Arquivo da tag: nova acrópole

Monumento a Braz Cubas receberá intervenção da Secult e Nova Acrópole

Por Secult Santos | Foto: Memória Santista

A Coordenadoria de Museus e Galerias da Secretaria de Cultura de Santos (Secult) recebe os voluntários da organização internacional de filosofia, cultura e voluntariado Nova Acrópole–Santos para a 12ª edição do Projeto Clio. A ação de limpeza ocorrerá no monumento a Braz Cubas (Praça da República, no Centro Histórico), fundador da vila de Santos. A atividade será nesta quinta-feira (24/jan), às 9h, dentro da comemoração dos 473 anos da Cidade.

Além de colaborar no serviço de limpeza, orientado pela Secult, os voluntários também vão expor varal de poesias de poetas santistas e realiza a Roleta das Virtudes, cujo objetivo é trazer, por meio da interação com o público, reflexões sobre valores e princípios humanos baseadas na filosofia.

Feita pelo artista italiano Lorenzo Mazza, a obra em homenagem a Braz Cubas é o primeiro monumento da Cidade. Com 8 metros de altura, a peça carrega vários símbolos. A face de Braz Cubas aparece rodeada de outras figuras humanas que representam o comércio, a navegação e o gênio de Santos.

A ação voluntária de limpeza dos monumentos de Santos realizada pelos alunos e docentes da Nova Acrópole-Santos objetiva valorizar e preservar a memória municipal e nacional, representada pelos personagens exaltados nas obras. Ainda, é uma via de expressão dos alunos filósofos e voluntários, que sabem que o altruísmo pode tornar o mundo um lugar melhor.

 

Nova Acrópole abre inscrições para oficinas literárias

A Organização Internacional Nova Acrópole, sede Santos, promove dois minicursos voltados à literatura. O primeiro, intitulado ‘Afinal, o que é poesia?’, acontece nos dias 25 (quinta-feira), das 19h às 22h, e 27 (sábado), das 16h às 19h. O segundo, ‘Aprender a ler (para quem já sabe ler…)’, ocorre em duas datas do mês de março: 3 (quinta, das 19h às 22h) e 5 (das 16h às 19h). As inscrições podem ser feitas, no telefone 99666-1995 (Beatriz), de segunda a sexta, entre 10h às 14h. Cada minicurso custa R$ 170,00.

A oficina de fevereiro mostra os elementos que caracterizam a legítima poesia e os propósitos que movem grandes poetas. O objetivo é dar condições à leitura e à apreciação do gênero, oferecendo também bases para quem pretende escrever textos poéticos.

Já a segunda, que acontece em março, ensina como apreciar a leitura, a sua importância e quais capacidades humanas essa prática desenvolve. Também vai tratar de problemas clássicos que envolvem o tema, como falta de tempo, falta de concentração e dificuldade para elaborar textos.

Oficina de Leitura

Outra opção que a Nova Acrópole oferece é a ‘Oficina de Leitura’, que ocorrerá sempre às quartas-feiras, das 16h às 17h30. Para participar desses encontros, o participante deverá ter integrado o minicurso ‘Aprender a ler (para quem já sabe ler…)’. Os encontros semanais vão acontecer em grupo, gerando um ambiente propício para desenvolver uma leitura mais qualificada e instrutiva. O investimento é de R$ 110,00 mensais.

Todas as atividades acontecerão na Nova Acrópole, filial Santos, que fica na Avenida Siqueira Campos (Canal 4), 324, Santos. O e-mail para contato é beatrizquaglia@gmail.com, assunto ‘Oficinas Literárias’.

*Milena Graziela

 

Duo de violões franco-brasileiro se apresenta em Santos

O Duo de violões Franco-Brasileiro, formado pelo francês Frédéric Bernard e pelo brasileiro Giacomo Bartolini, faz apresentação única dia 28 de agosto, às 20h, na Nova Acrópole (Av. Siqueira Campos, 324/Santos). Com 22 anos de existência e cinco CDs gravados, a dupla tem atuado frequentemente na Europa e no Brasil, com o objetivo de divulgar a música instrumental para violões. Os ingressos custam R$ 60,00.

No programa, obras de Anton Von Diabelli (‘Serenade’ em fá Maior), Fernando Sor (‘Souvenir da Rússia’, op. 63 e ‘Os Dois amigos’, op. 41) e Napoleón Coste (‘Gran Duo’). A exibição ainda traz comentários dos instrumentistas, que explicam curiosidades sobre as composições, dando um tom mais intimista ao concerto.

O duo foi criado em 1993 por ocasião do 3º Encontro Nacional de Violonistas em São Paulo. O lançamento, em 1995, de um primeiro CD inspirado na música Romântica do século XIX e sul-americana consolidou o feliz encontro intercontinental de dois grandes músicos. De lá para cá foram diversos trabalhos no cultivo da música de qualidade.

Frédéric Bernard nasceu em Troyes em 1970, recebeu sua formação musical na Ecole Nationale de Musique e no Conservatoire National de REIMS, na Ecole National de Musique d’Orsay, além do “Supérieur do Conservatoire Paris”, complementados com a faculdade de Musicologia de REIMS e Sorbonne em Paris.

Criou em 2007 o Festival Guitares en Picardie, hoje considerado o maior do país no genêro. Apresentou-se em Berlim, Moscou, Monaco, Monte Carlo, Croácia – dentre tantos outros lugares. Em 2009 iniciou novo dueto com o guitarrista francês Arnaud Dumond. Gravou diversos CDs, os quais recebem as melhores críticas de revistas especializadas.

Giacomo Bartoloni é doutor em música, professor na Unesp, arranjador e compositor, estudou com Henrique Pinto, Abel Carlevaro e JM Zarate, recebeu 1º prêmio em uma competição de dueto de guitarra em São Paulo (1977) e 1º prêmio Nacional de Composição no Concurso Isaías Savio em Porto Alegre (1979).
Em 1989, com Henrique Pinto e Angela Muner, lançou o Violão Câmara-trio com uma de suas obras e vários arranjos – trabalho aclamado como o melhor CD instrumental do ano pelo maestro Julio Medaglia. Criador do Quarteto Bartoloni de violões, ao lado de seus três filhos contempla a música camerística brasileira de beleza, sensibilidade e alta qualidade artística.

*Milena Graziela