de 2012, o grupo realizou sua primeira turnê para a Europa, participando do Festival MDR Musiksommer, na Alemanha. É um dos grupos de difusão e formação musical da EMESP Tom Jobim, escola do Governo do Estado de São Paulo administrada pela Santa Marcelina Cultura. Domingo, 18h, ingressos de R$ 5 a R$ 17.

CINEMA EM TODO LUGAR: O que eu mais desejo

No Japão, na ilha de Kyushu, dois irmãos vivem separados após o divórcio de seus pais. O mais velho, de 12 anos, mora com sua mãe no sul da ilha e seu irmão mais novo, com o pai, no norte da ilha. O que o irmão mais velho deseja acima de tudo é que sua família viva junto novamente. Por isso, quando ele escuta de um amigo na escola a história de que no momento em que dois trens balas se cruzam você pode fazer um desejo que ele certamente se realizará, ele decide organizar uma viagem secreta até o ponto de insersecção dos trens, onde o milagre poderá acontecer. será que ele vai conseguir tornar realidade o seu maior desejo? Dir. Hirokazu Kore-Eda. Japão 2011. Domingo, às 11h e às 16h, entrada franca.

THEATRO MISTERIOSO – CIA MEVITEVENDO

A Cia. Mevitevendo comemora 17 anos de Teatro de Animação com o espetáculo Theatro Misterioso. Estruturado como um show de atrações raras, aos moldes de antigos espetáculos itinerantes que misturavam dança, canto e personagens exóticos, o espetáculo apresenta ao público um universo mágico e fascinante. Como um estranho teatro perdido no tempo, entre o real e o sonho, entre o bonito e o grotesco, ali revela-se um mundo de histórias e figuras surpreendentes. Com Cia. Mevitevendo. Comedoria. Domingo, 17h30, entrada franca.

*Sesc Santos