Arquivo da tag: digo maransaldi

Carnasita reúne música, comida vegana e cerveja artesanal neste sábado

La Casita

Um encontro com muitas cores, comidinhas veganas, cerveja artesanal e música boa. Essa é a premissa do Carnasita, carnaval à moda antiga de La Casita. O evento gratuito será neste sábado (9/fev), a partir das 16h, na Rua Guiabê, 104, Aparecida (Santos), próximo ao Shopping Praiamar.

O som vai ficar por conta de Digo Maransaldi, com voz e violão no repertório de samba, bossa, sambalanço e afins. A programação continuará com os expositores: Quitute pra Iaiá, Cais – Cerveja Artesanal, Bia Bibibelô, Donas Florindas, Piba Puppet, Coisas de Ana, 97 Ideias Festas, Léo Darumaman, Gabriel Montenegro Artes e Nice Lopes Ilustradora.

 

Com voz e violão, Digo Maransaldi faz sambalanço na Casa Velha

Por Digo Maransaldi

O músico Digo Maransaldi faz uma apresentação especial de voz e violão, tocando vários sambalanços do mestre Jorge Ben Jor e de outros artistas neste domingo, a partir das 17 horas, na Casa Velha (Bulevar Othon Feliciano, 10/Santos). A entrada é franca.

São músicas de Jorge Ben Jor, Bebeto, Tim Maia, Clube do Balanço, Caetano Veloso, Wilson Simonal, Branca Di Neve, Marku Ribas. Tudo com os arranjos que balançaram a Baixada Santista por muito tempo com o projeto ‘Digo e a New Gafieira’.

 

Food bikes e música ao vivo reunidos na Casa Velha de Santos

Por Casa Velha de Santos

Neste domingo, das 16 às 20h, acontece o 5º Encontro de Food Bikes com música ao vivo na Casa Velha de Santos (Bulevar Othon Feliciano, 10), com a participação dos músicos Digo Maransaldi e Cassiano Paixa. O evento é gratuito.

O Casa Velha disponibiliza um espaço destinado a quitutes e guloseimas artesanais: O Mercadinho Do Casa Velha é destinado a expositores locais que revezam-se na divulgação de suas marcas e vendas de quitutes e guloseimas artesanais.

No local, haverá o Dica’fé (baguetes recheadas, pães doces e salgados, e sanduíches naturais), Doçuras de Vó (doces de confeitaria e brigadeiros gourmet), La Piada (piadina romagnola preparadas por chef italiano) e Mr. Pie Food Bike (tortas de diferentes sabores). Também há o brechó beneficente do Mapan – Movimento de Apoio aos Protetores de Animais e da Natureza.

 

Hits de Jorge Ben Jor são interpretados por Digo Maransaldi e banda

Por Digo Maransaldi

O Bar Porto Brasil conta neste sábado (dia 26) com a edição especial ‘Jorge Samba Rock Ben’, onde o músico Digo Maransaldi relembra vários sambalanços dos anos 60 e 70, do mestre Jorge Ben Jor – ainda quando este só tocava seu violão de cordas de nylon.

Digo Maransaldi estará acompanhado dos músicos Fabiano Guedes na bateria, e Danilo Oliveira no baixo. Por sua vez, Conrado Pouza abre a noite com voz e violão, além de fechar o show especial, com banda até de madrugada, com toda sua MPB, bossa e latinidades de qualidade.

O show será neste sábado (dia 26), às 23h, no Bar Porto Brasil (Rua XV de Novembro, 18/Santos).

 

Confira a programação do FESTA 57 – Festival Santista de Teatro

Com o tema ‘Fomento’, o mais antigo festival de artes cênicas em atividade do Brasil, o FESTA 57 – Festival Santista de Teatro abre com o espetáculo gratuito da Caravana Tonteria com a atriz e cantora Letícia Sabatella ‘De Volta ao Centro’. A caravana é o grupo formado por Paulo Braga (piano), Fernando Alves Pinto (serrote, trompete, violão e voz) e Zéli Silva (contra-baixo). A apresentação será no dia 1º de setembro, às 20 horas, no teatro do Sesc, onde as entradas podem ser retiradas a partir das 12 horas do mesmo dia (Rua Conselheiro Ribas, 136).

Contando com músicos-atores, o show carrega um elemento dramático em suas interpretações, incluindo pequenas cenas entre as canções autorais e de Chico Buarque, Kurt Weill, Duke Ellington e Colle Porter. As melodias vão de jazz ao flamenco, do tango à rumba, reforçando um ambiente de cabaré itinerante que roda pelo país.

Ativista ambiental e pelas causas indígenas, Letícia Sabatella inicia a programação do FESTA 57, que este ano, convide o público a refletir sobre a importância de uma lei de iniciativa popular para um Programa de Fomento ao Teatro para a Cidade de Santos, seguindo o modelo da capital paulista.

A iniciativa inspiradora possibilita a criação e manutenção de grupos com trabalhos continuados de pesquisa e produção artística e, ao mesmo tempo, melhorando o acesso da população ao teatro. Além das mostras nacional, estadual e regional, o festival também mantém shows, apresentações musicais, audiovisual, intervenções cênicas e rodas de conversa. Confira a programação em: fb.com/festivalsantistadeteatro e movimentoteatraldabaixadasantista.blogspot.com.

Programação

Dia 1º (terça-feira)
20h – Sesc-Santos (R. Cons. Ribas, 136) – Espetáculo musical ‘De Volta ao Centro’, com Letícia Sabatella e Caravana Tonteria;

Dia 2 (quarta-feira)
19h – Teatro Guarany (Praça dos Andradas) – Leitura dramática ‘A Condessa, a Cigana e o Amolador de Facas’ e curta-metragem ‘Rosinha Sinhá’ da TEP/Unisanta (Santos);
20h – Praça dos Andradas – Teatro ‘Circo do Só Eu’, do Barracão Teatro (Campinas);
23h – Vila do Teatro (Praça dos Andradas) – Show ‘O Baile é Balançante’, de Digo Maransaldi e Banda;

Dia 3 (quinta-feira)
0118h – Vila do Teatro – Teatro ‘Ispinho e Fulô de Patativa’, da Cia Teatral Carcarah Voador (Santos);
20h – Teatro Guarany – Teatro ‘Maria que Virou Jonas ou a Força da Imaginação’, da Cia
Livre (São Paulo);
22h – Quadra da Escola de Samba União Imperial – Teatro ‘Nas Quebradas do Mundaréu’, da Oficina do Imaginário e Dino Filmes (Santos);
23h – Vila do Teatro – Show ‘Visões de Severino’ (Ferraz de Vasconcelos);

Dia 4 (sexta-feira)
0416h – Rua do Comércio – Teatro ‘Hygiene’, do Grupo XIX de Teatro (São Paulo);
20h – Teatro Guarany – Teatro ‘Nepenthes’, do Projeto Antrópicos (Santos);
23h – Vila do Teatro – Festa do Coletivo Futuráfrica (Santos)
0h – Praça dos Andradas – Teatro ‘Blitz’, da Trupe Olho da Rua (Santos);

Dia 5 (sábado)
0515h30 – Fonte do Sapo – Teatro ‘Meu Quintal é Maior que o Mundo’, do Teatro Wídia;
16h30 – Fonte do Sapo – Teatro ‘A Moça da Janela’, da Animalenda (Itanhaém);
18h – Fonte do Sapo – Teatro ‘Baile do Anastácio’, do Oigalê (Rio Grande do Sul);
21h – Casa da Frontaria Azulejada – Teatro ‘A História dos Ursos Pandas’, do Teatro da Vila Velha (Bahia);
22h – Vila do Teatro – Batalha Musical sobre Fomento à Cultura Local, do grupo Muito Prazer, Meu Nome é Hip Hop (Santos);

Dia 6 (domingo)
0218h – Parque Roberto Mário Santini – Teatro ‘Rua da Amargura’, do Coletivo de Artes de São Vicente;
19h – Parque Roberto Mário Santini – Teatro ‘A Exceção e a Regra’, da Cia Estável de Teatro (São Paulo);
21h – Casa da Frontaria Azulejada – Teatro ‘Projeto Bispo’, do O Coletivo (Santos);
23h – Vila do Teatro – Apresentação do Diego Alencikas e Banda;

Dia 7 (segunda-feira)
16h – Escadaria do Monte Serrat – Teatro ‘Os Desclassificados’, de Os Panthanas (Santos);
20h – Casa da Frontaria Azulejada – Teatro ‘Diário de uma Revolucionária’, da Cia do Feijão (São Paulo);
21h30 – Praça dos Andradas – Teatro ‘Azar do Valdemar’, da Cia dos Inventivos (São Paulo);
23h – Vila do Teatro – Apresentação de The Matuts e Aparícius Band;

Dia 8 (terça-feira)
16h – Praça do Posto 2 – Teatro ‘Essa Partida Não Será Televisionada’, da Cia do Elefante/Tescom (Santos);
19h – Vila do Teatro – Teatro ‘Barraco Número 9’, da Oficina do Imaginário (Santos);
20h – Casa da Frontaria Azulejada – Teatro ‘{Entre}’, do Coletivo Negro (São Paulo);
21h30 – Vila do Teatro – Roda de conversa “Da vida ao palco: racismo e blackface no Brasil da democracia racial”;
23h – Vila do Teatro – Festa do Riscado com o DJ Silvio Luiz e Sandro Bueno;

Dia 9 (quarta-feira)
0320h – Teatro Guarany – Teatro ‘Os Sapatos que Deixei pelo Caminho’, do Teatro do Kaos (Cubatão);
21h – Praça dos Andradas – Teatro ‘Júlia’, do Cirquinho do Revirado (Santa Catarina);
23h – Vila do Teatro – Apresentação de Piratas do Maxixe e intervenções de ‘Zona in Progress 2’, de O Coletivo (Santos).

Histórico do Festival

O FESTA 57 – Festival Santista de Teatro é o festival de artes cênicas mais antigo em atividade do Brasil, reconhecido pelo Governo Federal com a Ordem do Mérito da Cultura. Criado em 1958 por Patrícia Galvão, a Pagu, o evento já despontou nomes como os dramaturgos Plínio Marcos e Carlos Soffredini, além de reunir personalidades como Regina Duarte, Paulo Goulart, Nicette Bruno, Herson Capri, Bete Mendes, Leona Cavalli, Cleyde Yáconis, Ney Latorraca, Sérgio Mamberti, Nuno Leal Maia, Alexandre Borges, Jandira Martini e Rubens Ewald Filho.

FESTA 57

O festival é uma realização do Movimento Teatral da Baixada Santista e da Secretaria de Estado da Cultura por meio do ProAC – Programa de Ação Cultural. O evento com apoio da Prefeitura de Santos e do Sesc além de parceria com a Cooperativa Paulista de Teatro, Movimento de Teatro de Rua de São Paulo, Rede Brasileira de Teatro de Rua, Vila do Teatro, Diário do Litoral, Escola de Samba União Imperial, Movimento Mães de Maio, Fundação Arquivo e Memória de Santos e Curta Santos.

*Lincoln Spada e Rafaella Martinez

Projeto Quintas Autorais tem Lei Seca no próximo dia 7

O projeto Quintas Autorais, da Secretaria de Cultura de Santos (Secult), traz no próximo dia 7, a partir das 21h, no Teatro Guarany (Praça dos Andradas, 100, Centro Histórico), show da banda Lei Seca, que mostra ao público as músicas de seu CD homônimo. A apresentação tem entrada franca.

Criado em 2013, o grupo traz na formação Sandro Butcher (guitarra), Renato De Lone (vocal), Digo Maransaldi (bateria) e Alex Brasil (baixo). O som tem influências de bandas como Deep Purple, Led Zeppelin e Whitesnake, entre outras. O trabalho autoral alia riffs fortes de guitarra a letras simples e diretas que falam de amor e relacionamento, com certa dose de pimenta.

As próximas atrações do Quintas Autorais são Zigzaguiá (11/06), Reinaldo Andrade (23/07), Nadja Soares (13/08), Eskina do Samba (3/09), Bruno Barreto (22/10), Coletivo Teremin (12/11) e Lee Recorda o Vale das Maçãs (17/12). Mais informações pelo telefone 3226-8000.

*Prefeitura de Santos