Arquivo da tag: sandy andrade

Movimento Empoderado convida para estudo sobre presença

Informações de Sandy Andrade

O Movimento Empoderado realiza a atividade gratuita ‘Corpo Ancestral: Estudo sobre presença’ nesta sexta-feira (21/dez), às 10h, tendo como ponto de encontro o Largo do Sapo (Cubatão), onde os participantes seguirão até o parque do Perequê.

O ‘Corpo Ancestral’ surge da vontade de expandir os espaços internos e reconhecer no corpo um recipiente de potência. O estado de presença é compreender no corpo a nossa existência: dilatações, líquidos, tecidos, órgãos e ossos, todo nosso sistema complexo (matéria) funciona e considerar por um momento que nossas células estão ouvindo e respondendo ao campo de frequência e energia emocional que oferecemos.

É muito comum em uma aula de teatro escutar de nossos mestres: “Ocupem todos os espaços” e é aí que a pesquisa começa. Que espaço? Essa pergunta nunca é tão facil como parece, mas existe um grande percurso entre ocupar o que está fora e deixar-se ocupar pelo que se encontra dentro. O que nos leva a esse encontro é o corpo e seja ele talvez nossa única resposta, nossa incrível máquina criadora.

É a partir dela que pensamos em espaço, imaginamos e criamos um mundo pra além de nós mesmos. Focault em seu texto corpo utópico nos diz que “O corpo é o contrário de uma utopia, é o que nunca esta sob outro céu, é o lugar absoluto, o pequeno fragmento de espaço com o qual, em sentido estrito, eu me corporizo”.

 

Galpão Cultural tem teatro infantil neste fim de semana

Por Lincoln Spada

Repleta de metáforas e aventuras sobre a sustentabilidade, o ambiente lúdico que envolve a peça ‘Onde Está o Guará?’, do Coletivo 302, volta em temporada neste sábado (dia 28), às 16 horas, no Galpão Cultural (Parque Anilinas), no Sistema Pague Quanto Quiser.

Fruto de criação coletiva, a peça tem no elenco Sandy Andrade, Matheus Lípari, Andrea Doria e Mayara Andrade. Ave-símbolo da recuperação ambiental do município, o Guará Vermelho é o personagem protagonista do espetáculo, que aborda sobre a memória e a valorização de Cubatão.

Já no domingo (dia 29), às 16 horas, o Galpão Cultural continua com a temporada do teatro infantil ‘Os Músicos Saltimbancos’. A fábula cantarolada narra a jornada de quatro animais que, sentido-se explorados por seus donos, migram para a cidade tentando a sorte em suas vidas artísticas.

Realizadas pelos artistas independentes de Cubatão, as sessões também funcionam no Sistema Pague Quanto Quiser. Ambas as temporadas ocorrem em espaço público de ocupação artística com apoio da Prefeitura Municipal via Secretaria de Cultura.

 

Galpão Cultural reúne teatro infantil todo sábado e domingo de outubro

Por Lincoln Spada

Repleta de metáforas e aventuras sobre a sustentabilidade, o ambiente lúdico que envolve a peça ‘Onde Está o Guará?’, do Coletivo 302, volta em temporada aos sábados de outubro (dias 21 e 28), às 16 horas, no Galpão Cultural (Parque Anilinas), no Sistema Pague Quanto Quiser.

Fruto de criação coletiva, a peça tem no elenco Sandy Andrade, Matheus Lípari, Andrea Doria e Mayara Andrade. Ave-símbolo da recuperação ambiental do município, o Guará Vermelho é o personagem protagonista do espetáculo, que aborda sobre a memória e a valorização de Cubatão.

Já aos domingos (dias 22 e 29), às 16 horas, o Galpão Cultural continua com a temporada do teatro infantil ‘Os Músicos Saltimbancos’. A fábula cantarolada narra a jornada de quatro animais que, sentido-se explorados por seus donos, migram para a cidade tentando a sorte em suas vidas artísticas.

Realizadas pelos artistas independentes de Cubatão, as sessões também funcionam no Sistema Pague Quanto Quiser. Ambas as temporadas ocorrem em espaço público de ocupação artística com apoio da Prefeitura Municipal via Secretaria de Cultura.

 

‘Os Músicos Saltimbancos’ entram em temporada no Galpão Cultural

Por Lincoln Spada

Baseado no clássico musical de Chico Buarque e no conto ‘Os Músicos de Bremen’, dos Irmãos Grimm, o novo espetáculo ‘Os Músicos Saltimbancos’ entra em temporada no Galpão Cultural no Parque Anilinas neste mês de outubro. Todos os domingos, às 16 horas, artistas independentes que frequentam o galpão apresentam a peça no sistema Pague Quanto Quiser.

A fábula cantarolada narra de modo lúdico a jornada de quatro animais que, sentido-se explorados por seus donos, migram para a cidade grande tentando a sorte em suas vidas artísticas. Voltadas para o público infantil, as apresentações foram a maneira dos coletivos teatrais cubatenses de homenagear o mês das crianças, além de apresentar os trabalhos já desenvolvidos de modo colaborativo no Galpão Cultural.

Trata-se de um espaço municipal ocupado em gestão compartilhado por diversos grupos cênicos da Cidade. Com apoio da Prefeitura via Secretaria da Cultura, o local desde o início do ano é sede de temporadas de espetáculos da Baixada Santista, espaço de ensaio para movimentos e grupos, além de oferecer cursos e oficinas livres de inglês e dança.

‘Cultura em Crise’ é o tema do 4º Motim Teatral; acesse a programação na íntegra

Por Movimento Teatral

Com o tema ‘Cultura em Crise’, o 4º Motim Teatral reúne 14 coletivos cênicos para apresentações gratuitas no Centro de Santos. Mostra regional do FESTA 58 – Festival Santista de Teatro, a maratona de apresentações acontece inteiramente nesta sexta-feira (dia 23) com 13 horas ininterruptas de grupos artísticos.

Neste ano, trata-se de um ato pela liberdade de expressão dos artistas de rua em Santos; contra o corte orçamentário das Oficinas Culturais do Estado no interior e litoral paulista; e pró-Centro Cultural Cadeia Velha.

O termo ‘motim’ é uma insurreição de grupos contra o autoritarismo, caracterizado por atos de desobediência artística e civil que se opõem a autoridades ou o capitalismo, sendo frequentemente acompanhado de tumulto artístico, vandalismo estético e intervenções de violência poética.

O 4º Motim Teatral é uma realização do Movimento Teatral da Baixada Santista com apoio da Prefeitura Municipal de Santos por meio da emenda parlamentar do vereador Professor Igor Melo. Confira a programação:

>> 13h30 | Praça dos Andradas | ‘Festa das Flores’
Cia Incomodados de Teatro e Música | Roteiro e direção musical: Elias Tomais | Elenco: Ariadne Moreno, Elias Tomais, Juliana Lima, Juliana Sanz.
>> 14h | Praça dos Andradas | ‘É Doce ou Salgado?’
Coletivo Sanatório Geral | Texto: Betinho Neto | Direção: Miriam Vieira e Betinho Neto | Elenco: Sandy Andrade ,Liliane São Paulo, Amanda Franco e Betinho Neto.
>> 15h | Praça dos Andradas | ‘Furdunço no Casamento de Marieta’
Cia Animalenda | Direção: Danilo Cavalcanti | Elenco: Kely de Castro e Vinícius Camargo.
>> 16h | Praça dos Andradas | ‘Blitz – O Império que nunca dorme’
Trupe Olho da Rua | Texto e Direção: Caio Martinez Pacheco | Elenco: Bruna Telly, Caio Martinez Pacheco, Fabio Piovan, João Paulo Pires, João Luiz Pereira Junior, Raquel Rollo, Sander Newton, Wendell Medeiros.
>> 17h30 | Praça dos Andradas | ‘De Repente Thiago’
Esquadrilha Marginalia de Teatro de Rua | Dramaturgia coletiva | Direção: Sander Newton. | Elenco: Luiz Guilherme, Lucas Pereira e Michel do Carmo.
>> 18h | Vila do Teatro | ‘Nó Cego’
Teatro Genoma | Direção: Rodrigo Marcondes | Com Juliana Vicma.
>> 19h | Praça dos Andradas | ‘Tentativa Zucco’
Usina Utópica | Texto: Paulo de Tarso | Encenação: Douglas Lima | Elenco: Lucas Pereira, Julia Alves, Letícia Cascardi, Luana Albeniz, Mayara Andrade | Convidados: Natanael Gomes, Myller Oliveira, Vanessa Souza, Juliana Souza, Rafael Almeida, Rodrigo Alves, Patrick Gois, Udson Santos, Vinicius Ziani.
>> 20h | Vila do Teatro | ‘A Lenda dos Jovens Detentos’
Cia Muninja | Texto: Leo Lama | Direção: Diego Andrade | Elenco: Bruno Galdino e Letícia Tavares.
>> 21h | Praça dos Andradas | ‘Liberdade Prisioneira’
Cia Carcarah Voador | Texto: Cícero Gilmar Lopes | Direção: Vidah Santos | Elenco: Juan Pablo Garcia e Cícera Carmo.
>> 21h | Vila do Teatro | ‘Elogio ao maluco, Beleza?’
Cia Teatral Art e Manha | Texto: Natan de Alencar e Ricardo Oliveira | Direção: Lúcia Oliver | Elenco: Ricardo Oliveira, Natan de Alencar, Katia Lira, Mariana Nunes, Alisson Araújo.
>> 22h | Vila do Teatro | ‘Já que sou, o jeito é ser’
Cia 5 | Texto: Eduardo Ferreira | Direção: Eduardo Ferreira e Angélica Evangelista | Atores-bailarinos: Angélica Evangelista, Eduardo Ferreira, Gisele Prudêncio, Lucas Onofre e Rodrigo Santana.
>> 22h | Praça dos Andradas | ‘Terror e Miséria no Terceiro Reich’
Cia Amoriódio | Texto: Bertolt Brecht | Direção e adaptação: Diego Andrade | Elenco: Beatriz Gonçalves, Caroline Salles, Fellipe Tavares, Luccas Afonso, Nevily Alves e Teco Cheganças.
>> 22h30 | Praça dos Andradas | ‘De Volta ao Luto’
Cia Lorena | Texto e Direção: Diego Saraiva | Elenco: Natalia Marcelo, Vanderlei Abrelli, Paola Borges, Eliana Tavares, Arthur Cordeiro, Wilson Gois.
>> 0h | Catraias da Praça Iguatemi Martins | ‘Zona!’
O Coletivo | Direção: Kadu Veríssimo | Elenco: Caio Martinez Pacheco, Junior Brassalotti, Kadu Veríssimo, Léo Bacarini, Malvina Costa, Mario Arcenjo, Priscila Ribeiro, Raquel Rollo, Renata Carvalho e Thays Bratz. Após o espetáculo, festa com DJ Cigano.

OC Pagu abre inscrições para oficinas gratuitas a partir de novembro

Por Ricardo Vasconcellos

A partir da próxima quinta-feira (dia 3/nov), a Oficina Cultural Pagu abre inscrições para as novas atividades formativas, entre elas, design gráfico, criação de textos para novas mídias, gestão cultural, escrita criativa, televisão, teatro, cinema e hip hop. A OC Pagu está localizada na Cadeia Velha (Praça dos Andradas) e toda a sua programação é gratuita. Os interessados podem ser inscrever no próprio site ou na sede, de terças a sextas-feiras, das 14h às 20h, e aos sábados, das 10h às 16h. Informações; 3219-2036 e 3219-1741.

PALESTRA | ‘A Dramaturgia em Cena’, com Lauro César Muniz
3/dez | Sábado | 15h30 | 30 vagas

a9Encontro com o dramaturgo Lauro César Muniz, que falará sobre o seu processo de criação para teatro e televisão. Um dos principais autores da história da teledramaturgia brasileira, Lauro César Muniz tem uma carreira repleta de peças teatrais e novelas de grande sucesso.

Dentre suas principais obras destacam-se: no teatro, “O Santo Milagroso”, “Este Ovo é um Galo” e “Luar em Preto e Branco”; na televisão, a minissérie “Chiquinha Gonzaga” e as novelas “O Casarão” e “O Salvador da Pátria”, da TV Globo. Recentemente, escreveu as novelas “Poder Paralelo” e “Máscaras” para a TV Record. Seus textos teatrais foram lançados pela Editora Giostri em uma edição de luxo com quatro volumes, intitulada “Obras Completas de Lauro César Muniz”.

CINECLUBE PAGU | Vencedores da Mostra Olhar Caiçara do Curta Santos
25/nov | Sexta-feira | 20h | 50 vagas | Retirada de senha às 19h45

a1Exibição dos vencedores da Mostra Olhar Caiçara, da última edição do Curta Santos. Após a exibição, haverá uma conversa entre os realizadores dos filmes e o público, mediada pelos coordenadores do Cineclube Pagu Carlos Cirna e Marcelo Pestana. Programa: ‘Angmínia’ (de L.M. Morone), ‘Convívio’ (de Bruno Arrivabene), ‘Feliz Ano Novo’ (de Mônica Donatelli), ‘Por trás do Cartão Postal’ (de Júnior Castro), ‘Sangria’ (de Iasmin Alvarez). A projeção acontecerá no pátio central da Oficina Cultural Pagu, com o apoio da Rizzieri Telões e Eventos.
COMUNICAÇÃO | O meio digital é a mensagem – Workshop de criação de textos
18/nov a 25/nov | Sextas-feiras | 14h30 às 15h30 | Com Ivani Cardoso | 20 vagas

a7O jornalismo na comunicação digital e o uso das redes sociais com conteúdo alinhado aos objetivos profissionais ou pessoais. Ivani é formada em Jornalismo e Direito. Trabalhou nos jornais Cidade de Santos, O Estado de S. Paulo, A Tribuna e por 11 anos na Agência Lu Fernandes Comunicação e Imprensa. Coordenou a divulgação de eventos como Flip, Bienal Internacional do Livro de SP, Viradas Culturais, entre outros. É editora do Publishing Perspectives Educação, newsletter da Feira do Livro de Frankfurt no Brasil, tem a coluna Livros & Mídia no site PublishNews e tem o blog SanSão, Criou e atualiza o site, o blog e o facebook do Ideac e o facebook dos cartunistas Chico e Paulo Caruso.

COMUNICAÇÃO | O meio digital é a mensagem – Workshop de design gráfico
18/nov a 25/nov | Sextas-feiras | 16h às 17h30 | Com Monica Mathias | 20 vagas

a4O design gráfico na comunicação digital e o uso das redes sociais com conteúdo alinhado aos objetivos profissionais ou pessoais. Mônica atua desde 1989 à frente do 3D Design Estúdio & Comunicação. Coordena e produz, desde então, diversos projetos, trabalhos gráficos e eventos para empresas e entidades da região e capital. É também editora do blog SanSão.

OFICINA DE PRODUÇÃO E GESTÃO CULTURAL
26/nov a 27/nov | Sábado e domingo | 10h às 13h e 14h às 17h | Com Maurício Inafre | 10 vagas

a8Abordagem das leis de incentivo cultural, dos editais que contemplam projetos de produção e circulação de espetáculos, bem como os festivais de teatro e as novas ferramentas de financiamento que possibilitam a concretização de um projeto em um espetáculo de teatro. Maurício é formado em economia pela Universidade Brás Cubas e em artes cênicas pela Faculdade Paulista de Artes, ele já administrou teatros e organizou eventos relacionados ao mundo das artes.

Já trabalhou com nomes como Roberto Lage, Kiko Marques, Marat Descartes, João Fonseca e Kleber Montanheiro, Mateus Solano e Marcelo Soler, entre outros. No momento, está à frente da produção Os Dois e Aquele Muro, de Ed Anderson e direção de Francisco Medeiros, em cartaz no Espaço dos Fofos, em São Paulo.

PALESTRA INFINITY CLASS | Redefinindo a história sob a ótica do Hip Hop
18/nov | Sexta-feira | 20h | Com Marcello Gugu | 50 vagas

a5A palestra aborda a cultura oral, as raízes folclóricas nacionais e traz exercícios práticos de construções textuais, sejam elas, relatos , poesias ou música, explorando a capacidade de composição do participante. O nome, Infinity Class, é uma homenagem as aulas que eram ministradas dentro Zulu Nation para a comunidade negra americana.

Gugu conquistou destaque nas batalhas de ruas com sua rimas, vencendo em 2007 a principal delas que a Batalha do Santa Cruz em São Paulo. O músico que também é publicitário com o disco “Até quem enfim Gugu” lançado em 2013, foi eleito um dos melhores no cenário do rap nacional. Esta atividade tem a parceria do projeto Muito Prazer! Meu nome é Hip Hop.

OFICINA | Escrita Criativa nos Tempos Tranzmodernos
22/nov a 1º/dez | Terças e quintas-feiras | 19h às 21h | Com Flávio Viegas Amoreira | 20 vagas

a6Com elementos básicos de poética, semiologia literária e a Literatura linkada ao teatro, cinema, artes plásticas, dança, cibernética. Flavio, nesta atividade, conduzirá o participante ao reencontro com seu potencial e possibilidades da escrita. Flávio é escritor, poeta, contista, romancista, dramaturgo e jornalista. Nascido em Santos em 1965, atua como agitador cultural em São Paulo, Rio de Janeiro e Litoral Paulista, em projetos de discussão de temas ligados a artes de vanguarda, saraus poéticos e oficinas de criação literária.

WORKSHOP | Processo de produção de uma biografia
5/nov | Sábado | 15h30 | Com Gonçalo Júnior | 15 vagas

Processo de produção desse gênero de escrita: como desenvolver pesquisas, localizar pessoas, organizar entrevistas, pesquisar em arquivos de jornais e o lento e intenso processo de elaboração do texto, até chegar à sua finalização. Gonçalo Junior é jornalista com passagem pelos jornais Gazeta Mercantil e Diário de S. Paulo como repórter especial e editor de cultura, respectivamente. É autor de 30 livros, publicados por editoras como Companhia das Letras, Civilização Brasileira, Ediouro, Manole, Conrad etc. Foi vencedor do Prêmio Jabuti de Literatura em 2011, na categoria Melhor Biografia.

WORKSHOP | Escrita criativa
26/nov | Sábado | 15h30 | Com Reynaldo Damazio | 15 vagas

Workshop sobre o processo de escrita e a importância da criatividade na construção do texto literário, a partir da leitura e discussão de autores renomados, de prosa e poesia. Também será abordado o papel da leitura na formação de escritores e educadores, com exercícios breves de criação e interpretação de textos, além de uma bibliografia básica indicada aos participantes.

Reynaldo Damazio é um poeta, ensaísta e crítico literário brasileiro. Graduou-se em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo. Foi revisor da Editora Brasiliense e redator da Folha de S.Paulo. Publicou em 2001 seu primeiro livro de poesia, Nu entre nuvens, em que buscou uma síntese entre a sonoridade das palavras e as imagens evocadas por elas.

ESPETÁCULO INFANTIL | É Doce ou Salgado?
12/nov e 19/nov | 16h | Com Coletivo Sanatório Geral | 40 vagas | Retirada de senha às 15h30

a3No reino da comida, a Rainha Açúcar e a Rainha Sal estão prestas a entrar em guerra, Pimenta que ainda não se decidiu se é doce ou salgado começa a sentir a pressão de ter que escolher um dos lados, como será que ela vai sair dessa? Direção de Miriam Vieira e Betinho Neto. No elenco, Sandy Andrade, Liliane São Paulo, Amanda Franco e Betinho Neto.

 

Parque Anilinas terá programação especial no Dia das Crianças

Por Cecília Beu

A Secretaria de Cultura de Cubatão está preparando uma tarde de atividades para a garotada curtir o Dia das Crianças no Parque Anilinas. Totalmente grátis, a programação será realizada a partir das 13h, do dia 12 de outubro, no vão térreo do Centro Multimídia. O Projeto De Mãos Dadas pela Vida abre a programação, às 13h, com uma aula de ioga para crianças. Às 15h, o Projeto De Mãos Dadas volta em cena para apresentar a dança circular “Danças de Todo Mundo”.

Já os fãs de ilusionismo não podem perder, às 14h e às 16h, o pocket show de mágicas “É Pura Ilusão”, com Alejandro Muniz, da 3S Projetos. O espetáculo é viabilizado com recursos do Programa de Ação Cultural (Proac), da Secretaria de Cultura do Governo do Estado de São Paulo.

E, às 16h30, será apresentado o espetáculo teatral “Onde Está o Guará?”. A peça é voltada ao público infantil, em idade pré-escolar, e tem como objetivo conscientizar de forma lúdica a garotada sobre a memória e valorização de Cubatão e os cuidados com o meio ambiente. O personagem principal da história é o guará vermelho, ave símbolo da recuperação ambiental da Cidade.

Participam do espetáculo os atores Sander Newton, Allana Santos e Sandy Andrade. Realizada pelo Coletivo 302, a peça tem participação da musicista Andrea Doria. Além da programação especial, as crianças podem aproveitar as atrações do Parque Anilinas, que conta com área de lazer com playground, passeio de teleférico gratuito, pistas de skate, cinemas e quadras esportivas.