Arquivo da tag: luiz fernando almeida

#Manufatura de Monólogos: No palco, ‘Nostalgia do Amor Ausente’

Por Luiz Fernando Almeida | Foto: Bruna Quevedo

A obra cênica ‘Nostalgia do Amor Ausente’ compõe a mostra Manufatura de Monólogos, prevista para os dias 20 e 24/fev. A sessão gratuita será neste sábado (23/fev), às 21h, no Teatro do Sesc Santos (R. Conselheiro Ribas, 136/Aparecida). Não recomendado para menores de 16 anos. Baseado no conto do autor gaúcho, Walmor Santos, ‘Nostalgia do Amor Ausente’ que segue integralmente o nome dado na publicação, traz à tona a reflexão sobre a ausência do amor perdido. A montagem do monólogo propõe entre a loucura e a realidade que o espectador através de seu olhar, perceba e se sinta a vontade para mergulhar de modo poético nas dores ora da personagem, ora da atriz, ora de nós mesmos.

Perdão e amor, então, são os únicos sentimentos capazes de atenuar a crítica que, inevitavelmente impiedosa, não deverá jamais ser estéril ou esterilizante. Em tempos que militamos por tantas questões óbvias, ‘Nostalgia’ busca a reflexão de quanto ainda necessário a discussão sobre o amor e suas tantas nuances se fazem presentes, mesmo que ausentes. Na linha tênue em que traz a figura de Lúcifer, completamente entregue à dor do amor perdido, se choca com a dura realidade de nós humanos vomitando suas dores reais que simbolicamente todos mesmo sem permissão emocional já sentimos ou iremos experimentar.

A peça tem direção de Déia Oliveira e tem o texto adaptado e protagonizado por Pri Calazans. Orientação de Nelson Baskerville, iluminação e sonoplastia de André Cajaíba, operação de som por Emerson dos Santos, figurino de Gisele Bilotte e maquiagem assinada por Carol Sthanke e Felipe Sthan. A coreografia e orientação corporal de Lucas Onofre, o músico convidado e a preparação vocal de Marcelo Marinho, o bonequeiro Wagner Bastos e o apoio do Sirena Salon.

Realizada pelo Sesc Santos, a Mostra Manufatura de Monólogos reúne 11 espetáculos inéditos e autorais, criados e desenvolvidos entre jun/18 e jan/19 por artistas da Baixada Santista. O projeto voltado para as potencialidades criativas na área teatral da classe artística local conta com a orientação dos santistas Nelson Baskerville e Luiz Fernando Marques Lubi, diretores renomados na cena teatral brasileira contemporânea. No dia 26/fev, às 20h, no Sesc Santos, os artistas e os orientadores realizam bate-papo aberto ao público, com mediação da dramaturga Dione Carlos.

 

Oficinas Querô estreia curtas e faz homenagem póstuma a Carlos Cortez

Com informações de Ivan De Stefano

Ao todo, quatro obras audiovisuais realizadas pelos jovens das Oficinas Querô serão exibidas gratuitamente nesta terça-feira (18/dez), às 19h, no Cine Roxy 5 (Av. Ana Costa, 433, Gonzaga/Santos). São produções em que todo o trabalho de roteiro a edição foram elaborados por alunos de 14 a 18 anos, de baixa renda e escolas públicas de Santos, São Vicente, Cubatão e Praia Grande.

O instituto atendeu 40 jovens durante oito meses em 2018, após selecionar cerca de 600 inscritos. No curso, aprenderam sobre produção audiovisual, empreendedorismo e cidadania. Escrito por Diany de Jesus, que divide a direção com Ycaro Samaniego, a ficção ‘Vestido de Azul’ aborda sobre arte drag e bissexualidade na terceira idade, tendo no elenco, os atores Luiz Fernando Almeida, Eduardo Chagas e Juliana Freitas.

Já no documentário ‘Sou Pietra’, de Eric Rizzini e Nicole Zaborestki, a transexualidade é abordada por meio do depoimento de uma personagem vicentina. Também há ‘Cidade dos Óvnis’, dirigida por Guilherme Alves: “Queremos mostrar um pouco de todo esse mistério que acontece na cidade de Peruíbe, com depoimentos de pessoas que viram óvnis e acreditam que estes seres extraterrestres procuram por algo que só existe nesta cidade”.

No documentário ‘Tempo de Pai’, de Joice Rodrigues e Diany de Jesus, o enredo trata da relação do pai Edmundo e da filha Beatriz, após a morte da respectiva esposa e mãe. Trabalhando juntos em uma empresa de ‘bolo de pote’, a filha pretende cursar gastronomia, enquanto o pai imagina que o seu papel paterno será cumprido até ela subir ao altar. As oficinas são patrocinadas pelo Banco Votorantim, Brasil Terminal Portuário, thyssenkrupp e CMOC Internacional Brasil.

Homenagem a Carlos Cortez

Na sessão de terça-feira, o Instituto Querô também realiza homenagem póstuma ao seu diretor e um dos fundadores, o cineasta Carlos Cortez (falecido em 6/dez). O diretor também batizará a sala de cinema da Vila Criativa da Vila Nova, que ganhará o nome de ‘Cinescola Querô – Carlos Cortez’ em 2019. Cortez era casado há 30 anos com a diretora da Ancine, Debora Ivanov. Em 2004, junto à produtora Gullane Filmes e Tammy Weiss iniciou pesquisas que renderiam o longa ‘Querô’ e a criação do instituto homônimo junto à Unicef.

 

Monólogo intimista está em cartaz nesta sexta no Galpão Cultural

Por Lincoln Spada
.
De tom intimista, o monólogo santista ‘Gotas de Codeína’ é o novo espetáculo em cartaz no Galpão Cultural. Para maiores de 16 anos, a sessão será realizada nesta sexta-feira (dia 1º), às 20 horas, no galpão do Parque Anilinas (Centro), no sistema pague quanto puder.
.
A peça aborda a crise de Cesar, um homem de cotidiano comum, em profunda depressão mesmo aparentando contente com sua rotina. Revelando as camadas de alguém que vive atrás de máscaras, sem coragem de assumir a sua identidade, esse espetáculo já foi indicado em 2015 ao Prêmio Papo Mix da Diversidade.
“Até que ponto podemos fugir do que realmente somos? Vale a pena viver uma vida pela metade?”, reflete em cena o ator Luiz Fernando Almeida. Ele assina a trilha sonora junto de Wagner Parra, tem a direção de Paula D’Albuquerque e conta com dramaturgia de Diego Lourenço. A obra é da Superbacana Produções, patrocínio do Bazar Cafofo e apoio dos coletivos teatrais locais e Secult.

Bazar Cafofo segue aos sábados no Conversa Fiada Bar

Por Luiz Fernando Almeida

Neste sábado, até às 17 horas, acontece o Bazar Cafofo no Conversa Fiada Bar (R. Ceará, 68/Santos). Com entrada franca, o bazar realiza edições semanais no bairro da Pompeia, sempre das 10 às 17 horas. Em caso de chuva, o evento é cancelado.

O Bazar Cafofo é um espaço onde qualquer um que tenha interesse em empreender nas áreas de moda, arte, design, acessórios, gastronomia e confeitaria pode se jogar – inclusive marcas que já existem, mas que querem se reinventar! Já realizou edições em Santos, São Paulo, São Vicente, alem de edições especiais em eventos como Santos Jazz Festival e Sansex Mostra da Diversidade de Santos.

Além disso, promove outros projetos como: Bazar Cafofinho, Cafofo Novos Talentos, CafofoMob, Cafofo MicroClub, Cafofo Pop Up Store, Cine Cafofo. O bazar também conta com sua marca de produtos personalizados, a Cafofo Pop Up Store que tem lojinha on line, atrelada à sua fanpage. O Cafofo traz sempre uma seleção exclusiva de moda, design, arte, gastronomia e música, sob os cuidados do ator e produtor cultural Luiz Fernando Almeida.

 

Bazar Cafofo comemora três anos com exposições em agosto na Pompeia

Por Luiz Fernando Almeida

Com produtos exclusivos, artesanais e personalizados, o Bazar Cafofo realiza edições todos os fins de semana de agosto, em comemoração aos três anos em atividade. Será a partir de sábado (dia 5), seguindo às sextas-feiras (a partir do dia 11, das 9h às 16h) e aos sábados (das 10h às 17h). A atividade será no Bar Conversa Fiada (Rua Ceará, 68/Santos).

O evento começou na internet para comercializar roupas do ator e produtor cultural Luiz Fernando Almeida, mas acabou tornando-se um espaço multicultural, que reúne moda, música e arte, tudo no mesmo espaço. No bazar, os clientes podem encontrar roupas, acessórios e vários itens exclusivos e personalizados. Em todas as edições haverá testagem de HIV promovida pelo Gapa/BS e o resultado sai na hora, além de arrecadação de 1kg de alimento não perecível que será revertido para ABASE.

Marcas como: Club Filhas da Maria, Giselle Pietrocolla Acessórios, Los Super Elegantes, Alitheia Esotéricos, Maria Flor Acessórios Divos, Kerley Biamchi, Matriz, Lolla Rodriguez, Malu Acessórios, Incantare Paisagens, Giri Shirt, Laço de Fita, Patrícia Castilho, Porque Crochê, Art. em Ordem entre outras já confirmaram presença no mês de Agosto. Os expositores são rotativos então cada edição e diferente e traz produtos variados proporcionando novas experiências ao publico e tornando cada edição única.

O Bazar Cafofo e um espaço onde qualquer um que tenha interesse em empreender nas áreas de moda, arte, design, acessórios, gastronomia e confeitaria pode se jogar – inclusive marcas que já existem, mas que querem se reinventar! A iniciativa já realizou edições em Santos, SP, São Vicente, alem de edições especiais em eventos como Santos Jazz Festival e Sansex Mostra da Diversidade de Santos. Alem disso, outros projetos como: Bazar Cafofinho, Cafofo Novos Talentos, CafofoMob, Cafofo MicroClub, Cafofo Pop Up Store, Cine Cafofo, entre outros, foram realizados. O Bazar também conta com sua marca de produtos personalizados, a Cafofo Pop Up Store que tem lojinha on line, atrelada a sua fanpage.

Antiga Casa Anchieta é palco da nova temporada de ‘Gotas de Codeína’

Por Luiz Fernando Almeida

Dois anos em cartaz, a peça ‘Gotas de Codeína’ fará duas apresentações neste mês na antiga Casa de Saúde do Anchieta, hoje Comunidade Anchieta. As sessões serão nos dias 26 (sexta-feira), às 21h, e 27 (sábado), às 19 horas. Os ingressos são doações de Material Pedagógico para o projeto Criança Feliz que acontece dentro da Comunidade Anchieta. As sessões tem espaço para 40 espectadores. É preciso reservar pela fanpage http://www.facebook.com/gotasdecodeinateatro.

Com texto de Diego Lourenço, a peça tem como tema central o suicídio e a sexualidade – dois grandes tabus da sociedade contemporânea. A direção é de Paula D’Albuquerque e Kadu Verissimo. A idealização, atuação e produção é de Luiz Fernando Almeida.

‘Gotas de Codeína’ conta a historia de Cesar, um homem comum, que aparenta estar contente com a vida que leva, mas que no fundo está profundamente deprimido. A peça revela intimidades de um homem que vive atrás de máscaras, sem coragem de assumir seu verdadeiro “Eu”. Cesar, como tantos outros, já não suporta mais continuar e pensa em acabar com a própria vida.

A plateia circula pelo espaço para vivenciar juntos, alguns momentos cotidianos do personagem, enquanto refletem sobre questões como amor, família, sexualidade e felicidade. Até que ponto podemos fugir do que realmente somos? Vale a pena viver uma vida pela metade?

 

Opção de compras para Dia das Mães, Bazar Cafofo acontece neste sábado (13) em SV

Por Prefeitura de São Vicente

São Vicente recebe neste sábado (13) o Bazar Cafofo. Pela primeira vez na Cidade, o evento acontece das 13 às 20 horas no Instituto Histórico e Geográfico de São Vicente (IHGSV – Rua Frei Gaspar, 280 – Centro). Trata-se de uma grande opção de passeio e a oportunidade de comprar um presente para o Dia das Mães, comemorado no dia seguinte ao evento. O público encontrará roupas, acessórios e vários itens exclusivos e personalizados, além de se divertir com a Rádio Cafofo, com DJs, shows e apresentações artísticas em sua programação.

Expositores interessados em participar esta edição do Bazar Cafofo devem enviar uma mensagem inbox na fanpage do evento http://www.facebook.com/bazarcafofo, ou pelo telefone (13) 981618751. Podem participar da seleção pessoas ligadas aos segmentos de artesanato, moda, design, arte, gastronomia, cosmética, entre outros. O apoio é das Secretarias de Cultura (Secult) e de Turismo (Setur) de São Vicente e do IHGSV.

Bazar Cafofo

Idealizado e produzido pelo ator e produtor cultural Luiz Fernando Almeida, o Cafofo tem foco na economia criativa. O evento teve suas primeiras edições na cidade de Santos e já fez uma temporada de quatro meses em São Paulo entre dezembro de 2015 e março de 2016. O Cafofo já recebeu aproximadamente 2,6 mil expositores com uma média de 36 edições anuais. Atualmente, o Bazar conta com três desdobramentos: o Bazar Cafofo, Bazar Cafofinho e a Larica – Feirinha Gastronômica.

Além das edições físicas, o Bazar possui a TV Cafofo, um canal no youtube, que tem como objetivo falar sobre empreendedorismo, economia criativa e cultura em geral de forma despretensiosa. Também detém a sua marca de produtos personalizados, a Cafofo Store, com loja online atrelada à fanpage do evento e presente em todos os eventos.