Arquivo da tag: prefeitura de cubatão

Pioneiro na Região, SMIIC dispõe de indicadores culturais de Cubatão

Por Lincoln Spada
.
O mapeamento de agentes e espaços culturais está sendo iniciado com o lançamento do SMIIC – Sistema Municipal de Informações e Indicadores Culturais, desenvolvido pela Prefeitura de Cubatão. Inédita na Baixada Santista, a plataforma virtual gratuita está sendo inserida nesta semana no portal da Prefeitura e já está disponibilizada em: www.smiic.wordpress.com.
.
Uma das prioridades da atual Administração Municipal, o SMIIC é um dos compromissos acordados entre Prefeitura e Ministério da Cultura em 2013. Com objetivo de coletar, sistematizar e interpretar dados, trata-se de uma plataforma múltipla de atualização permanente de conteúdos relevantes para transparência, facilitando o monitoramento e avaliação das políticas públicas culturais.
.
Além do cadastro de artistas e produtores culturais nos mapeamentos, o sistema também permite que a comunidade acesse a agenda de atividades de formação e difusão artística realizadas ou apoiadas pela Prefeitura desde o início dessa gestão, como também de observar o calendário oficial da Cidade, dados sobre organograma e funcionamento da Secult e informações sobre conselhos, patrimônios e legislação municipal referente ao setor cultural.
.
Mapeamentos culturais
.
Embora seja um novo modelo colaborativo de informações públicas na Baixada Santista, é comum nos últimos anos a realização de plataformas com a mesma finalidade do SMIIC. Nesse sentido, o sistema cubatense tem como base as referências de mapeamentos e sistemas similares de indicadores do setor em Sorocaba, São Paulo, Belo Horizonte.

Workshop gratuito de dança contemporânea ocorre no Jardim Casqueiro

Por Lincoln Spada
 .
Uma das modalidades mais prestigiadas no cenário atual, a dança contemporânea é tema de workshop gratuito oferecido nos próximos dias 18 e 19 (sábado e domingo), das 9h às 13h, no Centro Esportivo Armando Cunha (Av. das Américas, 550, Jardim Casqueiro).
.
As inscrições já estão abertas a partir desta quarta-feira (dia 8), e os interessados devem encaminhar nome, idade e um breve currículo com sua experiência em dança para o email: scacubatao@gmail.com. Ao todo, são 20 vagas ofertadas para dançarinos de nível intermediário ou avançado, acima de 16 anos.
.
O Workshop de Dança Contemporânea tem como objetivo o aprimoramento técnico em diferentes contextos e linguagens do segmento, sendo trabalhados jogos de improviso e desenvolvimento de células coreográficas. A ação formativa será ministrada pela artista paulistana Liliane De Grammont.
.
Com apoio da Prefeitura de Cubatão via Secretaria Municipal de Cultura, a atividade é realizada pelas Oficinas Culturais do Estado de São Paulo, desenvolvido pelo Governo Estadual e gerido pela Poiesis – Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura.

Sarau literário envolve linguagens artísticas na Biblioteca Central

Por Lincoln Spada
.
Atividade gratuita será realizada na noite da próxima quinta-feira
Neste mês, a Biblioteca Central volta a receber as edições mensais da iniciativa Sarau Literário, a ser realizado nesta quinta-feira (dia 26), às 19h30, com entrada franca na Avenida Nove de Abril, 1977, Centro. Trata-se de uma iniciativa da Sociedade Amigos da Biblioteca Pública Municipal e Arquivo Histórico Professor João Rangel Simões, com apoio da Prefeitura de Cubatão, via Secretaria da Cultura.
.
Já tradicional há anos no espaço municipal, o evento envolve autores e músicos locais que prestigiam e partilham suas obras junto ao público formado por estudantes e comunidade em geral. O sarau tem como objetivo ser um encontro aberto que se caracteriza pelo estímulo e reconhecimento da livre expressão artística do cidadão.
.
Comumente estruturado a partir da literatura, com prosa e poesia, o evento também envolve diferentes manifestações artísticas vinculadas às diversas linguagens, buscando a promoção do interesse de uma comunidade pela criação nos diferentes campos das artes. Assim, os realizadores convidam a população em também se sentirem protagonistas desse encontro.

I Cuba Art & Food acontece nos dias 16, 17 e 18 no Novo Anilinas

Por Christiane Castanheira

Nos dias 16, 17 e 18, o Novo Anilinas receberá pela primeira vez o Cuba Art & Food. Serão três dias de muita música, entretenimento, artesanato e gastronomia. O food truck levará ao parque a famosa pizza de cone e o hambúrguer gourmet.

Para quem é fã de chocolate, a food bike estará presente com uma variedade de brigadeiros gourmet. Os visitantes também poderão saborear pastéis, palha italiana, bolo de pote, alfajor e uma infinidade de doces e salgados. Para quem quer comprar um presente diferente para presentear no Natal, as opções são turbantes, roupas afro e artigos esotéricos, dos empreendedores participantes.

Nos três dias de evento haverá música para alegrar os visitantes. Na sexta feira (16), a festa começa às 17 horas e terá Monique da Rocha agitando a galera com seu Forró Pé de Serra, a partir das 18h30. No sábado (17) e no domingo (18), o evento tem início às 14 horas, estando previstas apresentações de Anderson Borges no sábado, às 19 horas, e da banda de rock Rockria no domingo, a partir das 18h30.

A idealizadora do evento, Sônia Nunes, é empreendedora e está feliz com a oportunidade de participar de uma promoção que, segundo ela, abre as portas para empreendedores que não têm comércio fixo. “Esta é uma oportunidade das pessoas conhecerem nosso trabalho. Todos os produtos são feitos artesanalmente, essa é a grande diferença. Espero que as pessoas compareçam para nos prestigiar”.

 

Teatro do Kaos recebe sessões gratuitas de Portugal e Guiné-Bissau no dia 9

O Teatro do Kaos (Praça Joaquim Montenegro) recebe na próxima terça-feira, dia 9, duas apresentações teatrais do 10º Circuito de Teatro em Português, que acontece em São Paulo e em diversas cidades do Estado. As peças têm entrada franca e contam com apoio da Prefeitura de Cubatão.

Às 16 h, o público pode conferir a apresentação da peça O Príncipe Feliz, encenada pela Cia. Magia e Fantasia, de Lisboa, Portugal. O texto é do escritor Oscar Wilde e conta a história de amor e amizade entre uma andorinha e uma estátua, a do Príncipe Feliz. A história é apresentada de uma maneira leve e lírica, juntando o trabalho do ator com o manuseio de bonecos.

Já às 20h será a vez da apresentação do Grupo Cultural Netos de Bandim, da cidade de Bissau, na Guiné-Bissau (África Ocidental). O grupo foi criado no ano 2000 pela ONG Associação de Amigos e Crianças (AMIC). Com caráter comunitário e filantrópico, é composto por jovens e crianças de várias faixas etárias, unidos através da edição cultural. Por meio da dança, música e teatro, o grupo busca preservar as práticas culturais de seus povos, tais como Fulas, Balantas, Repeles, Manjacos e Mancanhã, além de incluir vários jovens órfãos ou em situação de abandono.

Em Portugal

De acordo com o diretor do Teatro do Kaos, Lourimar Vieira, este é o terceiro ano consecutivo em que Cubatão recebe o Circuito de Teatro Português. O diretor explica que graças à parceria com o Grupo Dragão 7, da Capital, através da Produtora Creusa Borges, em 2014 o Teatro do Kaos fez a rota inversa e se apresentou em Portugal com a peça Os sapatos que deixei pelo caminho.

*Teatro do Kaos/Prefeitura de Cubatão

 

Cubatão Danado de Bom deve receber 80 mil pessoas em 2016

A maior festa nordestina fora do Nordeste está prestes a começar. O Festival da Cultura Nordestina Cubatão Danado de Bom deverá receber, de 7 a 10 de abril, um público estimado em 80 mil pessoas. E, este ano, o evento acontece em uma ocasião ainda mais especial: o aniversário da Cidade. Shows de artistas consagrados, teatro de arena, espaço para as crianças, artesanato, comidas típicas e apresentações de músicos e bandas da região vão animar ainda mais o evento, que será realizado no Kartódromo Municipal, com entrada gratuita.

O grande homenageado desta 4ª edição do Cubatão Danado de Bom será o escritor nordestino Ariano Suassuna. O romancista e dramaturgo autor de Auto da Compadecida terá uma exposição multimídia retratando sua vida e obra, em um espaço de 100 metros quadrados, climatizado, dentro da cidade cenográfica.

Para animar ainda mais a festa, todas as noites, o público será brindado com shows especiais no palco principal: Paralamas do Sucesso (dia 7), Lenine e Nação Zumbi (dia 8), Moraes Moreira e Davi Moraes (dia 9) e Pablo, o Rei da Sofrência (dia 10). Além dos grandes espetáculos, vai ter apresentação de 120 artistas que se revezarão nos palcos principal e cultural, situado dentro da Praça de Alimentação.

Criado em 2010 pela Prefeitura de Cubatão, o festival faz parte do calendário oficial de eventos do Estado de São Paulo. As três edições anteriores somaram um público de quase 200 mil pessoas. Além de representar uma festa de lazer e cultura, o Danado de Bom também movimenta a economia da Cidade, desenvolve o turismo e atrai visitantes da região e do Estado. A festa também agita o comércio e a hotelaria da Cidade, além de representar um grande apoio às entidades assistenciais do Município, as quais têm a oportunidade de gerar renda extra nos dias de festival.

O Cubatão Danado de Bom visa celebrar as raízes nordestinas da população cubatense, já que mais de 60% dos moradores da Cidade são nascidos naquela região do país ou são descendentes diretos (filhos e netos), conforme estimativa da Administração Municipal.

Estrutura

Para receber milhares de pessoas todos os dias, o Cubatão Danado de Bom conta com uma estrutura especial: palco principal com mais de 200 m² e área para abrigar um público de cerca de 30 mil pessoas, praça de alimentação de 1.500 m², camarote com 200 m², área de lanchonete das entidades assistenciais de 400 m², espaço destinado à Polícia Militar e posto médico.

Na praça de alimentação, seis restaurantes irão vender refeições típicas do nordeste, como carne seca com mandioca, carne de sol, feijão tropeiro, sarapatel, buchada de bode, cuscuz com costela, galo com feijão de corda, caldos (camarão, sururu, costela), lanches com carne, açaí na tigela e porções diversas.

Os visitantes também poderão se deliciar com acarajé, moqueca com cação e arroz de coco, crepes diversos, espetinhos, dados de tapioca, baião de dois, pernil e calabresa, além de bebidas como refrigerante, água, sucos, cachaças, batidas e drinks. Na área destinada às entidades assistenciais, serão vendidos bebidas e alimentos prontos e semi-prontos.

Segurança

O festival, bastante esperado e prestigiado por moradores da região e turistas que vêm de fora especialmente para o evento, contará com o apoio da Polícia Militar e de 110 seguranças especialmente contratados para a festa.

O evento terá ainda uma plataforma de observação e uma base móvel da Polícia Militar, além de homens do Programa Operação Delegada e de viaturas que farão rondas no entorno. Por questão de segurança, não será permitido o acesso de pessoas com vasilhames de vidro e, no interior da festa, os latões de lixo serão de plástico. A fim de facilitar a chegada do público que for de carro para o local, haverá placas sinalizadoras indicando a rota e sugerindo os bolsões de estacionamentos particulares. Para os usuários do transporte coletivo, os ônibus irão funcionar até a 1 hora da manhã.

Exposição

Grande homenageado da 4ª edição do Cubatão Danado de Bom, o escritor e dramaturgo Ariano Suassuna terá um espaço totalmente dedicado à sua vida e obra. O acervo contará com fotos da exposição O Decifrador, de Alexandre Nóbrega, filmes, livros, gravações e revistas que contam um pouco da trajetória deste famoso nordestino.

Além do material que poderá ser visto, lido, assistido e ouvido, durante a exposição, o escritor e doutor em Literatura Brasileira Carlos Newton Júnior ministrará duas palestras sobre Ariano Suassuna, nos dias 9 e 10. O palestrante é formado em Arquitetura e História, com especialização em teoria das Artes Plásticas, mestrado em Literatura Comparada e doutorado em Literatura Brasileira.

Professor do Centro de Artes e Comunicação da Universidade Federal de Pernambuco e autor de mais de dez livros, nos campos da poesia, do romance e do ensaio, é dele o acervo que ficará exposto no festival, com exceção das fotos. A exposição O Decifrador conta com fotografias do escritor em momentos íntimos e descontraídos. As imagens foram feitas nos últimos anos de vida de Suassuna, de quem Nóbrega era assessor e genro.

Teatro de arena

A grande novidade deste ano no Danado de Bom será o teatro de arena, que ficará dentro da cidade cenográfica, com palco e arquibancada com capacidade para 100 pessoas. Neste espaço, serão encenadas peças em todos os dias do evento: Cinderela Brasileira (quinta, 22 horas), Zigzaguiá (sexta-feira, 19h30), Auto da Compadecida (sábado, 11 e 18 horas e domingo, às 12 horas), Oficina de teatro físico (domingo, 14 horas) e Cinderela Brasileira (domingo, 19h30).

Já a cidade cenográfica, primeira atração para quem passa pelo portal do Danado, terá 800 metros quadrados de parede cenográfica, retratando casas do Nordeste, com pelourinho e uma igreja. O espaço também contará com dez casas ativadas, entre elas, uma igreja, uma escola, uma quitanda, e outras duas com venda de artesanato e produtos da marca do Festival.

Danadinho de Bom – As crianças terão diversão garantida em uma área coberta e climatizada de 150 metros quadrados, com o mesmo espaço externo, cercado, ao lado da praça de alimentação. Todas as ações e atividades desenvolvidas no Danadinho de Bom serão acompanhadas por monitores.

O Danadinho será centrado em atividades lúdicas e brincadeiras de rua. Amarelinha, balança-caixão, boca de forno, bolinha de gude, pião, cabra-cega, pula corda, perna de pau, bambolê, iô-iô, elástico e corrida de saco farão a alegria da criançada. No espaço, haverá também oficinas de recicláveis com a construção de vai e vem, cinco marias, pé de lata, bilboquê e pipa, entre outros. O local contará ainda com atividades de contação de histórias, pintura de rosto, escultura de balão e confecção de fuxico.

Meio ambiente

A fim de proteger o meio ambiente e contribuir para a conscientização da população sobre a necessidade dessas iniciativas, durante e após o evento serão adotas medidas que visam diminuir o impacto ambiental causado por grandes aglomerações, como a geração de lixo orgânico e a emissão de gás carbônico.

Todo o lixo orgânico gerado durante os quatro dias de evento deverão ser descartados em pontos específicos. Já os materiais recicláveis como copos, latinhas e papeis serão coletados e encaminhados para a Cooperativa ABC Marba, responsável pela coleta seletiva de lixo na Cidade. A fim de compensar a emissão de carbono, ao final do evento, serão plantadas árvores de espécies nativas na Praça da Independência, no Jardim Casqueiro, e no Parque do Perequê. De acordo com a geração de carbono durante o festival, será calculada a quantidade de mudas.

Todo o óleo utilizado para o preparo das refeições e dos pratos servidos durante o Danado de Bom na praça de alimentação e nas barracas das entidades assistenciais também será coletado por uma empresa. Em troca, será entregue material de limpeza para a Secretaria de Assistência Social, que encaminhará os itens a entidades assistenciais e à cooperativa ABC Marba.

A 4ª edição do Festival da Cultura Nordestina Cubatão Danado de Bom tem o patrocínio da Elog, com apoio da Unipar Carbocloro. O evento é promovido em parceria com Associação Comercial e Industrial de Cubatão (ACIC), Ciesp Cubatão e Santos e Região Convention & Visitors Bureau e realização da Lei de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cultura, Governo Federal, Prefeitura Municipal de Cubatão e Associação dos Artistas.

*Prefeitura de Cubatão

 

Encenação de N. Srª. Aparecida será às margens do Rio Cubatão

Neste dia 12, dia da Padroeira do Brasil, será realizada a partir das 9 horas a terceira edição do “Encontro de Nossa Senhora Aparecida no Rio Cubatão”. A encenação será realizada às margens do Rio Cubatão, atrás do Hospital Ana Costa.

Idealizada pelo padre Carlos de Miranda Alves, pároco da Igreja Matriz, a encenação tem a direção-geral assinada por Vidah Santos e terá como atores convidados Emanuella Alves e Fernando Rino, com participação do Ministério de Dança Kairós. A direção de estúdios é de Juliana Sousa; a produção executiva e figurinos são de Carla Oliveira e a maquiagem, de Cícera Carmo.

A realização é da Paróquia Nossa Senhora da Lapa, com apoio da Prefeitura Municipal de Cubatão, por meio das secretarias de Cultura, Obras e Saúde, e apoio cultural da Companhia Municipal de Trânsito (CMT), Camp Cubatão, Cantina Tia Jô e Incena Brasil.

*Alessandro Atanes