Arquivo da tag: cine

‘Itaipu: Uma fortaleza e seu futuro’ será lançado no Cine Roxy 4

Por Carlos Oliveira

O documentário ‘Itaipu: Uma fortaleza e seu futuro’ será inaugurado nesta próxima terça-feira (26/mar), às 21h, no Cine Roxy 4 (Shopping Pátio Iporanga – Av. Ana Costa, 465/Santos). A entrada é franca e ingressos estarão disponíveis no local da exibição a partir das 20h. Também é possível antecipar a reserva pelo site MeuIngresso.com.

O filme tem direção de Petruccio Araújo, produção da Mobile Filmes Produções, co-produção da Ação & Cena Films, finalizado pelo Cinespectra e produção executiva de Antonio Muñoz. A obra aborda um marco da arquitetura militar localizado no município de Praia Grande, litoral paulista. Esse patrimônio foi construído no período da República Velha para substituir o antigo sistema de edificações de defesa de costa, concebido por portugueses e espanhóis em defesa do Porto de Santos.

Este documentário é um foro aberto para discussão sobre preservação, restauração e revitalização do maior patrimônio histórico de Praia Grande que ameaça se degradar mais ainda por falta de uma política cultural. No filme, todos somos responsabilizados e, ao mesmo tempo, saímos vitoriosos pela exposição dos nossos pontos de vista, na busca de uma solução para a revitalização da Fortaleza de Itaipu.

 

‘Custódia’ em cartaz no Cine Arte; acesse agenda de cinemas públicos de Santos

Por Secult Santos

Produção francesa que discute o abuso doméstico, o longa-metragem ‘Custódia’ entra em cartaz no Cine Arte Posto 4 – Sala Rubens Ewald Filho (orla do Gonzaga, próximo ao Canal 3) até o dia 20/mar, com sessões às 16h, 18h30 e 21h. Dirigido pelo cineasta Xavier Legrand, o filme narra a história do casal recém-separado Miriam (Léa Drucker) e Antoine Besson (Denis Ménochet).

Ela pede na Justiça a custódia exclusiva do filho, pois acusa o ex-marido de ser violento. O juiz, no entanto, acaba concedendo a custódia compartilhada. Tomado quase como um refém entre seus pais, Julien (Thomas Gioria) fará tudo para evitar o pior. O filme tem entradas no valor de R$ 1,50 a R$ 3. Informações: 3288-4009.

Cine BV no MISS

Comandado por Fernando Pompeu, maestro e diretor-geral do coral cênico Broadway Voices, em parceria com o Museu da Imagem e do Som de Santos – Miss, o Cine BV exibe ‘Camelot’, de 1967. Dirigido por Joshua Logan, o filme é baseado em livro de T.H. White e no espetáculo teatral de Alan Jay Lerner. Após a projeção, Fernando Pompeu bate papo sobre a produção com o público. Sexta-feira (15/mar), às 15h30, na Av. Pinheiro Machado, 48, Vl. Mathias. Entrada franca.

Vilas Criativas da Vila Progresso e Morro da Penha

Na ficção científica ‘Uma Dobra no Tempo’, Meg Murry e seu irmãozinho, Charles Wallace, ficaram, há cinco anos, sem o seu pai cientista, que descobriu um novo planeta e usou o conceito conhecido como tesseract para viajar para lá. Aliado do colega de classe de Meg, Calvin O’Keefe, e guiado pelos três misteriosos viajantes astrais, as crianças iniciam uma perigosa jornada. Sexta-feira (15/mar), às 18h30 e às 20h30, na Vila Criativa da Vila Progresso (R. Moisés, s/nº). Sábado (16/mar), às 15h e às 17h, na Vila Criativa do Morro da Penha (Rua Brigadeiro Newton Braga, 39). Entrada franca.

Cinemateca de Santos

Inspirado na historia real de um gerente da fábrica, o longa ‘John Rabe’ se passa em 1937 e acompanha o contador alemão que vive na antiga capital da China. Com retorno marcado para Berlim, ele é impedido de deixar o país no momento em que a sua cidade começa a ser bombardeada por um esquadrão japonês. Encurralado e destruído, o povo é guiado para uma zona de segurança onde Rabe é eleito líder. Sábado (16/mar), às 20h, na R. Min. Xavier de Toledo, 42, Campo Grande. Entrada franca.

Oscar no MISS

Seguindo com as homenagens a Hitchcock, o Oscar no Miss exibe ‘Festim Diabólico’. Com atuações de James Stewart, Dick Hogan, John Dall, Farley Granger, Edith Evanson e Douglas Dick, o thriller é inspirado no crime real dos assassinos Leopold e Loeb. Na fita, Granger e Dall são dois amigos que estrangulam um colega de turma para experimentar emoções fortes. Depois eles organizam uma festa para a família e amigos da vítima – com o corpo dentro de um caixão que usam como mesa do bufê. A sessão tem curadoria dos críticos de cinema Marcelo Pestana e Carlos Cirne. Terça-feira (19/mar), 18h30, no MISS (Av. Pinheiro Machado, 48/Vl. Mathias). Entrada franca.

Filme de terror nacional ganha projeção no Cine Arte Posto 4

Prefeitura de Santos

Dirigido por Juliana Rojas e Marco Dutra, ‘As Boas Maneiras’ é um filme diferente sobre lobisomens. Com classificação indicativa de 18 anos, a obra mistura alucinação com conto de fadas. A história gira em torno de duas mulheres. Enfermeira vinda da periferia, Clara (Isabél Zuaa) é contratada pela misteriosa e rica Ana (Marjorie Estiano) como babá do filho que ela ainda espera.

Não demora muito para perceber que algo não vai bem com o bebê, muito menos com a mãe, que começa a apresentar comportamentos cada vez mais estranhos e sinistros hábitos noturnos que afetam diretamente a enfermeira. O filme também aborda questões sociais e de sexualidade.

Aclamado pela crítica, o longa-metragem conquistou o prêmio especial do Festival de Locarno e as categorias de Melhor Filme, Fotografia e Atriz-Coadjuvante para Marjorie Estiano, no Festival do Rio, além do prêmio Felix, dedicado a produções com temática LGBTQ. O filme segue em até 6/fev, em sessões às 16h, 18h30 e 21h, no Cine Arte Posto 4 (Orla do Gonzaga, próximo ao canal 3). Ingressos de R$ 1,50 a R$ 3.

 

Último suspense de Lars Von Trier entra em cartaz no Cine Arte Posto 4

Prefeitura de Santos

Cheio de polêmicas, o suspense ‘A Casa que Jack Construiu’ entra em cartaz no Cine Arte Posto 4 – Sala Rubens Ewald Filho (orla do Gonzaga, próximo ao Canal 3) nesta quinta-feira (17/jan). Protagonizado por Matt Dillon e dirigido por Lars Von Trier, o longa-metragem retrata um assassino em série que encara suas mortes com obras de arte. O filme fica em cartaz até o dia 23, com sessões às 16h, 18h30 e 21h. As entradas custam R$ 1,50 (meia) e R$ 3,00 (inteira). Classificação: 18 anos.

Na trama, durante um encontro fortuito na estrada, o arquiteto Jack (Dillon) mata uma mulher. O evento provoca um prazer inesperado no personagem, que passa a assassinar dezenas de pessoas ao longo de doze anos. Devido ao descaso das autoridades e à indiferença dos habitantes locais, o criminoso não encontra dificuldade em planejar seus crimes, executá-los ao olhar de todos e guardar os cadáveres num frigorífico. Tempos mais tarde ele compartilha os seus casos mais marcantes com o sábio Virgílio (Bruno Ganz) numa jornada rumo ao inferno.

 

‘O Dia Mais Feliz da Vida de Olli Mäki’ em cartaz no Cine Arte

Por Secult Santos
.
O longa-metragem finlandês ‘O Dia Mais Feliz da Vida de Olli Mäki’ narra a história real do pugilista Olli Mäki, que luta para sobreviver no difícil ano de 1962. Ele leva uma vida tranquila e pacata que é virada ao avesso quando recebe a chance de lutar na final do Campeonato Mundial de Boxe, na categoria Peso-Pena.
.
Rapidamente elevado ao status de símbolo nacional, Olli precisa controlar as expectativas da nação para tentar vencer a luta. A direção é de Juho Kuosmanen. O elenco traz Jarkko Lahti, Oona Airola e Eero Milonoff.
.
O longa está em cartaz no Cine Arte Posto 4 – Sala Rubens Ewald Filho. Posto 4, na orla do Gonzaga. As sessões seguem até o próximo dia 1º, no horário das 16h, 18h30 e 21h. Ingressos custam R$ 3,00 e R$ 1,50 (meia). Classificação: 12 anos. Informações pelo tel. 3288-4009.

Mostra Cine Debate #DOC será realizada no Cine Arte Posto 4

Por Dino Menezes

Com o intuito de questionar e debater os problemas da sociedade por meio do cinema, a primeira edição do ‘#Doc’ traz a exibição das produções ‘Noisdarua’ e ‘Luz, Câmera, Inclusão – Um filme sobre a Luta Antimanicomial’. Logo após a sessão haverá debate com Rafael Moreira, doutor e mestre em ciência politica pela USP; Leonel Lobo, assistente social; e com o cineasta Dino Menezes. A sessão gratuita será nesta quarta-feira (dia 2), às 21h, no Cine Arte Posto 4 – Sala Rubens Ewald Filho (Orla do Gonzaga).

>> “NOISDARUA”
O filme é uma homenagem aos 80 anos do dramaturgo santista Plínio Marcos. Foi produzido a partir de uma passeata de moradores de rua. Um mergulho no mundo dos excluídos, invisíveis a uma sociedade cega e a um sistema excludente. Produção Dino Filmes. Cor /10m26s / Doc / Santos SP

>> “Luz, Câmera, Inclusão, Um filme sobre a Luta Antimanicomial.”
A obra faz uma viagem de volta à década de 1980 para contar a história da Casa de Saúde Anchieta, em Santos, que naquela época ficou conhecida como Casa dos Horrores. O lugar era um retrato do abandono e descaso dos manicômios espalhados pelo Brasil, sempre marcados pela superlotação, falta de profissionais, maus-tratos. Cor / 30m / Doc / Santos SP

 

Cine Calunga abre inscrições virtuais até quinta-feira

Texto e foto: Fabiano Keller

O Cine Calunga 2017 abre inscrições virtuais para sua mostra de curtas-metragens até o próximo dia 11. O evento é uma iniciativa do Noise Coletivo realizado desde o ano passado em sessões de cinema ao ar livre no Parque Cultural Vila de São Vicente.

A realização do Cine Calunga tem por objetivo trabalhar a formação de plateia e a criação da cultura do cinema local, por meio da mostra de audiovisuais produzidos por realizadores da cidade, que tratem questões referentes à nossa região da Baixada Santista.

Agora lei municipal, o Cine Calunga deste ano será realizado na última semana de maio em São Vicente. As inscrições estão disponíveis no link: http://www.cinecalunga.com.br/2017

Noise Coletivo

Noise quer fazer cinema. Essa foi a primeira decisão de um punhado de amigos, com profissões distintas, que resolveu usar o tempo livre para se meter com a sétima arte. Para tal, fundamos um coletivo e nosso objetivo é contar histórias por meio do audiovisual.

Em cada projeto realizado, desempenhamos funções diferentes. O esquema é rotativo, hoje você é o diretor, amanhã pode servir o cafezinho. O importante é passar por vários papéis e aprender. Com o tempo, ganhamos experiência e vamos transformando o coletivo em diversos desdobramentos criativos.