Arquivo da tag: jota muniz

Homenagens marcam entrega do Prêmio Estandarte Santista 2019

Por Prefeitura de Santos | Foto: G1 Santos

A cerimônia de premiação da 6a edição do Estandarte Santista, realizada no palco do Teatro Municipal Braz Cubas, na noite da última terça-feira (12), teve muita emoção e samba no pé. A celebração foi marcada pelo ritmo dos sambistas da Cidade e pelas homenagens a seis personalidades que fizeram história no mundo samba.

Organizado graças à parceria entre o portal de notícias G1, Liga Independente Cultural das Escolas de Samba de Santos (Licess) e Secretaria Municipal de Cultura (Secult), o Estandarte é uma votação popular na qual o público escolhe bandas carnavalescas e escolas de samba preferidas, em dez quesitos. Segundo dados do G1, mais de 252 mil votos foram computados, em mais de um mês de votação.

A Botafogo foi escolhida como a Banda Mais Querida da Cidade, com mais de 36% dos votos, seguida das bandas Bebo Mas Não Travo (15,34%) e Jaú (14,66%). Já entre as escolas de samba, a União Imperial foi a agremiação mais premiada, com três troféus, inclusive de Melhor Desfile. Coube também à verde e rosa do Marapé, bicampeã do Carnaval santista, fazer o show de encerramento da festa.

Os homenageados da noite foram Mestre Bará, J. Muniz Jr., Zinho, Michelle Mibow, Aldinho e o Rei Momo 2019, Serginho Cipó, falecido na última quinta-feira (7), vítima de uma parada cardiorrespiratória. Ainda sob forte emoção, a viúva Maria de Lourdes Vicente da Graça agradeceu a homenagem: “Ele deve estar feliz em ver o carinho que todos vocês têm por ele”.

Resultado da votação do prêmio Estandarte Santista 2019

> Banda Mais Querida da Cidade: 1. Botafogo (36,29%); 2. Bebo Mas Não Travo (15,34%); 3. Jaú (14,66%)
> Grupo 1 – Melhor Escola: 1. Bandeirantes do Saboó (40,47%); 2. Imperatriz Alvinegra (36,05%); 3. Dragões do Castelo (7,87%)
> Grupo de Acesso – Melhor Escola: 1. Mãos Entrelaçadas (36,73%); 2. Padre Paulo (33,93%); 3. Brasil (16,12%)
> Grupo Especial – Alegoria, Melhor Desfile e Destaque: União Imperial | Baianas: Real Mocidade | Bateria: Unidos dos Morros | Comissão de Frente: Vila Mathias | Melhor Intérprete: Ricardo Reis, o Jacaré (Mocidade Amazonense) | Mestre-Sala e Porta-Bandeira: Daniel Vitro e Andress Simpatia (Dependente do Samba) | Rainha de Bateria: Janaína Paiva (Mocidade Amazonense) | Samba-Enredo: X-9