Arquivo da tag: jardim costa e silva

Niver de Galpão Cultural inicia com A Bloco do Fim do Mundo; acesse a agenda

O apocalipse chegaria na virada do ano 2000, depois 2012, até profetizaram em 2018 e nada. A solução dos coletivos cênicos do Galpão Cultural? Criar ‘A Bloco do Fim do Mundo’, que em sua terceira edição será realizada na quarta-feira de cinzas (6/mar), com ou sem chuva. A ação está na programação de dois anos do Galpão.

O espaço no Parque Anilinas será o ponto de concentração das 12h às 14h. O aquecimento fica por conta dos Acadêmicos da Sopa de Letrinha, “a maior bateria de escola de samba formado por não-músicos regida pelo grande mestre e ex-músico Luiz Canarinho”, como descrevem os foliões. O cortejo segue da saída do parque até a praça em frente à UME Padre José de Anchieta (Jd. Costa e Silva).

Bem ali na praça Euclides Figueiredo, ocorre também o CarnaKids, em parceria com o lider comunitário do bairro, Guará. O bloco continuará com muito confete e serpentina, pipoca, algodão doce, refrigerante, pula-pula e discotecagem até o momento de um grande pagode. Cada um poderá levar a sua bebida e colaborar também com refrigerante. Por fim, o momento esperado do Caminhão Pipa ‘Ressuscita banho da Doroty II’.

Dois anos de Galpão

Comemorando o 2º aniversário, o Galpão Cultural contará com ampla programação gratuita em março. Além d’A Bloco do Fim do Mundo, haverá às quintas-feiras, 17h, o TQT com sarau (7/mar), sessão pirata ‘Filme Nacional’ (14/mar), ponto de encontro de artistas (21/mar) e Forró Pé de Lama (28/mar).

Às sextas-feiras, às 16h, aulas abertas de introdução ao italiano (de 8 a 29/mar). Às terças-feiras, às 14h, atividades de EcoTerça, com plantio de girassóis (12/mar), roda de reflexão sobre reciclagem (19/mar) e brincando de reciclar (26/mar).

A programação se diversifica aos sábados: Sarau das Minas (9/mar, 14h), oficina de origami Tsuru (16/mar, às 14h), CineTeatro ‘A última palavra é a penúltima’, com Teatro da Vertigem (23/mar) e Teatro no Parque ‘Eu, Migo e Meu Umbigo’, com a Cia Peronomucho (30/mar).

 

Banda do Jardim Casqueiro abre programação de Carnaval de Cubatão

Por Lincoln Spada

A Banda Carnavalesca Fala Tú que Eu Tô Cansado abre o calendário de festejos populares na Cidade. A concentração foi neste domingo (dia 19), na esquina das avenidas Brasil e Beira Mar, no Jardim Casqueiro. O trajeto foi pela via Beira Mar até a Avenida Martim Francisco, retornando pela Avenida Brasil até o ponto de início.

Durante o próximo feriado, também entram no clima o grupo Acadêmicos do Costa e Silva com direito a matinê no Jardim Costa e Silva (dia 25, às 14 horas), gritos de carnaval realizados pela Imperatriz do Samba na Ilha Caraguatá (dias 26 e 27, respectivamente às 16h e 18 horas), além do Bloco Cidade de Madeira, na Vila dos Pescadores (dia 26, às 13 horas).

Os eventos têm apoio da Prefeitura Municipal de Cubatão, sem custo aos cofres municipais, contando com articulação da Secretaria da Cultura, controle de tráfego realizado pela Companhia Municipal de Trânsito (CMT) e a segurança regular da Polícia Militar. Por sua vez, a Terracom patrocinou caminhões pipa e banheiros químicos para estas atividades.

 

Biblioteca Central de Cubatão deve ser reaberta em março

Prometida para meados do ano passado, a reforma da Biblioteca Municipal de Cubatão já passou de icnco meses, presa a detalhes técnico que não convenceram o Ministério Público (MP) a liberar o espaço para utilização pública. E o fechamento vem provocando críticas nas redes sociais.

“A Biblioteca permanece fechada num claro sina do descaso com a Cultura e com o povo. Até onde vão a incompetência e a ausência de compromisso e responsabilidade social de uma administração pública?”, questiona-se num comentário que circula no Facebook.

Para o jornal A Tribuna, o secretário municipal de cultura Welington Borges Ribeiro crê que o espaço deve ser reaberto no prazo de 30 dias. De acordo com ele, falta atender a requisitos para obtenção do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros: a cosntrução de um muro separando a biblioteca do espaço ocupado pelo Arquivo Histórico e a instalação de um novo forro no pédio. Os serviços devem ser concluídos em 15 dias.

A Prefeitura de Cubatão também informou que a biblioteca central foi contemplada com R$ 100 mil via Governo Estadual para aquisição de mobiliário. E, ao mesmo tempo, mantém outras três unidades na Cidade: no Jardim Casqueiro, na Vila Nova e no Jardim Costa e Silva.

*Jornal A Tribuna

Drama Sacro Paixão de Cristo é encenado sexta em Cubatão

A Encenação da Paixão de Cristo acontece nesta sexta-feira (3) em Cubatão, a partir das 20h. Será no Parque do Trabalhador (Centro Social Urbano), que fica na Rua Salgado Filho, 249, no Jardim Costa e Silva. A entrada é gratuita. Realizado pelo 46º ano, a peça ao ar livre reconta a vida, morte e ascensão de Jesus Cristo.

‘Jesus – Uma voz no deserto’ é o título que norteou as pesquisas da criação artística e roteirização promovidas pela atriz e diretora teatral Emanuella Alves, responsável pela direção geral. O roteiro aborda, através de expressão poética, a trajetória, glórias e conflitos de um dos maiores ícones da História.

O espetáculo será a céu aberto, tendo como justificativa o significado humano, histórico, simbólico, poético e religioso. E por estas características, tanto a encenação dos atores quanto a estrutura física priorizarão o aspecto natural do espaço, criando uma ilusão de deserto habitado pela incompreensão das pessoas, reforçando a humanidade dos personagens e a sua transformação diante dos conflitos apresentados.

A apresentação terá grande infraestrutura de ambientação, iluminação e som, onde as vozes dos atores foram gravadas em estúdio, assegurando uma maior compreensão do roteiro encenado. Também haverá banheiros químicos espalhados pelo espaço para maior conforto do público presente.

Incena Brasil

O espetáculo é produzido pela Associação Incena Brasil. Surgida em 2008 com o objetivo de realizar produções artísticas diversas na cidade de Cubatão, fomenta a cultura local e por cinco anos realiza a produção da Paixão de Cristo.

Em 2013, a entidade firmou parceria com as produções realizadas pela Paróquia Nossa Senhora da Lapa. Para 2015, além do Drama Sacro Paixão de Cristo, a entidade deverá ainda realizar outras produções em conjunto com a Paróquia da Lapa e grupos teatrais de Cubatão e região, como a Cia Carcarah Voador e a Cia Veritas de Teatro.

*Prefeitura de Cubatão