Arquivo da tag: galeria de arte

TEP-Unisanta inicia festa de 50 anos com exposição até dia 28

Por Rodrigo Florentino

O Teatro Experimental de Pesquisas da Universidade Santa Cecília (TEP-Unisanta) iniciará as celebrações do seu 50º aniversário de criação com a abertura da exposição ‘TEP 50 ANOS’. Junto de uma sessão de curta-metragem, a mostra começou no último dia 11 e segue até 28/mar, na Galeria de Arte da Unisanta (R. Oswaldo Cruz, 277/Santos).

A exposição é composta por dois painéis de grandes dimensões criados pelo designer Rafael Branco, que mostram boa parte da trajetória do grupo, documentada por fotos de arquivo, material jornalístico e gráfico sobre suas principais montagens. Também há 50 fotografias de cenas de espetáculos realizados pelo grupo ao largo destes anos, clicadas por renomados fotógrafos. São eles: Antonio Abreu, Biga Appes, Delba Baraldi, Denise Braga, LF Mutti, Rafael Branco, Simone Soffredini e Tito Wagner.

Complementam a exposição 46 cartazes de espetáculos montados pelo grupo, criados em sua maioria pela designer Marcia Okida, e alguns figurinos e adereços, também de trabalhos da companhia, assinados por Lindalva Parorini e Gilson de Melo Barros. A exposição estará aberta ao público até o dia 28 de março, podendo ser visitada nos períodos da manhã e noite. Informações: Gilson de Melo Barros (99172-3122 e gilson61barros@hotmail.com).

O TEP-Unisanta

Criado no final dos anos 60 em plena ditadura militar, o grupo “sobreviveu” à história, passando por vários processos de criação em que se destacaram notáveis montagens teatrais, além de atividades audiovisuais que lhe valeram destaque em eventos cinematográficos. Viagens internacionais e prêmios em festivais locais, estaduais e nacionais também marcaram sua trajetória, tornando o grupo uma das referências do fazer teatral da nossa região.

Neste período, inúmeros artistas passaram pelo TEP . Entre eles, Toninho Dantas (agitador cultural), Domingos Fuschini (figurinista e maquiador) e Zéllus Machado (ator e animador cultural). Valiosas também, entre tantos outros que por seus quadros transitaram, as participações de Nanci Alonso (uma das fundadoras do grupo e criadora do GAPA/BS), Miguel Hernandez (ator de diretor teatral) e Marco Antonio Rodrigues (diretor teatral e ex- secretário de cultura de Santos).

 

Mostra ‘Entrelaçamentos’ traz as histórias tecidas por Regina Helene

Por Secult Santos

Na mostra ‘Entrelaçamentos’, que tem abertura na Galeria de Arte Braz Cubas (Av. Sen. Pinheiro Machado, 48, 2º piso/Santos) no dia 14/mar, às 19h, a artista plástica Regina Helene desvenda a expansão da escultura por meio da diversidade de formas, cores e volumes, com agulhas, linhas e cordões dialogando com elementos e espaços.

Inspirada na ideia de que todos estão conectados por uma teia invisível, a arte em tecelagem reflete sobre a ligação entre diferentes objetos unidos em produção contemporânea e com técnicas artesanais ganham uma nova identidade e novo significado. A mostra pode ser conferida até 31/mar, de segunda a sexta-feira, das 14h às 18h. A entrada é gratuita.

Nascida em São Paulo, Regina Helene é formada em Direito pela PUC. Autodidata, encontrou na arte sua melhor forma de expressão. Começou na escultura, depois passou para a pintura e, há cerca de um ano, na técnica que permite a expansão da escultura com volumes flexíveis aglutinados, costura informal de linhas e rendas gráficas aliadas a múltiplos materiais.

Participou de exposições individuais e coletivas em espaços como o Salão de Artes Plásticas de Arceburgo, SBBA Sociedade Brasileira de Belas Artes (Rio de Janeiro), Salão Oficial de Belas Artes Antônio Parreiras (Juiz de Fora), Museo Metropolitano de Buenos Aires, Art Canton Guangzhou Jinhan Exhibition Centre, na 6ª e na 7ª Grande Exposição de Arte Bunkyo da Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa.

Recentemente expôs na Mostra Reticências do Clube de Golfe Vila da Mata, no 5º Salão de Outono da América Latina, no Blue & Blues, no Espacio Uruguay, Mostra Múltiplas Expressões da Poesia na Casa da Fazenda do Morumbi e na Galeria Tribo.

 

IHGSV comemora 60 anos com teatro e solenidade nesta terça

Prefeitura de São Vicente

Homenageando personalidades de grande relevância à Instituição, o Instituto Histórico e Geográfico de São Vicente (IHGSV) comemora seus 60 anos com a peça ‘Pelas ruas do Brasil em 1822’, aberta ao público. As festividades começam às 20h, na sede do Instituto (Rua Frei Gaspar, 280/Centro) com uma solenidade formal de aniversário.

A montagem é do Grupo Independência, composto por atores vicentinos formados no Instituto Histórico, sob a coordenação e direção de Antônio Roberto Marchese, também diretor do IHGSV. “Mostraremos para o público uma peça bastante emocionante, significativa e tocante”, antecipou o presidente Paulo Eduardo Costa.

Fundado no dia 5 de fevereiro de 1959, pelo casal Francisco Martins dos Santos e Odete Veiga Martins dos Santos, o IHGSV visa ser um registrador oficial da história, contextualizando o tempo e o espaço. Esta missão, junto à de ser um desenvolvedor de técnicas e sistemas que possibilitem uma sociedade melhor, culminou em uma longa trajetória de seis décadas.

“Durante os anos, a Instituição vem funcionando a todo valor e hoje reúne um precioso acervo”, destaca Paulo Costa. Sediada na Casa do Barão, o Instituto conta com a instalação do Museu Histórico e Geral da Cidade, que reúne 126 mil peças diversas. Também há a Biblioteca Municipal, com mais de 36 mil volumes, alguns muitos raros.

A Galeria de Arte Cellula Mater traz importantes exposições para a região. Diversos memoriais, como o de Frei Gaspar da Madre de Deus, Santo Padre André de Soveral e tantos outros, são mantidos pelo Instituto. O IHGSV também oferece cursos de aperfeiçoamento em várias áreas. Além disso, na mesma área, há o Café do Barão, que se tornou uma atração com seus cafés gourmets, reunindo pessoas para encontros cotidianos, intelectuais, políticos e técnicos.

 

Arte francesa inspira exposição no Espaço VIP em Santos

Por Secult Santos

A artista plástica Lourdes Borsoi traz ao Espaço VIP da Galeria de Arte Braz Cubas (2º piso do Centro de Cultura Patrícia Galvão), a exposição ‘Arte Francesa’. Com abertura marcada para o próximo dia 17, às 19h, a mostra poderá ser conferida até o dia 31 de maio, de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h. A entrada é gratuita.

‘Arte Francesa’ reúne quadros produzidos com técnica que consiste na transformação e sobreposição de gravuras, na qual uma imagem plana é trabalhada em relevo, recebendo o efeito de profundidade e perspectiva.

Servidora pública e natural de Nova Venécia, no Espírito Santos, Lourdes Borsoi mora em Santos desde 1995. A artista plástica teve contato com as técnicas de pinturas francesas em uma feira de artesanato, em meados de 2002. Desde então começou a desenvolver e aperfeiçoar o estudo e prática deste trabalho rico em detalhes.

Galerias de arte de Santos recebem três exposições em dezembro

Por Secult Santos

As galerias de arte da Secretaria Municipal de Cultura (Secult) recebem três novas exposições na próxima semana. A mostra ‘Prismas de Santos’, do Atelier Bel Braga, terá abertura no próximo dia 6, às 19h30, na Galeria de Arte Nelson Penteado de Andrade – Prodesan (Praça dos Expedicionários, 10, Gonzaga). O público pode conferir as imagens, confeccionadas por dez artistas do atelier, que enfocam a cidade de Santos, entre os dias 7 e 30 de dezembro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h30. Entrada franca.

Já no dia 7, 19h, o destaque na Galeria de Arte Braz Cubas (2º piso do Centro de Cultura Patrícia Galvão – Av. Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias) é a abertura da mostra anual do curso de pintura de Ademir Fontana. A visitação pode ser feita gratuitamente, de segunda a sexta-feira, das 11h às 19h, e nos sábados, das 13h às 19h, até o dia 30 de dezembro.

No dia 8, também às 19h, a Galeria de Arte Patrícia Galvão (3º piso do Centro de Cultura Patrícia Galvão) recebe a mostra coletiva do atelier Débora Sanoli. Serão expostos 42 trabalhos que revelam a vida cotidiana de várias pessoas, tribos e grupos. A visitação pode ser feita gratuitamente, de segunda a sexta-feira, das 11h às 19h, e nos sábados, das 13h às 19h, até o dia 30 de dezembro.

 

Mostra ‘Estes Vestígios’ reúne em Santos as obras do acervo de Felipe Góes

Por Prefeitura de Santos

Localizada no 2º piso do Centro de Cultura Patrícia Galvão (foyer do Teatro Municipal), a galeria de arte Braz Cubas recebe no próximo dia 11, às 19h, a exposição inédita ‘Estes Vestígios’, do artista paulistano Felipe Góes. Sob o título, que faz referência ao livro ‘Estas Estórias’, de Guimarães Rosa, a mostra reúne obras de diversos períodos da trajetória de Felipe, que se dedica profissionalmente à pintura desde 2008. Gratuito.

Composta por 19 trabalhos, resultado de curadoria no acervo pessoal do artista, que tem aproximadamente 200 pinturas, a exposição reúne desenhos que foram realizadas em diversas técnicas, como acrílica e guache. ‘Estes Vestígios’ pode ser conferida até o dia 4 de dezembro, de segunda a sexta-feira, das 11h às 19h, e nos sábados, das 13h às 19h. O Centro de Cultura fica na Av. Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O artista

Formado em Arquitetura, Felipe Góes busca discutir a produção e percepção de imagens na contemporaneidade. O artista já realizou exposições individuais na Galeria Virgílio (São Paulo), Central Galeria de Arte (São Paulo), Phoenix Institute of Contemporary Art (Arizona, EUA), Galeria Transversal (São Paulo), Museu de Arte de Goiânia (Goiânia) e Usina do Gasômetro (Porto Alegre).

Felipe também participou das mostras coletivas ‘Mapping Spaces’ (Kentler International Drawing Space, em Nova York), ‘Coletivo Terça ou Quarta + Acervo Municipal’ (Araraquara), ‘Arte Praia 2013’ (Natal, no Rio Grande do Norte), ‘Quatro Margens’ (que esteve em cartaz na galeria Braz Cubas) e ‘20 e poucos anos – portfólio’ (Galeria Baró, São Paulo). Além disso, integrou residências artísticas no Phoenix Institute of Contemporary Art (Arizona, EUA) e Instituto Sacatar (Itaparica).

 

Galeria Nelson Penteado recebe exposição de Rosa Liksom

Por Prefeitura de Santos

A galeria de arte Nelson Penteado, localizada no prédio da Prodesan (Praça dos Expedicionários, 10, Santos), realiza na segunda-feira (10), às 19h, o coquetel de abertura da exposição ‘Os Paraísos do Caminho Vazio’, da artista plástica e escritora finlandesa Rosa Liksom.

Os trabalhos ficam expostos até o dia 21 de outubro. A galeria funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h30. A entrada é gratuita. As pinturas  de Rosa são narrativas que surgem do terreno entre a fantasia e o surrealismo. Os temas são o cotidiano e rotina, formando contos visuais com associações selvagens. É uma extensão do mundo criado pela artista no seu trabalho literário.

A artista

Escritora, roteirista e artista plástica, Rosa Liksom constituiu seu portfólio artístico trabalhando em bares, padarias, fábricas de peixe, brechós e saunas pela Europa, União Soviética, Mongólia, China e EUA. É autora de 16 livros, 17 peças de teatro, roteiros para cinema e artista plástica com 30 mostras individuais na Finlândia e Europa.

Seus livros foram traduzidos para 20 idiomas. Uma de suas publicações, ‘Os Paraísos do Caminho Vazio’, já foi traduzida para o português. Em 2011, recebeu o prêmio literário de maior prestígio no seu país com novela ‘Cabine Número 6’. A obra foi indicada ao Prêmio de literatura francesa ‘Prix Médicis étranger’. Em 2014, a obra dela foi destaque na Feira do Livro de Frankfurt.