Arquivo da tag: ihgsv

Em SV, vernissage de pintura, tapeçaria e objetos decorativos neste sábado

Por Prefeitura de São Vicente

Neste sábado (9/fev), às 16h, o Instituto Histórico e Geográfico de São Vicente (IHGSV, Rua Frei Gaspar, 280/Centro) oferece o Vernissage do artista plástico Paulo Bernardes. A exposição conta com quadros, tapetes e objetos de decoração, feitos sob a ótica artística do profissional. As obras estarão disponíveis, para visitação, até 28/fev, das 8h30 às 17h30, de segunda á sábado.

Os quadros, que enfeitarão a Galeria de Arte Cellula Mater, fazem parte de um lado da vida de Paulo Bernardes, professor aposentado, que viu na arte uma forma de expressão. O artista, que pinta há 20 anos desde criança, possuía inclinação para arte. Os desenhos e as cores sempre fizeram parte de sua vivência. Hoje, já sem espaço para armazenar tantas telas, enxergou na tapeçaria uma forma de continuar fazendo arte.

 

Com Tom Leal, O Frame realiza 4º Encontro de Fotógrafos no IHGSV

Foto Clube de São Vicente – O Frame

O Foto Clube de São Vicente – O Frame realiza o 4º Encontro de Fotógrafos no dia 16/fev (sábado), às 15h, no Instituto Histórico e Geográfico de São Vicente (R. Frei Gaspar, 280, Centro/S. Vicente). Com o tema ‘Fotografia de rua’, o evento gratuito e mediado por Tom Leal tem inscrições abertas pelo email: evento@fotoclubesaovicente.com.br.

Fundado em 2011, O Frame tem como objetivo a união dos amantes da arte da fotografia e o fomento e difusão do segmento cultural, artístico e fotográfico. Deste objetivo principal, decorre o desenvolvimento de atividades culturais e educativas como saídas fotográficas, workshops, projetos, exposições, concursos, produção artística e filmes.

 

IHGSV comemora 60 anos com teatro e solenidade nesta terça

Prefeitura de São Vicente

Homenageando personalidades de grande relevância à Instituição, o Instituto Histórico e Geográfico de São Vicente (IHGSV) comemora seus 60 anos com a peça ‘Pelas ruas do Brasil em 1822’, aberta ao público. As festividades começam às 20h, na sede do Instituto (Rua Frei Gaspar, 280/Centro) com uma solenidade formal de aniversário.

A montagem é do Grupo Independência, composto por atores vicentinos formados no Instituto Histórico, sob a coordenação e direção de Antônio Roberto Marchese, também diretor do IHGSV. “Mostraremos para o público uma peça bastante emocionante, significativa e tocante”, antecipou o presidente Paulo Eduardo Costa.

Fundado no dia 5 de fevereiro de 1959, pelo casal Francisco Martins dos Santos e Odete Veiga Martins dos Santos, o IHGSV visa ser um registrador oficial da história, contextualizando o tempo e o espaço. Esta missão, junto à de ser um desenvolvedor de técnicas e sistemas que possibilitem uma sociedade melhor, culminou em uma longa trajetória de seis décadas.

“Durante os anos, a Instituição vem funcionando a todo valor e hoje reúne um precioso acervo”, destaca Paulo Costa. Sediada na Casa do Barão, o Instituto conta com a instalação do Museu Histórico e Geral da Cidade, que reúne 126 mil peças diversas. Também há a Biblioteca Municipal, com mais de 36 mil volumes, alguns muitos raros.

A Galeria de Arte Cellula Mater traz importantes exposições para a região. Diversos memoriais, como o de Frei Gaspar da Madre de Deus, Santo Padre André de Soveral e tantos outros, são mantidos pelo Instituto. O IHGSV também oferece cursos de aperfeiçoamento em várias áreas. Além disso, na mesma área, há o Café do Barão, que se tornou uma atração com seus cafés gourmets, reunindo pessoas para encontros cotidianos, intelectuais, políticos e técnicos.

 

No IHGSV, Rafael Motta aborda sobre vida de Esmeraldo Tarquínio

Prefeitura de São Vicente

“Entendi o quão rica e profunda era essa figura popular e percebi que sua imagem estava se perdendo com o tempo”, conta Rafael Motta, que eternizou, em 2012, a vida de Tarquínio em 240 páginas. Com o objetivo de reviver e apresentar para mais pessoas a vida deste personagem único, o jornalista realiza uma roda de conversa a partir das 16h deste sábado (19), no Instituto Histórico e Geográfico de São Vicente (Rua Frei Gaspar, 280 – Centro).

Após um ano e dois meses de pesquisa, junto aos três meses de redação, Rafael afirma que Tarquínio era alguém que podíamos chamar de homem do povo. Negro, de origem pobre, Tarquínio nasceu em São Vicente, em 1927, e foi batizado na Igreja Matriz da Cidade. “Ele representou, como pessoa, o símbolo da batalha da população pelo direito de escolha, por mais liberdade política e de expressão”.

O bate-papo vai girar em torno de quem foi esse vicentino e qual foi sua trajetória política. “Falar da história dele é essencial para que as pessoas lembrem-se da importância da democracia, de participar das decisões”, intera Rafael. Após esse momento, se iniciará à tarde de autógrafos. Os interessados podem adquirir o livro por R$ 30,00.

IHGSV promove show nesse feriado de quarta-feira

Por Prefeitura de São Vicente

Para aproveitar o feriado com muita música, o Instituto Histórico e Geográfico de São Vicente (Rua Frei Gaspar, 280 – Centro) promove na noite desta quarta-feira (15) apresentação da cantora Cida Duarte, acompanhada da DJ Alê Flores. O espetáculo acontece no salão principal do Instituto, a partir das 19h.

O show leva o nome de “Divas entre nós”, com repertório de músicas interpretadas por grandes mulheres do cenário musical nacional e internacional. O evento é gratuito.

IHGSV recebe pela primeira vez o Bazar Cafofo em maio

Por Prefeitura de São Vicente

Com apoio das Secretarias de Cultura e de Turismo de São Vicente e do Instituto Histórico e Geográfico (IHGSV), São Vicente recebe pela primeira vez o Bazar Cafofo. O evento está marcado para o dia 13 de maio, das 13 às 20 horas, no IHGSV (Frei Gaspar, 280 – Centro, São Vicente.

Como trabalha com expositores rotativos, o Bazar Cafofo está selecionando expositores nos segmentos de artesanato, moda, design, arte, gastronomia, cosmética, entre outros. Para participar da seleção, é só enviar uma mensagem inbox na fanpage do evento http://www.facebook.com/bazarcafofo, ou pelo telefone 13-981618751.

Quem for ao local poderá encontrar roupas, acessórios e vários itens exclusivos e personalizados, além de se divertir com a Rádio Cafofo, que recebe personalidades se arriscando como DJs por um dia. Também conta com shows e apresentações artísticas em sua programação.

Bazar Cafofo

Idealizado e produzido pelo ator e produtor cultural Luiz Fernando Almeida, o Cafofo tem foco na economia criativa. O evento teve suas primeiras edições na cidade de Santos e já fez uma temporada de quatro meses em São Paulo entre dezembro de 2015 e março de 2016.

Em dois anos e meio, o Cafofo recebeu aproximadamente 2,6 mil expositores com uma média de 36 edições anuais. Atualmente o Bazar conta com três desdobramentos: o Bazar Cafofo, Bazar Cafofinho e a Larica – Feirinha Gastronômica.

Além das edições físicas, o Bazar possui a TV Cafofo, um canal no youtube, que tem como objetivo falar sobre empreendedorismo, economia criativa e cultura em geral de forma despretensiosa. A sua marca de produtos personalizados a Cafofo Store com uma loja online atrelada a fanpage do evento e presente em todos os eventos.

 

IGHSV e Federação de Quadrilhas Juninas promove festival em SV

Após o cancelamento por parte da Prefeitura por falta de verbas, o Instituto Histórico Geográfico (IHGSV) e Federação de Quadrilhas Juninas do Estado de São Paulo realizará o seu próprio festival de quadrilhas juninas. O evento será no jardim do instituto entre os dias 11 de junho e 10 de julho, aos sábados e domingos, das 15 às 22 horas, acompanhado de uma exposição com artigos de festividades juninas.

São Vicente é conhecida como a capital das quadrilhas juninas no litoral paulista. O custo da mostra cultural será do IHGSV, da federação e de empresários locais. O instituto não citou qual o valor do evento ao todo, mas o financiamenteo será apenas para montagem da estrutura.

Até o momento, 15 quadrilhas profissionais já confirmaram presença: uma da cidade de Queluz, uma de São José dos Campos, uma da capital, além de 12 grupos de São Vicente. A competição contará com jurados que avaliarão quesitos como fantasia, música, harmonia, dança e marcador.

A programação do arraial ainda deve contar com apresentação de grupos amadores de bairros, escolas, creches e instituições beneficentes. Ainda estão previstas barracas de quitutes da época, como cocadas, quentão, caldo verde, quentão e pipoca. Entidades e grupos que desejarem participar da festa podem se inscrever pelo telefone 3469-3520, de segunda-feira a sábado, em horário comercial.

*Informações de A Tribuna On-Line