Arquivo da tag: sao vicnete

Eleição para Conselho de Política Cultural de SV será realizada no domingo

Por Prefeitura de São Vicente

A Secretaria de Cultura de São Vicente (Secult) convida munícipes com mais de 16 anos para participar da eleição que definirá os novos integrantes do Conselho Municipal de Política Cultural, conforme previsto na Lei Municipal 2912-A, de 4 de julho de 2012. O corpo de candidatos é formado por representantes da Sociedade Civil, com mandato de dois anos. Os eleitores podem comparecer às urnas entre 10 e 15h. Serão dois pontos de votação: na Secult (Rua Tenente Durval do Amaral, 72, Catiapoã) e na Subprefeitura da Área Continental (Av. Ulisses Guimarães, 211, Jardim Rio Branco).

Dentre as atribuições, o Conselho tem a função de deliberar sobre as diretrizes gerais da Política Municipal de Cultura de São Vicente, em conjunto com a Secult; coordenar, através de Comissão, a implantação do PMC – Plano Municipal de Cultura; executar a Conferência Municipal de Cultura; implantar um Sistema de Financiamento Municipal de Cultura; colaborar na elaboração das Políticas de Cultura de São Vicente; zelar pela aplicação da Política Municipal de Cultura.

E também: acompanhar a elaboração e a execução da proposta orçamentária do Município, indicando modificações necessárias à consecução de política de cultura formulada para a promoção e fomento à cultura na Cidade; acompanhar investimentos previstos em lei orçamentária destinados à cultura, e acompanhar o desenvolvimento e aplicação das Políticas de Cultura de São Vicente. O órgão é composto por representantes das áreas de Teatro e Artes Circenses, Artes Plásticas e Artes Visuais, da área da Música, Culturas Populares e Tradicionais, Dança, Artesanatos, Literatura e Audiovisual.

A lista com as inscrições deferidas pode ser conferida no link http://www.saovicente.sp.gov.br/wp-content/uploads/2017/05/DEFERIMENTO-inscric%CC%A7o%CC%83es-conselho-CMPC.pdf

 

Vem aí o 1º Rock Fest nas Oficinas Culturais de SV

O 1º Rock Fest de São Vicente agitará a cidade com shows gratuitos com programação das 18 às 22 horas, a partir desta sexta-feira até domingo (26 a 28). Ao todo, 11 bandas apresentarão seus repertórios autorais e mostrarão seus produtos em estandes nas Oficinas Culturais de São Vicente (Rua Tenente Durval do Amaral, 72, Catiapoã). A entrada será 1 Kg de alimento não-perecível, exceto sal e açúcar.

A organização pretende, assim, fortalecer o movimento da música independente na região. “Temos como objetivo abrir oportunidades para bandas iniciantes ou que já estão na estrada, além de aumentar a visibilidade da cena do rock na Baixada Santista”, comenta Elis Lourenço, realizadora do evento ao lado de Kleber Pêgas. O festival conta com apoio da Prefeitura por meio da Secretaria de Cultura de São Vicente.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Na sexta-feira (dia 26), acontecem os shows de Nashville (19h), Age of Blood (20h) e FX (21h). Já no sábado (dia 27), será a vez da Cultura Rock (18h), Mad Mamba (19h), Erodelia (20h) e Dark Saga (21h). Por fim, o domingo (dia 28) reserva as presenças de Mulambo Brasileiro (18h), Stiger (19h), Usina (20h) e Combustão (21h). Confira a página do evento: fb.com/rockfestprod.

*Lincoln Spada

‘Neuróticos Anônimos’ em cartaz nas Oficinas Culturais de SV

Um conjunto de esquetes cômicas sobre as nossas neuroses do dia a dia. Este é o formato da peça ‘Neuróticos Anônimos’, neste domingo (dia 31), às 18 horas, nas Oficinas Culturais Professor Oswaldo Névola Filho (Rua Tenente Durval do Amaral, 72, Catiapoã). Realizada pela Cia Teatral Tartuffos Cênicos e com apoio da Secretaria da Cultura de São Vicente, a peça tem ingressos a R$ 20. A reapresentação será sábado (dia 6), às 18 horas, no mesmo local.

Com direção de Jair Moreira, a trama alterna entre o riso e o choro, a Cia Teatral Tartuffo’s Cênicos apresenta ‘Neuróticos Anônimos’, uma compilação de cenas curtas que levam o público a refletir através da sátira ao estereótipo humano, exibindo ao espectador diversos tipos de neurose.

*Lincoln Spada

 

Projeto Guri de SV promove bate-papo com maestro da Finlândia

Maestro, regente e violista, Ville Mankkinen será o convidado ilustre de um encontro do polo vicentino do Projeto Guri com seus alunos, educadores e demais interessados. O bate-papo aberto ao público será realizado nesta terça-feira (dia 21), às 14 horas, antes das audições das turmas do projeto. As atividades serão no auditório das Oficinas Culturais Professor Oswaldo Névola Filho (Rua Tenente Durval do Amaral, 72, Catiapoã).

Na roda de conversa, Ville partilhará as experiências sobre o ensino musical na Europa, berço do classicismo. Com formação junto a artistas renomados na Finlândia, Rússia e República Tcheca, Ville atuou em diversas grupos eruditos, leciona violino e viola, além de há mais de 10 anos atuar como regente de orquestras na Finlândia, como a Wasa Sinfonietta.

Durante o bate-papo, o maestro estará acompanhado do regente brasileiro Sergio Chnee, promotor do Festival Internacional de Regência Sergio Chnee, o Firsc. Formado como coach e em administração, Sergio é especialista em análise comparativa de uma organização ou corporação com uma orquestra.

AUDIÇÕES

No mesmo dia e local, os alunos do Projeto Guri farão suas apresentações, que serão divididas em três grupos. Os participantes das turmas A e B farão sessão conjunta às 16 horas. Já no dia 23 (quinta-feira), os avanços musicais serão demonstrados em sessões conjuntas às 15h30 (turmas A e B.) e às 17 horas (turmas B e C).

O PROJETO

É um programa de educação musical há mais de 20 anos que atende a 30 mil crianças e adolescentes em 370 espaços do estado de São Paulo. O polo vicentino do Projeto Guri é uma iniciativa em parceria com a Secretaria da Cultura de São Vicente que oferece a infraestrutura das Oficinas Culturais para a realização das aulas. Mais informações pelo telefone 3468-8636.

*Lincoln Spada

 

Espetáculo ‘Bicha Oca’ em cartaz em SV durante semana do Orgulho Gay

Contra a homofobia e intolerâncias, a diversidade sexual entra em pauta no Parque Cultural Vila de São Vicente na semana em que se comemora internacionalmente o orgulho gay. O espetáculo paulistano ‘Bicha Oca’ estará gratuitamente em cartaz nos dias 25 (sábado), às 20 horas, e 26 de junho (domingo), às 18 horas, no teatro localizado na Praça João Pessoa, Centro.

Recomendada para público acima de 18 anos, a temporada é uma realização do Governo de São Paulo através da Secretaria de Estado da Cultura e ProAC – Programa de Ação Cultural, e conta com apoio da Prefeitura de São Vicente via Secretaria Municipal da Cultura.

Adaptação dos contos homoeróticos do autor pernambucano Marcelino Freire, a peça versa sobre a realidade de Alceu, um homossexual envelhecido que rememora os hábitos do passado, suas histórias amorosas e seus questionamentos, provocando assim, uma reflexão sobre a atualidade e pertinência das questões dos gays.

Questões essas que abrangem o preconceito e a tolerância, diante de um quadro de hostilização. A peça tem proposta minimalista e realista, iluminação crua, potencializando a literatura do autor. Estreada em 2009 na capital paulista e em temporada em vários festivais e espaços, a montagem tem direção, adaptação e é estrelada por Rodolfo Lima, que divide a cena com Samy Dias. O cenário, figurino e iluminação são do Teatro do Indivíduo.

*Lincoln Spada

 

‘Danças do Mundo’ reúne grupos no Parque Vila de SV

Um intercâmbio de culturas será vivenciado no Parque Cultural Vila de São Vicente (Praça João Pessoa, Centro, São Vicente). No próximo dia 22 (domingo), a partir das 16 horas, diversos grupos da Baixada Santista celebram o evento ‘Danças do Mundo’, realizado pela Prefeitura por meio da Secretaria da Cultura.

As apresentações gratuitas serão realizadas pelos grupos Mov’in Force (hip hop), Flor do Oriente (dança do ventre), Grupo Apolo de Danças Gregas e Companhia de Dança Caminos Gitanos (dança cigana), partilhando tradições e expressões artísticas da cultura oriental, americana e europeia num mesmo espaço.

Mov’in Force – Iniciado em 2010 em São Vicente, o grupo de crianças e jovens se dedica à pesquisa do hip hop. A companhia dirigida pelo coreógrafo Anderson Oliveira reúne dezenas de premiações e representa o município em várias competições no Brasil e no exterior.

Grupo Apolo de Danças – Especialista em danças gregas, o Grupo Apolo foi fundado em 2000 em Santos pela Associação Helênica de Santos, tendo Augusto Cesar Vassilopoulos como seu coreógrafo e fundador. Em sua trajetória, o coletivo já se apresentou em várias cidades do litoral paulista e na capital, e, atualmente, conta também com um segundo núcleo de dança.

Flor do Oriente – Criado nas Oficinas Culturais de São Vicente, o grupo tem como objetivo introduzir a arte e a história da dança para inspirar o resgate pessoal das participantes. Com apresentações no Brasil e na Argentina, Flor do Oriente tem como sua coreógrafa Hannah Aisha.

Cia de Dança Caminos Gitanos – Criado em 2007 em São Vicente, o coletivo tem objetivo de fomentar a cultura cigana na região, com elementos típicos desta manifestação artística, como leques, xales, fitas e flores. O grupo já se apresentou em várias cidades, tanto em São Paulo, como no Paraná. Atualmente, é composta por Christiane Dametto, Clarice Franco, Lilian Mattos, Maria Valdice do Nascimento e Valéria Uchôa.

*Lincoln Spada

 

Oficinas Culturais de SV abrem inscrições gratuitas em março

Estão abertas as inscrições para diversas modalidades de artesanato, artes cênicas, arte urbana e cultura digital nas Oficinas Culturais Professor Oswaldo Névola Filho. Ao todo, serão 330 vagas gratuitas para cursos de duração mensal ou semestral realizadas em São Vicente por meio da Secretaria Municipal da Cultura.

Já nesta semana, interessados podem se matricular em cursos de iniciação teatral em classes específicas para crianças, jovens ou adultos com o professor Beto Vieira, artes urbanas (como o grafite) com o voluntário Carlos Silva, o Catts, desenho livre com André Reis, a dança japonesa eisá com o voluntário Takayuki Kato e artesanato aliado ao desenvolvimento sustentável.

Há turmas para quem quiser aprender técnicas relacionadas à decoração de potes reciclados com a voluntária Márcia Alves, tecelagem de tapetes por meio de tecidos de roupas com Sergio Lima e esculturas com talheres com Wagner Galdino.

Em parceria das secretarias da Cultura e da Educação, também estão previstas as oficinas de curta duração para educadores da rede municipal de ensino relacionadas à confecção de brinquedos com material reciclável, ministrada pelo arte educador Amauri Alves e criação e produção de videogames para serem utilizados em salas de aula, a cargo do game designer Guilherme Pupo. Neste caso, os professores devem se inscrever na própria sede da Seduc.

SUSTENTABILIDADE

O desenvolvimento sustentável é um dos temas mais importantes para as políticas públicas e cidadania em todo o planeta. A preservação ambiental também é essencial em nossa região, que guarda parques ambientais e redutos do ecossistema da Mata Atlântica. Por sua vez, a Secretaria da Cultura desenvolve a partir deste mês atividades sobre a reciclagem, cidadania e sustentabilidade, como parte do programa municipal “São Vicente Sustentável”.

INSCRIÇÕES

As inscrições seguem até o início de cada oficina ou até todas as vagas serem preenchidas. Para participar, os interessados devem comparecer das 9 às 17 horas, de segunda a sexta e sábado das 14h às 17h nas Oficinas Culturais (Rua Tenente Durval do Amaral, 72, Catiapoã) com cópias do RG e do comprovante de residência. Caso o interessado seja menor de idade, deve comparecer com o responsável que também deverá apresentar cópia do RG. Informações: 3468-8636.

*Lincoln Spada