Arquivo da tag: cine arte

Filme de terror nacional ganha projeção no Cine Arte Posto 4

Prefeitura de Santos

Dirigido por Juliana Rojas e Marco Dutra, ‘As Boas Maneiras’ é um filme diferente sobre lobisomens. Com classificação indicativa de 18 anos, a obra mistura alucinação com conto de fadas. A história gira em torno de duas mulheres. Enfermeira vinda da periferia, Clara (Isabél Zuaa) é contratada pela misteriosa e rica Ana (Marjorie Estiano) como babá do filho que ela ainda espera.

Não demora muito para perceber que algo não vai bem com o bebê, muito menos com a mãe, que começa a apresentar comportamentos cada vez mais estranhos e sinistros hábitos noturnos que afetam diretamente a enfermeira. O filme também aborda questões sociais e de sexualidade.

Aclamado pela crítica, o longa-metragem conquistou o prêmio especial do Festival de Locarno e as categorias de Melhor Filme, Fotografia e Atriz-Coadjuvante para Marjorie Estiano, no Festival do Rio, além do prêmio Felix, dedicado a produções com temática LGBTQ. O filme segue em até 6/fev, em sessões às 16h, 18h30 e 21h, no Cine Arte Posto 4 (Orla do Gonzaga, próximo ao canal 3). Ingressos de R$ 1,50 a R$ 3.

 

Último suspense de Lars Von Trier entra em cartaz no Cine Arte Posto 4

Prefeitura de Santos

Cheio de polêmicas, o suspense ‘A Casa que Jack Construiu’ entra em cartaz no Cine Arte Posto 4 – Sala Rubens Ewald Filho (orla do Gonzaga, próximo ao Canal 3) nesta quinta-feira (17/jan). Protagonizado por Matt Dillon e dirigido por Lars Von Trier, o longa-metragem retrata um assassino em série que encara suas mortes com obras de arte. O filme fica em cartaz até o dia 23, com sessões às 16h, 18h30 e 21h. As entradas custam R$ 1,50 (meia) e R$ 3,00 (inteira). Classificação: 18 anos.

Na trama, durante um encontro fortuito na estrada, o arquiteto Jack (Dillon) mata uma mulher. O evento provoca um prazer inesperado no personagem, que passa a assassinar dezenas de pessoas ao longo de doze anos. Devido ao descaso das autoridades e à indiferença dos habitantes locais, o criminoso não encontra dificuldade em planejar seus crimes, executá-los ao olhar de todos e guardar os cadáveres num frigorífico. Tempos mais tarde ele compartilha os seus casos mais marcantes com o sábio Virgílio (Bruno Ganz) numa jornada rumo ao inferno.

 

Inspirado em best-seller, ‘Troca de Rainhas’ entra em cartaz em Santos

Por Secult Santos

O longa-metragem ‘Troca de Rainhas’ entra em cartaz até a próxima quarta-feira (19/dez) no Cine Arte Posto 4 (Orla do Gonzaga/Santos). Com sessões às 16h, 18h30 e 21h, o filme tem ingressos de R$ 1,50 a R$ 3. Classificação: 12 anos. Informações: (13) 3288-4009.

O enredo se passa em 1721 e acompanha o desenvolvimento de uma ideia audaciosa de Felipe de Orléans, regente da França. Ele percebe no comprometimento do futuro rei da nação, Luís XV, de 11 anos, a possibilidade consolidar a paz com a Espanha após anos de guerra. Então o regente propõe uma troca de princesas. Felipe casa Luís XV com Anna Maria Victoria, de 4 anos, da Espanha; e sua filha, Louise-Elisabeth d’Orleans, de 12 anos, com o herdeiro do trono espanhol.

Mas a entrada precipitada dessas jovens na corte francesa, sacrificadas no altar dos jogos de poder, vai acabar com sua tranquilidade. Inspirado na obra literária ‘L Echange de Princesses’, de Chantal Thomas, o drama tem direção de Marc Dugain e atuações Lambert Wilson, Anamaria Vartolomei, Olivier Gourmet.

Vida e obra de Henfil é tema de cinedebate nesta terça

Por Secult Santos

Nesta terça-feira (18/dez), às 21h, o Cine Arte Posto 4 (orla do Gonzaga/Santos) recebe a sessão especial do documentário ‘Henfil’, que retrata a vida de um dos mais importantes cartunistas brasileiros. A projeção terá a presença da diretora Angela Zoé, que participará de bate-papo mediado pelo jornalista e crítico de cinema André Azenha. Ingressos de R$ 1,50 a R$ 3.

Com depoimentos de cartunistas como Ziraldo, Jaguar, Sérgio Cabral e Tárik de Souza, além de animações realizadas com os desenhos de Henfil, o filme traz também imagens inéditas do artista e de sua família, incluindo seu irmão, o sociólogo Herbert de Souza, o Betinho. Criador de personagens como Ubaldo, Graúna, Cangaceiro Zeferino e os Fradins, Henfil de Souza Filho é considerado um dos maiores cartunistas do Brasil.

Criado na periferia de Belo Horizonte, Henfil chegou a cursar Sociologia (UFMG), mas logo abandonou. Foi embalador de queijos, contínuo em uma agência de publicidade e jornalista, até se especializar nos anos 60 em ilustração e produção de HQs. Teve seu trabalho publicado por veículos como Pasquim, Realidade, Placar e O Cruzeiro.

O cartunista também atuou com cinema, teatro, TV e literatura, e recebeu os prêmios Cid Rebelo Horta (melhor cartunista, em 1965) e Vladimir Herzog (Artes, em 1981). Destacou-se também pela atuação em movimentos contra a ditadura militar. Hemofílico, após uma transfusão de sangue, contraiu o vírus HIV e faleceu em 1988.

‘A Cidade Onde Envelheço’ chega ao Cine Arte Posto 4

Por Secult Santos
.
Com direção de Jonathan Teplitzky, o drama ‘Churchill’ se passa na Inglaterra de 1944, em plena Segunda Guerra Mundial. Às vésperas da realização da Operação Overlord, quando tropas aliadas desembarcaram na Normandia para enfrentar o exército nazista, o primeiro-ministro britânico Winston Churchill (Brian Cox) batalha nos bastidores para que a ação militar seja adiada.
.
Segundo Churchill, a operação é arriscada demais e colocaria em risco desnecessariamente a vida de milhares de soldados. Entretanto, apesar das constantes reclamações, o general Dwight Eisenhower (John Slatery) segue decidido a levar adiante a investida militar. O filme entra em cartaz no dia 4 de janeiro, quando o Cine Arte reabre após recesso já iniciado.
.
Sessões às 16h, 18h30 e 21h. Cine Arte Posto 4. Orla do Gonzaga, próximo ao Canal 3. Os ingressos custam R$ 1,50 (meia) e R$ 3,00. Classificação: 12 anos. Informações pelo tel. 3288-4009.

Cinema, teatro e dança neste fim de semana em Santos

Por Secult Santos
.
‘David Lynch – A Vida de um Artista’ chega ao Cine Arte
.
Em uma jornada íntima, o documentário ‘David Lynch – A Vida de um Artista’ narra os anos que formaram a vida do cineasta responsável por filmes como ‘O Homem Elefante’. ‘Eraserhead’, ‘Veludo Azul’ e ‘Cidade dos Sonhos’, além da cultuada série ‘Twin Peaks’.
.
Desde sua criação em uma pequena cidade até a vida nas ruas escuras de Filadélfia, acompanhamos Lynch, que traça os eventos principais para a sua formação. Em cartaz de quinta-feira (30) ao próximo dia 6. Sessões às 16h, 18h30 e 21h. Cine Arte Posto 4. Orla do Gonzaga, próximo ao Canal 3. Os ingressos custam R$ 1,50 (meia) e R$ 3,00. Classificação: 12 anos.
.
Trilogia Miyamoto Musashi continua na Cinemateca
.
A Cinemateca de Santos exibe o último filme da trilogia baseada no renomado romance ‘Musashi’, escrito por Eiji Yoshikawa e publicado em capítulos no Japão, em 1935, no jornal Asashi Shimbun: ‘Samurai III: Duelo na Ilha Ganryu’. Sábado (2). 20h. Rua Xavier de Toledo, 42. Gratuito.
.
‘O Pequeno Príncipe’ é dica no Coliseu 
.
A Academia Contra Passo apresenta espetáculo inspirado na obra do escritor, ilustrador e aviador francês Antoine de Saint-Exupéry. Sexta-feira (1º), sábado (2) e domingo (3), às 20h30. Teatro Coliseu (R. Amador Bueno, 237). Ingressos de R$ 60 a R$ 160.
.
‘Moana – Um Show de Aventuras’ estará em dança no Municipal
.
Montado pela Engenharia da Dança, o espetáculo é inspirado no desenho produzido pelo Walt Disney Animation Studio. Ambientado na Polinésia antiga, se desdobra quando uma terrível maldição atinge a ilha onde vive Moana. Sessões: dias 6 e 7, às 20h, e dia 8 às 20h30. Teatro Braz Cubas (Av. Pinheiro Machado, 48). Entrada a R$ 80.
.
Domingo (3) traz ‘Corcunda de Notre Dame’
.
Com interpretação da Oficina de Atores de São Paulo – Pinheiros e do Grupo TECE de Teatro Experimental, o conto de Victor Hugo traz a história do corcunda que toca os sinos da Catedral de Notre Dame, em Paris.
.
Ao se apaixonar por uma cigana, ele deve enfrentar a ira de um juiz com más intenções e o julgamento da população. A adaptação e direção são de Niveo Diegues. Domingo (3). 15h. Teatro Guarany (Praça dos Andradas). Ingressos a R$ 40.

15º Curta Santos começa nesta sexta-feira (17), na orla do José Menino

A 15ª edição do Curta Santos – Festival Santista de Cinema ocorre entre sexta-feira (17) e o próximo dia 23, em diversos espaços da Cidade, com programação gratuita. A abertura oficial ocorre às 20h30 desta sexta-feira, no Parque Municipal Roberto Mário Santini (Emissário Submarino, na orla do José Menino), com cerimonial celebrando os 15 anos do evento e mostra de filmes reunindo os vencedores do festival.
.
As sessões começam com a exibição da animação vencedora do 1º Curta Santos, ‘El Chateau’, com direção de Victor-Hugo Borges (São Vicente, de 2002). Na fita, um rapaz apaixonado espera por sua namorada em um fino restaurante. Trata-se de paródia das relações humanas, em que pessoas devoram umas às outras. Classificação: 10 anos.
.
A programação traz na sequência ‘Tempo é Morfina’, ficção vencedora do 13º Curta Santos, com direção de Kamilli Semenov e Daniel Queija, que aborda a separação de um casal (classificação: 12 anos); ‘Por Trás do Cartão Postal’, documentário vencedor do 14º Curta Santos, com direção de Júnior Castro, que aborda o cotidiano de Santos (Livre); e ‘Feliz Ano Novo’, ficção vencedora do 14º Curta Santos, com direção de Mônica Donatelli, que enfoca a amizade, vivência, amores e dores da vida (classificação: 12 anos).
.
Programação de abertura começa mais cedo
.
Mesmo com abertura oficial às 20h30, a programação do 15º Curta Santos começa bem antes no Parque Municipal Roberto Mário Santini. A partir das 16h o local recebe aulas abertas de surf, skate, yoga e edição especial da feira de economia criativa Encontro de Criadores. Das 16h às 17h30 e das 18h30 às 20h ocorrem aulas abertas de parkour com Marcel Stevanin.
.
Já às 17h tem performance de hip hop relativa aos 25 anos do grupo Dinamick Breaks, que recebe convidados. Às 18h é a vez da Banda Querô, do Instituto Arte no Dique, mostrar seu som e celebrar os 15 anos da organização social santista.
.
A agenda também oferece a Mostra Internacional de Videodança com a Cia. Etra, às 18h30; show da bateria da escola de samba União Imperial, às 19h30; e concerto do Quarteto de Cordas Martins Fontes, às 20h.
.
A agenda prossegue às 22h com performance do Coletivo Garrafada e atrações surpresa. Às 22h30 ocorre a Mostra Especial de Videoclipe Caiçara com apresentações Silvino com ‘Olhos Amarelos’ (direção de Ygor de Oliveira), Pseudo Banda com ‘Ouvidos ao Mistério’ (direção do Coletivo Pseudo Banda), Cidadão Blindado com ‘Deus e o Diabo’ (direção de Andrews Nascimento e Fausto André) e Fino com ‘Id’ (direção de Aj Santa Rosa, com classificação de 14 anos).
.
Também serão exibidos Ducasco com ‘Chama Acesa’ (direção de Rafaela Navarro), King Shock com ‘Dope’ (direção de Alann Santos e Matheus Dias), Usrec com ‘Sede de Justiça’ (direção de Bruno Billi) e Autêntica com ‘Melhor do que o mundo’ (direção de Mônica Donatelli).
.
Cine Arte Posto 4 recebe ‘Corpo Elétrico’
.
O Cine Arte Posto 4 – Sala Rubens Ewald Filho (orla do Gonzaga, ao lado do Canal 3) participa do primeiro dia de programação com a Mostra de Longa-Metragem, com sessões gratuitas às 16h, 18h30 e 21h. Traz a ficção ‘Corpo Elétrico’, com direção de Marcelo Caetano. No filme, de 2017, Elias sonha com o mar na fábrica em que trabalha. Depois de uma noite fazendo hora extra, ele e os operários decidem tomar uma cerveja. É quando novos encontros surgem.
.
Confira a programação completa do festival acessando o site http://www.curtasantos.com.br.