Arquivo da tag: litoral

Confira programação de shows do Litoral Festival de São Vicente

Por Lincoln Spada

São Vicente recebe até janeiro a nova edição do Litoral Festival, na Praia do Itararé, com shows a partir das 19h. No próximo sábado (22/dez), haverá shows de Anitta e Gustavo Mioto. No calendário, também estão previstos shows de: Jorge e Matheus (27/dez), Ferrugem e Dilsinho (28/dez), Marília Mendonça (5/jan), Alok (12/jan) e Wesley Safadão e atração surpresa (25/jan).

O evento é uma realização do grupo Eventos Litoral com apoio da Prefeitura, Brisamar Shopping e Fortec, tendo a Skol como cerveja oficial. Os ingressos variam nos valores de R$ 30 (pista), R$ 60 (pista premium), R$ 90 (camarote gold). Também há valores de lotes promocionais para todos os dias do evento.

As entradas podem ser adquiridas no site Guichê Web (https://www.guicheweb.com.br/ingressos/8909) e em São Vicente, na bilheteria do local, na Loja Restrito (R. João Ramalho, 630), no Brisamar Shopping (R. Frei Gaspar, 365) na loja Zebra e no quiosque local, na Della Centro SV (R. Frei Gaspar, 531).

Também há ingressos nas lojas Della de Santos, nos bairros da Ponta da Praia (R. Bassim Nagib Trabulsi, 64), do Gonzaga (Av. Ana Costa, 549) e da Vila Belmiro (Av. Carvalho de Mendonça, 289), além da loja de Cubatão (Av. 9 de Abril, 2484). A Proplastik tem entradas à venda nas lojas de Guarujá (Av. Tiago Ferreira, 286) e de Praia Grande (Av. Pres. Kennedy, 7137). Por fim, as entradas também podem ser compradas nas lojas Hood Multimarcas (Shopping Miramar/Santos) e Nosso Canto Bar & Grill (Av. Almirante Tamandaré, 284).

‘Cultura em Crise’ é o tema do 4º Motim Teatral; acesse a programação na íntegra

Por Movimento Teatral

Com o tema ‘Cultura em Crise’, o 4º Motim Teatral reúne 14 coletivos cênicos para apresentações gratuitas no Centro de Santos. Mostra regional do FESTA 58 – Festival Santista de Teatro, a maratona de apresentações acontece inteiramente nesta sexta-feira (dia 23) com 13 horas ininterruptas de grupos artísticos.

Neste ano, trata-se de um ato pela liberdade de expressão dos artistas de rua em Santos; contra o corte orçamentário das Oficinas Culturais do Estado no interior e litoral paulista; e pró-Centro Cultural Cadeia Velha.

O termo ‘motim’ é uma insurreição de grupos contra o autoritarismo, caracterizado por atos de desobediência artística e civil que se opõem a autoridades ou o capitalismo, sendo frequentemente acompanhado de tumulto artístico, vandalismo estético e intervenções de violência poética.

O 4º Motim Teatral é uma realização do Movimento Teatral da Baixada Santista com apoio da Prefeitura Municipal de Santos por meio da emenda parlamentar do vereador Professor Igor Melo. Confira a programação:

>> 13h30 | Praça dos Andradas | ‘Festa das Flores’
Cia Incomodados de Teatro e Música | Roteiro e direção musical: Elias Tomais | Elenco: Ariadne Moreno, Elias Tomais, Juliana Lima, Juliana Sanz.
>> 14h | Praça dos Andradas | ‘É Doce ou Salgado?’
Coletivo Sanatório Geral | Texto: Betinho Neto | Direção: Miriam Vieira e Betinho Neto | Elenco: Sandy Andrade ,Liliane São Paulo, Amanda Franco e Betinho Neto.
>> 15h | Praça dos Andradas | ‘Furdunço no Casamento de Marieta’
Cia Animalenda | Direção: Danilo Cavalcanti | Elenco: Kely de Castro e Vinícius Camargo.
>> 16h | Praça dos Andradas | ‘Blitz – O Império que nunca dorme’
Trupe Olho da Rua | Texto e Direção: Caio Martinez Pacheco | Elenco: Bruna Telly, Caio Martinez Pacheco, Fabio Piovan, João Paulo Pires, João Luiz Pereira Junior, Raquel Rollo, Sander Newton, Wendell Medeiros.
>> 17h30 | Praça dos Andradas | ‘De Repente Thiago’
Esquadrilha Marginalia de Teatro de Rua | Dramaturgia coletiva | Direção: Sander Newton. | Elenco: Luiz Guilherme, Lucas Pereira e Michel do Carmo.
>> 18h | Vila do Teatro | ‘Nó Cego’
Teatro Genoma | Direção: Rodrigo Marcondes | Com Juliana Vicma.
>> 19h | Praça dos Andradas | ‘Tentativa Zucco’
Usina Utópica | Texto: Paulo de Tarso | Encenação: Douglas Lima | Elenco: Lucas Pereira, Julia Alves, Letícia Cascardi, Luana Albeniz, Mayara Andrade | Convidados: Natanael Gomes, Myller Oliveira, Vanessa Souza, Juliana Souza, Rafael Almeida, Rodrigo Alves, Patrick Gois, Udson Santos, Vinicius Ziani.
>> 20h | Vila do Teatro | ‘A Lenda dos Jovens Detentos’
Cia Muninja | Texto: Leo Lama | Direção: Diego Andrade | Elenco: Bruno Galdino e Letícia Tavares.
>> 21h | Praça dos Andradas | ‘Liberdade Prisioneira’
Cia Carcarah Voador | Texto: Cícero Gilmar Lopes | Direção: Vidah Santos | Elenco: Juan Pablo Garcia e Cícera Carmo.
>> 21h | Vila do Teatro | ‘Elogio ao maluco, Beleza?’
Cia Teatral Art e Manha | Texto: Natan de Alencar e Ricardo Oliveira | Direção: Lúcia Oliver | Elenco: Ricardo Oliveira, Natan de Alencar, Katia Lira, Mariana Nunes, Alisson Araújo.
>> 22h | Vila do Teatro | ‘Já que sou, o jeito é ser’
Cia 5 | Texto: Eduardo Ferreira | Direção: Eduardo Ferreira e Angélica Evangelista | Atores-bailarinos: Angélica Evangelista, Eduardo Ferreira, Gisele Prudêncio, Lucas Onofre e Rodrigo Santana.
>> 22h | Praça dos Andradas | ‘Terror e Miséria no Terceiro Reich’
Cia Amoriódio | Texto: Bertolt Brecht | Direção e adaptação: Diego Andrade | Elenco: Beatriz Gonçalves, Caroline Salles, Fellipe Tavares, Luccas Afonso, Nevily Alves e Teco Cheganças.
>> 22h30 | Praça dos Andradas | ‘De Volta ao Luto’
Cia Lorena | Texto e Direção: Diego Saraiva | Elenco: Natalia Marcelo, Vanderlei Abrelli, Paola Borges, Eliana Tavares, Arthur Cordeiro, Wilson Gois.
>> 0h | Catraias da Praça Iguatemi Martins | ‘Zona!’
O Coletivo | Direção: Kadu Veríssimo | Elenco: Caio Martinez Pacheco, Junior Brassalotti, Kadu Veríssimo, Léo Bacarini, Malvina Costa, Mario Arcenjo, Priscila Ribeiro, Raquel Rollo, Renata Carvalho e Thays Bratz. Após o espetáculo, festa com DJ Cigano.

Prêmio Estímulo ao Curta-metragem tem inscrições abertas em SP

A Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo abriu inscrições para o Prêmio Estímulo de Curta-Metragem. Publicado no Diário Oficial do Estado e disponível no site da Secretaria, o edital irá selecionar sete filmes nos gêneros ficção, documentário e animação. Cada contemplado receberá prêmio de R$ 80 mil para a produção do filme. As inscrições vão até o dia 17 de agosto.

Por se tratar de um prêmio que contempla somente curtas-metragens, os filmes devem ter duração igual ou inferior a 25 minutos. A seleção é feita por uma comissão julgadora composta por especialistas em cinema e gestores da Secretaria da Cultura. Projetos suplentes também serão selecionados para assumir o prêmio, caso os titulares não entreguem toda a documentação exigida.

O edital estabelece que três projetos selecionados sejam de proponentes do interior, litoral e Grande São Paulo. O Prêmio Estímulo ao Curta-Metragem é uma das iniciativas mais antigas da Secretaria da Cultura, ajudando a revelar, desde 1968, cineastas como Carlos Reichenbach, Ugo Giorgertti, Beto Brant, Tata Amaral, Cao Hamburguer, Laís Bodanzky, Anna Muylaert, entre outros.

*Secretaria de Estado da Cultura

 

“Carnaval por seus compositores” é destaque no feriado do Sesc Santos

Chiquinha Gonzaga, Noel Rosa, Braguinha, Lamartine Babo, Silas de Oliveira entre outros darão o ritmo do carnaval no Sesc de Santos (Rua Conselheiro Ribas, 136). A atividade faz parte do  “Carnaval por seus compositores”, onde obras famosas desses compositores, como marchinhas e sambas que fizeram parte da história do carnaval do Brasil e que são conhecidas por diferentes gerações de foliões serão resgatados para fazer a alegria do público e dar um autêntico clima dos antigos carnavais de clube e de rua.

Com classificação livre e entrada gratuita a ideia é festejar e divertir um público misto com pessoas de todas as idades, trazendo a nostalgia aos mais experientes e apresentar clássicos da música popular brasileira aos mais jovens.

As músicas e seus respectivos compositores serão divididos em quatro dias. Confira a programação:

Sábado (dia 14/fev, às 18h)

“Oh abre alas! – As obras de Chiquinha Gonzaga, Noel Rosa e Cia”

No ano de 1899, é lanchada a primeira música feita exclusivamente para o carnaval no Brasil, a marchinha: “Oh abre alas”, da maestrina Chiquinha Gonzaga. A partir de então, surgem compositores, como: Noel Rosa, Joubert de Carvalho, André Filho, Jararaca entre outros pioneiros que serão apresentados neste show de abertura do Carnaval do Sesc Santos.

Domingo (dia 15/fev, às 18h)

“Yes, nós temos bananas! – As obras de Braguinha, Lamartine Babo e Cia.”

As décadas de 30 e 40 ficaram conhecidas como “a Era das Marchinhas”. Elas sobreviveram por um longo tempo, até o início dos anos 60. Nesse espetáculo, várias obras de Braguinha e Babo serão executadas, além, de outros compositores por eles influenciados que criaram marchas até o início dos anos 80.

Segunda-feira (dia 16/fev, às 18h)

“Agora a batucada já vai começando! – As obras de Assis Valente, Silas de Oliveira e Cia.’’

Esse show é dedicado a alguns dos principais compositores de samba e suas obras inesquecíveis. O samba na década de 60 passou a ocupar definitivamente o lugar das velhas marchinhas populares de carnaval nas rádios, nas gravadoras de discos e na recente televisão. Surgem novos talentos e o ritmo assume a preferência popular no país.

Terça-feira (dia 17/fev, às 18h)

“Varre, varre vassourinha! – As obras de Caetano Veloso, Moraes e Cia.”

O frevo surgiu em Recife-PE no século XIX e já era um conhecido ritmo do carnaval brasileiro. Esse show é dedicado ao ritmo nordestino e suas adaptações ao longo dos anos. Em 1950, na cidade de Salvador, surgiu o trio elétrico com Dodô e Osmar após tocarem na caçamba de um antigo caminhão. O trio elétrico conheceria sua transformação em 1979, quando Moraes Moreira adicionou o batuque dos afoxés à composição.

Sesc terá noite de música e dança com espetáculo ‘Nosso Flamenco’

O espetáculo “Nosso Flamenco” chega ao Sesc Santos (Rua Conselheiro Ribas, 136), em sessão gratuita na próxima quinta-feira (12), às 20 horas, com o propósito de apresentar para público, em um único show, a fusão cultural entre Brasil e Espanha. Música, cantos e peculiaridades de ambos os países serão apresentados com fortes influências dos principais nomes do Flamenco.

A inusitada mistura entre culturas e expressões artísticas tão distintas surpreende quem assiste com cenas que usam músicas de grandes nomes da MPB e Bossa Nova com a clássica dança espanhola. A apresentação conta com sete bailarinos, além, de Edu Guimarães (sanfoneiro), Guga Costa (cantor), Fernando de Marília (violonista e cantor) e Alessandro Reiner (percussionista).

Com direção de Guga Costa, Hellen Audrey e Mariana Abreu a apresentação une o flamenco, a dança contemporânea e a música popular brasileira tendo com base nomes, como: Vinícius de Moraes, Baden Powell, Tom Jobim, Cartola e Sivuca.

A montagem é uma parceria entre a Cia Soniquete de Arte Flamenca e do Núcleo Artístico Confraria dos Ventos e tem apoio do Fundo de Investimentos Culturais de Campinas (FICC).

*Sesc Santos

Família procura músico desaparecido desde o dia 24 de janeiro

O músico André de Santana Camargos, 34 anos, está desaparecido desde o dia 24 de janeiro. A família do rapaz pede para que as pessoas que tenham o visto entrem em contato o mais rápido possível. O músico é de Belo Horizonte (MG) e saiu de casa com destino à Baixada Santista, e desde então, nunca mais foi visto e nem entrou em contato com os parentes.
Preocupado com o desaparecimento do irmão, o publicitário Marcelo de Santana Camargos afirma que o rapaz deixou sua casa no dia 23 de janeiro, informando à família que passaria alguns dias na praia. Desde essa data ele não deu mais notícias.
“Ele estava hospedado em uma pousada na Juréia, no município de São Sebastião. Descobrimos por conta de um cartão de crédito. Estamos desesperados procurando meu irmão. Precisamos de ajuda”, disse.
Marcelo lembra, que na noite do dia 23 deixou a pousada, onde estava hospedado usando apenas uma bermuda na cor verde e descalço. “Nós tivemos acesso às imagens da câmera de monitoramento e vimos quando ele saiu, por volta das 18 horas. Ele saiu a pé. Há relatos de que ele passou por Boracéia, Juquehy, Boissucanga e Ilhabela”, frisou.
Segundo o publicitário, o irmão estava surtando e enfrentava alguns problemas de saúde. “Ele deixou tudo na pousada, o carro, roupas e a carteira. Estamos muito preocupados. Já registramos um Boletim de Ocorrência na Policia Civil e estamos percorrendo o litoral paulista em busca do André”, afirmou.
*Quem tiver notícias do paradeiro do músico pode ligar a cobrar no número: (031) 8421-6166. 

Ingressos para o desfile na Zona Noroeste estão quase esgotados

Estão quase esgotados os ingressos para o Desfile Oficial das Escolas de Samba, que ocorre nos próximos dias 14, 15 e 16, a partir das 21h, na Passarela do Samba Dráusio da Cruz, na Zona Noroeste. Não há mais vagas para a segunda-feira (16) e restam poucos lugares para o domingo (15), que tem as arquibancadas 3 e 4, próximas ao recuo da bateria, totalmente ocupadas. Os dois postos fixos de vendas são o Teatro Municipal Braz Cubas e a Administração Regional da Zona Noroeste. Os bilhetes também podem ser adquiridos no site http://www.ingressorapido.com.br.

As entradas, limitadas a quatro por pessoa por dia de desfile, custam R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia para estudantes, professores e maiores de 60 anos). Quem doar um quilo de alimento não perecível, exceto sal e açúcar, que será encaminhado ao Fundo Social de Solidariedade de Santos, também paga a metade. Pela internet, o pagamento pode ser feito com cartão de crédito. Os postos fixos aceitam somente dinheiro.

Quem comprar ingressos para os desfiles de domingo (15) e segunda-feira (16), quando vão para a avenida as escolas do Grupo Especial, ganha os tickets para a noite de sábado (14), reservada às agremiações pleiteantes e do Grupo de Acesso.

As bilheterias dos postos fixos abrem de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, até o esgotamento das entradas. Pela internet, as vendas ocorrem em qualquer horário. O Teatro Municipal Braz Cubas fica Av. Sen. Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias. Já o endereço da Regional da Zona Noroeste é Av. Nossa Senhora de Fátima, 456, Caneleira.

Sambódromo

A Passarela do Samba Dráusio da Cruz (Av. Afonso Schmidt, s/nº, Areia Branca) tem capacidade para receber público diário de 10.500 pessoas, distribuído em sete arquibancadas no estilo Fórmula 1 (assentos com 80 centímetros de largura), frisas (espaço para mesas), camarotes e área de imprensa.  No sábado (14), o sambódromo recebe os desfiles das duas pleiteantes e das cinco agremiações do Grupo de Acesso. Já no domingo (15) e segunda-feira (16), entram na avenida as dez agremiações do Grupo Especial.