Arquivo da tag: prefeitura

Censura: Prefeitura de Cubatão suspende mostra imaginária no Anilinas

Por Lincoln Spada

Exatamente há uma semana, a Prefeitura Municipal de Cubatão comunicou em nota a suspensão de uma exposição fotográfica no Galpão Cultural, prevista para 21/mar. A nota lançada na antevéspera do evento foi abordada como uma censura pelos artistas do espaço e da região nas redes sociais.

Ora 2019, ora 1964, censura tem o mesmo significado no dicionário: aprovação ou desaprovação prévia de circulação de obra artística ou informativa com base em critérios morais ou políticos. Assim, usaremos o termo. E considerando o cartaz virtual do evento reproduzindo tarjas críticas ao quadro de nudez renascentista, ‘O Nascimento de Vênus’, a metalinguagem foi aplicada na cidade da Rainha das Serras.

Ironia maior é que nenhum membro da Prefeitura analisou o conteúdo das peças antes do anúncio do cancelamento. A razão: a mostra fotográfica jamais existiu. O que já estava planejado há 20 dias e ocorreu no ‘Toda Quinta Tem‘ era poesias, música acústica, discotecagem, esquete teatral e, no máximo, desenhos em formato A5, no Galpão Cultural – ocupação artística de coletivos locais no Parque Anilinas.

O parque é gerido pela Secretaria de Turismo, mas a mostra imaginária teve o seu anúncio censurado em reunião emergencial na tarde de 19/mar a pedido da secretária municipal de Cultura a um membro do Galpão. Bailarina e diretora artística premiada no exterior, a titular da pasta estava acompanhada do secretário de Comunicação Social, ex-assessor especial do Ministério da Cultura.

Noutros anos, cancelamentos de atividades culturais por viés moralista ou político já foram repreendidos publicamente por ministros do setor. Por exemplo, Roberto Freire abordou em 2017 sobre o fechamento do ‘QueerMuseu’: “O fundamental é destacar o erro da decisão de proceder o fechamento da exposição (…). Quem fecha exposições de arte – e aqui, cabe repetir, não importando saber o juízo de valor das obras – é a ditadura”.

Em nota, o Galpão Cultural informou que “nos foi posto que a arte de promoção do evento havia causado constrangimento em uma parcela da sociedade, chegando ao conhecimento do prefeito, que solicitou que providências fossem tomadas, pondo em risco a continuidade de seu trabalho frente a secretaria”. Se é optativo gostar de Bouguereau, segundo os artistas, não houve alternativa para inserir classificação indicativa ou até retirar só as tais peças, mas excluir a suposta exposição como um todo.

A Revista Relevo solicitou informações da Prefeitura em 22/mar sobre esta mostra fotográfica (nome, autoria, quantidade de obras e razões para não ser realizada), se houve interferência direta do prefeito, e se concordava que houve um ato de censura. Considerada como suspensão, a revista questionou a data de lançamento da tal exposição. Não houve resposta.

De fato, o ‘Toda Quinta Tem’ concentrou dezenas de jovens e artistas, como também dos presidentes dos conselhos de Cultura de Cubatão e de Santos, Thiago Garcia e Júnior Brassalotti. Não houve representantes oficiais da Prefeitura para acompanhar ou esclarecer sobre as eventuais obras censuradas. Todas as ações propostas pelo Galpão Cultural ocorreram, até citando a classificação indicativa no início das atrações.

 

Coletivo faz crowdfunding e festa em prol da Paixão de Cristo de SV

Por Lincoln Spada

O Coletivo de Artes de São Vicente realiza uma festa e um crowdfunding a fim de custear a nova edição da Paixão de Cristo na Cidade. Trata-se do espetáculo ‘Via Dolorosa’, teatro de rua que traz a história de Jesus.

A vaquinha digital pretende arrecadar R$ 5 mil até o dia 12/abr, tendo em vista a compra de tecidos para confecção de figurinos, além de adereços de cena e principalmente na alimentação dos quase 80 membros do elenco, pessoas da comunidade que compõem o teatro de rua. Ajude clicando aqui.

Por sua vez, a próxima sexta-feira (29/mar), a partir das 20h, haverá uma Noite Italiana no Buffet Deusali Festas & Eventos (Av. Capitão Mor-Aguiar, 545, Centro). A entrada é a R$ 25, sendo bebidas e sobremesas à parte. Ingressos e mais informações: (13) 99129-3470 e (13) 98152-0554.

A ideia é também de colaborar com a aquisição cenográfica da peça. O evento contará com show da Banda Sant’Areia e do tenor italiano Ezio Bonini. Além do buffet, a noite conta com apoio cultural de Ao Fiel Barateiro, Casa Luanda Supermercados, Cosa Nostra Cucina Italiana e Choperia Bom Gosto.

Via Dolorosa

O teatro de rua levará à comunidade a tradicional história de Jesus: do seu nascimento à sua morte e ressurreição, mesclando linguagens cênicas e música. As sessões estão previstas para 18 a 21/abr, às 20h, na Praça Tom Jobim e nos dias 27 e 28/abr, no mesmo horário, no Instituto Histórico e Geográfico de São Vicente.

 

Em parque público, Galpão Cultural é alvo de vandalismo e furto

Por Lincoln Spada | Foto: Douglas Lima

Situado em pleno Parque Anilinas, o Galpão Cultural mal completou dois anos e foi alvo de vandalismo na madrugada de 17/mar. O espaço teve uma janela quebrada por uma rocha e sofreu o furto de um cubo amplificador de som, utilizado para as atividades locais.

Para o site A Tribuna On-Line, a Prefeitura informou que uma porta de trás do galpão foi arrombada, e que a Secretaria de Segurança Pública e Cidadania seguirá apurando o ocorrido. Até o momento, ninguém foi preso.

Com 54 mil m², o Parque Anilinas é gerido pela Administração Municipal e conta também com cinema, escola, playground, clube de férias e sedes administrativas das secretarias de Cultura, de Turismo e do Fundo Social de Solidariedade.

A Prefeitura não respondeu aos questionamentos da Revista Relevo sobre quais serviços de vigilância funcionam no local, se havia registros de outros furtos no parque e que providências seriam tomadas para a segurança do espaço público.

Galpão Cultural

Fruto de empenho de coletivos teatrais da Cidade, o Galpão Cultural foi ocupado e revitalizado em mutirões de jovens artistas que gerenciam o local com biblioteca comunitária, horta e miniauditório e, que, por sua vez, dispõe de cursos e apresentações gratuitas para a comunidade.

O espaço cultural gerido pelos artistas comemora dois anos de atividades em março. Segundo eles, membros do Poder Público sugeriram neste mês que seja transferido para uma biblioteca no Jardim Casqueiro, situação refutada pelos fazedores de arte.

Homenagens marcam entrega do Prêmio Estandarte Santista 2019

Por Prefeitura de Santos | Foto: G1 Santos

A cerimônia de premiação da 6a edição do Estandarte Santista, realizada no palco do Teatro Municipal Braz Cubas, na noite da última terça-feira (12), teve muita emoção e samba no pé. A celebração foi marcada pelo ritmo dos sambistas da Cidade e pelas homenagens a seis personalidades que fizeram história no mundo samba.

Organizado graças à parceria entre o portal de notícias G1, Liga Independente Cultural das Escolas de Samba de Santos (Licess) e Secretaria Municipal de Cultura (Secult), o Estandarte é uma votação popular na qual o público escolhe bandas carnavalescas e escolas de samba preferidas, em dez quesitos. Segundo dados do G1, mais de 252 mil votos foram computados, em mais de um mês de votação.

A Botafogo foi escolhida como a Banda Mais Querida da Cidade, com mais de 36% dos votos, seguida das bandas Bebo Mas Não Travo (15,34%) e Jaú (14,66%). Já entre as escolas de samba, a União Imperial foi a agremiação mais premiada, com três troféus, inclusive de Melhor Desfile. Coube também à verde e rosa do Marapé, bicampeã do Carnaval santista, fazer o show de encerramento da festa.

Os homenageados da noite foram Mestre Bará, J. Muniz Jr., Zinho, Michelle Mibow, Aldinho e o Rei Momo 2019, Serginho Cipó, falecido na última quinta-feira (7), vítima de uma parada cardiorrespiratória. Ainda sob forte emoção, a viúva Maria de Lourdes Vicente da Graça agradeceu a homenagem: “Ele deve estar feliz em ver o carinho que todos vocês têm por ele”.

Resultado da votação do prêmio Estandarte Santista 2019

> Banda Mais Querida da Cidade: 1. Botafogo (36,29%); 2. Bebo Mas Não Travo (15,34%); 3. Jaú (14,66%)
> Grupo 1 – Melhor Escola: 1. Bandeirantes do Saboó (40,47%); 2. Imperatriz Alvinegra (36,05%); 3. Dragões do Castelo (7,87%)
> Grupo de Acesso – Melhor Escola: 1. Mãos Entrelaçadas (36,73%); 2. Padre Paulo (33,93%); 3. Brasil (16,12%)
> Grupo Especial – Alegoria, Melhor Desfile e Destaque: União Imperial | Baianas: Real Mocidade | Bateria: Unidos dos Morros | Comissão de Frente: Vila Mathias | Melhor Intérprete: Ricardo Reis, o Jacaré (Mocidade Amazonense) | Mestre-Sala e Porta-Bandeira: Daniel Vitro e Andress Simpatia (Dependente do Samba) | Rainha de Bateria: Janaína Paiva (Mocidade Amazonense) | Samba-Enredo: X-9

 

Vem aí o Festival Fluxxo com bandas independentes no Centro de Santos

Por Prefeitura de Santos

A itinerância do Festival Fluxxo chega a Santos para oferecer, entre os dias 18 e 23, programação gratuita com oficina sobre o mercado musical e encerramento com shows de artistas independentes. Contemplado pelo Programa de Ação Cultural (ProAC), o festival, que tem encerramento em Santos, promoveu uma turnê de 19 dias, com cinco novas bandas circulando por cidades paulistas: São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, Sorocaba, São José dos Campos e São Paulo.

Um dos objetivos do Fluxxo é reunir profissionais do mercado musical como artistas, produtores, técnicos e comunicadores para se conhecer e trocar ideias e aprendizados. A agenda tem início na próxima segunda-feira (18) com a oficina ‘O Show como Espetáculo’, que traz ao palco do Teatro Guarany (Praça dos Andradas, 100, Centro Histórico) o músico Maurício Pereira, que fez dupla com André Abujamra no grupo Os Mulheres Negras. Exclusivo para as bandas selecionadas pelo festival, o painel segue até a sexta-feira (22).

No sábado (23), na Praça Mauá, no Centro Histórico, a partir das 20h, é a vez das apresentações do Obinrin Trio, com sua mistura de coco, maracatu e baião; Judas no Deserto, que faz um pop contemporâneo com letras que abordam problemas sociais; Suco de Lúcuma, que mescla nuances de hip hop, neo soul e rock psicodélico à retórica da literatura beatnik. Também tem Sujeito Coletivo, que busca unir letras politizadas e ácidas com uma pegada rítmica e melódica que passa por acid jazz, reggae e trap (vertente do hip hop), e Meire D’Origem, rapper que tem um extenso currículo na cultura de rua.

 

7ª Mostra Ecofalante leva itinerância para Guarujá no dia 24

Por Prefeitura de Guarujá

Devido à previsão de mau tempo, 7ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental, que seria neste sábado (16), agora será no dia 24 de fevereiro. A iniciativa integra o Programa Verão no Clima 2019, desenvolvido pelo Governo de SP com apoio da Prefeitura de Guarujá. A Mostra Ecofalante exibirá o documentário ‘Blue – Triste Oceano’. Escrito, dirigido e co-produzido por Karina Holden, em 2017, o longa-metragem tem duração de 76min.

A sessão acontece às 20h, na Praça das Bandeiras (Centro/Pitangueira). A entrada é 1kg de alimento não perecível, destinado ao Fundo Social de Solidariedade de Guarujá. O filme é um alerta sobre o fato de que metade de toda a vida marinha já foi perdida nos últimos 40 anos. Trata-se de uma viagem provocativa ao reino dos oceanos, com filmagens realizadas durante dois anos na Austrália, Havaí, Indonésia e nas Filipinas.

 

Bandas estreantes são os destaques da semana do Carnabanda 2019

Prefeitura de Santos

A segunda semana do Carnabanda 2019 terá cinco bandas que vão desfilar pela primeira vez no evento promovido pela Prefeitura de Santos. Nesta terça-feira (5), às 19h, ocorre a estreia da Banda Balacobaco, que agita o São Manoel. A concentração ocorre na Praça Nicolau Geraigire. A CET-Santos faz a interdição da praça entre as ruas Manoel M. Canoilas e Prof. Frâncico Meira. A rota alternativa é a Rua Abel Simões Carvalho. Também ocorrem bloqueios momentâneos nas ruas Francisco Meira, Um (CDHU), Dr. João Carlos de Azevedo e Ada Campanini da Silva.

Outra estreante da noite é a Banda Carnatole, que a partir das 19h tem concentração na Rua Tolentino Filgueiras, no Gonzaga. A via estará interditada entre as ruas Tocantins e José Cabalero. Rota alternativa: Rua Azevedo Sodré. Os bloqueios momentâneos acontecem nas ruas Tolentino Filgueiras, Pasteur, Luis de Farias e Av. Washington Luiz.

Na quarta-feira (6), a partir das 19h, mais duas bandas fazem seus primeiros desfiles. A Banda da Encruzilhada concentra seus foliões na Praça Alm. Tamandaré. A CET-Santos interdita o acesso à praça, entre a Rua Borges e Avenida Conselheiro Nébias. Rota alternativa: Avenida Conselheiro Nébias. Bloqueios momentâneos na Avenida Conselheiro Nébias, Avenida Conselheiro Rodrigues Alves, Avenida Dr. Washington Luiz (sentido praia/Centro) e Rua Cunha Moreira.

Na mesma noite, a Banda Desde Pequenininho faz a festa no Boqueirão, com concentração marcada na Rua Vahia de Abreu. A via tem interdição entre a Rua Goiás e a Rua Machado de Assis. Rota alternativa: Av. Dr Washington Luiz (sentido Centro/praia). Bloqueios momentâneos: Rua Vahia de Abreu, Rua Mato Grosso, Avenida Washington Luiz (sentido praia/Centro) e Rua Alexandre Herculano.

A folia continua na quinta-feira

Quinta-feira (7) a folia continua com o desfile da Banda Só Amigos da Baixada Santista, a partir das 19h, no Aparecida. Concentração na Praça Abílio Rodrigues Paz (BNH – interior da praça). Interdições momentâneas: Rua Alexandre Martins, Rua Frei Francisco Sampaio, Rua Jurubatuba, Rua Pirajá da Silva, Rua Alm. Ernesto de Mello Jr, Rua Luiz Marques Gaspar, Rua Aureliano Coutinho, Rua Alexandre Fleming, Rua Vergueiro Steidel (no contrafluxo) e Rua Alexandre Martins.

Já a Banda Miss – Mocidade Independente de Santos faz sua estreia animando a Encruzilhada. Concentração na Rua Cunha Moreira, que fica interditada entre a Avenida Senador Feijó e a Rua Comendador Martins. Rota alternativa pela Rua Guedes Coelho. A Avenida Senador Feijó, Rua Barão de Paranapiacaba e a Rua Júlio Conceição têm bloqueios momentâneos.

Bandas têm novos dias de desfiles

Atendendo solicitação da Polícia Militar para que os desfiles das bandas carnavalescas não coincidam com as datas do Desfile Oficial das Escolas de Samba, a programação do Carnabanda 2019 sofreu duas alterações. A Banda Dragão, que desfilaria no próximo dia 23, vai sair pelas ruas do Embaré no dia 26, a partir das 19h. Em breve será anunciada a nova data do desfile da Banda BB do Estuário. Para saber a programação completa do Carnabanda 2019 acesse: http://www.santos.sp.gov.br/carnaval.