Arquivo da tag: jazz

Em SV, Espaço Amigos da Cultura abre turmas para modalidades artísticas

Por Lincoln Spada

São 14 cursos artísticos com inscrições abertas durante este mês de março oferecidos no Espaço Amigos da Cultura em São Vicente. Situado na Av. Capitão Luiz Horneaux de Moura, 507, Jardim Paraíso (São Vicente), o espaço nasceu da necessidade de contribuir para a cultura através de atividades formativas, encontros e reuniões que incentivem a produção local, mobilização social além de modelo que estimule a profissionalização do setor.

As turmas iniciarão em abril. Há inscrições para aulas individuais ou coletivas de canto e violão com Anderson Avelino, oficina de produção audiovisual de edição de foto e vídeo pelo ‘Projeto Seja um Youtuber’ aos sábados, das 10h às 13h e das 14h às 17h, além de curso de dança de salão às sextas-feiras, das 20h às 21h30.

Também interessados podem participar de curso prático e teórico de iluminação cênica e profissional, com Alessandro Cruz, às segundas-feiras, das 19h às 22h, curso de panificação e confeitaria do Projeto MasterCake, às terças-feiras, no mesmo horário, além de capoeira, passarela, teatro e outras atividades.

A escola de danças Ballet Ginna Giorgetti ministra ações formativas no espaço, com turmas de balé clássico, jazz, sapateado, dança contemporânea, acrobático, além de condicionamento físico para bailarinos. Inscrições para essas e outras atividades podem ser feitas diretamente no locla, de segunda a sexta-feira, das 14h às 22h. Informações pelo telefone WhatsApp: (13) 98807-2534, (13) 99727-8907 e pela página: fb.com/espacoamigosdacultura.

Didi Gomes e Theo Cancello se apresentam na Casa Fórum

Por Lincoln Spada

No Verão da Casa Fórum (R. Primeiro de Maio, 57, Santos), haverá música ao vivo de quarta-feira a domingo. Destaque para a apresentação desta sexta-feira, a partir das 18h30, com o show de Theo Cancello e Didi Gomes.

A noite será especial com muito jazz e MPB. De acordo com os organizadores, “Além disso, vale lembrar que aqui você também pode apreciar uma ótima cerveja artesanal, acompanhada de uma de nossas delícias do cardápio. A noite promete!”. Reserva das mesas pelo WhatsApp: (13) 99765-5690.

 

No Coliseu, Sinfônica de Santos celebrará os 473 anos da Cidade

Por Secult Santos

Neste sábado (26/jan), o Teatro Coliseu (Rua Amador Bueno, 237, Centro Histórico) recebe o tradicional Concerto de Aniversário da Cidade, realizado pela Orquestra Sinfônica Municipal de Santos (OSMS) em homenagem aos 473 anos do município.

Criada em 1994, a orquestra será conduzida pelo maestro Luís Gustavo Petri, em apresentação com início previsto às 20h30, e com participação de Mário Tirolli no piano. Os ingressos são gratuitos e serão distribuídos no dia, a partir das 14h, na bilheteria do teatro.

O programa da noite reúne as obras Rhapsody in Blue, uma peça que combina a música erudita com elementos de jazz, composta pelo americano George Gershwin, e a Sinfonia nº 9, conhecida como Sinfonia do Novo Mundo, do tcheco Antonín Dvorak, que teve debute em 1893, no Carnegie Hall, de Nova York, em comemoração ao aniversário da conquista do novo mundo.

 

Cinema ao vivo com aroma e sabor de café neste dia 25

Por Eduardo Ricci
.
Uma deliciosa mistura para promover experiências em torno do café, da comida, do cinema imersivo e da boa música. Assim é o Café Soul Blues, uma cine imersão sobre a memória afetiva na cultura do café a partir de seus aromas, sabores e da experiência do cinema ao vivo. A estreia acontecerá dia 25 de novembro, às 16h, no Museu do Café (Centro Histórico de Santos/SP), ingressos a R$ 35,00.
.
A história central se passa nos dias atuais, mas convida o espectador a reconstruir a memória de uma cantora que desapareceu em 1922, na tarde de inauguração do imponente prédio da Bolsa do Café. O público ajudará a descobrir o misterioso sumiço e a reconstruir a memória afetiva da cantora, durante um delicioso passeio pelo Museu do Café, onde serão servidos alimentos surpresas e harmonizados com diferentes tipos de café.
.
Haverá live cinema, instalações sensoriais, cine performance e realidade virtual. Tudo integrado com a paisagem sonora com Jazz, Soul e Blues ao vivo, com Alice Mesquita, Adinan Moraes, Johnny e Bruno Robalo. Realização da Ricci Filmes em parceria com o Museu do Café e apoio cultural da Vídeo Paradiso, Universidade Santa Cecília e Fórum da Cidadania de Santos.
.
Os interessados podem comprar o ingresso nos locais descritos abaixo ou fazer sua reserva com antecedência via transferência bancária. As inscrições terminam em 20 de novembro ou até completar as 40 vagas disponíveis. O valor é de R$35,00 e dará ao espectador o direito de participar das ações durante o filme ao vivo, a degustar dois cafés de sabores diferentes, um pedaço de bolo e um croissant. A pré-reserva pode ser pelo e-mail: cinericci@yahoo.com.br ou telefone: (13) 98230-4599, falar com Eduardo Ricci.
.
Locais de venda do ingresso:
Museu do Café (Rua XV de Novembro, 95 – Centro Histórico, Santos/SP – Tel.: 3213-1750)
Estação da Cidadania (Avenida Ana Costa, 340 – Campo Grande, Santos/SP – Tel.: 3221-2034)

Vinícius Calderoni, Nico Rezende e mais no Sesc Santos nesta semana. Confira programação

Por Corina de Assis e Felipe Veiga
.
Confira a programação do Sesc Santos (Rua Conselheiro Ribas, 136/Santos) entre os dias 7 e 12 de novembro.
.
Oficina de criação da ‘Trilogia das Placas Tectônicas’ 
.
O dramaturgo e diretor Vinicius Calderoni conversa com o público sobre Criação do texto, da encenação e dos códigos de atuação dos espetáculos que compõem a trilogia, com presença de dois atores de Chorume para ilustrar ideias e materializar possibilidades de encenação.  Sala 32  (Foto: Pedro Bonacina). Grátis. 11/11. Sábado, das 11h às 17h.
.
Nico Rezende canta Chet Baker
.
Chet revolucionou o mundo do Jazz com sua voz suave e seus improvisos melódicos, influenciando gerações de músicos e estilos como a própria Bossa Nova.  Esse é um show-tributo que homenageia os 30 anos sem o artista e tem como característica marcante o formato pop das canções, com melodias e solos num formato até hoje atual. Nico Rezende – piano e vocal; Guilherme Dias Gomes – trompete; Fernando Clark – Guitarra; Sergio Barrozo – contrabaixo acústico e André Tandeta – bateria, interpretam neste show, clássicos do cultuado intérprete, trompetista e precursor do Cool Jazz ,Chet Baker, como “Time After Time”; “MyFunnyValentine”, “There Will Never Be AnotherYou”, entre outros.  Teatro. Grátis. 11/11. Sábado, às 20h.
.
Núcleo Caboclinhas encena ‘Cora, doce poesia’
.
Conta um pouco da vida e da obra de Ana Lins dos Guimarães Peixoto Bretas, mais conhecida como Cora Coralina, “poetisa por dom, doceira por profissão”. A trajetória de Aninha vai sendo desenhada desde sua infância até sua vida adulta, em cenas que permeiam o lúdico, o real e o fantástico.
.
As atrizes se revezam nas várias Anas, como ela mesmo se denominava, num jogo cênico dinâmico, poético, musical e sempre delineado pelas canções que ambientam os lugares por onde Cora passou.
.
As músicas foram compostas originalmente para o espetáculo e são executadas ao vivo pelas próprias atrizes. Assim como o cenário, a simplicidade dos objetos de cena nos remontam à velha casa simples da ponte, morada de Cora até seus últimos dias de vida. O espetáculo é ainda inédito, e fará parte do encerramento da mostra. Cora foi a poetisa escolhida pelo grupo para marcar uma década de existência, assim como o grupo, Cora tem em sua biografia grande dedicação e amor pela literatura e pelo povo brasileiro. Teatro. Livre. R$ 17,00 (inteira) R$ 8,50 (meia) R$ 5,00 (credencial plena). 12/11. Domingo, às 17h30.
.
Contação De Histórias: Entre na imagem! 
.
Passeando pela floresta, navegando pelo oceano ou viajando pelas estrelas, inúmeros seres podem se revelar! A partir de imagens projetadas, as crianças farão composições com seus corpos e criarão narrativas coletivas. Com Bruna Paiva , educadora do Espaço de Brincar. Para crianças de 3 a 6 anos acompanhadas de seus responsáveis.   Sala 1. Livre. Grátis. 12/11. Domingo, às 11h.

Quatro companhias de dança se apresentam no Teatro Braz Cubas

Por Secult Santos
.
A adaptação da Academia de Dança Ludmila Freitas do balé ‘Coppélia’ narra a história de uma camponesa que fica enciumada com a presença de uma menina nova na vila. Ela e suas amigas entram na casa da rival e descobrem vários brinquedos. Mas percebem mesmo que a menina na verdade é uma boneca.
.
O espetáculo apresenta coreografias de balé clássico, jazz, sapateado americano, sapateado irlandês, contemporâneo e dança flamenca. As sessões serão nesta sexta-feira (3/nov), às 18h30 e 21h, no Teatro Braz Cubas (Av. Pinheiro Machado, 48/Santos). Ingressos de R$ 25 a R$ 50.
.
Por sua vez, o espetáculo ‘Estúdio Alessandro Cardoso e Convidados’ comemora os 20 anos do Estúdio de Dança Alessandro Cardoso. Um dos convidados a se apresentar será o apresentador, cantor e dançarino Yudi Tamashiro. A sessão será quarta-feira (1º/nov), às 20h, também no Teatro Braz Cubas. Ingressos a R$ 40.
.
Já o Studio Osíris de Dança apresenta o espetáculo ‘O Mundo Fantástico da Disney’, inspirado nos personagens criados pela companhia de animação norte-americana. A sessão será neste sábado (4/nov), às 20h30, no Teatro Braz Cubas, com entradas entre R$ 30 e R$ 60.
.
Ainda, no mesmo local, acontece o espetáculo ‘Rodas na Areia’, do Studio Las Cia de Dança, que traz bailarinos em cadeira de rodas e dança esportiva. Será neste domingo (5/nov), às 19 horas, com ingressos a R$ 15.

‘Monk em Movimento – Uma perspectiva’ entra em cartaz no Sesc Santos

Por Agregarte Produções | Foto: José Luiz Borges

Um dos maiores gênios da música do século XX, Thelonious Sphere Monk (1917-1982) é uma figura mítica do Jazz. Pianista e compositor, Monk é conhecido por seu estilo singular, técnica pianística pouco ortodoxa, mas, principalmente pelas concepções composicionais e interpretativas.

O certo é que Monk produziu composições que ficaram para sempre inscritas na memória do mundo do Jazz, como: Round Midnight, Bemsha Swing, We See e Monk’s Dream entre outras. A música de Monk joga a todo momento com os elementos da composição, flertando com o ritmo, a harmonia e a melodia, acelerando, atrasando notas e inserindo pausas, recuperando a melodia para novamente reformular, recriando sem contudo desvirtuar do contexto.

O guitarrista e compositor santista Alexandre Birkett toca a música de um dos maiores compositores do Jazz, o genial Thelonious Monk em ‘Monk em Movimento – Uma perspectiva’. O evento será no próximo dia 2, às 20 horas, com entrada franca, na Comedoria do Sesc Santos (Rua Conselheiro Ribas, 136/Santos). Junto à Birkett desta vez, estão seus parceiros de longa data, Rich Nichols (trompete e flugelhorn), Luiz Monteiro Jr.(sax alto e soprano), Ricardo Bocate (contrabaixo acústico) e Plinio Romero (bateria).

Inspirado não só pela força e originalidade de Thelonious Monk, mas também pelo espírito de dança e celebração que habita sua música, Alexandre Birkett Quinteto vão além do repertório e do universo Monkiano, adicionando elementos das músicas brasileira e latina nas releituras.

É notório que Monk nunca usou guitarristas nas suas apresentações e nos discos (exceto algumas Jam-Sessions com Charlie Christian) e suas composições podem ser chamadas de tudo, menos de guitarrísticas, e esse sem sombra de dúvida foi o maior desafio. Enquanto a música de Monk coloca ênfase nas angularidades e idiossincrasias peculiares ao seu estilo pianístico, a guitarra traz à luz, o lado mais melodioso e lírico de Monk.