Arquivo da tag: mulheres

Guarany recebe evento em homenagem ao universo feminino

Por Secult Santos
.
O evento ‘A Música da Sua Vida’, em homenagem ao universo feminino, ocorre nesta terça-feira (28), a partir das 16h, no Teatro Guarany (Praça dos Andradas, 100, Centro Histórico). A programação, com entrada franca, destaca o poder, a coragem e a luta pelos direitos de liberdade e igualdade, além de ressaltar o papel da mulher na sociedade. Realização da Prefeitura Municipal de Santos (PMS).
.
Com cunho cultural e social, a atividade oferece aula de maquiagem e estética; workshop sobre a evolução e conquistas da mulher, disponibilizando orientação e informação; e parceria com o projeto como Mary Kay do Brasil, com a presença da diretora Patrícia Petroli, que ministra aula aberta de maquiagem.
.
Em parceria com o Senac-Santos será oferecida orientação sobre hábitos de vida saudável, realizada pelos alunos do curso de Técnico em Estética. Já a Secretaria Municipal de Relações Institucionais e Cidadania oferece o workshop ‘A Evolução e as Conquistas da Mulher’, com a palestrante Diná Ferreira Oliveira, coordenadora municipal de Políticas para a Mulher.
.
Encerrando a programação, as cantoras santistas Giovanna Mary, Kin Stuque, Priscila Suzuki, Suzi Di Paula e Cris Santos, acompanhadas por Caio Mesquita e banda, promovem o lançamento da canção que dá título ao evento, ‘A Música da Sua Vida’. A faixa tem autoria de Caio Mesquita, músico idealizador da ação, em parceria com Guilherme Marino. O show musical terá performances teatrais demonstrando a importância e o valor da mulher na sociedade.
.
Programação/horários
.
>> 16h às 19h – Oficina de Maquiagem, Cuidados com a pele e Estética – Foyer do Teatro Guarany
>> 19h10 – ‘Orientações de Hábitos de vida saudável’ (vídeo) – Palco
>> 19h30 – Workshop ‘A Evolução e Conquistas da Mulher’, com a palestrante Dina Ferreira de Oliveira, coordenadora de Políticas para Mulher – Palco
>> 21h – Apresentação: Show com as cantoras Giovanna Mary, Kin Stuque, Priscilla Suzuki, Suzi Di Paula e Cris Santos, acompanhadas por Caio Mesquita e banda – Palco

Sueca Ellen Tejle vem a Santos partilhar sobre igualdade de gênero no audiovisual

Por Ivan De Stefano

O Coletivo Vermelha e o Instituto Querô, em parceria com as Mulheres do Audiovisual BRASIL realizam na quinta-feira (06/04), uma palestra com a sueca Ellen Tejle sobre igualdade de gênero no audiovisual, racismo e sexismo. Ellen estará no Seminário Internacional sobre a Representatividade da Mulher no Audiovisual (dia 30 de março no Rio de Janeiro) e em seguida dá continuidade ao debate em Santos, em um bate-papo aberto ao público, na Universidade Monte Serrat – Unimonte, das 19h às 21 horas.

Essa é a segunda vez que Ellen vem ao Brasil para compartilhar sua experiência na luta pela igualdade de gênero no audiovisual e como a Suécia diminuiu a desigualdade, conseguindo com que 50% dos filmes financiados pelo Swedish Film Institute fossem dirigidos por mulheres.

Ellen Tejle é programadora e diretora da sala Bio Rio, em Estocolmo. É também promotora do selo Bechdel, que mede a presença feminina nos filmes, além de criadora da campanha A-rating, que classifica filmes de acordo com a representatividade feminina de seu conteúdo. A palestra será feita em inglês com tradução consecutiva para o português. O evento também tem apoio da Unimonte e Prefeitura de Santos.

Números da desigualdade

Em 2015, somente 38% dos filmes suecos foram dirigidos por mulheres. No Brasil, segundo dados da Ancine, somente 19% das obras registradas em 2015 foram dirigidas por mulheres. Tratando-se de igualdade racial, o estudo da University of Southern Califórnia, analisou os filmes mais populares de Holywood entre 2007 e 2014 e menos de 15 (0,004% especificamente) foram dirigidos por diretores negros.

No Brasil, segundo estudos do GEMAA (Grupo de Estudos Multidisciplinares da Ação Afirmativa da UERJ), somente 3% dos diretores dos filmes de maior bilheteria da última década são negros, sendo que não há mulheres negras nesses 3%. O que isso representa? Qual o impacto disso na representação das mulheres no audiovisual? Como a Suécia diminuiu essa desigualdade, conseguindo que 50% dos filmes financiados pelo Swedish Film Institute sejam dirigidos por mulheres? O que mais há para conquistar? Tudo isso será debatido no bate-papo com Ellen Tejle.

Confira a agenda cultural de Santos neste fim de semana

Por Secult Santos

‘Legião Sinfônico’
Um concerto popular. Para interpretar as canções imortalizadas na voz de Renato Russo, a sinfônica convidou o cubatense Anderson Borges, fã do grupo brasiliense e tem um tom de voz muito parecido com o do líder da banda. Domingo (20). 20h. Coliseu (R. Amador Bueno, 237). Ingressos a R$ 20.

3ª Mostra de Teatro Musical
Gilberto e Dora, diretores da Cia Acaso, são pressionados por um impaciente produtor para criar um musical em um curto período de tempo. Passam, então, a rever os melhores números de seu repertório e, em meio a este conflito, identificam algo que permeia todas as cenas: os desdobramentos do amor. Ingressos para o espetáculo da cia. Lúcia Millás à venda na escola (R. Minas Gerais, 84), com o preço de R$ 30 (até esta sexta). Ou no dia do espetáculo, na bilheteria do Guarany, a partir das 17h30, por R$ 60 (com meia-entrada para idosos, professores e estudantes).

‘Balé Jovem no País das Maravilhas’
Divididos em três elencos, cerca de 500 alunos do Balé Jovem de São Vicente se apresentam no espetáculo de encerramento de ano. Sessões na sexta-feira (18), às 18h30 e 21h; no sábado (19), às 18h e 20h30; e no domingo (20), às 17h e 19h30. Teatro Municipal Braz Cubas (Av. Pinheiro Machado, 48). Ingressos a R$ 60,00.

Patrulha Show – Aventuras Caninas
O espetáculo infantil traz a aventura dos cães mais bravos e animados do pedaço. Com a ajuda das crianças, eles solucionam o mistério do tesouro pirata. A peça tem o objetivo de transmitir mensagens aos pais e filhos. Sábado (19). 18h e 20h. Coliseu (R. Amador Bueno, 237). Ingressos de R$ 30 a R$ 60.

Festival de Comédia Caiçara
O humorista Rominho Braga traz o seu solo ‘Adivinha Quem É?’. Sexta-feira (18). 21h. Teatro Guarany (Praça dos Andradas, 100). Ingressos a R$ 20,00.

‘Zero Treze Fighting Gamers – Baixada Santista’
O encontro, voltado para os fãs de jogos de lutas de videogames, traz área free play, dicas para iniciantes e campeonato. Domingo (20), das 14h às 19h. Gibiteca Municipal Marcel Rodrigues Paes (Posto 5, Orla do Boqueirão). Gratuito.

Orquestra Instituto GPA
Beatles, Elvis Presley e Vivaldi compõem o repertório do próximo concerto da Orquestra do Instituto GPA, em Santos. Com regência de Daniel Misiuk e direção artística da professora Renata Jaffé. Sexta (18). 19h30. Coliseu (R. Amador Bueno, 237). Gratuito.

‘Vozes, violões e amigos’
As cantoras Débora Paiva e Giovana Razuk recebem o público para uma tarde com vários estilos e ritmos. Sábado (19), 17h. Pinacoteca Benedicto Calixto (Av. Bartolomeu de Gusmão, 15). Gratuito.

Chorinho no Aquário
O Choro & Afins convida a cantora Nadja Soares e apresenta repertório com clássicos do chorinho. Sábado (19). 19h às 20h30. Praça Luiz La Scala. Em caso de chuva, o show é cancelado. Gratuito.

‘A música é sempre uma boa ideia’
O show reúne voz, violão e percussão em uma apresentação que traz os músicos Andréa Gonzaga, Leonardo Vilar, Gilson Koch e Débora Paiva interpretando sucessos da MPB. Domingo (20). 17h. Pinacoteca (Av. Bartolomeu de Gusmão, 15). Gratuito.

Cine Arte – Posto 4
Dir.: Kleber Mendonça Filho. ‘Aquarius’ traz um clima de crescentes tensão e suspense ao falar de temas como especulação imobiliária, a vida na terceira idade e a preservação das memórias pessoais. A trama se desenvolve por meio de Clara (Sonia Braga). Jornalista aposentada, viúva e mãe de três adultos, é assediada a vender seu apartamento em Recife. Cine Arte Posto 4. Sessões às 16h, 18h30; 21h. Em cartaz até dia 23. De R$ 1,50 (meia) a R$ 3,00. Classificação: 12 anos. Nos dias 18 e 20, o local não terá a exibição das 21h.

Sessão Mulher
Parceira entre a Mostra das Minas e a Revista Sanatório Geral, o projeto ‘Sessão Mulher’ traz exibição do documentário ‘Tão Longe é Aqui’. O road movie acompanha a trajetória da diretora Eliza Capai em uma viagem à África e conta, por meio de uma carta destinada à sua filha no futuro, a história dos encontros com mulheres fortes de diferentes regiões africanas. O filme foi premiado em mostras como o ‘Festival do Rio’, em 2013; ‘Brasileine Suecia’, em 2014; e o ‘Festival Mercosul’, entre outros. Sexta-feira (18). 21h. Cine Arte Posto 4. Gratuito.

Programação Semana da Consciência Negra
Misturando ficção e realidade, o filme ‘Branco Sai, Preto Fica’ retrata o cotidiano e a visibilidade dos afrodescendentes no Brasil, com um ar de ficção científica. Dirigido por Adirley Queirós, o drama traz a história de dois homens, que tiveram as suas vidas marcadas após um tiroteio em um baile black, na periferia de Brasília. Uma terceira figura vem do futuro, destinada a investigar o que ocorreu e provar que a culpa é da sociedade repressiva. Domingo (20). 21h. Cine Arte Posto 4. Gratuito.

Musical no Miss
O projeto Musical no Miss continua com série ‘Dos Palcos para as Telas’, que exibe produções teatrais que viraram obras cinematográficas. Em ‘Gypsy – Em busca de um sonho’, o maior desejo de Mama Rose (Rosalind Russell) é ver suas filhas conquistarem o sucesso na Broadway. Ela deposita grande parte de suas esperanças na mais velha, June (Ann Jillian), mas não deixa de lado a pequena e tímida Louise (Natalie Wood), que é arrastada pela mãe por todo país em busca de notoriedade. Baseado na autobiografia de Gypsy Rose Lee. Após a exibição ocorre bate-papo com o maestro e diretor geral do Broadway Voices, Fernando Pompeu. Sexta-feira (18). 15h30. Museu da Imagem e do Som (Miss). Piso térreo do Centro de Cultura Patrícia Galvão. Av. Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias. Gratuito.

Mostra das Minas
Iniciativa independente do Coletivo de Mulheres de Cinema e Audiovisual da Baixada Santista, o projeto Mostra das Minas tem o objetivo de incentivar a produção e manter viva a discussão sobre o protagonismo da mulher dentro do mercado cinematográfico e audiovisual. Realiza sessão com exibição dos curtas-metragens ‘Órion’, de Rodriane DL; ‘O Mais Barulhento Silêncio’, de Marcela Moreno; e ‘Edifício Tatuapé Mahal’, co-dirigido por Carolina Markowicz e Fernanda Salloum, além do documentário em média-metragem, ‘No Devagar Depressa dos Tempos’, de Eliza Capai. Durante a noite também ocorre o lançamento da 17ª edição da revista ‘Sanatório Geral’, que traz o tema ‘Mulher’ e tem textos de Kiusam de Oliveira, Vitória Rodrigues e Renata Carvalho. Na sessão ‘Cadeia Elétrica’, com Iasmin Alvareza, traz entrevista com a diretora Eliza Capai, além da estreia da ‘Interne-se’, seção com a pesquisadora Dani Marino em texto sobre as Mulheres e as HQ’s. Sábado (19). 20h. Museu da Imagem e do Som de Santos (Miss). Piso térreo do Centro de Cultura Patrícia Galvão. Av. Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias. Gratuito.

Cinemateca de Santos
O espaço continua com a mostra em homenagem ao cineasta Héctor Babenco e projeta o filme ‘O Passado’. O drama desenvolve a história de Rímini (Gael García Bernal), um jovem tradutor que terminou recentemente um casamento de 12 anos com Sofia (Analía Couceyro), sua primeira namorada. A separação foi tranquila até Rímini iniciar um namoro com Vera (Moro Angheleri), uma modelo de 22 anos. Um dia Sofia tenta beijá-lo à força, o que faz com que Vera, que presenciou a cena, morra atropelada. Um ano depois, Rímini se casa com Carmen (Ana Celentano), sua parceira de tradução. O trauma da morte de Vera lhe rendeu uma amnésia misteriosa, que o faz se esquecer dos idiomas que precisa traduzir no trabalho. Ajudado por Carmen e pelo nascimento de seu filho, Lúcio, ele precisa se adaptar à sua nova realidade de marido dependente. Sábado (19). 20h. Rua Ministro Xavier de Toledo, 42, Campo Grande. Gratuito.

Maestrina Nailse Machado vai à 1º Simpósio Latinoamericano de Mulheres Regentes

Por Morgana Monteiro

Nailse Machado, maestrina do Coral Zanzalá de Cubatão’, é uma das convidadas do I Simpósio de Mulheres Regentes que reunirá profissionais de toda a América Latina nos dias 15 e 16. Nailse é reconhecida como uma das mais importantes regentes de canto coral do Brasil e participa das discussões, sendo responsável por ajudar na elaboração das propostas que surgirão dessa reunião, no último dia de debates.

O simpósio acontece na Sala do Conservatório, na Praça das Artes, na Capital, e é o primeiro do gênero a reunir regentes brasileiras e de pelo menos outros 19 países. Além de discutir assuntos relevantes como a desigualdade no mercado de trabalho, proconceito e discriminação, desafios femininos atuais, recentes conquistas das mulheres regentes, melhoria de oportunidades profissionais na última década, o evento pretende também mapear as profissionais atuantes no Brasil e exterior.

“Esta primeira discussão sobre o tema mostra uma realidade enfrentada por nós e comum a praticamente todas as mulheres em suas diferentes profissões. Apesar de nossa qualificação e experiência serem iguais ás de nossos colegas, ainda temos salário menor e menos benefícios. O objetivo desse encontro é fortalecer nosso vínculo e apontar caminhos e soluções por melhores condições de trabalho”, afirma Nailse.

A maestrina tem um cotidiano movimentado e, como vários artistas país afora, participa de vários grupos artísticos: além do Coral Zanzalá, também dirige os Corais da Alfândega do Porto de Santos, o Municipal de Santos, o dos Servidores Municipais de Cubatão, e é diretora cênica da Companhia Teatral Cenicomania.

Mais que um simpósio, um movimento pela igualdade

O Simpósio Mulheres Regentes é uma iniciativa das regentes brasileiras Claudia Feres, Erica Hindrikson, Ligia Amadio e Vania Pajares e tem o objetivo de discutir o papel da mulher no mercado da música de concerto, buscando identificar os principais problemas enfrentados e, ao mesmo tempo, apontar caminhos.

“Infelizmente, estamos sempre na berlinda por sermos mulheres. Queremos discutir assuntos relevantes para o nosso ofício, promovendo um amplo debate, criando uma rede de mútuo apoio”, disse a regente Ligia Amadio, que hoje atua em orquestras no exterior.

“Mais que um simpósio, é um movimento que pretende ter ação permanente, até que não mais surja a pergunta: por que há tão poucas mulheres regentes? Em prol do Movimento Mulheres Regentes, foram realizados em agosto, setembro e neste mês diversos concertos, para divulgação e conscientização da importância e necessidade dessas ações”, completou Ligia.

O Coral Zanzalá dedicou a esse simpósio o concerto que fez em setembro, no Cais de Santos. Informações sobre o evento e inscrições podem ser obtidas pelo site http://www.mulheresregentes.org.

MISS recebe nova ação da Mostra das Minas neste final de semana

Localizado no piso térreo do Centro de Cultura Patrícia Galvão (Av. Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias), o Museu da Imagem e do Som de Santos (Miss) abriga nos próximos dias 24 e 25, às 20h, a segunda edição do cine-debate mensal do projeto ‘Mostra das Minas’.

Realizado pelo Coletivo de Mulheres de Cinema e Audiovisual da Baixada Santista, o evento, com entrada gratuita, tem como objetivo de incentivar a produção e manter viva a discussão sobre o protagonismo da mulher dentro do mercado cinematográfico e audiovisual.

Prevista para o final do ano, a ‘Mostra das Minas’ terá uma semana completa de atividades formativas – como palestras, workshops e oficinas -, além das exibições de longas, médias e curtas-metragens, também seguidas de roda de conversa. O Coletivo de Mulheres promete lançar em breve uma campanha de financiamento coletivo online para realizar a mostra.

Serviço
2º Cine-Debate Mostra das Minas
Miss – Museu da Imagem e do Som de Santos – piso térreo do Centro de Cultura Patrícia Galvão
Av. Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Matias
Informações: tel. 3226-8000 ou pelo e-mail mostradasminas@gmail.com

*Prefeitura de Santos

 

Diretoras de curtas-metragens podem participar da Mostra das Minas em junho

Estão abertas as inscrições para a Mostra das Minas – Mostra Livre de Cinema de Mulheres, que será realizada em junho em Santos. Serão selecionados filmes de qualquer gênero dirigidos por mulheres para esta edição. Envie seu filme de até 20 minutos com ficha técnica até dia 17 de junho para o e-mail: mostradasminas@gmail.com.

A mostra ocorrerá no Museu da Imagem e do Som de Santos no dia 25 de junho e contará com cinedebate, além de outras ações a fim de difundir o olhar feminino no audiovisual na Baixada Santista.

*Mostra das Minas

 

No Dia das Mães, Coral Zanzalá na Concha Acústica

Um concerto especial para homenagear o dia das mães: “Mulheres – A Vez e a Voz”, será realizado pelo premiado Coral Zanzalá neste domingo às 19h na Concha Acústica, por iniciativa da Oficina Cultura Pagu com apoio da Secult.

Este concerto traz um repertório que aborda o universo feminino, com canções que valorizam a mulher, seu papel fundamental na sociedade, suas lutas e ambições.

O Coral Zanzalá foi criado pelo maestro Rodrigo Augusto Tavares em 1978, no antigo Conservatório Musical de Cubatão. Hoje é considerado um dos corais mais importantes do Estado de São Paulo. Em 2014 apresentou-se no Lincoln Center, em Nova York.

CONCERTO DE CANTO CORAL: MULHERES – A VEZ E A VOZ
Dia 8/5 – domingo
Horário: 19h
Aberto ao Público (Gratuito)
Local: Concha Acústica – Canal 3 – Gonzaga – Santos/SP
*em caso de chuva a atividade é cancelada

*Ricardo Vasconcellos