Arquivo da tag: rua joaquim távora

Flávio Viegas Amoreira ministra oficina literária nesta sexta

Por Lincoln Spada

A última edição da oficina literária ‘Como se tornar um escritor’ será realizada nesta sexta-feira (7/dez), das 19h30 às 20h30, pelo autor santista Flávio Viegas Amoreira na Associação Cultural José Martí (Rua Joaquim Távora, 217, Vl. Mathias/Santos). A oficina custa R$ 20. Informações: (13) 3307-1494.

O autor de diversas obras (‘Pessoa Doutra Margem’, ‘Maralto’, entre outros) ministrará uma atividade formativa será baseada em reflexões das seguintes questões: quais contos e poemas são essenciais para um literato? Quais as perspectivas editorias contemporâneas? Qual o futuro do romance na pós-modernidade?

Poeta, contista e crítico literário, Flávio é uma das mais inventivas vozes da literatura nacional contemporânea, na ‘Geração 00’. O escritor utiliza forte experimentação formal e inovação de conteúdos, alternando gêneros em sintaxe fragmentada, apontado como uma das vozes da pós-modernidade literária brasileira em pesquisas de universidades norte-americanas e europeias.

Centenário da Revolução Russa é tema de sarau e debate em Santos

Por Assoc. Cultural José Martí/BS
.
O centenário da Revolução Russa pauta uma agenda especial nesta semana em Santos. Na sexta-feira (20/out), às 19h30, o Campus Silva Jardim da Unifesp (R. Silva Jardim, 136/Santos) sedia o debate ‘É posssível construir uma nova sociedade sem revolução social?’.
.
Nesta noite, diversas entidades da Baixada Santista propõem esta reflexão, sendo as discussões realizadas com a participação de Breno Altmam, Marcelo Buzetto, João Guilherme e Mauro Iasi, com a mediação feita por Danilo Nunes.
.
Por sua vez, no sábado (21/out), às 20 horas, acontece o Sarau Cultural, com música, teatro, dança e poesia com o Coletivo Manifesta. A iniciativa será na Associação Cultural José Martí da Baixada Santista, na Rua Joaquim Távora, 217/Santos.

Celebrando 20 anos de carreira, Danilo Nunes faz show em prol às vítimas de furacão no Haiti

Por Ciranda Para Todos

A arte possibilitando a solidariedade na América Latina. É assim que será conduzido o show que marca os 20 anos de carreira do músico santista Danilo Nunes, no próximo dia 5 (sábado), às 20 horas, na Associação Cultural José Martí (Rua Joaquim Távora, 217, Santos). Com entradas a R$ 10, o evento terá parte da bilheteria destinada às vítimas do furacão Matthew.

“Não penso em caridade, mas sim em humanidade, pois trabalho antes de tudo como e com seres humanos”, diz o cantor sobre a razão desta apresentação, que terá no repertório músicas autorais, como as canções Por quantos Santos, Pátria Amada e Moro no Mato. Nestas duas décadas, Danilo lançou CD solo e com sua banda Carrossel de Baco, atravessou turnês pelo país.

Pela música, idealizou e produziu o Quintas Autorais, mostra de compositores da região e o MAIS Música Autoral e Independente de Santos. Além disso, versou em outras áreas, ora como ator e fundador do consagrado Teatro do Pé, ora como autor de ‘Poemas Sinfônicos’, pelas Edições Caiçaras. Historiador e pesquisador sobre a cultura popular brasileira e folclore, Danilo também faz parte da comissão da Semana da Cultura Caiçara e, mais recentemente, está participando do projeto Ciranda para Todos.

Lançamento

O Ciranda para Todos é um coletivo recém-criado por ativistas e militantes em diversas áreas, que tem como objetivo fortalecer a rede de movimentos da região e desenvolver iniciativas e ações formativas relacionadas à educação e cultura para toda a população. Lançado durante o evento, o grupo já tem uma agenda de atividades na Orla e Zona Noroeste de Santos. Saiba mais em: fb.com/cirandaparatodos.