Arquivo da tag: lasar segall

Agenda cultural: Confira o que rola neste feriado em Santos

Ganhador do Oscar de ‘Melhor Filme Estrangeiro’ em 2015, o drama polonês ‘Ida’ se passa no ano de 1962 e retrata a história de Anna, uma órfã criada por freiras e que está pronta para jurar seus votos e tornar-se uma delas.

Por insistência da Madre Superiora do convento, ela visita a tia, sua única parente viva, e descobre que seu nome real é Ida, que sua família era judia e que foi capturada e morta por nazistas. Após essas revelações, as duas resolvem partir para uma jornada de autoconhecimento.

O longa-metragem é dirigido Pawel Pawlikowski e traz no elenco atores como Agata Kulesza, Agata Trzebuchowska e Halina Skoczynska. Em cartaz até quarta-feira (14). Sessões às 16h, 18h30 e 21h. Cine Arte Posto 4. Orla do Gonzaga, próximo ao Canal 3. Ingressos: R$ 3,00. Classificação: 16 anos. Realização: Secretaria Municipal de Cultura (Secult).

Cine ZN

Com os comediantes Fábio Porchat e Miá Mello como protagonistas, o longa-metragem brasileiro ‘Meu Passado Me Condena 2’ mostra a crise de um casal que enfrenta a rotina na vida conjugal. Após Fábio esquecer o aniversário de três de casamentos, Miá resolve pedir um tempo. Um funeral em Portugal surge como uma possível maneira de salvar o casamento.

Sábado (10) e domingo (11). Sessões às 15h e 17h. Cine ZN – Sala Toninho Dantas. Av. Afonso Schmidt, s/nº, Areia Branca, no 2º piso do Centro Cultural da Zona Noroeste (Bloco B). Gratuito. Não será permitida a entrada após 15 minutos do início de cada sessão. Classificação: 12 anos. Apoio: Vídeo Paradiso. Realização: Secretaria Municipal de Cultura (Secult).

Cinemateca

Continua a ‘Retrospectiva Carlos Manga’, com sessões em homenagem ao diretor brasileiro falecido no último dia 17 de setembro, aos 87 anos. Dessa vez será exibido o filme ‘Nem Sansão Nem Dalila’, de 1954. A comédia, paródia do longa-metragem ‘Sansão e Dalila’ (1949), traz a história do barbeiro Horácio. Após um acidente, ele viaja no tempo e acaba no reino de Gaza, no século IV antes de Cristo.

Horácio conhece Sansão, um poderoso homem que detém todas as forças na peruca, e troca a fonte de poder do líder de Gaza por um isqueiro. Traz no elenco Oscarito, Fada Santoro, Cyll Farney e Eliana Macedo, entre outros. Sábado (10). 20h. Cinemateca de Santos. Rua Ministro Xavier Toledo, 42, Campo Grande. Gratuito. Classificação: 14 anos. Mais informações pelo telefone 3251-1613.

Lasar Segall

Vinte gravuras ilustram a ‘Mostra Lasar Segall – Navio de Imigrantes’. Elas foram especialmente reimpressas para a exposição itinerante que tem como tema a ‘emigração’. As viagens do artista modernista pelo mundo serviram como inspiração na produção das obras, que ficam expostas até o dia 8 de novembro.

Galeria de Arte Patrícia Galvão. Avenida Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias – 3º Piso. Terça a sexta-feira, das 10h às 20h. Sábados, das 13h às 18h. Entrada franca. Realização: Secretaria Municipal de Cultura (Secult).

Pinacoteca

Comemorando os 162 anos do pintor, o local traz a exposição ‘Benedicto Calixto: O artista e o processo’. Em cartaz até o próximo dia 29. De terça a domingo, das 9h às 18h. Pinacoteca Benedicto Calixto. Avenida Bartolomeu de Gusmão, 15, Boqueirão. Gratuito.

Monumentos em miniaturas

Exaltar o valor histórico e a beleza dos monumentos da Cidade, este é o objetivo da exposição ‘Releitura do Patrimônio Cultural de Santos’, de Laércio Alves. Entre as peças expostas estão o ‘Monumento a Brás Cubas’, de Lorenzo Mazza; ‘Monumento 100 anos da Imigração Japonesa’, de Tomie Ohtake; ‘Pescador’, de Ricardo Cipicchia; ‘Surfista’, de Daniel Gonzalez; e a estátua em homenagem a Osmar Gonçalves.  Casa do Trem Bélico. Rua Tiro Onze, 11, Centro Histórico. De terça-feira a domingo, das 11h às 17h, até o próximo dia 18. Entrada franca.

Leia Santos

O ‘Leia Santos – Um incentivo à Leitura’ participa das atividades do evento ‘Gonzagalegria’. O projeto, realizado pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult), promove várias atividades literárias com o objetivo de estimular o gosto pela leitura. Entre as ações, destaque para os programas ‘Adote um Livro’ e ‘Adote um Gibi’, além de um espaço para a criação artística do público infantil. Sábado (10). 14h. Av. Ana Costa, sentido Centro-praia, entre as Praças da Bandeira e da Independência. Gratuito.

Chorinho no Aquário

Apresentação dos Meninos Chorões, da Escola de Choro ‘Luizinho 7 cordas’. Sábado (10). 18h. Praça Luiz La Scala, na Ponta da Praia. Gratuito. Realização: Secretaria Municipal de Cultura (Secult). Apoio cultural: Transbrasa e Fundação Marlim Azul (Fundamar). Em caso de chuva, o evento é cancelado.

Baile na Praia

A Jazz Big Band toca ritmos dançantes em mais uma edição do Baile na Praia. Domingo (11). 18h às 22h. Fonte do Sapo, na orla do Aparecida. Gratuito. Em caso de chuva, o evento é cancelado. Realização: Secretaria Municipal de Cultura (Secult).

*Prefeitura de Santos

 

Cadeia Velha de Santos deverá ser Museu da Baixada Santista

A Cadeia Velha de Santos deverá ser reaberta como Museu da Baixada Santista no último trimestre de 2015. A novidade foi confirmada por três pessoas que participaram do Sistema Estadual de Museus de São Paulo. O anúncio foi ventilado em uma reunião em setembro do conselho. “Está fechado que lá será um espaço para contar a história do litoral paulista”, comemorou um dos membros, que garante que a ideia partiu do próprio secretário estadual da Cultura, o museólogo Marcelo Araújo.

Por três vezes o prédio centenário foi sugerido para sediar um acervo permanente. Em 1967, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional desejava que lá se tornasse o Museu Histórico e Pedagógico dos Andradas. A Cadeia como o Museu Santista foi discutida até 1984, quando passou a ser gerida pelo Governo Estadual.

> Conheça o histórico da Cadeia Velha

foto_jaqueJá em 2013, o próprio secretário estadual sugeriu que lá se tornasse no Museu da História de Santos. Marcelo Araújo é especialista na área de preservação do patrimônio histórico. Antes de assumir a pasta, foi diretor do Museu Lasar Segall entre 1997 e 2001, e diretor da Pinacoteca do Estado de São Paulo entre 2002 e 2012.

A Cadeia Velha ainda continua sendo gerida pelo Governo de São Paulo até sua reabertura, quando terá uma gestão compartilhada com a Prefeitura de Santos. Assim, enquanto o primeiro promoverá atividades artísticas no local, funcionários municipais farão serviços de manutenção e limpeza.

De acordo com a Secretaria do Estado, “o uso do local está sendo definido pela Secretaria da Cultura em conjunto com a Prefeitura de Santos”. Já a secretaria municipal afirma que: “a obra na Cadeia Velha é executada pela Secretaria de Estado da Cultura. O imóvel pertence àquela secretaria, que pode lhe informar sobre a destinação que será dada”.

Mesmo assim, havia uma vontade de mobilizar um debate com a classe artística sobre o projeto de uso em 2015, conforme entrevista com o secretário municipal da pasta Raul Christiano para o jornal A Tribuna no ano passado.

???????????????????????

Multiuso

Erguida entre 1838 e 1868, a Cadeia Velha de Santos já foi Câmara Municipal, presídio, fórum, Tribunal da Justiça, hospital e até quartel-general até ser desativada em nível municipal em 1958. Durante esse período, ela foi tombada em nível federal, estadual e municipal e foi reaberta em 1984 como delegacia regional de cultura. Até seu fechamento em dezembro de 2011, era a sede das Oficinas Culturais Pagu, hoje instalada numa casa em Campo Grande.

Restauração

O Governo Estadual investiu em março desse ano uma verba de R$ 7,5 milhões para obras de restauro realizadas pelas empresas Erbauen e Gepas. Com mais de 2 mil m² de área construída, o prédio terá: salas de produção de áudio e vídeo, auditório, memorial, recepção, administração, salão de exposições e banheiros.

As fachadas, esquadrias e pinturas ornamentais serão totalmente restauradas. O projeto inclui a adaptação de todas as áreas para receber pessoas com deficiência e a implantação de um elevador para acesso ao pavimento superior. A previsão é que o local seja reaberto no último trimestre de 2015.

*Fotos: Divulgação