Arquivo da tag: culturalmente santista

6º CulturalMente Santista será realizado de 8 a 10 de dezembro

Por André Azenha
​.
Pela primeira vez, a cidade de Santos sediará um festival cultural que tem como sua temática principal o debate da Agenda 2030. O Culturalmente Santista – Fórum Cultural e Criativo de Santos, que nasceu em 2012 para fomentar a formação de público para a cultura por entender que a identidade cultural de uma região é essencial para o desenvolvimento da população local, sua relação no dia-a-dia e a evolução de cada um enquanto cidadão, e está presente no Calendário Oficial do município pela Lei 3.142, inova em sua 6ª edição promovendo o debate sobre o papel central da cultura e da criatividade como agentes propulsores do desenvolvimento sustentável na cidade para o atingimento dos 17 objetivos da Agenda 2030 da ONU.
.
Os 17 objetivos serão promovidos através de atividades diversificadas envolvendo Artesanato, Cinema, Design, Gastronomia, Música e Literatura e também discussão de políticas, através do debate que será promovido entre os Secretários de Cultura das cidades da região Metropolitana de Santos e do compartilhamento internacional de boas práticas, o que será feito através do Painel de Debates entre cinco Cidades Criativas Ibero Americanas que apresentarão boas práticas relativas aos Objetivos da Agenda 2030. Toda a programação é gratuita e ocorre de 8 a 10 de dezembro, ocupando o térreo do Centro de Cultura Patrícia Galvão (Avenida Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias).
.
ABERTURA:
.
Para iniciar com chave de ouro, na sexta-feira, 8 de dezembro, a partir das 19h30, no “queijo” localizado no térreo do Centro de Cultura Patrícia Galvão, acontecem shows de talentos da região: o músico Rogério Baraquet, acompanhado por sua banda, apresenta o repertório que mescla seus mais de 30 anos de carreira, inclusive as canções do recém lançado álbum “Consequências”. A noite também terá show da banda Cigarra Elétrica, que tocará especialmente com a cantora Carla Mariani, levando ao público um set list autoral calcado em jazz e blues.
.
INTERCÂMBIO CULTURAL:
 .
Tendo em vista o tema desta edição e o fato de Santos contar com um selo de Cidade Criativa em Cinema, da Unesco, o Festival promoverá um debate entre quatro cidades criativas – Santos, Brasil (Cinema), Denia, Espanha (Gastronomia), Óbidos, Portugal (Literatura) e Duran, Equadro (Artesanato). Estas cidades compartilharão boas práticas de cultura e criatividade no desenvolvimento da Agenda 2030 da ONU. Será realizado através de transmissão ao vivo, na sala de projeção do Museu da Imagem e do Som de Santos, a partir de cada cidade ibero americana. Domingo, 10 de dezembro, 15h30.
.
FEIRA CULTURAL E CRIATIVA:
 .
Com objetivo de estimular a sustentabilidade e o empreendedorismo artístico regional, o CulturalMente Santista realiza sua primeira feira cultural e criativa. Serão cerca de 30 expositores, entre artistas que poderão vender seus livros, quadrinhos, CDs, DVDs, artesanato, artes visuais. Haverá também food bikes e estandes com gastronomia criativa. A feira funcionará sempre no horário do evento.
 .
OFICINAS FORMATIVAS:
.
>> “A que câmera que dança” será ministrada por Eduardo Ferreira. 
A oficina utilizará estratégias da dança combinadas com movimentos de câmera e exercícios destinados a introduzir e desenvolver a prática de videodança, proporcionando recursos para tratar a câmera como extensão do corpo que dança. Será trabalhada a dança com e sem a câmera, explorando a coreografia e movimento através de partituras, bem como modos de filmar, através da improvisação, utilizada como estratégia para desenvolver habilidades de enquadramento e movimento de câmera. São 30 vagas e as inscrições gratuitas podem ser feitas no link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfLrXvyFfUdR6dOQvhpZuOAJoYHNhHn_ronmwwbuj4YE_h9MA/viewform?usp=sf_link.
.
>> “Os Fios da Narrativa”, com Camila Genaro
A oficina será realizada no sábado, 9 de dezembro, 16h30, e tem duração de duas horas. Serão abordados: A importância da seleção dos textos de acordo com a faixa etária do público; Diferenças entre contar e ler uma história;  Os objetos na arte de contar histórias; Aproximação das técnicas de contação; Preparação de uma sessão de histórias;  Estudar a história; Sentir a história  Ter domínio completo sobre o texto;  Acreditar na história; O Olhar; A Voz do Contador de histórias; Expressão corporal; Dinâmicas sobre a prática da contação. Público: professores, educadores, bibliotecários e interessados na arte de contar história. Inscrições: culturalmentesantista@gmail.com. 20 vagas.
 .
ESPETÁCULO:
 .
No domingo (10), também 16h30, Camila Genaro apresenta o espetáculo “Dentro do Mar tem Rio… e Histórias!”.  Os rios que antigamente cortavam a cidade de Santos escondem, até hoje, histórias que desembocam no mar. São esses contos que a contadora de histórias Camila Genaro, acompanhada da Banda MusiContando, apresentará neste novo espetáculo narrativo. Duração de 50 minutos.
 .
BATE-PAPOS:
 .
Como é tradição no CulturalMente Santista, não faltarão bate-papos culturais. No sábado, 9 de dezembro, 14h, acontece o encontro dos Secretários Municipais de Cultura da Baixada Santista e um representante da AGEM, Agência Metropolitana, repetindo a reflexão realizada no ano anterior. A mediação será da jornalista Nara Assunção.
 .
A agenda terá ainda bate-papos sobre “A Representatividade da Mulher na Cultura”, “Eventos Culturais em Ascensão”, “Crowdfunding”, “O que é cultura, afinal?”, tendo em vista os cancelamentos de exposições no Brasil, debate sobre filmes que retratam momentos históricos de Santos (incluindo as exibições dos curtas), palestra sobre “Desperdício de Alimentos”, entre outros temas. Os horários serão anunciados em breve.
  .
Serviço:
6º CulturalMente Santista – Fórum Cultural e Criativo de Santos
8 a 10 de dezembro (sexta a domingo)
Abertura: Sexta-feira, 8 de dezembro, 18h30 (início dos shows às 19h30
Sábado, 9 de dezembro, 11h às 19h
Domingo, 10 de dezembro, 10h ás 18h
Centro de Cultura Patrícia Galvão – Avenida Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias.

Conheça os 30 projetos selecionados para o 6º Facult de Santos; acesse a lista

Por Lincoln Spada | Foto: Garrafada

A lista de contemplados do 6º Concurso de Apoio a Projetos Culturais Independentes do Município de Santos, popularmente chamado de 6º Facult, foi publicada nesta última quarta-feira (dia 1º). Ao contrário do último concurso que contou com 166 inscrições, a atual edição voltou a ter a média de 80 projetos. Foram 79 inscritos, 30 selecionados no valor de R$ 12 mil e três inabilitados seguindo as regras do edital.

> Acesse aqui a listagem completa

Com nove projetos contemplados, o audiovisual corresponde a quase um terço dos selecionados: ‘Você só dá aula?’ (Caroline Fernandes de Abreu), ‘Cavendish – Invasão à Vila de Santos’ (André Luiz Alonso de Assis), ‘Pink’ (Kauê Nunes), ‘Pescadores de Palavras’ (Marcelo Rayel), ‘Dudu do Gonzaga’ (Nildo Ferreira), ‘O caos no céu cinza’ (Eugênio Martins Jr.), ‘Oficina olhar documental: criação prática de documentários’ (Douglas Casari), ‘Por dentro da curva’ (Nathalia Rodrigues dos Santos Melo) e ‘História oral da gente de Santos’ (Camila Genaro).

Na área literária, foram contemplados seis projetos ‘Nas Pistas de uma construtora de sonhos – A vida e obra de Rosinha Mastrângelo’ (Karime Moussalli), ‘Poleiro de pato é terreiro’ (Renê Rivaldo Ruas), ‘Adeus velho partidão’ (José Luiz Tahan), ‘Territórios invisíveis’ (Goldschmidt Freire de Carvalho), ‘Alguém disse cultura’ (Adilson Félix, enquanto livro fotográfico), ‘Joris: o pirata holandês em busca do tesouro perdido’ (Carolina Cruz Gonzalez).

Outras seis obras também foram selecionadas no setor musical ‘Canções de Terra Mar’ (Júlio Bittencourt), ‘1º Álbum Musical’ (Conrado Pouza), ‘Hip Hop resiste na escola’ (Talita Fernandes), ‘Komboio Cultural’ (Alan Plocki), ‘Chorando por aí’ (Nadja Soares) e ‘Canções de Amor Caiçara B – Enquanto Morro e Cais’ (Manoel Herzog). Já nos segmentos de teatro e circo, ‘Uma Temporada na Zona’ (Priscila Ribeiro) e ‘Uma Bella Companhia’ (Plínio Augusto). Na área da dança, ‘Ofício’ (Juliana França) e ‘TraMar’ (Célia Faustino).

Ainda, em artes visuais, ‘O Instituto São Vladimir e a presença russa em Santos pela voz dos imigrantes’ (Maria Paula Guerra Ferreira), a intervenção urbana ‘Urbotopia e os mobiliários afetivos’ (Marília Jordão) e, destacam três mostras contempladas nesse edital: ‘Festival de Artistas de Rua de Santos – Orquestra na Rua’ (Vitor Gomes de Andrade Silva), ‘7º CulturalMente Santista’ (André Azenha) e ‘2º Mini Festival de Garrafada’ (André Rigotto).

 

Secretários de Cultura da região debatem no Sesc Santos nesta quinta

Por André Azenha

Com o objetivo de traçar uma reflexão sobre os últimos quatro anos na cultura da Baixada Santista e um prognóstico para o futuro, o 5º CulturalMente Santista – Fórum Cultural de Santos, evento que integra o calendário oficial do município, promove um debate com os Secretários de Cultura da Região, quinta-feira, 16h, na sala 1 do Sesc Santos (Rua Conselheiro Ribas, 136, Aparecida). A entrada é franca.

Já estão confirmados os secretários Fabião Nunes (Santos), Amauri Alves (São Vicente) e Wellington Borges (Cubatão), Odair Dias Filho (Guarujá), além do diretor executivo da Agência Metropolitana de Santos, Hélio Hamilton. A mediação será da jornalista Nara Assunção.

 

Confira regulamento da 1ª Mostra de Contadores de Histórias de Santos

Por Camila Genaro/André Azenha

Por meio da Prefeitura de Santos e Caixa Surpresa, o Culturalmente Santista promove a 1ª Mostra de Contadores de Histórias de Santos, com o tema Balaio de Gatos. O evento tem objetivo de estimular as atividades relacionadas às narrativas em espaço de convivência estudantil, social e comunitária, em atenção às memórias culturais da cidade. O regulamento está disponível aqui e deve ser feito até 1º de novembro.

A 1ª Mostra de Contadores de Histórias de Santos será realizada no dia 13 de novembro de 2016, a partir das 15 horas, tendo como eixo temático as memórias caiçaras. Ao todo, dez artistas serão selecionados. Poderão participar contadores de histórias residentes da Baixada Santista, maiores de 18 anos, com narrativas em Língua Portuguesa.

 

Abertura da Semana Quintino de Lacerda traz show do Futuráfrica

A abertura da Semana Quintino de Lacerda ocorre nesta quarta-feira (11), a partir das 20h, no palco do Teatro Municipal Braz Cubas (Av. Sen. Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias), que recebe a apresentação musical do coletivo Futuráfrica. O show tem entrada gratuita.

Criado em 2008, o coletivo reúne Wylmar Santos (vocal), Mauro Marianno (baixo e beats), Sandro Bueno (percussão) e Lufer (DJ, vocais e beats) na formação. O grupo se baseia em pesquisas sobre os ritmos negros, sobre a cultura dos guetos e sobre a resistência das tradições.

A inspiração vem do conceito de afrofuturismo, que destaca a necessidade de transformar, samplear, rearranjar algo já existente, seja uma música, uma imagem, uma ideia ou qualquer outra forma de expressão.

A Semana Quintino de Lacerda, que segue até o domingo (15), tem o apoio da Prefeitura Municipal de Santos, por intermédio das Secretarias de Cultura e Defesa da Cidadania, do projeto ‘Muito Prazer, Meu Nome é Hip Hop!’, do grupo Widia Cultural e do site CulturalMente Santista. Outras informações na página https://www.facebook.com/MPMNH2/?fref=ts.

*Prefeitura de Santos

 

Confira a programação do 4º CulturalMente Santista em novembro

A identidade cultural de uma região é essencial para o desenvolvimento da população local, sua relação no dia-a-dia e a evolução de cada um enquanto cidadão. O CulturalMente Santista – Diálogos Culturais é um fórum cultural itinerante surgido a partir do site http://www.culturalmentesantista.com.br e que visa contribuir com a formação de público para a produção artística da região, disseminar a discussão entre artistas, produtores culturais e jornalistas do ramo, junto à sociedade, buscando gerar um mapeamento dessa produção e o legado que pode ser deixado por ela.

Em sua quarta edição, que ocorre de 10 a 15 de novembro em oito espaços de Santos, a primeira como evento oficial do calendário oficial do município, o projeto contará com mais de 70 artistas e agentes culturais envolvidos direta e indiretamente e adota como temas o empreendedorismo cultural e a produção independente. As mesas de discussão estarão ligadas às apresentações artísticas, que ganham destaque nesta edição. Abaixo, a programação completa.

O CulturalMente Santista 2015 é realizado pelo CineZen Cultural em parcerias com a Prefeitura Municipal de Santos, Sesc Santos e Shopping Pátio Iporanga. E apoios do projeto “Muito Prazer, Meu Nome é Hip Hop!”, Cine Roxy, Torto MPBar, Vitrolada, Gibiteca Municipal Marcel Rodrigues Paes, Institutos Arte no Dique e Querô. A coordenação é do jornalista André Azenha. Maiores informações: http://www.culturalmentesantista.com.br, http://www.facebook.com/culturalmentesantista e culturalmentesantista@gmail.com.

Confira a programação completa do projeto:

Abertura, terça, 10.11:

0619h – Lançamento da exposição sobre história do Hip Hop em Santos com recepção do elenco do filme “Hip Hop Santista – Suas origens e trajetórias sobre o tempo.”
Local: Shopping Pátio Iporanga. Primeiro piso. Gratuito.

21h – Lançamento com sessão dupla de filme “Hip Hop Santista – Suas origens e trajetórias sobre o tempo.” Cada sessão será precedida de breve bate-papo com membros da produção e do elenco do filme.
Sinopse: O curta de 20 minutos recupera a história do movimento na Baixada Santista, tendo como palco a cidade de Santos. Os pioneiros do Hip Hop no litoral dão voz às suas experiências no processo de construção de uma arte fortemente marginalizada, que soube resistir e angariar respeito em diversos ambientes sociais. Os membros da velha escola falam dos passos, das dificuldades e a luta para que nossa vertente local conquistasse reconhecimento no País. Por outro lado, os novos cultores da arte dos quatro elementos refletem sobre o momento de sucesso da vertente caiçara e a tensão entre o caráter de crítica e denúncia social do Hip Hop e sua relação com a Mídia.
Direção Executiva: Dino Menezes e Orlando Rodrigues.
Roteiro: Edson Pipoca.
Produção Executiva: Orlando Rodrigues e José Doval Damásio.
Local: Cine Roxy 4 Pátio Iporanga. Gratuito

23h30 – Vitrolada especial CulturalMente Santista e Muito Prazer, Meu Nome é Hip Hop com DJs Mamuth, Lufer, Dino Menezes e Juba. Local: Torto MPBar. R$ 10.

Quarta, 11.11:

0719h às 20h. Bate-papo “A Rua em Cena: O espaço público ocupado pela ação cultural”, com Piratas do Maxixe. Local: Comedoria do Sesc Santos. Gratuito.
20h às 22h – Sessão Especial De Improviso. As bailarinas Célia Faustino e Angélica Evangelista se encontram com os DJ’s Bakka e Mascate, do coletivo Piratas do Maxixe, para promoverem um diálogo entre as linguagens da dança e da música, em uma construção coletiva que se dá diante dos olhos do público, o qual também é convidado a se integrar à experiência.
Não recomendado para menores de 14.
Local: Comedoria do Sesc Santos. Gratuito.

Quinta, 12.11:

15h – Encontro de educadores com o presidente do Instituto Arte no Dique José Virgílio Leal de Figueiredo, com o intuito de disseminar as atividades do instituto e envolver a educação da região. Local: Instituto Arte no Dique. Gratuito.

19h30 – Bate-papo sobre produção musical em Santos com os membros do Teremin Coletivo. Local: Teatro Guarany. Gratuito.

21h30 – Em parceria com o projeto Quintas Autorais, da Secretaria Municipal de Cultural, lançamento do primeiro álbum do Teremin Coletivo, que apresenta repertório de trilhas sonoras no show A Imagem do Som. Formado pelos músicos multi-instrumentistas Guilherme Barros, Jota Amaral, Matheus Bellini e Thiago Santos, o coletivo contará, nesta apresentação, com participação de um Quinteto de Cordas. Local: Teatro Guarany. Gratuito.

Sexta, 13.11:

15h – Encontro de educadores com a presidente do Instituto Querô Tammy Weiss, com o intuito de disseminar as atividades do instituto e envolver a educação da região. Local: Auditório do Sesc Santos. Gratuito.

0319h – Lançamento da exposição sobre a história do Broadway Voices. Local: Shopping Pátio Iporanga. 1º piso. Gratuito.

19h30 – Bate-papo sobre a formação jovem através dos corais cênicos com Fernando Pompeu, diretor do Broaday Voices, e Nailse Machado, diretora do Coral Municipal de Santos. Local: Shopping Pátio Iporanga. 2º piso. Gratuito.

20h30 – Espetáculo “Broadway Voices In Concert”. Sinopse: Com cerca de uma hora de duração, o programa traz sucessos de musicais da Broadway como “Hair”, “Dreamgirls”, “Rent”, “Wicked”, “Mamma Mia” e “Godspell”, além do medley do musical “Ragtime”. O grupo traz também em seu repertório canções de musicais brasileiros que têm encantado plateias pelo país, como “Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos”, “Cassia Eller – O Musical”, “Rita Lee Mora ao Lado”, “Deixa Clarear – Clara Nunes”, entre outros. Local: Shopping Pátio Iporanga. 2º piso. Gratuito.

Sábado, 14.11:

0517h30 às 18h30 – “Histórias santistas”. Nesta apresentação no formato de Contação de Histórias, Camila Genaro resgata contos como “O Fantasma do Paquetá” (que se passa no portão principal do cemitério), “A Pedra da Feiticeira” (de 1850, época em que Santos ainda era uma vila), “O Fantasma que Gostava de Guaraná” (de uma bica que havia no sopé do Monte Serrat), “Os Milagres da Padroeira” (sobre Nossa Senhora do Monte Serrat) e “Munguata, o Amigo dos Animais” (de 1880, sobre Manuel Munguata, defensor dos bichos). Ao término da atividade, a contadora conversará com o público sobre o processo de criação na área de contação de histórias.
Local: Comedoria do Sesc Santos. Gratuito.

19h30. Bate-papo “Empreendedorismo cultural”, com membros dos eventos Santos Comic-Expo, Nerd Cine Fest Santos e empreendedores culturais. Local: Gibiteca Municipal Marcel Rodrigues Paes. Gratuito.

Domingo, 15.11:

10h30 – Projeto Conchinha da Secretaria Municipal de Cultura de Santos. Consiste em espetáculos teatrais infantis com distribuição gratuita de pipoca e bolas de gás antes e depois das apresentações. Na ocasião, o artista fará bate-papo após o espetáculo. Local: Concha Acústica de Santos. Gratuito.

0415h às 16h – Bate-papo “Produção Musical Independente”, com Caio Bosco. Natural da cidade do Guarujá-SP, Caio Bosco conversa com o público sobre as especificades da produção em música independente, a partir do relato do processo de realização de seu mais recente álbum, chamado “Cerebral”. Com mediação do jornalista André Azenha. Local: Sala 2 do Sesc Santos. Gratuito.

18h – Encerramento do 4º CulturalMente Santista. Lançamento do CD “Cerebral”, de Caio Bosco. “Cerebral” é o título do segundo álbum do cantor / compositor e guitarrista Caio Bosco. O álbum é calcado no Rock, Soul, Jazz, Funk e música brasileira, traçando um paralelo entre as técnicas de gravação lo-fi dos anos 90 com a sonoridade psicodélica e soul-jazz do final dos anos 60 e começo dos anos 70. Continuando as parcerias que tiveram início com seu álbum homônimo de 2012, o artista pode trabalhar novamente com os legendários Jim Waters (produtor do Now I Got the Worry do Jon Spencer Blues Explosion entre outros), coproduzindo e mixando o álbum em sistema analógico no Waterworks Recordings em Arizona / E.U.A., assim como a masterização de Fred Kevorkian em Nova York / E.U.A. Comedoria do Sesc Santos. Gratuito.

Endereços:

Cine Roxy 4 – Av. Ana Costa, 465, Gonzaga, primeiro piso.
Concha Acústica de Santos – Canal 3 com orla do Gonzaga
Gibiteca Municipal Marcel Rodrigues Paes – Av. Bartolomeu de Gusmão (sem número) Boqueirão – Posto 5
Instituto Arte no Dique – Rua Brigadeiro Faria Lima, 1349, Rádio Clube
Teatro Guarany – Praça dos Andradas, 100, Santos
Sesc Santos – Rua Conselheiro Ribas, 136, Aparecida
Shopping Pátio Iporanga – Av. Ana Costa, 465, Gonzaga
Torto MPBar – Av. Siqueira Campos, 800 – J 8 – Boqueirão

*André Azenha

 

Coro Broadway Voices abre vagas para vozes masculinas

O Coro Cênico Broadway Voices está com vagas abertas para homens interessados em integrar o próximo espetáculo que está sendo preparado pelo grupo. As inscrições devem ser feitas por email, enviando currículo pessoal e artístico, com foto atual, para a direção musical no endereço fernando.pompeu@gmail.com. O prazo é 15 de junho para agendamento de entrevista e teste vocal.

As vagas são para 4 tenores e 4 baixos. Os interessados devem ter acima de 19 anos, gostar de cantar, gostar de espetáculos musicais, conhecer partituras e ter às noites de sextas-feiras livre para os ensaios.

02O Coro Cênico Broadway Voices foi criada a partir da finalização do Projeto “Broadway Voices”, idealizado pelo maestro Fernando Pompeu e Elizangela Lima, entre agosto de 2012 e fevereiro de 2014, que objetivou a formação de jovens cantores, atores e bailarinos na produção de peças em homenagem aos grandes musicais da Broadway. A partir de abril de 2014, o Coro Broadway Voices se consolida como coral cênico, dedicado a produção de repertório, medley e arranjo de musicais da Broadway e brasileiros.

Sob a direção musical do maestro Fernando Pompeu, apoiado por colaboradores nas áreas técnica vocal, expressão corporal, jogos teatrais e dramaturgia, dança e coreografia, o Coro Broadway Voices, objetiva ainda um intenso trabalho de pesquisa nas diferentes linguagens artísticas em complemento ao trabalho de música vocal “à capela” ou com acompanhamento, abrindo espaços e diálogos com músicos instrumentistas.

O coro conta com supervisão técnica vocal de Lizandra Rodrigues Perissinotto, de São Paulo. Na preparação vocal está Liliane Silva e preparação cênica e movimentação Estevão Souza. No currículo, estão apresentações memoráveis no Festivais de Corais da Pinacoteca Benedicto Calixto, espetáculo “O Sonho Começa” no Teatro Guarany, duas aberturas do CulturalMente Santista, e concertos na capital paulista e outras cidades da Baixada Santista.

*André Azenha