Arquivo da tag: fabrício lopez

Porto Circense comemora 1º ano com programação dia 8

Com informações de Ugo Castro Alves

A Associação Cultural Porto Circense realiza programação cultural de seu 1º aniversário neste sábado (8/dez), a partir das 17h e segue até 1h, em sua sede (Av. Almirante Cochrane, 404, Macuco/Santos). O ingresso custa R$ 10.

O evento contará com muitas atrações, como ‘Espaço de Brincar’, com a Ecobrincar (17h), a vivência-oficina ‘O circo vem daí’ (18h30), o espetáculo ‘Cabaré Móbile’ (20h) e forró elétrico com a banda Saramandaia (21h30). O espaço será abrilhantado com exposições de lambes de Fabrício Lopez, regado ao sabor de pratos do Chef Eduardo Turati.

A Porto Circense iniciou seus trabalhos em dezembro de 2017, com a arte do circo para a Baixada Santista. “Sendo ministrando aulas ou através de seus eventos, a Porto trabalha incansavelmente para espalhar a magia do circo ao seu redor”, relatam os produtores da associação.

Agenda Cultural: Sesc Santos tem Johnny Hooker, Cláudio Mubarac e mais

Confira a programação artística entre os dias 15 e 18 no Sesc Santos (Rua Conselheiro Ribas, 136/Santos).

JOHNNY HOOKER

O cantor pernambucano apresenta o repertório de seu álbum de estreia, intitulado “Eu vou fazer uma macumba pra te amarrar, maldito!”. Neste trabalho autoral, temas amor, ódio, fossa e superação são cantados e amparados em diversos gêneros musicais como o samba, carimbó e rock e o frevo,revelando um misto de referências brasileiras e internacionais como David Bowie, Caetano Veloso, Madonna, Gal Costa e Alcione. Johnny Hooker foi eleito em 2015 o melhor cantor da categoria Canção Popular no Prêmio da Música Brasileira e suas músicas fizeram parte da trilhas sonoras do filme Tatuagem e das novelas Babilônia e Geração Brasil, da Rede Globo de Televisão. Teatro. Não recomendado para menores de 16. R$ 20,00. R$ 10,00 (uuu). R$ 6,00 (ttt).. 16/10. Sexta, às 21h.

TRICK-NIC

TRICK-NIC é um piquenique de truques. Um show divertido e saboroso que mistura clown, mímica, malabarismo, equilíbrio, magia e um tanto de improvisação e jogo com o espectador. Bolas, jornais, xícaras, colheres, balões, pratos e vários objetos do cotidiano ganham vida e tornam-se um pretexto para surpreender e divertir o público, criando momentos poéticos e até surreais.

Andrea Farnetani, artista cômico Italiano apresenta em Trick-Nic suas habilidades inusitadas, adquiridas em anos de estrada, em shows por todo o mundo. Livre/ Grátis
– Dia 15/10, das 13h às 13h40 na Praça José Bonifácio, Centro, Santos.
– Dia 16/10, às 13h às 13h40, na Praça Barão do Rio Branco, Centro, São Vicente.

DE IMPROVISO

É um encontro às escuras que propõe o diálogo entre música e dança contemporânea, tendo como fio condutor a improvisação. O encontro das linguagens é nutrido pela disposição de dois artistas que não se conhecem, mas que aceitam o desafio de trabalhar juntos em público, construindo uma proposta única. Menos do que qualquer resultado técnico-estético, valoriza se a troca e a capacidade de compartilhar. Portaria Social. 15/10. Quinta, das 21h às 22h

CICLOS DO PENSAMENTO VISUAL

01A Gráfica e a Cidade – Palestra com Cláudio Mubarac e mediação de Fabricio Lopez. Reflexão e prática com um artista convidado envolvendo tópicos que dinamizem questões sobre a produção visual contemporânea. Neste encontro a ideia de gráfica é abordada aproximando desenho e gravura como um só corpo, tendo a imagem impressa e suas implicações na história da arte como eixos condutores.

Claudio Mubarac (Rio Claro SP/1959) reside em São Paulo desde 1978. Formou-se em Artes Plásticas pela ECA/USP, em 1982, onde defendeu seu doutorado em 1998 e livre docência em 2010. Estudou gravura com Evandro Carlos Jardim e com Regina Silveira. Recebeu bolsas como a do TamarindInstitute (USA), London Print Workshop, Faap – Cité des Arts e prêmios como da Bienal de Lubjana. Ensinou gravura na FAAP e no Museu Lasar Segall de 1983 a 2003 e desde 2004 é professor de desenho e gravura na ECA/USP. Sala 1. 17/10. Sábado, das 15h às 17h

OTRAPALHAÇÃA – EVA FURNARI

Camila Genaro apresenta um conto especial: “A Incrível História de Lolo Barnabé”, da escritora Eva Furnari. Na narrativa, o personagem principal, Lolo Barnabé, é um homem das cavernas muito inteligente, que inventa uma porção de coisas para facilitar a vida da sua família. Com o tempo, as invenções abriram um mundo de possibilidades para Barnabé, mas também fizeram com que ele desse cada vez menos valor para as coisas simples da vida. Alguma semelhança com a nossa realidade? Comedoria. Livre/ Grátis. 17/10. Sábado, das 17h30 às 18h30

CIRQUIM DO SERAFIM

Dois palhaços cultuam a imagem do Seu Serafim, o finado dono do circo, e perpetuam a sua presença por meio da crença de que ele ainda pode voltar. A dupla esfarrapada e faminta, porém feliz e com um humor, ao mesmo tempo ácido e ingênuo, chega de uma longa caminhada em busca de seus sonhos, carregando na bagagem as dificuldades de uma vida de muito trabalho e poucos prazeres. Montam um cirquinho estilizado que se apresenta apenas com os contornos dos mastros, da lona, que são coloridos com fitas de cetim e pequenas lâmpadas. Duração – 60 minutos Livre. Teatro. R$ 17,00. R$ 8,50 (uuu). R$ 5,00 (ttt). 18/10. Domingo, das 17h30 às 18h30

QUADRISAX

Formado em 2008, o grupo desenvolve um trabalho de música de câmara sem o acompanhamento de uma sessão rítmica, explorando a bela sonoridade resultante na formação instrumental que envolve sax soprano, contralto, tenor e barítono. Executa músicas de Tom Jobim a Astor Piazzolla, passando por Egberto Gismonti, Noel Rosa, Adoniram Barbosa, Moacir Santos, Chico Buarque, João Bosco. Com arranjos exclusivos, mescla a escola erudita com a linguagem popular. Com Roberto Dessordi, Rolf Ochsenhofer, Edu Moreno e Thiago Battistin. Comedoria. Livre / Grátis. 18/10. Domingo, às 18h

CLUBE DE LEITURA: “GOLPE DE MESTRES – EDGAR ALLAN POE, CONAN DOYLE, GEORGE SIMENON E AGATHA CHRISTIE

A ficção policial sempre fascinou leitores do mundo todo, pelo seu poder de nos entreter, desvendar e revelar os enigmas obscuros da mente humana seja pela perspicácia lógica de um crime ou pela capacidade inventiva de seus autores. Elencamos quatro dentre os maiores mestres da literatura policial para compor a série de encontros deste clube de leitura: Edgar Allan Poe, considerado o pai do gênero, Conan Doyle, com o seu Sherlock Holmes, George Simenon, com o comissário Maigret e Agatha Christie, com seu famoso inspetor Hercule Poirot. Com Marcelo Maluf. Sala 1. Livre/ Grátis. 18/10. Domingo, das 18h às 19h30.

*Sesc Santos