Arquivo da tag: Rodrigo Santana

‘Cultura em Crise’ é o tema do 4º Motim Teatral; acesse a programação na íntegra

Por Movimento Teatral

Com o tema ‘Cultura em Crise’, o 4º Motim Teatral reúne 14 coletivos cênicos para apresentações gratuitas no Centro de Santos. Mostra regional do FESTA 58 – Festival Santista de Teatro, a maratona de apresentações acontece inteiramente nesta sexta-feira (dia 23) com 13 horas ininterruptas de grupos artísticos.

Neste ano, trata-se de um ato pela liberdade de expressão dos artistas de rua em Santos; contra o corte orçamentário das Oficinas Culturais do Estado no interior e litoral paulista; e pró-Centro Cultural Cadeia Velha.

O termo ‘motim’ é uma insurreição de grupos contra o autoritarismo, caracterizado por atos de desobediência artística e civil que se opõem a autoridades ou o capitalismo, sendo frequentemente acompanhado de tumulto artístico, vandalismo estético e intervenções de violência poética.

O 4º Motim Teatral é uma realização do Movimento Teatral da Baixada Santista com apoio da Prefeitura Municipal de Santos por meio da emenda parlamentar do vereador Professor Igor Melo. Confira a programação:

>> 13h30 | Praça dos Andradas | ‘Festa das Flores’
Cia Incomodados de Teatro e Música | Roteiro e direção musical: Elias Tomais | Elenco: Ariadne Moreno, Elias Tomais, Juliana Lima, Juliana Sanz.
>> 14h | Praça dos Andradas | ‘É Doce ou Salgado?’
Coletivo Sanatório Geral | Texto: Betinho Neto | Direção: Miriam Vieira e Betinho Neto | Elenco: Sandy Andrade ,Liliane São Paulo, Amanda Franco e Betinho Neto.
>> 15h | Praça dos Andradas | ‘Furdunço no Casamento de Marieta’
Cia Animalenda | Direção: Danilo Cavalcanti | Elenco: Kely de Castro e Vinícius Camargo.
>> 16h | Praça dos Andradas | ‘Blitz – O Império que nunca dorme’
Trupe Olho da Rua | Texto e Direção: Caio Martinez Pacheco | Elenco: Bruna Telly, Caio Martinez Pacheco, Fabio Piovan, João Paulo Pires, João Luiz Pereira Junior, Raquel Rollo, Sander Newton, Wendell Medeiros.
>> 17h30 | Praça dos Andradas | ‘De Repente Thiago’
Esquadrilha Marginalia de Teatro de Rua | Dramaturgia coletiva | Direção: Sander Newton. | Elenco: Luiz Guilherme, Lucas Pereira e Michel do Carmo.
>> 18h | Vila do Teatro | ‘Nó Cego’
Teatro Genoma | Direção: Rodrigo Marcondes | Com Juliana Vicma.
>> 19h | Praça dos Andradas | ‘Tentativa Zucco’
Usina Utópica | Texto: Paulo de Tarso | Encenação: Douglas Lima | Elenco: Lucas Pereira, Julia Alves, Letícia Cascardi, Luana Albeniz, Mayara Andrade | Convidados: Natanael Gomes, Myller Oliveira, Vanessa Souza, Juliana Souza, Rafael Almeida, Rodrigo Alves, Patrick Gois, Udson Santos, Vinicius Ziani.
>> 20h | Vila do Teatro | ‘A Lenda dos Jovens Detentos’
Cia Muninja | Texto: Leo Lama | Direção: Diego Andrade | Elenco: Bruno Galdino e Letícia Tavares.
>> 21h | Praça dos Andradas | ‘Liberdade Prisioneira’
Cia Carcarah Voador | Texto: Cícero Gilmar Lopes | Direção: Vidah Santos | Elenco: Juan Pablo Garcia e Cícera Carmo.
>> 21h | Vila do Teatro | ‘Elogio ao maluco, Beleza?’
Cia Teatral Art e Manha | Texto: Natan de Alencar e Ricardo Oliveira | Direção: Lúcia Oliver | Elenco: Ricardo Oliveira, Natan de Alencar, Katia Lira, Mariana Nunes, Alisson Araújo.
>> 22h | Vila do Teatro | ‘Já que sou, o jeito é ser’
Cia 5 | Texto: Eduardo Ferreira | Direção: Eduardo Ferreira e Angélica Evangelista | Atores-bailarinos: Angélica Evangelista, Eduardo Ferreira, Gisele Prudêncio, Lucas Onofre e Rodrigo Santana.
>> 22h | Praça dos Andradas | ‘Terror e Miséria no Terceiro Reich’
Cia Amoriódio | Texto: Bertolt Brecht | Direção e adaptação: Diego Andrade | Elenco: Beatriz Gonçalves, Caroline Salles, Fellipe Tavares, Luccas Afonso, Nevily Alves e Teco Cheganças.
>> 22h30 | Praça dos Andradas | ‘De Volta ao Luto’
Cia Lorena | Texto e Direção: Diego Saraiva | Elenco: Natalia Marcelo, Vanderlei Abrelli, Paola Borges, Eliana Tavares, Arthur Cordeiro, Wilson Gois.
>> 0h | Catraias da Praça Iguatemi Martins | ‘Zona!’
O Coletivo | Direção: Kadu Veríssimo | Elenco: Caio Martinez Pacheco, Junior Brassalotti, Kadu Veríssimo, Léo Bacarini, Malvina Costa, Mario Arcenjo, Priscila Ribeiro, Raquel Rollo, Renata Carvalho e Thays Bratz. Após o espetáculo, festa com DJ Cigano.

Espetáculo de dança-teatro da Cia 5 se tornará em filme

Por Lincoln Spada e Eduardo Ferreira

Diretor de filmes premiados, o cineasta santista Eduardo Ferreira inicia a produção do dance film “Já que sou, o jeito é ser”. O projeto é uma extensão da pesquisa de Eduardo em artes integradas, convergindo as linguagens de dança, teatro e audiovisual.

Da Cia 5, o espetáculo de artes cênicas “Já que sou, o jeito é ser” foi contemplado pelo programa de Qualificação em Artes da Secretaria de Cultura do Governo Estadual. A montagem tem co-direção de Angelica Evangelista.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O filme é livremente inspirado no universo de Clarice Lispector, costurando de forma não linear fragmentos de diversos textos da autora radicada no Brasil. Com produção de Gaspar Lourenço e Lucas Onofre, a fotografia é de Eric Soares, a direção de arte é Gisele Prudêncio e edição de Izadora Andrade. No elenco, Angelica Evangelista, Gisele Prudêncio, Lucas Onofre, Rodrigo Santana e Eduardo Ferreira.

 

Rodrigão e Maurren Maggi participam de seminário no Cine Roxy

O Cine Roxy, em Santos, receberá uma série de palestras, com grandes nomes do empreendedorismo brasileiro, no dia 19 de dezembro, às 9 horas. O evento chamado Seminário Clack terá duração de 1 hora e foi criado com o objetivo de juntar palestrantes de diversas áreas profissionais para discutirem ideias sobre o assunto com o público. O valor arrecadado com a venda dos ingressos será revertido para o Instituto Projeto Neymar Jr.

Idealizado por Joel Moraes, que é empreendedor e ex-atleta, o Seminário Clack reunirá palestrantes do meio esportivo, digital e musical para troca de informação com cerca de 400 pessoas em uma das salas do Cine Roxy 5. O público alvo do evento reúne empreendedores e pessoas interessadas no assunto, as quais poderão interagir com os palestrantes ao final do evento por forma de Talk Show.

O público poderá acompanhar histórias de grandes nomes que fizeram história no ramo no qual trabalham ou trabalharam. Para participar do seminário, os interessados podem comprar o ingresso diretamente no Cine Roxy, pelo site http://www.compreingressos.com ou no ponto físico da Compre Ingressos no Shopping Miramar. O 1º, 2º e 3º lotes do seminário, consequentemente, custam, R$60,00; R$75,00 e R$90,00. Durante o evento os palestrantes poderão comprar livros e todo o dinheiro arrecadado com a venda dos ingressos e dos exemplares será revertido para o Instituto Projeto Neymar Jr. O Cine Roxy fica na Av. Ana Costa, 443, Gonzaga.

Os nomes confirmados para as palestras são:

JOEL MORAES

Joel Moraes é ex-nadador, palestrante, escritor, empreendedor e coordenador geral do Instituto Projeto Neymar Jr. Recentemente publicou a obra: O SUCESSO É ÓBVIO? que serve como método do próprio Instituto para mentalidade do sucesso.

MAURREN HIGA MAGGI

Maurren Maggi é uma ex-atleta da modalidade salto em distância e velocista brasileira. Tornou-se o maior nome da história do atletismo feminino do Brasil ao ganhar medalha de ouro no salto em distância dos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008. Sua jornada contempla diversos títulos e também muitos desafios na carreira. Atualmente se constituiu uma das maiores atletas olímpicas brasileira.

RODRIGO SANTANA (Rodrigão)

Conhecido nacionalmente e internacionalmente como Rodrigão, ele é um ex-jogador de voleibol com vasto currículo: Campeão Olímpico (Atenas 2004), Tri-campeão Mundial, Bi-Campeão da Copa do Mundo (Japão 2003 e 2007), Octa-campeão da Liga Mundial (2001,2003,2004,2005,2006,2007,2009 e 2010), Bi-campeão da Copa dos Campeões Japão 2005 e 2009). É um dos maiores vencedores do esporte olímpico brasileiro

EDVALDO VALÉRIO

Edvaldo Valério Silva fez história ao se tornar o primeiro e único nadador negro a ganhar uma medalha olímpica. O atleta teve uma carreira baseada na superação. De família humilde, nordestino, precisava de ajuda dos companheiros de clube para se manter no esporte. Sofreu preconceito pela cor da pele e contrariou todas as bases fisiológicas sobre negro na natação. Foi medalhista olímpico em Sydney (2000) juntamente com Gustavo Borges, Fernando Scherer e Carlos Jayme.

Alex Ferreira – PEZINHO

De família humilde e filho de músico, Pezinho Firme na Rocha (como é conhecido) é músico, produtor musical e compositor. Suas letras já emplacaram sucessos na voz de Arlindo Cruz, Thiaguinho, ExaltaSamba, Turma do Pagode, Belo, Pixote, Kiloucura e Péricles. Mas o que poucos sabem é que antes da fama, Pezinho passou por inúmeras dificuldades e tem muita história para contar.

EUCLYDES ESCAMES

Comediante natural de Santo André, ABC Paulista. Atua na comédia Stand Up há quase 10 anos e lidera um programa de rádio sobre empreendedorismo na Baixada Santista.

*André Azenha

 

Santos e Região, 24 de agosto

ORQUESTRA E CORO SINFÔNICO DO CONSERVATÓRIO DE TATUÍ NO SESC-SANTOS
18h | Sesc-Santos – Rua Cons. Ribas, 136/Santos | R$ 1 a R$ 5
a1A Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí é um equipamento da Secretaria de Estado da Cultura e do Governo de São Paulo. Foi criada em 1985 para dar suporte à performance dos estudantes da área de cordas sinfônicas da instituição. O Coro Sinfônico do Conservatório de Tatuí foi fundado em 1988, é formado por cerca de 30 alunos bolsistas e professores-monitores da instituição. Ambos os grupos contam com professores e alunos bolsistas, dando a estes últimos a oportunidade de adquirir uma ampla experiência do repertório sinfônico e também a antevisão de um possível ambiente de trabalho. Regentes: João Maurício Galindo (Orquestra) e Cadmo Fausto (Coro).

“SE O ANACLETO SOUBESSE” NA PINACOTECA
17h | Pinacoteca Benedito Calixto – Av. Bartolomeu de Gusmão, 15/Santos | Grátisa1 Uma comédia de circo-teatro, “Se o Anacleto soubesse” de Paulo Orlando, conta as trapalhadas de Anacleto, um chefe de família totalmente dominado por sua esposa, que resolve aventurar-se em noite de farra na companhia de seu amigo Tobias. O que eles não contavam era com a visita inesperada de uma certa dama que conheceram na noite anterior e começam a usar vários truques para contornar a situação, o que os deixam cada vez mais enrolados, a menos que Anacleto reverta esse jogo. O espetáculo foi produzido na Tescom e Cia Dramatúrgica Oficina. Texto: Paulo Orlando. Direção: Alex Felix e Marco França. No elenco: Alessandra Santana, Alex Sandro Menezes. Denise Braga, Henrique Ribeiro, Jorge Pestana, Katya Ranieri, Mariza Rodrigues, Miriâ Pessoa, Sandra Santos, Val Nascimento.

SÉRGIO MALLANDRO NO PARQUE BALNEÁRIO
19h | Parque Balneário Hotel – Av. Ana Costa, 555/Santos | R$ 70 a R$ 80
Um dos artistas mais conhecidos do Brasil desde os anos 80, Mallandro diverte a plateia revivendo seu passado, desde sua estreia na TV com o apresentador Silvio Santos, passando por suas participações na TV Globo com a apresentadora Xuxa Meneghel e Chico Anysio. No show ‘Sem Censura’, Mallandro se reinventa contanto histórias hilárias, pedindo a participação do público e, ao no final, abrindo a Porta dos Desesperados.

“OS SAPATOS QUE DEIXEI PELO CAMINHO” NO TEATRO DO KAOS
20h | Teatro do Kaos – Praça Joaquim Montenegro, 34/Cubatão | Grátis
A peça é escrita por Cícero Lopes e dirigida por Marcos Felipe. O espetáculo apresenta o universo de Poim, um migrante nordestino que vem para São Paulo em busca de seus sonhos. Através de suas recordações, o personagem passa a reconstruir a vida e criar novos pontos de vista e percepções para problemas comuns do mundo contemporâneo. Com indicação etária para maiores de 16 anos, a obra trata da migração nordestina, homossexualismo e distrofia muscular, dentre outros temas, em montagem que une cinema, música, artes visuais, dança e teatro de bonecos.

PROJETO TREM CULTURAL
15h | Casa do Trem Bélico – Rua Tiro Onze, 11/Santos | Grátis
O grupo Vigora de Dança faz a intervenção cênica “O que nos prende”, seguido da peça do Grupo Janela de Teatro “A Ilha Desconhecida”, livremente baseada no conto de José Saramago, dirigida por Eduardo Ferreira e encenada por Rodrigo Santana, Lucas Onofre, Gisele Prudêncio e Heitor Vallim.

“ZARAFA” NO SESC-SANTOS
11h e 16h | Sesc-Santos – Rua Cons. Ribas, 136/Santos | Grátis
A animação é Sob uma antiga árvore, um velho conta às crianças de sua aldeia, fábulas sobre um menino e uma girafa. Juntos eles vivem uma aventura viajando das areias do Sudão até as luzes de Paris. Direção Rémi Bezançon e Jean-Christophe Lie.

RECITAL MANZIONE E ALUNOS
17h | Pinacoteca Benedicto Calixo – Av. Bartolomeu de Gusmão, 15/Santos | Grátis
O espetáculo reúne os alunos do maestro Antônio Manzione que, sob sua regência, vão executar ao violão composições clássicas e populares da música brasileira e internacional.

BANDA OCEAN NO VASCO DA GAMA
20h | Clube de Regatas Vasco da Gama – Av. Almirante Saldanha da Gama, 33/Santos | Grátis para sócios | R$ 10 para não-sócios

WALK TOGETHER NO STUDIO ROCK
22h | Studio Rock Club – Av. Marechal Deodoro, 110/Santos | R$ 15 mulher | R$ 20 homem

Santos e Região, 31 de agosto

“O QUE O MORDOMO VIU” NO COLISEU
20h | Teatro Coliseu – Rua Amador Bueno, 237/Santos | R$ 50 a R$ 150
a2A história gira em torno do psiquiatra Dr. Arnaldo e sua atraente secretaria, Denise Barcca. O espetáculo começa com a secretária sendo examinada pelo doutor, durante uma entrevista de emprego. Como parte da entrevista ele a convence a se despir. A situação vai se tornando mais intensa, à medida que a entrevista avança, até a entrada em cena da Sra. Mirta, esposa de Dr. Arnaldo. Aos poucos vão aparecendo outros personagens, enriquecendo ainda mais a trama.

“SE O ANACLETO SOUBESSE” NA PINACOTECA
17h | Pinacoteca Benedito Calixto – Av. Bartolomeu de Gusmão, 15/Santos | Grátis
Uma comédia de circo-teatro, “Se o Anacleto soubesse” de Paulo Orlando, conta as trapalhadas de Anacleto, um chefe de família totalmente dominado por sua esposa, que resolve aventurar-se em noite de farra na companhia de seu amigo Tobias. O que eles não contavam era com a visita inesperada de uma certa dama que conheceram na noite anterior e começam a usar vários truques para contornar a situação, o que os deixam cada vez mais enrolados, a menos que Anacleto reverta esse jogo. O espetáculo foi produzido na Tescom e Cia Dramatúrgica Oficina. Texto: Paulo Orlando. Direção: Alex Felix e Marco França. No elenco: Alessandra Santana, Alex Sandro Menezes. Denise Braga, Henrique Ribeiro, Jorge Pestana, Katya Ranieri, Mariza Rodrigues, Miriâ Pessoa, Sandra Santos, Val Nascimento.

“OS SAPATOS QUE DEIXEI PELO CAMINHO” NO TEATRO DO KAOS
20h | Teatro do Kaos – Praça Joaquim Montenegro, 34/Cubatão | Grátis
a2A peça é escrita por Cícero Lopes e dirigida por Marcos Felipe. O espetáculo apresenta o universo de Poim, um migrante nordestino que vem para São Paulo em busca de seus sonhos. Através de suas recordações, o personagem passa a reconstruir a vida e criar novos pontos de vista e percepções para problemas comuns do mundo contemporâneo. Com indicação etária para maiores de 16 anos, a obra trata da migração nordestina, homossexualismo e distrofia muscular, dentre outros temas, em montagem que une cinema, música, artes visuais, dança e teatro de bonecos.

PROJETO TREM CULTURAL
15h | Casa do Trem Bélico – Rua Tiro Onze, 11/Santos | Grátis
O grupo Vigora de Dança faz a intervenção cênica “O que nos prende”, seguido da peça do Grupo Janela de Teatro “A Ilha Desconhecida”, livremente baseada no conto de José Saramago, dirigida por Eduardo Ferreira e encenada por Rodrigo Santana, Lucas Onofre, Gisele Prudêncio e Heitor Vallim.

“HOJE EU QUERO VOLTAR SOZINHO” NO SESC-SANTOS
11h e 16h | Sesc-Santos – Rua Cons. Ribas, 136/Santos | Grátis
Leonardo, um adolescente cego, tenta lidar com a mãe superprotetora ao mesmo tempo em que busca sua independência. Quando Gabriel chega à sua escola, novos sentimentos começam a surgir em Leonardo, fazendo com que ele descubra mais sobre si mesmo e sua sexualidade. Diretor: Daniel Ribeiro.

CAMERATA DE VIOLÕES BRASILIS NA PINACOTECA
17h | Pinacoteca Benedicto Calixto – Av. Bartolomeu de Gusmão, 15/Santos | Grátis
O repertório da Camerata passeia pela música brasileira, incluindo temas de grande sucesso no cinema nacional e internacional, explorando uma vertente musical de grande valor, que são as trilhas sonoras de games e animês.

BANDA ALPHAVILLE NO VASCO DA GAMA
20h | Clube de Regatas Vasco da Gama – Av. Almirante Saldanha da Gama, 33/Santos | Grátis para sócios | R$ 10 para não-sócios,