Arquivo da tag: cine bv

‘Custódia’ em cartaz no Cine Arte; acesse agenda de cinemas públicos de Santos

Por Secult Santos

Produção francesa que discute o abuso doméstico, o longa-metragem ‘Custódia’ entra em cartaz no Cine Arte Posto 4 – Sala Rubens Ewald Filho (orla do Gonzaga, próximo ao Canal 3) até o dia 20/mar, com sessões às 16h, 18h30 e 21h. Dirigido pelo cineasta Xavier Legrand, o filme narra a história do casal recém-separado Miriam (Léa Drucker) e Antoine Besson (Denis Ménochet).

Ela pede na Justiça a custódia exclusiva do filho, pois acusa o ex-marido de ser violento. O juiz, no entanto, acaba concedendo a custódia compartilhada. Tomado quase como um refém entre seus pais, Julien (Thomas Gioria) fará tudo para evitar o pior. O filme tem entradas no valor de R$ 1,50 a R$ 3. Informações: 3288-4009.

Cine BV no MISS

Comandado por Fernando Pompeu, maestro e diretor-geral do coral cênico Broadway Voices, em parceria com o Museu da Imagem e do Som de Santos – Miss, o Cine BV exibe ‘Camelot’, de 1967. Dirigido por Joshua Logan, o filme é baseado em livro de T.H. White e no espetáculo teatral de Alan Jay Lerner. Após a projeção, Fernando Pompeu bate papo sobre a produção com o público. Sexta-feira (15/mar), às 15h30, na Av. Pinheiro Machado, 48, Vl. Mathias. Entrada franca.

Vilas Criativas da Vila Progresso e Morro da Penha

Na ficção científica ‘Uma Dobra no Tempo’, Meg Murry e seu irmãozinho, Charles Wallace, ficaram, há cinco anos, sem o seu pai cientista, que descobriu um novo planeta e usou o conceito conhecido como tesseract para viajar para lá. Aliado do colega de classe de Meg, Calvin O’Keefe, e guiado pelos três misteriosos viajantes astrais, as crianças iniciam uma perigosa jornada. Sexta-feira (15/mar), às 18h30 e às 20h30, na Vila Criativa da Vila Progresso (R. Moisés, s/nº). Sábado (16/mar), às 15h e às 17h, na Vila Criativa do Morro da Penha (Rua Brigadeiro Newton Braga, 39). Entrada franca.

Cinemateca de Santos

Inspirado na historia real de um gerente da fábrica, o longa ‘John Rabe’ se passa em 1937 e acompanha o contador alemão que vive na antiga capital da China. Com retorno marcado para Berlim, ele é impedido de deixar o país no momento em que a sua cidade começa a ser bombardeada por um esquadrão japonês. Encurralado e destruído, o povo é guiado para uma zona de segurança onde Rabe é eleito líder. Sábado (16/mar), às 20h, na R. Min. Xavier de Toledo, 42, Campo Grande. Entrada franca.

Oscar no MISS

Seguindo com as homenagens a Hitchcock, o Oscar no Miss exibe ‘Festim Diabólico’. Com atuações de James Stewart, Dick Hogan, John Dall, Farley Granger, Edith Evanson e Douglas Dick, o thriller é inspirado no crime real dos assassinos Leopold e Loeb. Na fita, Granger e Dall são dois amigos que estrangulam um colega de turma para experimentar emoções fortes. Depois eles organizam uma festa para a família e amigos da vítima – com o corpo dentro de um caixão que usam como mesa do bufê. A sessão tem curadoria dos críticos de cinema Marcelo Pestana e Carlos Cirne. Terça-feira (19/mar), 18h30, no MISS (Av. Pinheiro Machado, 48/Vl. Mathias). Entrada franca.

Cine Arte e MISS têm agenda especial nesta semana

Por Secult Santos

‘O Filme da Minha Vida’ fica em cartaz no Cine Arte
Adaptação do livro ‘Um Pai de Cinema’, de Antonio Skarméta, ‘O Filme da Minha Vida’ tem direção de Selton Mello. Conta a história do jovem Tony Terranova (Johnny Massaro), que retorna a Remanso, no Rio Grande do Sul, sua cidade natal, após terminar a faculdade. Ao chegar, ele descobre que Nicolas, seu pai, voltou para a França alegando sentir saudade dos amigos e de seu país de origem. Tony se torna professor de francês num colégio da cidade e convive com os conflitos dos alunos no início da adolescência.

Apaixonado por livros e por filmes, faz do amor, da poesia e do cinema suas grandes razões de viver. Até que a verdade sobre seu pai começa a vir à tona e o obriga a tomar as rédeas de sua vida. O elenco traz Vincent Cassel, Johnny Massaro, Ondina Clais, Bruna Linzmeyer, Selton Mello e Bia Arantes. Cine Arte Posto 4 – Sala Rubens Ewald Filho. Posto 4, na orla do Gonzaga. Em cartaz de quinta-feira (12) até o dia 18. Sessões às 16h, 18h30 e 21h. Ingressos custam R$ 3,00 e R$ 1,50.

Cine Pagu exibe ‘Meu Nome Não é Johnny’
Projeto de cineclubismo desenvolvido pelos críticos de cinema Marcelo Pestana e Carlos Cirne, o Cine Pagu realiza sessão do filme ‘Meu Nome Não É Johnny’. Baseado em uma história real, o drama traz a história de João Guilherme Estrella, um típico jovem da classe média que viveu intensamente sua juventude. Inteligente e simpático, ele era adorado pelos pais e popular entre os amigos. Com espírito aventureiro e boêmio, no início dos anos 1990, se tornou o rei do tráfico de drogas da Zona Sul do Rio de Janeiro.

O longa-metragem tem atuações de Selton Mello, Giulio Lopes, Júlia Lemmertz, Cléo Pires, Ângelo Paes Leme, Babu Santana, André de Biase e Cássia Kis Magro, entre outros. Após a exibição ocorre bate-papo sobre a produção. Dia 17. 18h30. Miss. Piso térreo do Centro de Cultura Patrícia Galvão. Av. Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias. Gratuito.

Cine BV apresenta ‘Cinderella’
Parceria entre o Coral Cênico Broadway Voices e o Museu da Imagem e do Som de Santos (Miss), o Cine BV exibe a produção ‘Cinderella’. Após a exibição, o público bate-papo com o maestro e diretor do Broadway Voices, Fernando Pompeu. Última versão do clássico musical de Rodgers and Hammerstein, a montagem tem elenco repleto de estrelas da Broadway como Brandy Norwood, Bernadette Peters e Veanne Cox. A direção é assinada por Robert Iscove. Dia 18. 19h. Miss. Piso térreo do Centro de Cultura Patrícia Galvão. Av. Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias. Gratuito.