Arquivo da tag: convívio

Com 1,2 mil m², nova Vila Criativa é inaugurada no Morro da Penha

Prefeitura de Santos

Os mais de 2 mil moradores do Morro da Penha vão poder usufruir de um moderno espaço para lazer e convivência voltado a diversas faixas etárias a partir de 2/fev. A inauguração será às 11h, em parceria com a DP World Santos. Trata-se do (Centro Turístico, Cultural e Esportivo) Vila Criativa – Unidade Penha ‘Roberto Marques da Silva’, na Rua Brigadeiro Newton Braga, 39, edifício com 1.250 m² e quatro pavimentos.

Na última semana foram instalados itens a mais na obra civil: brises, nos vãos da quadra localizada no terceiro pavimento. O equipamento vai servir de proteção instalada na fachada para proteger a quadra aberta da chuva e controlar a incidência de luz, garantindo conforto térmico.

“Os equipamentos de cozinha foram testados e todos os aparelhos de ar condicionado também. O elevador foi instalado e está funcionando corretamente”, diz o arquiteto Roger Guerra. As verificações foram feitas pela Secretaria de Infraestrutura e Edificações, gerenciadora da construção. O edifício, assim como todas as novas obras da Prefeitura, já conta com AVCB.

Estrutura

Na área coberta do térreo fica a sala de administração, secretaria, academia e brinquedoteca e banheiros (masculino, feminino e para portadores de necessidades especiais). Com mais de 500 m² de área externa livre, a mais nova Vila Criativa oferece espaços para convívio, playground e um bicicletário.

O primeiro piso abriga sala multiuso e de informática, e auditório com capacidade para 80 lugares. No segundo, duas salas multiuso e uma cozinha experimental equipada com pia, armários e balcão, além de refeitório, copa, depósito e despensa. O terceiro conta com quadra poliesportiva coberta para futsal, vôlei, basquete e handebol, com arquibancadas e vestiários.

 

Cinema e gastronomia com afeto é o foco do Cineme-se 2016; veja a programação

Por Eduardo Ricci

O Cineme-se 2016 – Bienal Transmídia da Experiência do Cinema chega a sua 9ª edição e propõe uma ocupação imersiva sobre cinema afetivo, no jardim da Estação da Cidadania (Av. Ana Costa, 340, Santos/SP), com filmes, realidade virtual, música ao vivo, food bikes, gastronomia criativa, performance e rodas de conversa ao ar livre. O Festival acontecerá de 30 de novembro a 3 de dezembro, sempre no período da tarde e a noite, com entrada gratuita. Um espaço criado para o espectador dialogar com suas escolhas, com a mobilidade urbana e com sua capacidade de sentir e de negociar com os próprios sentimentos a partir da experiência da sétima arte e da gastronomia.

O festival passa por profundas mudanças este ano, as quais serão debatidas com convidados nas rodas de conversas temáticas de cada sessão. Sem patrocínio nesta edição, os organizadores chegaram a pensar numa pausa, mas decidiram realizar a ação cultural como espaço para vivenciar a “pausa”. Contando com a economia colaborativa, uma forma de dar luz a momentos importantes de autocrítica e reflexões necessárias para seguir em frente. Uma busca por novos horizontes para continuar a expandir e seguir a troca de experiências com cinema feito em tempo real por realizadores nacionais e internacionais.

Noite de Abertura | No dia 30 de novembro, às 20h, será realizada a gravação de uma parte do documentário em 360° “Alice Reverbera”. Filme sobre a música e suas narrativas na vida da cantora Alice Mesquita. Alice nasceu em Santa Maria, no Rio Grande do Sul e já morou em outras cidades no Brasil e no exterior, hoje vive no Guarujá e tem a música como parte importante de sua trajetória e como estratégia para ser protagonista de si mesmo. Antes da gravação, serão exibidos os curtas “Reino”, de Sebastian Ulriksen (Sidney, Austrália, 2015) e o documentário “Aqueles anos em dezembro”, de Felipe Poroger (São Paulo, Brasil, 2016).

Cinema ao ar livre em 360° | Neste ano além do tema central sobre a “Narrativa imersiva no cinema interativo”, haverá ações sobre realidade virtual e o cinema imersivo em 360°, com temas paralelos que farão parte das rodas de conversas após a exibição dos filmes, serão temas como: “Narrativas de um mundo sem fronteiras”, “A infância no cinema”, “A educação audiovisual”, entre outros assuntos.

Cinema de Santos e Sidney | O Cineme-se 2016 promove um intercâmbio internacional entre escolas de cinema de Santos e Sydney, com o objetivo de aproximar as realidades sobre o fazer cinema em ambas as cidades portos e abordar a educação audiovisual e sua expansão em tempos de filmes realizados com celulares. O diretor do Festival, Eduardo Ricci, morou por oito meses na Austrália, entre 2015 e 2016, para gravar seu longa-metragem em live cinema “Verticidades”. Neste período firmou várias parcerias, entre elas este intercâmbio que já deu fruto nesta edição do Festival e continuará nos próximos anos.

2ª Bicicletada Audiovisual de Santos | A Bicicletada Audiovisual é uma ocupação urbana com bicicletas iluminadas com leds, registros audiovisuais, performances, graffiti digital, música ao vivo e projeções de curtas. Com o objetivo de chamar a atenção para questões diversas sobre a mobilidade na cidade e outros temas relacionados ao convívio urbano.

Cine Bike Café | Uma das novidades da Bicicletada será a estreia oficial do Projeto “Cine Bike Café”. Que consiste num mix de ações e produtos sobre a experiência do cinema e a cultura do café, a partir de vídeos de realidade virtual em 360°, com sabores e aromas do café. Atividade realizada pela produtora Ricci Filmes.

A Bienal é realizado pela produtora Ricci Filmes, com parceria do Fórum da Cidadania e Cultura de Santos e apoio cultural da Prefeitura Municipal de Santos, Unimonte, Okida Arte e Design, Grupo TuMobgrafia, Revista Mundo360°, Vídeo Paradiso, Grupo Era Transmídia, American Ciclo, Site Juicy Santos e Grupo Pedal Noturno. Confira a programação gratuita do Cineme-se 2016 na Estação da Cidadania de Santos:

>> 30/nov | 20h | Exibição dos curtas-metragens ‘Aqueles anos em dezembro’ (documentário de Felipe Poroger) e ‘Kingdon’ (performance de Sebastian Ulriksen), além da gravação do documentário 360º ‘Alice Reverbera’. Todas as noites haverão food bikes e gastronomia criativa na estação;
>> 1º/dez | 14h30 | Exibição do longa ‘O Menino e o Mundo’ (de Alê Abreu), seguido de roda de conversa ‘A infância no cinema’;
>> 1º/dez | 20h | Exibição dos curtas ‘Feliz Ano Novo’ (de Mônica Donatelli) e ‘Anseios que permeiam meus tempos de paz’ (de Eduardo Ferreira), seguido de roda de conversa sobre ‘O Ensino audiovisual expandido’;
>> 2/dez | 15h | Curta surpresa, seguido de roda de conversa ‘Acessibilidade nas salas de cinema’;
>> 2/dez | 20h | Exibição de curtas ‘Por Trás do Cartão Postal’ (de Junior Castro) e ‘Ocupado’ (direção coletiva), além de longa ‘Taxi Driver’ (de Scorcese), seguido de roda de conversa ‘Narrativas criativas em cinema e gastronomia’, além de apresentações musicais de Muniz Crespo, Tanauan Nogueira e Jota Amaral;
>> 3/dez | 14h | Exibição dos curtas ‘Estado Itinerante’ (de Ana Carolina Soares), ‘Oniro’ (de Ariel Quintela e Mateus Mattara), ‘Sutura’ (de Larissa Melo), ‘Convívio’ (de Bruno Arrivabene), ‘Sobre Rodas’ (de Beatriz Lima e Walter Henry) e curtas-surpresas, seguido de roda de conversa sobre ‘Narrativas de um mundo sem fronteiras’.
>> 3/dez | 18h | 2º Bicicletada Audiovisual de Santos | Concentração na Praça dos Andradas, segue até a Estação da Cidadania. Lá, às 20h30, haverá foodbike, gastronomia criativa, performances de Erika Karnauchovas, Idelfonso Torres, projeções de grafite e presentação de Zerobeto Freire em ‘Triciclo Cine Band’.

 

Casarão Santa Cruz recebe show de Strada9Zero e mostra de curtas

O Casarão Santa Cruz (Rua Almeida de Moraes, 45/Santos) recebe nesta sexta-feira (dia 19), às 22 horas, a banda Strada9Zero. No show, o grupo tem a proposta de resgatar no seu repertório as músicas que agitaram as rádios de rock e pop nos anos 90. Ingressos a R$ 15.

Com Glauber Albino (voz), Adriano Afonso (guitarra, violão e voz), Guilherme Herzog (bateria e voz) e Felipe Bandeira (baixo e voz) a banda formada em 2015 leva aos palcos toda a variedade de estilos e sonoridades que existem dentro do rock e do pop dos anos 90.

A noite ainda conta com uma mostra de curtas-metragens: ‘Sutura’ (de Larissa Melo), ‘Angmínia’ (Lucas Morone), ‘Super’ (Ricardo Bueno), ‘Convívio’ (Bruno Arrivabene) e ‘Diálogos de Bares’ (Nildo Ferreira).

*Casarão Santa Cruz

 

Coletivo CinemaMêmo realiza exibição de curtas-metragens no Miss

O Movimento Audiovisual Santista ‘CinemaMêmo’ realiza nesta sexta-feira (26), às 20h30, no Museu da Imagem e do Som de Santos – Miss (Av. Sen. Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias – piso térreo), a exibição de curtas-metragens santistas. A sessão tem entrada gratuita.

Serão projetadas sete produções independentes: ‘Ponto de Entrega’, dirigida por Daniel Bueno; ‘Oniro’, de Ariel Quintela e Mateus Mattara; ‘Sutura’, realizada por Larissa Melo; ‘O Início do Fim’, de Fabrício de Lima; ‘Terapia’, da diretora Dri Zigotto; ‘Paredes’, de Ricardo Bueno, Igor Porta e Gusthavo Rocha; e ‘Convívio’, feita por Bruno Arrivabene.

Mais informações sobre os filmes podem ser acessadas na página http://www.facebook.com/movimentoaudiovisualcinemamemo. Informações pelo tel. 3226-8000.

*Prefeitura de Santos