Arquivo da tag: ensaio

Em São Vicente, bloco ‘O Bicho Pegô’ está com ensaios abertos para munícipes

Prefeitura de São Vicente

Quer desfilar e dançar pelas ruas de São Vicente em pleno Carnaval? Então não pode perder a oportunidade que o bloco carnavalesco “O bicho pego” está oferecendo. O grupo está recrutando pessoas interessadas em participar no desfile do dia 4 de março. O ensaio aberto está marcado para a segunda-feira (21/jan) das 19h às 21h, no Ilha Porchat Clube (Alameda Gonçalves, 61, Ilha Porchat).

Os integrantes do grupo pedem aos interessados que levem um produto de higiene para ser doado ao Fundo Social de Solidariedade (FSS), que ficará responsável por destinar a pessoas com câncer. Os participantes aprenderão coreografias novas e antigas do grupo que já tem mais de 20 anos de trajetória.

Os demais ensaios acontecerão das 19h às 21h, às segundas, no Ilha Porchat Clube (até o dia 25/fev). Podem participar pessoas de todas as idades. Os ensaios acontecerão até o desfile previsto para 4/mar. Fundado em 1997, o grupo de dança vivenciava à época o auge do axé.

Análise: Relatório mapeia de espaços culturais da Baixada Santista

O relatório virtual Cultura ao Encontro – Mapeamento de espaços culturais da Baixada Santista é uma iniciativa sem fins lucrativos realizada em maio de 2016 pelo jornalista, ator e pós-graduando em Gestão Cultural, Lincoln Spada. O objetivo do relatório é uma tentativa de mapear a maioria dos espaços culturais e espaços em potencial para tal vocação na Região Metropolitana da Baixada Santista. Acesse ao relatório completo aqui.

>> Acesse: Mapa / Análise por: Bertioga / Cubatão / Guarujá / Itanhaém / Mongaguá / Peruíbe / Praia Grande / Santos / São Vicente / Análise por: Literatura / Audiovisual / Artes plásticas e visuais / Praças / Artesanato / Patrimônio / Música / Festejos / Artes cênicas

A escolha de se debruçar no diagnóstico de espaços culturais é porque se trata de um modo mais conciso e mais próximo da exatidão de perceber a disseminação das artes na Baixada Santista. Seria inevitável encontrar grandes erros em indicadores que tentassem recorrer a todos os artistas ou iniciativas dos mais diversos segmentos num primeiro passo. No entanto, ao registrar os locais, entende-se que cada um flui com produtores e artistas de sua linguagem, e público específico, abarcando várias obras e montagens de obras num único endereço.

Ao todo, foram listados mais de 450 espaços que apresentam uma ou mais linguagem artística na região, além de outra centena de locais em potencial, como auditórios de escolas e associações. “Apesar de ser um número farto à primeira vista, com o mapeamento é possível diagnosticar que até 570 mil moradores da Região, quase um terço da população, não encontra em seu bairro sequer uma livraria, um restaurante com música ao vivo ou um cineclube”, comenta Lincoln Spada. “Em todo bairro há um comércio, escola, unidade médica e templo, mas nem sempre tem um simples local de reflexão e produção do fazer cultural, que é por vezes traços da própria identidade da comunidade e região”.

Entre outras conclusões com este mapeamento, o relatório estimula também percepções sobre as diferenças etárias e geográficas nos espaços culturais. Por exemplo, quase metade dos espaços listados se referem a redutos de formação artística, geralmente atendendo crianças e jovens. Até mesmo, os sistemas de bibliotecas, o que significa que enquanto a população regional mais envelhece, o incentivo à cultura é mais voltada aos mais novos, não atendendo a demanda de outras idades, nem estimulando o hábito de todos terem acesso às artes. Geograficamente, é possível notar que a maioria dos endereços registrados estão concentrados na orla ou no centro das cidades, demonstrando que a cultura regional está visando mais o turismo do que a própria comunidade como um todo.

Método de pesquisa

A pesquisa foi baseada em cima de informações entre 2013 e 2016 em sites de prefeituras, universidades e veículos de comunicação da Região, além de checagem da existência ou atualização de informações sobre estes locais em sites de pesquisa e redes sociais das próprias instituições entre 2015 e 2016. Dessa forma, não significa um trabalho conclusivo destes indicadores, mas de reconhecimento da maioria dos espaços registrados na Internet, como também é passível de que certas entidades possam ter se transferido ou já estejam inexistentes na região.

Compreendendo assim este relatório, é possível que gestores públicos, produtores culturais, artistas e demais interessados observem a distribuição dos espaços na região, com intuito de: diagnosticar novas construções de equipamentos públicos; efetivar parcerias com iniciativas privadas de espaços em potencial; conhecer agendas das instituições listadas; buscar locais para apresentar suas produções artísticas ou realização de ensaios; etc.

Linguagens artísticas

O relatório virtual identificou além de endereços das instituições, as datas de criação das entidades, os órgãos responsáveis pelos espaços, status (se o local está passando por obras, reformas ou aberto) e possíveis detalhamentos. Cada local podia abranger mais de uma modalidade em sua vocação cultural, sendo classificado nas seguintes modalidades: artesanato (bibliotecas, livrarias e afins); audiovisual (salas de cinemas, auditórios, cineclubes e afins); artes visuais e plásticas (galerias, escolas do setor, ateliês abertos ao público e afins); artesanato (locais onde há feiras de artesanato); música (auditórios, casas de shows, escolas do segmento e afins); artes cênicas e circenses (palcos, auditórios e cursos referentes à dança, teatro e circo, e afins); festejos (sedes e locais de ensaio de carnaval e quadrilhas juninas); patrimônio (museus e locais de acervo histórico); praças públicas de eventos (onde já há freqüência de ações culturais); e auditórios (potenciais espaços culturais, geralmente de associações e entidades com capacidade acima de 100 lugares).

*Lincoln Spada

13º Curta Santos anuncia selecionados de mostras competitivas

O 13º Curta Santos – Festival de Cinema de Santos vai apresentar, entre os dias 15 e 20 de setembro, na cidade do litoral paulista, um recorte bastante atual do que há de melhor na produção de audiovisual no país. Dez curtas-metragens produzidos em sete estados brasileiros foram selecionados para a mostra competitivaOlhar Brasilis.Já os realizadores da Baixada Santista serão representados por dez curtas e dez videoclipes, selecionados para as mostras competitivas Olhar Caiçarae Videoclipe Caiçara, respectivamente.

Além das exibições dos concorrentes no Cine Roxy e no Museu da Imagem e do Som, o Curta Santos oferecerá opções para todos os públicos, como as mostras Curta Matinê, Curta Terceira Idade e o Especial Sérgio Bianchi, dedicada à obra do diretor paranaense, que chega aos 70 anos em novembro. Espaços como a Concha Acústica e o Engenho dos Erasmos também serão ocupados pela programação.

“O número 013 sugere a brincadeira regional, mas reconheçamos o nosso compromisso de escuta do recado deixado. Vamos abrir espaço para que os realizadores apresentem leituras artísticas que celebram e criticam a condução atemporal de nossa terra”, antecipa o diretor do Festival, Ricardo Vasconcellos. Também acontecerão debates e oficinas durante o evento, dirigidas pelo crítico Cássio Starling Carlos, pela atriz e diretora Eliana Fonseca e pelo roteiristaDaniel Chaia. Toda a programação é gratuita e pode ser acessada no site http://www.curtasantos.com.br.

FILMES SELECIONADOS
Mostra Olhar Brasilis

Castillo y el Armado
Direção: Pedro Harres | Gênero: Animação | 13min | Cidade: Porto Alegre/RS
Sinopse: Castillo é um jovem estivador em alguma praia perdida entre Brasil e Uruguai. Divide seu tempo entre os tapetes que tem de carregar, sua família e uma vara de pesca no píer. Em uma noite de ventania, encontra sua própria brutalidade na linha do anzol.

Cartas
Direção: Pietro Santurbano | Gênero: Documentário | 5min | Cidade: São Paulo/SP
Sinopse: “Eu preferia que, antes da cachaça, tivesse chegado o livro”.

Do meu lado
Direção: Tarcísio Lara Puiati | Gênero: Ficção | 14min | Cidade: Rio de Janeiro/RJ
Sinopse: As vidas de duas vizinhas, uma umbandista e uma protestante, começam a se cruzar quando uma infiltração abre um buraco na parede que divide suas casas.

Sêo Inácio ou o cinema do imaginário
Direção: Hélio Ronyvon | Gênero: Documentário | 13min | Cidade: Natal/RN
Sinopse: O que é a memória quando já se viveu muitas vidas através da tela? “Sêo Inácio ou o cinema do imaginário” conta um pouco da vida de um cinéfilo que já assistiu a mais de 20 mil filmes e alia sua sabedoria a uma vivacidade intensa.

Tarântula
Direção: Aly Muritiba e Marja Calafange | Gênero: Ficção | 20min | Cidade: Curitiba/PR
Sinopse: No casarão, mora uma família religiosa e aparentemente incompleta: uma mãe e suas duas filhas. Uma aparição perturbadora chega para colocar as coisas em seu devido lugar.

Ensaio
Direção: Sofia Saadi | Gênero: Ficção | 18min | Cidade: Rio de Janeiro/RJ
Sinopse: Xuxa Lopes se prepara para mais uma estreia. Memórias, intimidades e conflitos familiares permeiam as histórias narradas para Sara ao longo do ensaio.

O quebra-cabeça de Tarik
Direção: Maria Leite | Gênero: Animação | 19min | Cidade: Belo Horizonte/MG
Sinopse: O cientista Tarik está bem velho, mas nem cogita a possibilidade de morrer. Se partes do seu corpo já não resistem ao tempo, ele adapta máquinas que as substituem. Em seu laboratório subterrâneo, Tarik se prepara para receber a peça fundamental de seu grande projeto de vida.

O curto adeus
Direção: Rodrigo Sícoli Soares | Gênero: Ficção | 14min | Cidade: São Paulo/SP
Sinopse: Dia frio, de intensa nebulosidade. Em um isolado distrito do interior paulista, um recluso pastor terá o maior teste de sua vida. Ele deverá optar por uma solução espiritual ou terrena, dentro de uma situação limite.

Sal, duna, lamparinas
Direção: Germano de Sousa | Gênero: Documentário | 19min | Cidade: Fortaleza/CE
Sinopse: Uma história de superação e amor às suas origens. Com a força característica dos grandes líderes, do alto dos seus 64 anos, dona Maria do Celso segue sua caminhada em busca de melhorias para seu povo. Em meio a um cenário exuberante, uma comunidade quase invisível luta por sua sobrevivência com simplicidade e amor à natureza.

O Clube
Direção: Allan Ribeiro | Gênero: Ficção | 17min | Cidade: Rio de Janeiro/RJ
Sinopse: A turma OK comemora 53 anos.

FILMES SELECIONADOS
Mostra Olhar Caiçara

Nau Insensata
Direção: Cristiano Sidoti | Gênero: Documentário | 15min | Cidade: Santos
Sinopse: Dias após o golpe militar, em 1964, um navio-prisão foi enviado a Santos. Cinquenta anos depois, cinco ex-presos retornam ao cais e narram os fatos vividos.

Tempo é morfina
Direção: Kamilli Semenov e Daniel Queija | Gênero: Ficção | 17min | Cidade: Santos
Sinopse: Os últimos momentos de um casal antes da separação por tempo indeterminado revelam a tensa preparação de Eliane, além da difícil decisão de Jobson.

Mnemosyne
Direção: Cláudia Gomes | Gênero: Ficção | 18min | Cidade: Santos
Sinopse: Artur sempre sonhou em ser um escritor famoso, mas o destino não o levou aos caminhos desejados. Em vez disso, herdou o antiquário da família, onde passa seus dias cuidando dos objetos e criando seu próprio mundo. O choque de realidade o levará a um momento de reflexão: permanecer em sua realidade imaginativa ou aceitar o mundo à sua volta?

Vá como se seu namorado não fosse gostar
Direção: Iasmin Alvarez| Gênero: Documentário | 14min | Cidade: Santos
Sinopse: O conteúdo deste documentário não é novidade para ninguém, mas é assim mesmo. Talvez você já tenha escutado histórias parecidas, tanto faz de quem, como e por quê. Talvez você nem se lembre mais se aconteceu com você ou alguém próximo. Talvez seja esse o problema.

O início do fim
Direção: Fabrício de Lima | Gênero: Ficção | 15min | Cidade: Santos
Sinopse: Após presenciar alguns eventos, Ortega parte por uma jornada em busca de respostas.

Amor segundo David Lynch
Direção: Thaís Xabu | Gênero: Ficção | 2min | Cidade: Santos
Sinopse: Curta-metragem fala sobre o amor inspirado no diretor David Lynch.

Ocupado
Direção: L. M. Morone e Luca Franco | Gênero: Documentário | 13min | Cidade: Santos
Sinopse: Com o avanço da tecnologia nos meios de comunicação e o estreitamento das esferas sociais, o povo tomou voz. Essa voz agora ecoa nas ruas das cidades e nas paisagens urbanas. O meio que antes estava em silêncio agora está ocupado.

Água Corrente
Direção: Wlado Herzog e Felipe Pirillo | Gênero: Documentário | 15min | Cidade: Santos
Sinopse: O documentário traz parte da militância de Gianfrancesco Guarnieri no engajamento para a conquista da liberdade de expressão. Neste momento que se vê aclamada a volta da ditadura por uma parcela da sociedade, “Água Corrente” denuncia as dificuldades de expressão daquele período sombrio do nosso país. Não bastasse o próprio argumento da obra, a exemplo do resgate de Gianfrancesco, o filme aborda a importância da classe artística para o destino do Brasil. “Água Corrente” é uma colagem baseada na pesquisa de jornais da época e relatos de especialistas no tema.

Um curto circuito de luz entre duas eternidades de escuridão
Direção: Marco T. Alves | Gênero: Ficção | 13min | Cidade: Santos
Sinopse: Viver é luzir até que a luz se apague. É sentir e pensar. É sorrir e chorar. Escolher, cair e levantar. Morrer é o horizonte permanente. A morte espreita e leva a todos os que partem. Mas o que determina a morte?

Você
Direção: Douglas Casari | Gênero: Experimental | 8min | Cidade: Santos
Sinopse: Viver já não é tão simples. Somos todos os dias bombardeados com informações que chegam por todas as vias e, muitas vezes, ao mesmo tempo. Se não formos capazes de lidar com todo esse montante de informações, o que será de nós? O fato é que temos dificuldade na comunicação. Às vezes, não é nem o excesso de conteúdo, mas, sim, apenas uma inabilidade de expressar o que sentimos, queremos e achamos em relação ao mundo e, principalmente, a nós mesmos. Esta é a premissa da reflexão de “Você”.

Sopro
Direção: Rebecca Alba | Gênero: Ficção | 14min | Cidade: Santos
Sinopse: “Sopro” narra a história de um escritor que retorna para sua casa e encontra Ângela. O reencontro gera um conflito em que os dois tentam se equilibrar, mas a convivência é insuportável. Inspirado no livro “Um Sopro de Vida”, de Clarice Lispector.

Onde os caminhos estão suspensos
Direção: Vitor Vilaverde | Gênero: Ficção | 10min | Cidade: São Vicente
Sinopse: Pedro passou os últimos anos da vida olhando para o lado de lá da Ponte Pênsil. Zuza é seu filho e meu avô. A ponte está fechada para reforma.

VIDEOCLIPES SELECIONADOS
Mostra Videoclipe Caiçara

Valeu Irmão
Banda: Tr3vo| Direção: Rui Pinheiro da Silva Filho | Gênero: Experimental | 3min50 | Cidade: Santos

Faça valer a pena
Artista: Dany Romano| Direção: Paulo Victor Mesquita e Viviane Alves | Gênero: Experimental | 5min05 | Cidade: Santos

Um pé e depois o outro
Artista: Bruno Ayres| Direção: Bruno Ayres | Gênero: Animação | 1min | Cidade: Santos

Levanta e anda
Artista: Emicida part. Rael da Rima| Direção: Bruno Santoni e Victor Borges | Gênero: Documentário | 3min13 | Cidade: Santos

Essa semana eu tirei pra te odiar
Banda: Erodelia| Direção: Paulo Marques Jr. | Gênero: Ficção | 4min59 | Cidade: Santos

João do amor divino
Artista: Gonzaguinha| Direção: Wlado Herzog e Felipe Pirillo | Gênero: Ficção | 4min53 | Cidade: Santos

Ainda estou de pé
Banda: Music Box| Direção: Lucas Romor | Gênero: Ficção | 3min31 | Cidade: Guarujá

De olho no olho
Banda: Bicho de Pé| Direção: Wlado Herzog e Felipe Pirillo | Gênero: Ficção | 5min35 | Cidade: Santos

Subindo o morro
Banda: Ducasco| Direção: Jefferson Ferraz | Gênero: Documentário | 5min01 | Cidade: São Vicente

Só Flash
Banda: Freeside part. Mr. Thug| Direção: Lucas Romor | Gênero: Ficção | 3min23| Cidade: Santos

*Lúcio Nunes