Arquivo da tag: cultura popular

No Braz Cubas, 8º Facult é tema de tira-dúvidas nesta quinta

Por Lincoln Spada

Novos segmentos artísticos devem compor o Conselho de Cultura de Santos (Concult), no biênio 2019-2021. É que em janeiro, a atual gestão do órgão endossou indicações à Prefeitura para alterações das representatividades da sociedade civil já a partir do primeiro trimestre.

Assim, estão previstas as vagas exclusivas para Artes Urbanas (hip hop, artistas de rua, festas urbanas, etc.) e Cultura da Diversidade (expressões artísticas relacionadas a questões de diversidade sexual, identidade racial, etc.). As eleições dos representantes ocorrem na 10ª Conferência Municipal de Cultura, no dia 16/mar.

Os outros segmentos representados no Concult serão: Música; Audiovisual e Multimeios; Literatura; Teatro e Circo; Artes Visuais; Dança e Movimento; Patrimônio Cultural; Carnaval e Cultura Popular; Produção Cultural. Tanto o conselho quanto a 10ª Conferência pautam o ‘Painel: Facult + Políticas Culturais’.

O painel

A iniciativa realizada pelo Concult e pela Prefeitura via Secult também será um tira-dúvidas sobre o regulamento do 8º Concurso de Apoio a Projetos Culturais Independentes no Município de Santos, o Facult. O evento será nesta quinta-feira (dia 7), às 19 horas, no Teatro Braz Cubas (Av. Sen. Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias). Não há inscrições prévias para o painel com entrada franca.

Ampliando em 25%, 8º Facult recebe projetos culturais até abril

Prefeitura de Santos | Foto via Jamir Lopes 

Artistas e produtores culturais de Santos podem inscrever até o dia 30 de abril seus trabalhos no 8º Concurso de Apoio a Projetos Culturais Independentes no Município de Santos, que teve seu regulamento publicado pelo Decreto nº 8.313/2019 (Acesse aqui). O concurso selecionará via comissão julgadora 30 projetos contemplados cada um em R$ 15 mil.

O investimento é 25% maior ao dos últimos três editais lançados, cujos repasses foram de R$ 12 mil. O valor também corresponde a metade a mais do que a quantia repassada aos selecionados do primeiro concurso, em 2011. À época, os contemplados ganhavam R$ 10 mil. Assim, pela primeira vez o concurso supera o reajuste inflacionário do período (48,3%).

Outra novidade nesta edição de acesso ao Fundo Municipal de Assistência à Cultura (Facult), é que o projeto pode ter uma de suas duas vias (antes eram ambas em papel) encaminhada ao e-mail facultsantos@gmail.com. Mas ainda é necessário enviar uma cópia física, a ser entregue por via postal ou pessoalmente na Secretaria de Cultura. O endereço é: Av. Sen. Pinheiro Machado, 48, piso térreo, Vila Mathias, CEP 11075-907. Inscrições ocorrem nos dias úteis, das 9h às 12h e das 14h às 17h.

Podem participar do 8º Facult projetos nos segmentos artísticos de artes gráficas, integradas, plásticas, visuaus, de rua, artesanato, audiovisual, cultura popular, circo, dança, literatura, música, patrimônio e infraestrutura cultural, entre outros aprovados pelo Conselho de Cultura.

Ao longo de suas edições, o concurso já beneficiou 180 trabalhos, cuja contrapartida consiste em apresentações públicas, gratuitas, em três locais da Cidade: uma na região da Zona Noroeste; uma na região dos Morros ou na Área Continental; e uma na região da Zona Leste (Centro, Orla ou Área Intermediária) de Santos. No caso da obra não ser itinerante, deverá ser apresentada em local público e gratuito, em espaço a ser definido e contratado pelo artista ou em parceria com a Secult.

Conselho de Cultura de Guarujá recebe inscrições até dia 7

Por Prefeitura de Guarujá

Quem tem interesse em participar do Conselho Municipal de Cultura, como membro titular ou suplente, tem até a próxima segunda-feira, 7, para se inscrever. As eleições para preencher as vagas de sete áreas ainda disponíveis acontecem no próximo dia 20.

Há vagas para as áreas de literatura, dança, audiovisual, comércio, música, teatro e cultura popular. Os interessados podem se inscrever no Ateliê Artes do Palco, que fica na Rua Washington, 201, na Vila Maia. É necessário apresentar CPF, RG e comprovante de experiência de, no mínimo, dois anos na área escolhida.

 

Circuito de Cultura Popular recebe propostas até quarta

A segunda edição do Circuito de Cultura Popular tem inscrições abertas até o dia 20/7 para seleção de grupos de teatro, dança e música; artistas de rua; brincantes; contadores de histórias e grupos de manifestação popular para apresentações em escolas, praças e ruas das cidades da Baixada Santista.

Para participar é necessário enviar proposta com temática popular, classificação livre e duração de 30 a 90 minutos para o endereço de correio eletrônico circuitodeculturapopular@gmail.com, com as seguintes informações: nome do responsável, sinopse da apresentação, tempo de duração, necessidades técnicas, currículo do artista ou do grupo, fotos e links de vídeo e contato (telefone e e-mail).

As apresentações estão previstas para ocorrer nos meses de agosto e setembro. Mais informações por circuitodeculturapopular@gmail.com ou pela página http://www.facebook.com/circuitodeculturapopular .

Realizado pela Berthi Produção e Arte, por meio do Programa de Ação Cultural (ProAC), com apoio do Instituto Cultural Usiminas e patrocínio da Usiminas, o Circuito de Cultura Popular é um projeto de apresentações de grupos e artistas populares da Baixada Santista em ruas, praças e escolas públicas. Em sua primeira edição, realizada em 2014, o Circuito promoveu 55 espetáculos nas cidades de Cubatão, Guarulhos, São Vicente e Praia Grande, beneficiando mais de 17 mil pessoas.

*Cecília Beu

 

Arraial Pé da Serra começa nesta sexta-feira em Cubatão

As tradições populares e manifestações nordestinas das festas juninas serão destaque este ano, no Arraial Pé da Serra de Cubatão. O festival tem início em 26 de junho, seguindo até 19 de julho. Além disso, o local de realização será novidade: no Novo Anilinas (Av. Nove de Abril, s/nº). O espaço vai abrigar shows, apresentações da cultura popular como apresentação de quadrilhas juninas, sempre a partir das 16h30, de sexta-feira a domingo.

Os sabores típicos das festas juninas também terão destaque no Arraial em 2016 nas 8 barracas que comercializarão os quitutes mais pedidos serão administradas pelas seguintes entidades assistenciais: Lar Fraterno, Ateliê Arte nas Cotas, ACCEC (Associação Cubatense de capacitação oara o Exercício da Cidadania), Acácia de Cubatão, Projeto Escola na Periferia, CADEQ (Centro de Apoio, Desenvolvimento e Qualificação), Associação Unidos e Sociedade de Melhoramentos da Vila São José. Dois restaurantes servirão pratos típicos das quermesses da época e serão comandados pela Casa da Esperança e ACDDPD (Associação Cubatense de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência).

Sexta-feira

02A abertura será às 16h30 com o Festival de Quadrilhas Juninas Escolares. A ideia é que em todos os dias de Arraial, quadrilhas juninas de colégios municipais participem. Às 19h, haverá Gincana com o pessoal da Secretaria Municipal de Esportes.

A Quadrilha da Tia Bola abre as apresentações populares do Arraial, a partir das 20h30. Criada em 2007, em São Vicente, a ideia foi criar uma quadrilha com figurino especial e danças muito alegres, inspiradas nas tradicionais quadrilhas juninas do Nordeste, onde as festividades de São João têm maior apelo popular. É bicampeã do concurso junino de Queluz, o maior do estado de São Paulo e a primeira da Baixada Santista a contar com música própria.

Para encerrar a noite, a cantora Simone Ancelmo traz o “Bailão na Roça”, com uma mistura pra lá de brasileira de músicas que lembram os bons tempos da “caipiragem” das tradicionais festas no sertão e na roça. No repertório Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Gilberto Gil Alceu Valença, Clara Nunes, entre outros.

Sábado

03 (2)Às 16h30 tem Festival de quadrilhas juninas escolares e na sequência, Gincana de brincadeiras. Às 19h, a Folia de Reis vai tomar conta do Anilinas com “Os Mensageiros de Santos Reis”, grupo formado por integrantes de Os Favoritos da Catira, segue a tradição da Folia de Reis, uma manifestação de devoção religiosa que representa a peregrinação dos Três Reis Santos ao encontro do recém-nascido Menino Jesus. A companhia canta em coral caipira as toadas de adoração, louvação e saudação, sempre acompanhada de viola caipira, violões, rabeca ou violino, cavaquinho, caixa de folia e pandeiro. Às 20h tem Quadrilha Arraiá das Flores e encerrando a noite, 21h30, Grupo Tradição e Arte com Nadja Soares.

Domingo

Novamente, o Arraial retoma as atividades às 16h30 com o Festival de quadrilhas juninas escolares seguida de Gincana de brincadeiras. Às 19h, a Cambaiá Cia Moçambique traz cultura popular e quadrilha inspirada nas festividades nordestinas. Às 20h30 acontece a 1ª elimintória do Show de Calouros e às 21h30 sobe ao palco o Grupo Matuto Moderno. A banda tem 15 anos de atividades, sempre divulgando a cultura musical do sudeste para o Brasil e o mundo. Com sua fusão de catira, pagode e viola, aliados ao rock, quebraram preconceitos levando muitos jovens a conhecerem a música raiz que até então era considerada coisa antiquada. Com cinco cds lançados, o Matuto Moderno pisou em alguns dos mais nobres palcos do Brasil e participou dos mais representativos eventos de viola caipira do país.

Concurso de Calouros

As inscrições já estão abertas e seguem até dia 3 de julho, na Secretaria de Cultura (Avenida Nove de Abril, 2275), em horário comercial ou de sexta-feira a domingo, diretamente no local do evento. Os candidatos podem ter qualquer idade, mas aqueles menores de 18 anos devem apresentar autorização dos pais ou responsáveis, por escrito. No ato da inscrição, deverão declarar o repertório de três músicas, indicando o tom em que irão interpretá-las.

O concurso acontecerá nos dias 21, 28/6 e 5/7. A final acontece em 12 de julho. Será sorteada a ordem de apresentação dos candidatos antes da realização das respectivas fases. O tema musical é livre; contudo, a escolha das canções deverá ser diferente em cada uma delas. Todos os participantes receberão certificados de participação. Os três primeiros colocados serão premiados: o 3º lugar receberá uma guitarra Strimberg Strato; o 2º ganhará um violão eletroacústico Memphis Tagima Elétrico Aço-Folk; e o vencedor leva uma guitarra Memphis da Tagima.

*Prefeitura de Cubatão

 

Inscrições abertas para oficinas gratuitas do 4º Santos Jazz Festival

O Santos Jazz Festival terá, de 18 a 21 de junho, 40 horas de música. Grande chance do público conferir, de perto, grandes nomes da música em cima do palco. Mas também será uma oportunidade especial para aqueles que pretendem aprender mais sobre instrumentação, criação musical e relação do músico com o público. Renomados artistas e profissionais ministrarão oficinas gratuitas ao longo do evento. Os interessados podem se inscrever pelo site http://www.santosjazzfestival.com.br.
Dia 19/06 (sexta)
14h às 17h – Oficinas Culturais Pagu
André Marques (multi-instrumentista) – “Improvisação na Música Brasileira”
Rua Espírito Santo, 17, Campo Grande – 3219-2036

Dia 20/06 (sábado)
10 às 12h – Escola Simonian de Música
Oficina “Integração Corpo & Voz” – com Adriana Bernardes
R. Álvaro Alvin, 80 – Embaré – 3236-6083

14 às 17h – Oficinas Culturais Pagu
Zérro Santos, Carlos Tomati & Cuca Teixeira
Tema “Improvisação e processo criativo do Jazz”
Rua Espírito Santo, 17, Campo Grande – 3219-2036

Dia 21/06 (Domingo)
Sede do Maracatu Quiloa (Centro) – 15H às 17h
Mestre Dalua – Tema “Percussão na MPB e na Cultura Popular”
Rua General Câmara, 99, Centro – 3323-2496

16h – Sesc Santos (Sala 1) – 16h
“Papo Jazz” com Zuza Homem de Mello
Temas: Centenário de Billie Holiday e A Influência do Jazz na MPB.
Rua Conselheiro Ribas, 136, Aparecida – 3278-9800

O 4º Santos Jazz Festival é viabilizado pela lei de incentivo do Ministério da Cultura, através do patrocínio do Porto de Santos, Sabesp e Transbrasa. Conta com apoios culturais da Prefeitura Municipal de Santos, Oficina Cultural Pagu, Governo do Estado de São Paulo, SescSantos e Enfoque Comunicação. É realizado pela DC Realizações em parceria com a GPA Cultural e apoio da Associação dos Artistas. A produção cultural é de Jamir Lopes.

*André Azenha

 

Virada Cultural Paulista 2015: Programação em Assis

Assis se evidência em toda a região do vale Paranapanema por ser um dos principais polos geradores de renda, movimentando a economia da região. Segundo última pesquisa do IBGE, a cidade está entre as 30 melhores cidades para se viver do Brasil e entre as 15 do Estado de São Paulo. Com 108 anos, a cidade conta com pontos turísticos e culturais, como o Parque Buracão João Domingos Coelho, o Cinema Municipal Piracaia, o Teatro Municipal Pe. Enzo Ticinelli, o Museu de Arte Primitiva José Nazareno Mimessi, o Museu Histórico Casa de Taipa e o Centro Cultural Dona Pimpa.

> Confira a Virada Cultural em outros municípios

O município é considerado um importante centro educacional e tecnológico, possuindo seis unidades de ensino superior. Uma delas é a UNESP que conta com o curso de Biotecnologia – o primeiro de toda a América Latina e terceiro do mundo. PROGRAMAÇÃO – 30 E 31 DE MAIO

PALCO EXTERNO – ESTACIONAMENTO DA PRAÇA WALTER MANSOLELLI
Praça Walter Mansolelli, s/nº (em frente à Praça da Bandeira)
Os intervalos entre os shows contarão com uma trilha musical desenvolvida especificamente pelo DJ Rodrigo Bento.

30/5 | 19:30
André Melo [Música]
O músico e compositor tem mais de 60 composições. A obra de André Melo incorpora vários estilos e épocas – indo dos temas regionalistas a movimentos mais marcantes, como o samba, a bossa nova e a MPB. A apresentação se baseia em seu último CD, Última Estampa, que lista 19 canções em parceria com outros letristas. No roteiro, E a Saudade Foi Embora e Ode ao Pernilongo.

0330/5 | 21:00
Paula Lima [Música]
Carismática cantora paulista, Paula Lima faz apresentações baseadas cheias de balanço. No momento, ela mostra o seu quinto disco-solo. Trata-se de O Samba É do Bem. Produzido por Leandro Sapucahy, o trabalho é o primeiro da intérprete totalmente dedicado ao samba.
http://www.paulalima.com.br/

30/5 | 22:30
Joyce Cândido [Música]
Nascida no interior paulista, Joyce Cândido deu início à carreira em 2006, quando lançou o disco Panapaná. Após aperfeiçoar o canto, a dança e a atuação durante uma temporada que passou em Nova Iorque, ela retornou ao país e deu continuidade ao trabalho por meio do disco O Bom e Velho Samba Novo (2011). Ela sobe ao palco para mostrar, entre outras, Deixa a Menina (Chico Buarque).
http://www.joycecandido.com/

0230/5 | 23:59
João Bosco [Música]
Desde 2012, o cantor e compositor mineiro roda o país com um show que celebra as suas quatro décadas de carreira. Baseada no DVD 40 Anos Depois, a apresentação lista, entre outras, Agnus Sei. Outras composições assinadas por ele ao lado de Aldir Blanc (e que ficaram famosas na voz de Elis Regina), como O Bêbado e a Equilibrista também costumam pintar no roteiro, além do clássico Papel Maché.
http://www.joaobosco.com.br

31/5 | 15:30
Selvagens à Procura de Lei [Música]
Natural de Fortaleza, a banda tem músicas de letras consistentes, arranjos que fogem ao óbvio e duas grandes vozes, as de Gabriel Aragão e Rafael Martins. No palco, o Selvagens à Procura de Lei toca, entre outras, Mucambo Cafundó, que é uma crítica da banda à situação atual do Brasil e da cultura de seus habitantes.
http://sapdl.com/

31/5 | 17:00
Graça Cunha [Música]
Com mais de 20 anos de carreira, a carismática cantora já participou de inúmeros trabalhos. Com uma voz marcante, conhecida e reconhecida também por integrar a banda do programa global Altas Horas, Graça desfila sua voz em interpretações de clássicos do samba e da bossa nova.
http://www.gracacunha.com.br/

31/5 | 18:30
Emicida [Música]
Revelado nas batalhas de freestyle, Emicida se tornou um dos principais nomes do rap nacional. Isso não apenas pela habilidade nos versos e pelo unânime disco O Glorioso Retorno de Quem Nunca Esteve Aqui (2013), que ele lançou após dois EPs e duas mixtapes. O paulista ainda toca o Laboratório Fantasma, que produz shows, empresaria artistas e tem a própria marca de roupas, o que lhe garante um caminho certo no meio independente. Em show explosivo, ele ataca com Levanta e Anda e Hoje Cedo.
http://www.emicida.com

TEATRO MUNICIPAL PADRE ENZO TICINELLI
Rua Floriano Peixoto, nº 757 – Centro
É necessário retirar ingresso uma hora antes de cada apresentação. Sujeito a lotação.
30/5 | 18:30
Abertura Oficial

30/5 | 19:00
Samba de Roda da Nega Duda [Cultura Popular]
Nascida em São Francisco do Conde, no Recôncavo Baiano, Nega Duda teve contato com as diversas manifestações tradicionais da região desde pequena, em especial com o samba de roda, estilo musical tradicional afro-brasileiro. É tocado por um conjunto de pandeiro, atabaque, berimbau, viola e chocalho, acompanhado principalmente por canto e palmas. O samba de roda traz referências do culto aos orixás e caboclos, à capoeira e à comida de azeite.

30/5 | 21:00
Guia – Núcleo de Pesquisa em Expressão Corporal* [Dança]

31/5 | 01:00
Cassiano Batalha [Stand Up]
Show criado em 2009 por Vitor Curió. Já teve em seu elenco grandes humoristas, como André Bernardes (Porteiro Zé), Warley Santana (Ex-CQC, atual Muito Show, da Rede TV) e Luizinho Beltrame. Hoje, o elenco conta com novíssimas caras do humor, como Cassiano Batalha. O show que se apresentará na Virada Cultural de 2015 já esteve em cartaz em São Paulo, Curitiba e São Pedro/SP.

31/5 | 14:00
A Vida Mudada de um Bicho Mutante – Grupo Caleidoscópio [Teatro Infantil]
Apresenta o dia-a-dia dos moradores de um jardim. Surgem flores, borboletas, beija-flor e uma abelha. Esse clima é interrompido com o surgimento de um grande ovo, que se quebra e de lá nasce uma engraçada lagarta. Ela dança, come folhas, engorda em ritmo de jazz e rock’n’roll. Dona Tatu Bola tentará salvar a lagarta de um grande perigo.

31/5 | 16:00
Circolino – Trupe ‘Os Espalha Tralhas’* [Circo]

OBS:
*Programação complementar realizada pelo Município
Programação sujeita a alteração sem aviso prévio