Arquivo da tag: performance

Filhos da Tradição abrem a agenda do ‘Santos Arte e Cultura’; confira programação

Por Secult Santos

Começa nesta quinta-feira (5), na Concha Acústica Vicente de Carvalho (orla do Gonzaga, ao lado do Canal 3), a programação artística do projeto ‘Santos Arte e Cultura’, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult). A atração, a partir das 19h, é a performance do grupo de música portuguesa Filhos da Tradição.

Fundada em 2003, em Santos, a banda tem como principal característica a diversidade de sons, misturando, por exemplo, o fado lusitano e o maracatu brasileiro em uma única canção. O repertório também inclui sucessos da nova geração de fadistas e clássicos do estilo.

Além da música, a agenda do ‘Santos Arte e Cultura’, que segue até o dia 28 de fevereiro, também traz performances, em vários pontos da Cidade, de dança, teatro, arte circense, literatura e contação de histórias, sempre privilegiando o trabalho de artistas locais. Toda a programação é gratuita. Em caso de chuva, os eventos são cancelados. Mais informações pelo tel. 3226-8000.

Confira as atrações das primeiras semanas

Concha Acústica Vicente de Carvalho (orla do Gonzaga) 
Dia 5 – 19h às 21h – grupo musical Filhos da Tradição
Dia 6 – 19h às 21h – espetáculo circense ‘Fontainebleau’, do Bella Cia.
Dia 7 – 19h às 21h – show musical de Anne Marie e Reles Relíquias
Dia 8 – 10h às 12h – espetáculo infantil ‘Branca de Neve’, da Cia. Arueiras
Dia 8 – 19h às 21h – show musical de Janaína Andrade
Dia 12 – 19h às 21h – espetáculo Cantoras do Rádio
Dia 13 – 19h às 21h – espetáculo ‘Aurora’, da Cia. Arueiras
Dia 14 – 19h às 21h – música com Bruno Thadeu
Dia 15 – 10h às 12h – espetáculo infantil ‘Om co tô? Quem co sô? Prom co vô?’, de Luciano Draetta
Dia 15 – 19h às 21h – música com Kin Stuque

Praça do Surfista (orla da Pompeia)
Dia 7 – 19h às 21h – música com Giovanna Razuk
Dia 14 – 19h às 21h – música com Débora Paiva

Pérgula do Boqueirão (Orla, em frente à Av. Cons. Nébias)
Dia 8 – 18h às 20h – música com Boy
Dia 15 – 18h às 20h – música com DJ Mamuth

Lagoa da Saudade (Morro Nova Cintra)
Dia 7 – 15h às 17h – música com o grupo Coisa de Pele
Dia 14 – 15h às 17h – música com o Grupo Família

Jardim Botânico (Rua João Fracarolli, s/nº)
Dia 7 – 16h às 18h – performance ‘Bombeiros em Risco’
Dia 8 – 19h às 22h – Baile com Athrios Band
Dia 14 – 16h às 18h – Contação de Histórias em Bonecos
Dia 15 – 19h às 22h – Baile com Banda Survive

Fonte do Sapo (orla da Aparecida)
Dia 7 – 19h às 21h – música de Kaká Basrkerville
Dia 8 – 19h às 22h – Baile com Oscar Guzella
Dia 14 – 19h às 21h – música com Carla Mariani
Dia 15 – 19h às 22h – Baile com Adriano Neves e Banda

Chorinho no Aquário (Praça Luiz La Scala)
Dia 7 – 19h às 21h – música com Jorge Maciel
Dia 14 – 19h às 21h – música com Osvaldinho do Cavaco

Parque Municipal Roberto Mário Santini (Emissário Submarino)
Sábados e domingos – 19h às 21h – aulas de zumba, axé e dança de salão com os professores Ricardo Andrade, Éric Ratto e Jimmy.

No Sesc Santos, oficina ‘Corpo, performance’ questiona sobre violência cotidiana

A oficina ‘Corpo, performance: apropriação e violência cotidiana’ acontece gratuitamente no Sesc Santos (Rua Conselheiro Ribas, 136/Santos), às sextas-feiras de agosto (dias 3 a 24), das 18 às 22 horas.

Trata-se de uma oficina que pretende aprofundar metodologias de trabalho para um tipo de performance autobiográfica que se utiliza de artefatos intermidiáticos para composição. Nessa oficina, artistas serão convidados a experimentar corporalidades à partir da produção de selfies e de suas relações com objetos.

Através de uma abordagem somática serão trabalhadas questões de gênero e composição em performance. O objetivo é trabalhar autoimagem diante da violência e como isso se transforma em vinhetas performadas em espaços alternativos.

O que se espera que aconteça é um despertar, tanto em nível corporal quanto psíquico, para como agem as metáforas sócio-institucionais sobre o corpo e o poder dessas instituições (família, igreja, polícia, estado) nas ações de mulheres de diversas raças, credos e posições sociais, determinando seus comportamentos.

Orientação

Jaqueline Vasconcellos, graduada em Bacharelado em Interpretação Teatral pela UFBA, especialista em Estudos Contemporâneos em Dança, mestre em Dança pelo programa de Pós-graduação em Dança da UFBA e doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Meios e Processos do Audiovisual (ECA-USP).

Atua junto ao Conexão ZAT como criadora e articuladora cultural e é programadora cultural pela Poiesis na Oficina Cultural Oswald de Andrade. Entre seus trabalhos artísticos mais relevantes estão: atuação em Pequenos Burgueses ; direção de Harildo Dedá; ÉDuzek!, dirigida por Ana Ribeiro e Por um Triz e A mais Forte dirigidas, ambas, por Oscar Aguiar. Em 2012 é convidada pela companhia Hibridus Dança para realizar uma ação no ENARTCI 2012 em Ipatinga MG.

Daí surge o 1ª. Experimento em torno de Mais um pornô a videoinstalação. Entre 2012 e 2013, no Brasil e Argentina, realiza experimentos performáticos ligados ao projeto “Mais um pornô: para ambientes intimistas”. Em 2013, gere o projeto Guerrilha Poética: cartografia dos sentidos, contemplado com o Prêmio FUNARTE-PETROBRAS Klauss Viana 2012.

*Sesc Santos

 

Porto do Saber e Palácio das Artes têm intensa agenda nas férias escolares

Estão abertas as inscrições para os projetos de férias em Praia Grande. Opções não faltam para quem quer manter a criançada entretida com programação de qualidade. No Palácio das Artes, a diversão começa já em junho, com a programação de oficinas da Galeria Nilton Zanotti.

Em julho, entra em cena o projeto Férias no Museu, promovido pelo Museu da Cidade, que oferece uma grade de atividades variadas, com teatro, cineminha e oficinas diversas. Já no Porto do Saber, a dica é aproveitar as sessões de contação de histórias e oficinas como a de fabricação de pipas, fantoches e casa de boneca, entre outras atividades. Toda a programação é gratuita. Confira:

Palácio das Artes (Av. Pres. Costa e Silva, nº 1600 – Boqueirão) | Inscrições: 3496-5706

>> 21 de junho das 15 às 16h30; 22 de junho das 15 às 16h30; 23 de junho das 10 às 11h30; 24 de junho das 15 às 16h30; 25 de junho das 14 às 15h00; 29 de junho das 10 às 11h30; 30 de junho das 10 às 11h30

Oficinas a partir das 14 horas, direcionada a crianças com idade de 05 a 12 anos
>> Dia 4: Cinema no Teatro – longa de animação
>> Dia 5: Performance Pesca de Arrasto; Oficina “Arte na Caixa”
>> Dia 6 – Contação de História – “Era uma vez no Museu da Cidade – O menino e a gaiola”; Teatrinho Ecophalt – “O pneu Arinho”; Oficina “Arte na Caixa”
>> Dia 7 – Oficina de brincadeiras caiçaras; Oficina “Arte na Caixa”
>> Dia 8 – Apresentação da Camerata de Violões de Praia Grande; Repertório Infantil: Balão Mágico, Arca de Noé e canções folclóricas. Teatrinho: Ecophalt – “O pneu Arinho” Oficina “Arte na Caixa”
>> Dia 12 – Oficina de Artes: Trabalhos de artes manuais com base na exposição (Des)Dobra; Teatro (Des) Dobra
>> Dia 13 – Contação de História – “Era uma vez no Museu da Cidade – O menino e a gaiola”; Teatrinho Ecophalt – “O pneu Arinho”; Oficina “Arte na Caixa”
>> Dia 14 – Oficina de Artes: Trabalhos de artes manuais com base na exposição “Des(dobra)”; Teatro (Des) Dobra
>> Dia 15 – Cena Teatral Cinderela das bonecas; Teatrinho – “O pneu Arinho”; Oficina “Arte na Caixa”

Porto do Saber (Avenida São Paulo, 900, Boqueirão) | Inscrições – No local, com antecedência. Verificar a lista de material reciclável da oficina que irá fazer. As oficinas não têm limite de idade.

>> Dia 4 -14 horas: Oficina de pipas;16 horas – filme: O Caçador de Pipas;
>> Dia 5 -14 horas – Oficina de jogo da velha; 16 horas – Contação de Histórias;
>> Dia 6 – 14 horas: Oficina de cata-vento; 16 horas – filme: Férias na Jamaica;
>> Dia 7 – 14 horas: Oficina Casa de boneca; 16 horas – filme: Frozen – uma aventura congelante;
>> Dia 8 – 14 horas: Oficina fantoche de meia; 16 horas – filme: O Rei Leão 2;
>> Dia 11 – 14 horas: Oficina bilboquê; 16 horas – filme: Baby Looney Tunes;
>> Dia 12 – 14 horas: Oficina boneca de jornal; 16 horas – Contação de Histórias;
>> Dia 13 – 14 horas: Oficina fantoches com caixa de leite; 16 horas – filme: Universidade Monstros;
>> Dia 14 – 14 horas: Oficina pet-bol; 16 horas – filme: Toy Story;
>> Dia 15 – 14 horas: Oficina maleta porta trecos; 16 horas – filme: A Era do Gelo especial de natal.

*Lorena Flosi

 

Espetáculo em processo ‘Sleep Mode’ em cartaz no Tescom

O espetáculo ainda em processo ‘Sleep Mode’ será encenado nesta sexta-feira (dia 3/jun), às 20h, no Tescom (Av. Rodrigues Alves, 195), no sistema Pague Quanto Quiser. Com direção de Dario Felix, o monólogo da Cia do Elefante/Tescom é protagonizado e escrito por Marcus Di Bello. Com público limitado de 40 pessoas, os ingressos podem ser reservados pelo telefone (13) 3233-6060 e pelo fb.com/CompanhiaDoElefante.

Sinopse: “(…) considerando que quaisquer pensamentos que nos ocorrem quando estamos acordados nos podem também ocorrer enquanto dormimos, (…) decidi fazer de conta que todas as coisas que até então haviam entrado no meu espírito não eram mais corretas do que as ilusões de meus sonhos.” (René Descartes)

*Companhia do Elefante

 

Raul Christiano assume direção das Oficinas Culturais do Estado de SP

O ex-secretário de Cultura de Santos, Raul Christiano, é o novo diretor das Oficinas Culturais do Estado de São Paulo. A informação foi dada pelo próprio diretor nesta terça-feira, dia 4 de agosto: “Terei a responsabilidade de gerir o funcionamento das 15 unidades, utilizando minha experiência como diretor de Articulação com Municípios do Ministério da Educação e a minha passagem mais recente como secretário”.

No dia 31 de julho, ele já tinha confirmado ao blog “que houve uma sondagem para participar da entidade gestora”, mas não informou a oficialização de seu nome por meio do convite de Clóvis Carvalho, diretor executivo da organização social Poiesis – Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura, gestor do programa.

As Oficinas Culturais é uma rede da Secretaria da Cultura do Estado que tem como objetivo a formação e a vivência da população no campo das artes. Assim, realiza atividades gratuitas de formação e difusão em artes plásticas, audiovisual, circo, performance, HQ, dança, fotografia, literatura, música, teatro e gestão cultural, em programações trimestrais atendendo cerca de 400 municípios.

Também se englobam à rede de Oficinas Culturais o Programa de Qualificação em Artes, composto pelo Projeto Ademar Guerra e Projeto de Qualificação em dança, que tem com ação principal a orientação artística a grupos, companhias ou coletivos no interior, litoral e região metropolitana de São Paulo, exceto capital.

No último semestre, vários grupos artísticos e veículos da imprensa discutiram sobre a redução no orçamento do programa estadual, que causou consecutivamente com o fechamento oficial de cinco sedes das Oficinas Culturais – quatro instaladas em prédios alugados. O corte recente também reduziu parte dos funcionários do programa e de suas atividades, sendo provavelmente esta equalização de verbas e qualidade do projeto o primeiro desafio do novo gestor.

*Lincoln Spada

 

Mostra de Arte Popular Quiloa, neste final de semana em Santos

Com show do grupo pernambucano Bongar, a Mostra de Arte Popular do Maracatu Quiloa começa nesta quinta-feira (29), em Santos, seguindo até domingo (1º), quando ocorre o 10º Cortejo pelas ruas do Centro Histórico. A abertura ocorre no Teatro do Sesc, às 21h, com ingressos a venda na bilheteria do local (Rua Conselheiro Ribas, 136, Aparecida).

Na sexta-feira (30), a programação é realizada no Centwagner parraro de Atividades Integradas Cais Milton Teixeira (Av. Rangel Pestana, 150, Vila Mathias), com exposição e Cine Quiloa (10h), Cine Especial – Tarja branca (15h), Oficina de bonecas pretas (17h, com inscrições pelo e-mail oficinas.quiloa@gmail.com), vivência de música e dança com Bongar Coco de Xambá (19h) e DJ Wagner Parra, com show de Adriano Grineberg e Blues for África (21h30).

Sábado (31), no mesmo local, ocorrem as seguintes atrações: exposição e Cine Quiloa (10h), ‘Bate-papo Bumba meu boi e Maracatu de baque virado’ (14h), vivência de música e dança (16h), oficina de bonecas pretas (17h), oficina de maracatu (18h30), performance ‘Nas trilhas do cinema’, DJ Silvio Luiz e show de Filpo Ribeiro e a feira do rolo (21h30).

O encerramento traz uma grande festa no domingo, a partir das 16h, na Praça Mauá, com discotecagem de Wagner Parra, seguida de Cortejo do Maracatu Quiloa, que este ano presta homenagem ao Boi, um elemento da cultura popular que esteve presente nestes 10 anos de história. Após a manifestação, o local recebe DJ Bakka e Thiago Cigano, além de show do Coco de São Pedro e apresentação do grupo Rebolo e Convidados.Quiloa_na_Virada_Cultural

Toda programação é gratuita, exceto o show no Sesc (com ingressos de R$ 6,00 a R$ 20,00). Realização: Associação Cultural Quiloa e Multicultural Produções, em parceria com o Sesc. Apoio: Prefeitura de Santos.