Arquivo da tag: lucas rodrigues

Confira a lista de bolsistas aprovados no 3º Bravo! Festival de Música Orquestral

Prefeitura de Santos

Foram divulgados os 62 nomes dos jovens músicos que integrarão o corpo estudantil do 3º Bravo! Festival de Música Orquestral. Inspirada nos grandes eventos de música clássica, a iniciativa, realizada pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult), por meio de seu Departamento de Formação e Pesquisa Cultural (Deforpec), oferece masterclasses com grandes nomes da música erudita aos participantes. Palestra de abertura ocorre no dia 9 de fevereiro, no Teatro Guarany (Praça dos Andradas, 100, Centro), com a condução do violonista Bruno Robalo e dos quartetos Caiçara e Ybirá.

Entre os dias 11 e 16 de fevereiro estão programadas aulas com Wellington Rebouças (violino), Renato Bandel (viola), Joel de Souza Filho (violoncelo), Thiago Araújo (trompete) e com o maestro Marcelo Maganha. O Bravo! tem encerramento no dia 17 de fevereiro, no Teatro Municipal Braz Cubas (Av. Senador Pinheiro Machado, 48, na Vila Mathias), com concerto de gala com a orquestra formada pelos alunos, ao lado do Clube do Choro de Santos e da Escola de Choro e Cidadania Luizinho 7 Cordas. As aulas também ocorrem no Municipal. Confira a lista de aprovados:

Abner Souza, violino
Aline Oliveira, violoncelo
Ana Elise, violino
André Serrano, trombone
André dos Santos, aluno ouvinte
Anthony Richard Ribeiro, violino
Bruno Robalo, violino
Daniel Mingoranse, violino
Danilo Silva, violino
Davi Buczynski , violino
Gilvan Calsolari, viola
Giovana Lima, violino
Guilherme Jonas, viola
Guilherme Ramos, flauta
Helcio Walfal, violino
Ilana Rocha, violino
Izadora Moro, violino
Joabe Silva, violino
Joelson França, trompete
Jonas Azevedo, violino
Jonny Moura, violino
José Roberto Sobral, violino
João Marcos Nobre, viola
João Marcos Oliveira, violino
João Victor Muniz, percussão
Juan Sotomayor, violino
Julia Wong, violino
Juliana Menezes, violino
Laís Ferreira, viola
Lana de Castro, violino
Letícia Moraes, clarinete
Luan Pablo, clarinete,
Lucas Gabriel, violino
Lucas Matheus, violino
Lucas Pascoali, violino
Lucas Paulino, violino
Lucas Renan, fagote
Lucas Rodrigues, violino
Lucas Espírito Santo, trompete
Luís Felipe, violino
Manoela Santos, fagote
Maria Eduarda Moro, violoncelo
Maria Fernanda Camargo, violoncelo
Maria Fernanda Gracia, violino
Marcos Paulo Oliveira, clarinete
Matheus Eduardo, violino
Murilo Cesar, violoncelo
Nathalia Oliveira, trombone
Otavio Monteiro, viola
Otavio Silva, trompete
Pedro Pascoali, violino
Quezia Sousa, viola
Samuel Lourenço, flauta
Silas Neto, flauta
Sofia Albrecht , violoncelo
Thais Casemiro, violino
Thalia Izidoro, flauta
Thiago Alvares, clarinete
Vinicius Mendes, violino
Vitor Mastre, clarinete
Wellington Oliveira, trompete
Yasmim Silva, viola

25º Sarau Caiçara acontece na Praia do Góes

Artistas e pesquisadores de diversas linguagens se encontram na Associação Canoa Caiçara, capitaneada por José Paulo, na Praia do Góes, Guarujá – SP, para o lançamento do Projeto Guapuruvu 2037, liderado por Eduardo Tambor, que contará com mutirão para semeadura de Guapuruvus, almoço coletivo e Sarau Caiçara para celebrar e debater a cultura caiçara através da música, teatro, dança e literatura. O 25º Sarau Caiçara será neste dia 29/mai, às 9h, na Praia do Góes (Rancho Associação Canoa Caiçara).

O Sarau terá a participação de artistas e coletivos da região e de São Paulo com o objetivo de discutir, através da arte, a identidade cultural caiçara, seu passado e contemporaneidade. Com o coletivo Percutindo Mundos, Célia Faustino, Natalia Brescancini, Erik Morais, Fernando Ramos, Jorge Henrique, Eduardo Tambor, Marcelo Ignacio, Flávio Viegas Amoreira, Paulo Cesar Luz, Rafael Palmieri, Marco Aqueiva, Zezé Goldschmidt, Lucas Rodrigues, Luciana Meneses, Setor Central, Coletivo Cecom Caruara / Monte Cabrão.

O Sarau faz parte da Semana da Cultura Caiçara e do Mapa Literário de São Paulo e da Semana da Cultura Caiçara, com organização e apresentação de Márcio Barreto. O Sarau Caiçara é uma realização do Coletivo Percutindo Mundos, Imaginário Coletivo de Arte, Instituto Ocanoa, Projeto Canoa, Edições Caiçaras.

*Márcio Barreto

 

Minimetragens do Querô na Escola concorrem ao prêmio de Voto Popular

Depois de cinco meses de atividades com mais de 900 alunos das escolas públicas, os 10 curtinhas produzidos em 2015 no projeto Querô na Escola estão em fase de Votação Popular pelo site do Instituto Querô: http://www.institutoquero.org/votacao. Em menos de 24 horas, a página já ultrapassou dois mil votos. Quem votar, pode se cadastrar e concorrer a 10 ingressos para assistir os curtinhas no Cine Roxy, em sessão de estreia marcada para acontecer em outubro.

O Querô na Escola é realizado desde 2010, com edições em Santos e Cubatão. No projeto, jovens capacitados nas Oficinas Querô realizam oficinas dentro das escolas públicas, multiplicando o que aprenderam sobre cinema e utilizando o audiovisual como uma nova ferramenta de ensino. Mais de 3500 alunos já participaram e 157 minimetragens foram produzidos.

Em 2015, 915 alunos dos oitavos anos participaram das aulas de Sensibilização, realizando dinâmicas em grupo. Dessas aulas, 25 jovens de cada escola foram selecionados para o projeto e estimulados a produzirem seus filmes, aprendendo desde a elaboração do roteiro, produção e filmagens.

“Visitamos as escolas da região com o objetivo de produzir filmes que abordem questões sociais e do universo juvenil, para que possam ser usados pelos alunos e pela escola em sala de aula, tornando os alunos protagonistas das atividades”, explica a produtora do Querô na Escola, Antoniela Couto Lorenço. Entre os temas abordados, estão Cyberbullying, Evasão Escolar, Racismo, Drogas e Lendas Urbanas.

Lucas Rodrigues Lima, de apenas 13 anos, foi um dos participantes desse ano pela UME Rui Barbosa, em Cubatão. “Foi a primeira vez que fiz um filme. Acho legal poder ver algo nosso na tela do cinema e também é uma profissão que tenho vontade de ser quando crescer”.

Querô na Escola

Em 2015, as atividades do Querô na Escola aconteceram em Cubatão, com apoio da Prefeitura e patrocínio da Anglo American. Em 2015, o projeto recebeu diferentes surpresas. Uma delas foi a marca de 1 milhão de views no youtube com o curtinha O Primeiro Beijo, produzido por alunos da Padre José de Anchieta, em 2013; E a escola Rui Barbosa, de Cubatão, se espelhou no método do Querô na Escola para produzir vídeos com os alunos em comemoração aos 25 anos da unidade de ensino.

*Ivan De Stefano