Arquivo da tag: loja

Na Gibiteca, Roda de Jogos realiza edição solidária em prol de MG

Por Prefeitura de Santos

A 22ª Roda de Jogos é comemorativa e beneficente. Intitulada Fazendo História por Brumadinho, a sessões de jogos, que ocorre neste sábado (9), das 13h às 19h, na Gibiteca Municipal Marcel Rodrigues Paes (Posto 5, orla do Boqueirão), também celebra o mês do RPG nacional.

A organização pede que os participantes contribuam com 1 kg de alimento não-perecível, exceto açúcar e sal, que será encaminhado em assistência à cidade mineira. Realizada pelo R&B para Todos, projeto que promove a acessibilidade por meio do RPG, a atividade terá jogos com destaque no cenário nacional.

Murilo Timoteo comanda a mesa com 3D&T, que se passa no cenário do anime Naruto; Marcos Moraes traz TormentaRPG; já Caio Vinicius chega com Daemon, no cenário de Arkanum (Daemon Editora). Também há opção de jogos de tabuleiro com Samuel Quintal. O projeto tem parceria com a Prefeitura de Santos, Loja Caverna do Dragão, Os Geeks Clube e editoras de RPG e Boardgames. Informações: https://www.facebook.com/rbparatodos.

 

No feriado, Nane Anders colore o Dia das Crianças na Cultiva

Por Cultiva
.
Neste Dia das Crianças, a Loja Cultiva contará com pinturas artísticas gratuita para crianças de todas as idades. A artista plástica Nane Anders atenderá a garotada nesta quinta-feira, das 12 às 14 horas e das 18 às 20 horas. A loja funciona no Bulevar Othon Feliciano, 10/Santos.
.
Nane Anders, artista plástica e tatuadora, fazendo pintura em telas, objetos, paredes e pessoas formada em design de interiores desde 1999, desenvolve peças e brincos todos pintados a mão.
.
Ela faz pinturas e maquiagens artísticas em festas e eventos. É só ter um pincel que o que a imaginação mandar ela passa pro papel, pra parede e agora em 2016 para as pessoas. Como tatuadora no Beto Diniz Tattoo.

Unindo Casa e emBazar, Cultiva – Cultura Ativa faz mostra criativa no Gonzaga

Por Lívia Scapuccin

A Cultiva – cultura ativa – surge com a união dos projetos Casa – Coletivo de Arte Santista e emBazar com o intuito de proporcionar um ambiente de negócios, de inspiração, de conhecimento e de entretenimento atuando em quatro frentes: loja, galeria, saleta e armazém. A colaboração entre os três eventos será marcada por dois bazares a serem realizados no CasaVelha em maio e junho de 2017.

A primeira edição será neste domingo (dia 7), das 16h às 21h, com acessórios, artes, artesanato, brinquedos, decoração, gastronomia, moda e música. O evento terá show do Dog Joe Duo, com couvert artístico por pessoa. A Casa Velha fica na Bulevar Othon Feliciano, 10/Santos.

Casa Bazar

Surgiu com a vontade de reunir pessoas que querem trocar experiências e tirar suas ideias do papel, buscando formas criativas de empreender. Um bazar com ar de feira que une arte, moda, gastronomia, design, comportamento, música e oficinas.

emBAZAR

Foi criado por amigos arquitetos que tinham a intenção de mostrar e vender os objetos que criavam fora do universo da arquitetura. As duas primeiras edições aconteceram no primeiro semestre de 2005 de forma intimista em apartamentos em Santos e em São Paulo/SP.

Com a intenção de apresentar artistas de diversos segmentos ao público em geral, no segundo semestre do mesmo ano, o grupo realizou a terceira edição do encontro no CasaVelha. Devido ao sucesso, a quarta edição acontece no final de 2006. As edições 5 a 10 foram realizadas no período entre 2012 e 2016.

DaPortinha

Também é um projeto do emBAZAR, mas esse tem o intuito de promover o encontro e a troca de clientela dos expositores da Lojinha e do Mercadinho do CasaVelha: Lojinha: espaço rotativo ao lado do CasaVelha destinado a exposição e venda de produtos artesanais; Mercadinho: espaço rotativo dentro do CasaVelha destinado a exposição e venda de quitutes e guloseimas artesanais.

 

Canções de Arlindo Cruz são interpretadas por Junior Bicalho

Por Betinho Neto

A última temporada do ‘Andança’ em Santos acontece no Casa Velha e na abertura dessa “Temporada Final” , convidamos um estreiante no ANDANÇA, Junior Bicalho cantando o repertório de Arlindo Cruz! O evento será neste dia 16 (domingo), às 17h, na Casa Velha (Bulevar Othon Feliciano, 10/Santos). O couvert artístico é de R$ 10.

Quem comanda a playlist do evento é você atravês da nossa lista do Spotify é você, acesse o link: https://goo.gl/g35gZy, siga a playlist e acrescente as suas músicas preferidas para que a gente possa toca-las! No evento, há o Drink do Andança ‘Limpeza Espiritual’ (vodka, limão e abacaxi), por Paula Matta, além da presença de Angel Luz (azeites, sabonetes e banhos) e Macabéa Acessórios (cintos, pulseiras, carteiras, colares, chaveiros e bolsa).

A realização é do Coletivo Sanatório Geral, apoio cultural de Nita Alimentos, Moinho Paulista, Casa Velha, Casarão Santa Cruz – Espaço de Arte, e Dose de Inspiração. Colaboração da Matrix Cases e Assistências de Celulares e Top Games Loja.

 

Conheça história: Espaço ‘Canto do Mar’ na Ponta da Praia

O canto que me encanta é o canto que vem do mar. O mar me traz em cantos encantos que me fazem sonhar”, recita Luiz Alonso Ferreira. O biólogo, de 68 anos, passou quase todos os fins de semana de sua vida ao lado do Aquário Municipal. Seu escritório na praia é mais conhecido pelo bairro como a loja Canto do Mar, onde ele vende artigos e até promove decorações náuticas para festas e outros eventos.

Na vitrines, há boias de vidro usadas até meados do século XX, réplicas de faróis em madeira, embarcações piratas de 80 centímetros, miniaturas de marinheiras, além de corujas ou gueixas feitas de conchas. Estas assinadas pelo artesão Mauro Bertoni, de São Vicente. “Aqui se mantém o melhor do artesanato de conchas produzido pelos artistas locais”, enfatiza Ferreira. Assim, segundo ele, preserva-se a identidade da cultura caiçara.

Só que a principal atração é a estátua de Jack Sparrow (protagonista da trilogia Piratas do Caribe), em frente ao estabelecimento. Logo que a loja abre, o boneco atrai a atenção de
todos. Com o chapéu de comandante emprestado pelo dono, crianças posam para a máquina fotográfica das mães.

Trajetória

Faz quatro anos que a loja virou a Canto do Mar. Antes, na década de 50, reduzia-se a um carrinho de pipoca. Depois, seria o point da cocada, feita por Quíncio e Carmem, pais de Ferreira. Ele lembra mostrando em seu álbum de fotografias e recortes de jornais: “No lugar dos prédios, havia muitas casas de japoneses no bairro. A linha do bonde passava pela orla”.

Enquanto os pais trabalhavam, Ferreira admirava as ondas e catava conchas ou então fazia a lição de casa. Anos depois, ao caderno A Tribuninha, os pais diziam que “o menino vivia para os estudos e para as conchinhas”. Colecionava dezenas delas, apesar de, na época, falarem que elas traziam azar. A sorte sorriu para a família.

Em 1963, o adolescente Luiz Alonso Ferreira estampava nas páginas de A Tribuna, “Garoto inteligente. Resolveu colher material do mar e confeccionar objetos de adorno. (…) Ele próprio foi descobrindo um novo mundo”. Surgia o quiosque Serviço Artístico de Conchas. O contato com a vida marinha encaminhou-o à Biologia.

Nos anos 80, reabriria a banca como Conchas – Estudo Científico. Diante da praia por tantas décadas, Ferreira se recorda de cada reforma e os mascotes do Aquário. Desde os robalos até os lobos-marinhos e o recente leão-marinho Abaré-Inti. O biólogo se empolga ao conversar sobre os assuntos desse universo submarino. E garante ser um verdadeiro workaholic.

“Há anos, no dia do meu aniversário, pescadores vieram me mostrar um balaio cheio de crustáceos. Quando me viu curioso examinando-os, minha noiva concluiu que em nenhuma data eu me permitia descansar”. Hoje, ela como esposa, já admite dividi-lo com os oceanos. Juntos, empenharam-se para a criação de dois museus: o do Mar (em 1984) e o Marítimo (em 2005), ambos na Ponta da Praia.

E da mesma forma que o biólogo coleciona itens marinhos, ele estima que a Canto do Mar continue navegando pelo calçadão, colecionando muitas histórias pelas próximas gerações. A loja fica na Praça Luiz La Scala Júnior, ponta da Praia, e funciona as fins de semana e feriados, das 11 às 18 horas. Telefones: 3227-4444 e 3261-4808.

*Lincoln Spada – Matéria de 2014