Arquivo da tag: Maria Gadu

Agenda: Santos tem neste fim de semana MPB4, Folclore Português, cinema e mais

Por Prefeitura de Santos

MPB4 50 anos: o sonho, a vida, a roda viva
Comemorando 50 anos de carreira, o quarteto de vozes masculinas MPB4, que faz parte da memória sonora nacional, realiza apresentação repleta de sucessos. No palco, Miltinho, Aquiles, Dalmo Medeiros e Paulo Malaguti interpretam canções como ‘Roda Viva’, ‘Oração ao Tempo’ e ‘Almanaque’, ‘Amigo é pra essas Coisas’. A sessão é nesta sexta-feira, 21h30, no Coliseu (R. Amador Bueno, 237, Centro). Ingressos de R$ 40 a R$ 120.

Concha Acústica
No sábado, às 19h, o Duo Baixo e Voz, formado por Fábio Dubaixo (contrabaixo) e Nathália Assoon (voz), mostra pop e MPB em sua performance, que inclui hits de Marina Lima, Sandra de Sá, Marisa Monte e do grupo Maroon Five, entre outros famosos. A apresentação tem participação de Michel Seirafe na percussão.

0Já no domingo, às 19h, liderada pela cantora santista Giovanna Mari, a banda Via Mari apresenta repertório com sucessos do universo pop, que inclui hits de artistas nacionais e internacionais como Amy Whinehouse, Projota, Justin Timberlake, Kesha, Maria Rita, Anitta, Elis Regina, Rita Lee, Maria Gadú e Ana Carolina.

Pinacoteca
O oftalmologista Dr. Eduardo Paulino realiza homenagem aos 20 anos do Clube do Automóvel Antigo de Santos nesta sexta-feira, às 20 horas. No concerto, interpreta composições autorais em arranjos exclusivos para piano, na Pinacoteca Benedicto Calixto (Av. Bartolomeu de Gusmão, 15). Entrada franca.

Já no sábado, acontece contação de histórias. Às 15h30, há as oficinas de arte e brincadeiras oferecidas pelos educadores do museu. E às 17h, o duo ‘Cantadores da História’ resgata a cultura popular por meio de lendas, contos, cantigas, rimas e da música. A dupla é formada por Cantorita, personagem de Claudynha Torres, e Tonho, interpretado por André Nunes. Sábado (8). 17h. Pinacoteca Benedicto Calixto. Av. Bartolomeu de Gusmão, 15, Boqueirão. Gratuito.

Camerata no Orquidário
A Camerata Jovem Santista se apresenta no Orquidário Municipal neste sábado (8), às 15h. O concerto comemora a Semana das Crianças e traz em seu programa temas de animes e trilhas de desenhos e filmes de grande sucesso entre os jovens. A Camerata é formada por alunos das turmas avançadas dos cursos de violino e viola, com direção de Rômulo Moreira, oferecidos pelo programa Fábrica Cultural (Secult). O Orquidário fica na Praça Washington.

Procurados
0A Cia. Fator Dança de Rua comemora 20 anos com a apresentação de dois espetáculos. Unindo a força dos movimentos das danças urbanas ao cenário do velho oeste, a trama utiliza de trilha sonora intensa, projeções e figurinos para colocar as danças urbanas na telona. O público também pode conferir a apresentação do pocket show ‘O Último Ato’, que faz homenagem ao cantor Michael Jackson, ao reinterpretar coreografias e músicas que seriam apresentadas no show ‘This is it’. Sexta-feira (7). 21h. Teatro Braz Cubas (Av. Pinheiro Machado, 48). Os ingressos custam R$ 20,00. À venda na bilheteria do Teatro.

1º Festival Folclore Português
Toda a riqueza do folclore português será celebrada na 1ª edição do ‘Fest – Festival de Folclore’. Realizado pelo Rancho Folclórico – Veteranos Apaixonados pelo Folclore, o evento também traz apresentações dos ranchos Verde Gaio, Tricanas de Coimbra, Casa de Portugal de Praia Grande, Típico Madeirense e Camiños de Espanha, além dos paulistanos da Casa de Brunhosinho. Sábado (8). 20h. Teatro Braz Cubas (Av. Pinheiro Machado, 48). Os ingressos custam R$ 10,00 e podem ser adquiridos na bilheteria.

Cine Arte Posto 4
Dirigido, roteirizado e protagonizado por Thomas Salvador, o longa-metragem ‘Tudo Sobre Vincent’ conta a história de um super-herói diferente. A comédia francesa acompanha Vincent, um homem calmo e solitário, que tem um grande segredo: sua força fica dez vezes maior quando ele entra em contato com a água, por isso vive numa região cercada de lagos e rios.

Quase sem amigos, trabalha em construções, onde eventualmente sua força é útil. Tudo muda quando ele conhece Lucie e se apaixona. O elenco também traz os atores Vimala Pons e Youssef Hajdi, entre outros. Cine Arte Posto 4, orla do Gonzaga. Sessões às 16h, 18h30 e 21h. Em cartaz até o dia 12 de outubro. Custa de R$ 1,50 (meia) a R$ 3,00.

Musicais no Miss
O Museu da Imagem e do Som de Santos (Miss, Av. Pinheiro Machado, 48, Santos) e o Coral Cênico Broadway Voices dão sequência ao projeto ‘Dos Palcos para as Telas’. O filme da vez é a comédia musical ‘Can-Can’, que narra a história de uma dona de cafeteria que dribla a Lei dos Bons Costumes, que proíbe o cancan, e continua dançando graças a seu advogado. Mas a prática, que entretém seus clientes, pode ficar ameaçada quando um juiz decide acabar com a transgressão. Sexta-feira, às 15h30.

Cinemateca de Santos
A sala de exibição celebra um ano do projeto ‘Sessão Comodoro’ e exibe um dos filmes mais polêmicos de todos os tempos, o italiano ‘Holocausto Canibal’. Dirigida por Ruggero Deodato, a produção de terror conta a história de quatro documentaristas que entram na selva para filmar indígenas. Dois meses mais tarde, quando o grupo não retorna, o famoso antropólogo Harold Monroe viaja em uma missão de resgate para encontrá-los. Ele consegue recuperar as latas de filme perdidas, que revelam o destino dos cineastas. Sábado (8). 20h. Cinemateca de Santos (R. Xavier de Toledo, 42).

Metropolis
Sexta-feira é o último dia para conferir a mostra fotográfica ‘Metropolis’, de Marcus Laranjeira, no MISS (Av. Pinheiro Machado, 48, Santos). A exposição itinerante, que integra a série ‘Nova Fotografia’, do Museu da Imagem e do Som (SP), é um tributo ao filme homônimo de Fritz Lang. As imagens do artista propõem uma nova interpretação da cidade de São Paulo, a partir da sobreposição de conhecidas construções e projetos urbanísticos, criando imagens caóticas e densas.

Exposição na biblioteca Mário Faria
Artista plástica, galerista, professora de artes e curadora Marie Sanoki se especializou em artes na cidade japonesa de Hiroshima. Neste ano, ganhou medalha de ouro no concurso realizado pelo Forte Itaipú, e traz alguns de seus trabalhos, que abordam temas variados, à Biblioteca Municipal Mário Faria. Posto 6, orla do Aparecida. A mostra pode ser visitada até o dia 15 de outubro.

Calado do Cais
0O projeto do artista Maurício Adinolfi, que consiste em uma instalação artística na orla do Gonzaga, tem como eixo central dois barcos de madeira da cultura caiçara. As embarcações são retrabalhadas pelo artista e instaladas (semienterradas) ao lado da Praça das Bandeiras. Pode ser conferida até o dia 16 de outubro.

Raridades de um bonde
Com aproximadamente 30 peças raras dos primeiros bondes que circularam pela Cidade, a mostra ‘Raridades de um Bonde’ é um passeio pela história do transporte coletivo em Santos, que fez a viagem inaugural em 28 de abril de 1909. A Casa do Trem Bélico fica na Rua Tiro Onze, 11, Santos.

 

Instituto Arte no Dique fará intercâmbio na França em outubro

Por André Azenha

Cumprindo seu objetivo de realizar intercâmbios culturais e colocar artistas da região em contato com colegas de outras partes do país e do planeta, o Instituto Arte no Dique parte, no próximo dia 12, para a França, onde participará de uma série de ações, entre festivais, mesas de debate, etc e fica até dia 26.

Destaque para a apresentação da Banda Querô no Festival Villes des Musiques du Monde em Paris, cujo tema desta edição é a música portuária. O evento contará com diversos artistas de regiões que tenham portos pelo mundo. “Seremos o grupo residente deste ano no festival, então faremos 12 shows e participaremos de workshop, mesa-redonda, entre outras atividades”, explica o presidente da instituição, José Virgílio Leal de Figueiredo.

Com uma sede em La Ciotat, na França, o Arte no Dique sempre tem procurado proporcionar aos seus colaboradores esse tipo de encontro entre culturas diferentes. E o resultado tem surgido: Gabriel Andrade, jovem revelado nas oficinas do instituto, hoje vive na Itália onde se apresenta musicalmente e ministra workshops.

“Este ano teremos duas meninas que ainda não tinham viajado com a gente: a Erika e a Ennelin, além do professor de percussão Edison Kbeça que também fará sua primeira viagem internacional”, explica o músico Ugo Castro Alves, da Banda Querô. Na agenda, está também a abertura do show de Maria Gadú, no Cabaret Sauvage.

A banda

Formada na oficina de percussão, a Banda Querô é o primeiro produto cultural do Instituto Arte no Dique. Com uma batida própria que mistura ritmo e harmonia, o grupo criado em 2003, já realizou dezenas de apresentações pelo Brasil e várias no exterior.

Com forte influência do samba reggae, vem ganhando notoriedade nos últimos anos, após o lançamento do CD de estreia “A Arte no Dique”, em 2007, que rendeu três participações na maior festa a céu aberto do mundo, o carnaval de Salvador. O nome Querô é uma homenagem ao personagem principal de “Querô, uma reportagem maldita”, do dramaturgo santista Plínio Marcos.

O presidente do projeto, José Virgílio Leal de Figueiredo, avalia que a banda Querô “representa o objetivo do Arte no Dique de formar mão de obra para a arte, a cultura e o entretenimento”. No próximo dia 10 de outubro, o grupo parte para uma nova turnês pela Europa. Eles ficam lá até 26 do mesmo mês e participam de festivais e shows na França.

Virada Cultural traz shows de famosos como Angela Ro Ro

A 10ª edição da Virada Cultural Paulista ocorre em Santos nos próximos dias 28 e 29, com atividades gratuitas em vários espaços da Cidade. Entre os destaques estão shows de artistas como Alceu Valença e Maria Gadú, no palco da Praça Mauá; Angela Ro Ro e Tuia, no Sesc; e a performance ‘Canções de Giacomo Puccini e Ricardo Zandonai’, com o elenco Estável do Theatro São Pedro (música clássica).

O evento é uma realização do Governo do Estado de São Paulo em parceria com as prefeituras das Cidades envolvidas. Tem execução da Associação Paulista dos Amigos da Arte (APAA), parceria com o Sesc-SP e apoio do Museu da Imagem e do Som de São Paulo (MIS), Instituto Pensarte, Museu do Café e Cavalera.
Para mais informações sobre a programação da cidade confira em http://www.viradaculturalpaulista.sp.gov.br/cidades/santos/.

Confira a programação da Virada Cultural Paulista 2016 em Santos

Sesc (Rua Conselheiro, 136, Aparecida, tel. 3278-9800)
28 de maio (sábado)
18h – Show de folk do cantor Tuia, que lança o CD ‘Reverso Folk’
18h – Contação de histórias ‘Zingarella – Contos Ciganos’
29 de maio (domingo)
10h às 18h30 – Instalação lúdica ‘(En)Cantos de Brincar’
17h30 – Sessão do filme ‘Divertida Mente’
18h – Show ‘Criadoras – Mostra de Intérpretes Compositoras’, de Angela Ro Ro – Classificação: 16 anos

Palco interno – Teatro Coliseu (Rua Amador Bueno, 237, Centro Histórico)
28 de maio
18h30 – ‘Canções de Giacomo Puccini e Ricardo Zandonai’ – Elenco Estável do Theatro São Pedro (música clássica)
23h59 – Nilton Rodrigues (Stand-up)
29 de maio
11h – ‘Mina!’ (teatro infanto-juvenil)
14h – TFStyle (dança)
17h – Claudio Goldman (piano)

Palco externo – Praça Mauá, no Centro Histórico
28 de maio
19h30 – Preta Rara
21h – Banda Bula
22h30 – Vania Bastos canta Caymmi
23h59 – Alceu Valença
29 de maio
15h30 – Rodrigo Ogi
17h – Chico Chico
18h30 – Maria Gadú

*Prefeitura de Santos

Maria Gadú em Santos; 23 cidades recebem Virada Cultural em 2016

“Nós teremos, na 10ª da Virada Cultural Paulista, uma grande novidade: serão três finais de semana de shows que acontecerão em todo o Estado, em 23 municípios das mais variadas regiões. A Virada promove a cultura, a educação, o entretenimento, a transformação. É a cultura indo ao encontro da população em todo o Estado”, afirmou o governador Geraldo Alckmin.

Entre as atrações inéditas na Virada Cultural Paulista, este ano se apresentam Os Mutantes, banda que vem influenciando gerações de músicos desde 1966 e que apresenta vários de seus clássicos em nova roupagem, além de músicas mais recentes; Alceu Valença, com show repleto de cultura nordestina em um caldeirão musical sofisticado e contemporâneo; o incansável Erasmo Carlos, com 50 sólidos anos de estrada e ainda em plena atividade; e a banda NX Zero, que apresenta músicas de seu álbum “Norte”, lançado no ano passado, bem como grandes sucessos de toda sua carreira.

Pensando na variedade de estilos, público e gerações, estão escalados para a edição deste ano artistas dos mais diversos: Almir Sater, Marcelo D2, Tiê, Emicida, Arnaldo Antunes, Trio Virgulino, Wanderléa, Silva, Marcelo Jeneci e Tulipa Ruiz, Zeca Baleiro, Velha Guarda da Mangueira, Tribo de Jah, Mart’nália e Karina Buhr, entre vários outros. O formato inédito, com a distribuição da Virada Cultural Paulista em três finais de semana, possibilita que o público de cada região do Estado tenha acesso a ainda mais atrações, podendo participar do evento em cidades diferentes a cada fim de semana, com pouco deslocamento.

E para dar ao público da capital paulista a oportunidade de ter um gostinho do que é o evento, será realizado no dia 3 de maio, terça-feira, no Teatro Sérgio Cardoso, o Esquenta Virada Cultural Paulista 2016, com show de Maria Gadú. A entrada, como em toda a Virada, é gratuita. A Virada Cultural Paulista 2016 conta ainda com apoio do MIS – Museu da Imagem e do Som de São Paulo, Pensarte, Museu do Café e Cavalera.

Histórico

Criada em 2007 pelo Governo do Estado de São Paulo, a Virada Cultural Paulista tornou-se o mais relevante evento cultural do interior e litoral paulistas, com a proposta de promover um grande festival gratuito e simultâneo em cidades de médio e grande porte. Desde o princípio, a Virada tem buscado proporcionar ao público o acesso às melhores produções artísticas do País, nas mais variadas linguagens: música, dança, circo, artes cênicas, arte para crianças, dentre outras.

O programa ocorre em parceria com as Prefeituras: enquanto o Estado se encarrega da programação artística principal, os municípios ficam responsáveis por toda a infraestrutura do evento, como montagem de palcos externos e disponibilização de teatros municipais. As cidades também contribuem com programação local, dando espaço a artistas das próprias regiões. No ano passado, realizada em 24 cidades, a Virada teve público de 1,1 milhão de pessoas.

Virada Cultural Paulista 2016

14 e 15 de maio
Araraquara – Zeca Baleiro e Projota
Botucatu – Maria Gadú e Os Mutantes
Registro – Mart’nália e Tribo de Jah
Santa Bárbara d’Oeste – Marcelo Jeneci & Tulipa Ruiz e Nação Zumbi
São João da Boa Vista – Os Mutantes e Emicida
Sorocaba – Nação Zumbi e Mart’nália
Taubaté – Cidade Negra e Toquinho

21 e 22 de maio
Araçatuba – Maria Gadú e Alceu Valença
Ilha Solteira – CPM 22 e Zélia Duncan
Limeira – Alceu Valença e Teatro Mágico
Marília – Biquini Cavadão e Velha Guarda da Mangueira
Piracicaba – Erasmo Carlos e NX Zero
Presidente Prudente – Gabriel o Pensador e Maria Gadú
Votuporanga – Teatro Mágico e Raimundos

28 e 29 de maio
Assis – Ed Motta e Tihuana
Bauru – Projota e Marcelo Jeneci
Campinas – Maria Gadú e Marcelo D2
Caraguatatuba – Otto e Dona Zaíra
Franca – Nação Zumbi e Arnaldo Antunes
Indaiatuba – Arnaldo Antunes e Emicida
Mogi das Cruzes – Banda Malta e Almir Sater
Ribeirão Preto – Marcelo Jeneci e Raimundos
Santos – Alceu Valença e Maria Gadú

Realização: Governo do Estado de São Paulo
Correalização: Prefeituras das cidades participantes
Execução: APAA
Parcerias: SESC-SP
Apoio: MIS – Museu da Imagem e do Som de São Paulo, Instituto Pensarte, Museu do Café e Cavalera.

Entrada gratuita

Esquenta Virada Cultural Paulista 2016 com Maria Gadú
03 de maio, terça-feira, às 20h
Teatro Sérgio Cardoso
Rua Rui Barbosa, 153, Bixiga – São Paulo
Sala Sérgio Cardoso
Capacidade: 835 lugares
Entrada gratuita (sujeito a lotação)

*Secretaria de Estado da Cultura

 

Thiaguinho, Capital Inicial e Tiago Abravanel no Verão Jequitimar

Guarujá será mais uma vez palco do Verão Jequitimar, onde ocorre os mais concorridos shows do verão paulista em janeiro. O Sofitel Guarujá Jequitimar (Av. Marjorie da Silva Prado 1100, Praia de Pernambuco) receberá várias atrações às noites de sábado, sempre às 20h30.

Os ingressos já estão à venda no site http://www.poladian.com.br ou 4003-1212, além das lojas na Cidade: Rip Curl (no próprio Shopping Jequitimar) e Tennis Onde (no Shopping La Plage, na Av. Mal. Deodoro da Fonseca, 885). O primeiro lote tem entradas para pista a R$ 40,00 e para VIP a R$ 120,00.

Gigantes do Samba (dia 3/jan)

No mesmo palco, teremos duas das mais influentes e populares bandas de samba de todos os tempos, que estouraram nos anos 1990 e ajudaram a renovar esse estilo musical, além de atrair milhões de fãs para o mais brasileiro dos ritmos.

Com 30 anos de estrada, os paulistanos do Raça Negra são considerados pioneiros dessa reviravolta do samba, liderados por seu carismático vocalista e compositor Luiz Carlos. Por sua vez, o Só Pra Contrariar veio de Minas Gerais para conquistar o Brasil a partir de 1993 graças à força e a presença de palco de seu líder Alexandre Pires. Juntas, as duas bandas venderam mais de 50 milhões de discos, o que torna essa reunião mais do que histórica.

Tiago Abravanel (dia 10/jan)

01Neto de Silvio Santos, Tiago Abravanel se firmou nos últimos anos como um dos maiores e mais versáteis talentos do cenário artístico brasileiro atual. Ator e cantor, ele participou de inúmeros musicais e programas de TV, tendo estourado nacionalmente graças ao musical Tim Maia-Vale Tudo (2011), que estrelou com brilhantismo.

Em seu show musical, ele aposta na diversidade de gêneros musicais como forma de cativar os fãs, com direito a canções românticas, latinas, sertanejas, pagode, rock e axé. Nada mal para quem pode se orgulhar de ter sido convidado a cantar ao lado de Roberto Carlos em seu especial anual em 2013.

Capital Inicial (dia 17/jan)

Um dos grandes destaques da geração anos 1980 do rock brasileiro, o Capital Inicial viu sua popularidade aumentar durante todos esses anos, e hoje se mantém no primeiríssimo escalão do rock brasileiro, com novos fãs surgindo a cada dia e também agradando quem curte outros estilos musicais.

Dinho Ouro Preto (vocal, violão e guitarra), Fê Lemos (bateria, percussão e vocal), Fê Lemos (baixo) e Yves Passarel (guitarra violão e vocal) continuam mais atuais do que nunca, vide seu mais recente CD, Viva a Revolução, inspirado em parte nas manifestações populares ocorridas no Brasil em junho de 2013.

Thiaguinho (dia 24/jan)

03Depois de se consagrar como vocalista do Exaltasamba, Thiaguinho saiu do grupo para investir em uma carreira-solo que o tornou ainda mais popular pelo Brasil afora. Ele mergulha no samba e mistura o ritmo com elementos de outros estilos musicais (rap, rhythm and blues, romantismo) e uma atitude pop das mais sólidas.

O cantor e compositor acaba de lançar seu segundo trabalho individual, Outro Dia Outra História, que conta com a participação especial de Lulu Santos na faixa título e no qual consolida sua força como artista que consegue conciliar popularidade e qualidade artística como poucos de sua geração.

Verão Jequitimar

Parceria entre o SBT e a Poladian Produções, o VERÃO Jequitimar tem entre suas marcas o público familiar e o local seguro e diferenciado em que é realizado. Em edições anteriores, o festival recebeu shows de Fábio Jr., Rita Lee, Erasmo Carlos, Seu Jorge, Nando Reis, Maria Gadu, Pitty, Michel Telo, Exaltasamba, Luan Santana, Banda Eva, Fernando e Sorocaba, Fresno, NXZero, entre outros.

*Assessoria da Verão Jequitimar