Arquivo da tag: juliana sousa

Cubatão terá sessão única da 48ª Encenação da Paixão de Cristo

Por Lincoln Spada | Foto: Márcio Barreto

“Nos palcos, buscamos um Jesus que antes de renascer, enquanto em sua dimensão humana, assuma a tarefa difícil de defender o pleno amor em um mundo tão cruel e de tantas vaidades”, destaca o ator Gabriel Muglia, que interpretará o principal nome da cultura ocidental nesta sexta-feira (dia 14), às 20 horas, na 48ª encenação anual da tradicional Paixão de Cristo. Milhares de pessoas são esperadas na sessão única e gratuita no CSU – Parque do Trabalhador (Rua Salgado Filho, 249, Jardim Costa e Silva). A entrada é pela Rua Cidade de Pinhal.

“Em seu deserto interior, sua solitude, Jesus reafirma a todo momento o Mandamento do Amor. E na Encenação, essa experiência se dá no processo de encontro que ele tem junto aos diferentes núcleos, pautando uma reflexão sobre as diferenças sociais no mundo, e de como acessar o sagrado que habita em nós, encorajando-nos ao amor, ao respeito e à honra”, diz o protagonista, já reconhecido pela Cidade, principalmente pelas crianças. É que atualmente ele faz o papel do professor teatral Tom nas telinhas do horário nobre, em ‘Carinha de Anjo’, na SBT.

No CSU – Parque do Trabalhador, Gabriel dividirá a cena com outros artistas e mais de uma centena de membros da comunidade. De crianças a idosos, de mecânicos a aposentadas, de cozinheiros a estudantes. Para a realização da encenação cristã mais antiga da Baixada Santista, foram dois meses de ensaios e atividades formativas no parque e, aos fins de semana, nas UMEs José de Anchieta e Dilce Ferreira Campos. Enquanto Juliana Sousa assina a direção geral e Emanuella Alves assume a direção cênico-artística, uma equipe de seis arte-educadores sensibilizavam todo o elenco com oficinas formativas.

“Todas essas pessoas passaram os dias vivenciando as artes cênicas com ênfase em consciência e expressão corporal, autoconhecimento, percepção de si no espaço, compreensão de diferentes tempos e tônus em movimentações”, comenta a coordenadora pedagógica da 48ª Encenação da Paixão de Cristo, Barbara Muglia. “A grande potência deste projeto é oferecer aos participantes um despertar para as artes cênicas e reconhecer que todos que estarão naquela arena e nos bastidores são essenciais para contarmos a história de alguém que, independente da fé de cada um, inspira pessoas de todo o mundo”.

Uma das participantes do evento é Solange Pereira, que estará com sua neta se apresentando para o grande público. “Estou realizando um sonho. Sempre quis viver isso, fazer teatro. E fazer junto com a minha neta, com todos vocês, torna tudo ainda mais especial. Nunca esquecerei essa oportunidade”.

A realização do espetáculo é da Associação Incena Brasil, da Criar & Inovar Consultorias e Produções e do Governo Federal via Ministério da Cultura, tendo patrocínio da Ecovias e Elog Logística através da Lei de Incentivo à Cultura, com apoio institucional da Prefeitura Municipal de Cubatão por meio da Secretaria de Cultura.

 

De Arrabal, ‘A Oração’ da Cia Los Puercos em cartaz na OC Oswald de Andrade

Por Luiz Campos

A Cia Los Puercos entra em temporada com o espetáculo ‘A Oração’, de Fernando Arrabal. As sessões são gratuitas e ocorrerão de 16/jan até 14/fev, às 20 horas, na Oficina Cultural Oswald de Andrade (R. Bom Retiro, 363, Bom Retiro, São Paulo). No dia 11/mar, o espetáculo estará em cartaz no Teatro Municipal de Araxá (MG).

Em seu novo projeto, a Cia. Los Puercos, mergulha novamente no universo absurdo, apenas na dramaturgia, de Fernando Arrabal. Tendo já trabalhado fragmentos do texto Fando&Lis no espetáculo As mulheres do guarda-chuva perdidas numa noite suja (2015), aprofundam-se nas pesquisas dessa mesma linhagem agora dando a vez com o texto ‘A Oração’ (Oraison), que por sua vez foi escrito em 1957 e montada em teatros do mundo inteiro.

A escolha deu-se pelo período atual conturbado que enfrentamos, visto a atemporalidade do texto que muito nos remete as decisões políticas baseadas na religiosidade em um Estado laico, e pelo nosso ofício que nos permite usar a arte como instrumento de luta e resistência. Arrabal critica minuciosamente e com uma genialidade inefável tornando assim impossível passar despercebido por um texto que escancara tanto nossas questões sociais.

No enredo, o descobrimento da Bíblia, até então desconhecidos para as personagens de Arrabal em A Oração, fazem com que trilhem caminhos sinuosos onde a salvação de todos os pecados é também o maior obstáculo. Em contrapartida ao livro sagrado, suas questões esbarram no recente passado e no miserável presente. O livro é a esperança e a contradição, pois percebem que nada do que viveram foi digno perante as leis cristãs. Um diálogo que envolve os princípios humanos e suas falhas, mas acima de tudo o obstáculo que somos em nosso próprio caminho.

“Arrabal apoiou desde o início a apresentação do seu espetáculo pela Cia. Los Puercos. Nos dando não só os direitos de montagem no Brasil deste espetáculo, mas também, divulgando em suas redes sociais todo material deste espetáculo. Já Sérgio Mamberti colabora com espetáculo emprestando sua voz e o Gregório Duvivier cede uma de suas crônicas para colocarmos no espetáculo”, comenta o diretor Luiz Campos.

Ficha Técnica
Texto: Fernando Arrabal
Crônica: Gregório Duvivier
Direção: Luiz Campos
Voz (em off): Sérgio Mamberti
Elenco: Giovanna Marcomini – Fidio; Nathalia Nigro – Lilbe
Corpo entrada: Gustavo Garcia
Cenário e figurino: Eluane Fagundes
Maquiagem: Tatiana Rangel
Iluminação: Juliana Sousa
Sonoplastia: Luiz Campos
Fotografia: Iara Marcek
Produção: Cia. Los Puercos

Inscrições para Oficina de Teatro Musical em Cubatão até dia 3

Por Juliana Sousa

Neste mês em Cubatão, será realizado o projeto ‘Oficina de Teatro Musical’, oferecido pela 3S Projetos (Campinas) por meio do ProAC, da Secretaria de Estado da Cultura do Governo Estadual. A Prefeitura de Cubatão por meio da Secretaria da Cultura também apoia a iniciativa gratuita.

O projeto promoverá aos participantes a imersão no universo do teatro musical por meio das dinâmicas experimentadas em aulas de canto, dança e teatro propostas pelos arte edudacores. Essas dinâmicas conduzirão os participantes a uma apresentação final, inspirada em trechos de grandes musicais da Broadway tais como : Grease, Rei Leão, Mudança de Hábito, Mamma Mia entre outros.

A oficina acontecerá no dia 4 de novembro (sexta-feira) no Centro Multimídia do Parque Anilinas. Dividida em duas turmas: das 8h30 às 12h, e das 13h30 às 17h; com 30 vagas cada turma. As aulas acontecerão nas salas 2, 5 e 11 do prédio instalado no Parque Anilinas.

As inscrições estão abertas na Secretaria de Cultura até o dia 03 de novembro, sempre das 09 às 12h e das 13h às 17h. Anexo segue arte para divulgação e ficha de inscrição que poderá ser preenchida e devolvida ao email cultura@cubatao.sp.gov.br. Maiores informações no fone 3362 0851.

 

Última semana da temporada de ‘Tentativa Zucco’ em Cubatão

Por Uzina Utópica | Fotos de Jade Oliveira

A peça ‘Tentativa Zucco’ encerra sua primeira temporada neste final de semana, com sessões no sábado (21h) e domingo (20h). Já que a peça é itinerante, aconselha-se o uso de sapatos confortáveis. Caso chova o espetáculo será cancelado. A entrada é 1Kg de alimento não-perecível. Limite de público: 50 pessoas por apresentação (as senhas são entregues 1h antes de cada sessão).

A peça “Tentativa Zucco” coloca em evidência um serial killer, personagem ambíguo, que a partir da morte dos pais, descarrilha, tomando um rumo que coloca em xeque todo o labirinto de estranheza que envolve as relações sociais, afetando os códigos da convivência urbana.

A trajetória do assassino em série desloca o espectador e o faz ver não somente o funcionamento do criminoso, mas a fisionomia fantasmagórica da sociedade que o produziu. Sobre a relação entre indivíduo e sociedade, violência, solidão e marginalidade. Inspirada na obra “Roberto Zucco” de Bernard Marie Koltès.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Dramaturgia: Paulo de Tarso. Direção: Douglas Lima. Atores da U[z]ina: Lucas Pereira: Roberto Zucco; Julia Alves: Menina; Letícia Cascardi: Irmã; Luana Albeniz: Senhora Elegante; Mayara Andrade: Prostituta. Sonoplastia: Vinicius Almeida; Trilha sonora: Sander Newton; Iluminação: Sabrina Mts e Patrick Goes.

Atores convidados: Natanael Gomes Alencar: Senhor, Pai do Zucco e Delegado; Myller Oliveira De Souza Souza: Inspetor e Comissário; Vanessa Souza: Madame; Juliana Sousa: Mãe do Zucco; Rafael Almeida: Primeiro Guarda, Policial e Cara 1; Rodrigo Alves: Segundo Guarda, Policia e Cara 2; Fabio Faustino: Menino; Udson Santos: Fortão e Cafetão; Vinicius Ziani: Irmão.