Arquivo da tag: semana da cultura caiçara

Semana da Cultura Caiçara de Santos inicia dia 16; confira a programação

Por Secult Santos

A 6ª Semana da Cultura Caiçara de Santos será aberta na sexta-feira (15/mar), às 19h30, na Pinacoteca Benedito Calixto (Avenida Bartolomeu de Gusmão, 15, Boqueirão), com apresentação do Coletivo Percutindo Mundos, Coletivo Caiçara e os
músicos Danilo Nunes, Pablo Mendoza, William Silva.

De fundamental importância para a formação da identidade nacional, o caiçara representa a gênese e o desenvolvimento de uma cultura que nasce no litoral, nos primeiros anos da colonização, por meio da miscigenação entre o indígena, o europeu e o africano, e depois expande-se pelo território brasileiro através dos bandeirantes, tropeiros e pelos diversos ciclos econômicos pelos quais o País passou.

A programação do evento, que este ano também será promovida em Guarujá e São Vicente, prevê muitas atividades com música, dança, teatro, literatura, contação de histórias, artes visuais, cinema, debates, oficinas, esportes, ecologia e turismo de base comunitária.

Esta edição marca o último ano em que as comemorações serão em março. A partir de 2020, a semana será celebrada em maio, depois da Quaresma. Inserido no Calendário da Cidade pela Lei 2920/13, o evento também faz parte das comemorações oficiais de outras cidades: Guarujá, São Vicente, São Sebastião, Cananeia, Ubatuba e Paraty. A semana é realizada pelos coletivos Imaginário Coletivo, Percutindo Mundos e Coletivo Caiçara, com apoio da Secult.

> 15/mar | Pinacoteca | 19h30 | Abertura oficial, com artistas, pesquisadores e autoridades da Região. Apresentação do Coletivo Caiçara e Percutindo Mundos, com os músicos Danilo Nunes, Pablo Mendoza, William Silva;
> 16/mar | Ponte Edgard Perdigão (Av. Bartolomeu de Gusmão, s/nº, Ponta da Praia) | 10h | Passeio e oficina fotográfica com trilhas e comunidades caiçaras, com Anak Albuquerque;
> 16/mar | Estação da Cidadania (Av. Ana Costa, 340) | 18h – Feira Imaginária – Feira de livros de editoras independentes da Região e bate-papo com autores, como Madô Martins e Regina Alonso; 18h30, Apresentação de ‘Lendas Caiçaras’, com André Barros e Marina Machado; 19h, Sarau caiçara; 20h, Pindorama – Encontro de rap caiçara; 21h, Bailão do Santo – Músicas dançantes de autores da Região nos ritmos de samba rock, reggae, maracatu, soul, fandango, samba e pop.
> 17/mar | Centro de Visitantes do Parque Estadual Xixová-Japuí | 9h, Mar Caiçara – passeio pela trilha do parque até a Praia de Itaquitanduva, com Danilo Alves; 9h30, café comunitário; 11h, oficina sohre história e prática do surf; 12h, ação ambiental de coleta de resíduos sólidos e plantio de sementes nativas.
> 19/mar | Associação Cultural José Martí (R. Joaquim Távora, 217) | 19h, Cine Caiçara, com exibição de ‘História Oral da Gente de Santos’ e ‘Hans Staden’, seguido de bate-papo com o crítico Flávio Viegas Amoreira e o cineasta Dino Menezes;
> 20/mar | Lagoa da Saudade (Morro da Nova Cintra) | 14h, Batalha do Conhecimento, leitura e interpretação poética com Syro Damassaclan;
> 21/mar | Caruara | 10h, Batalha do Conhecimento; 14h, Leia Santos, com doação de livros e revistas;
> 22/mar | Universidade Católica de Santos (Av. Cons. Nébias, 300) | 19h30, Cátedra Gilberto Mendes com o bate-papo ‘O Brasil Caiçara’; 20h30, performance artística.

 

Confira a programação da 1ª Semana da Cultura Caiçara de São Vicente

Por Márcio Barreto

A 1ª Semana da Cultura Caiçara de São Vicente, amparada pela Lei Municipal n° 3312/2015, e pela Lei Estadual n° 16.290/2016, promove programação em torno da cultura caiçara. Desde suas origens e tradições às experimentações da arte contemporânea, artistas e pesquisadores da região expõem seus trabalhos através da música, literatura, cinema, dança, contação de histórias e teatro.

Em sua primeira edição, a Semana homenageará o músico, compositor e escritor vicentino José Miguel Wisnik e as famílias caiçaras representadas por Antonio Lancha e Dona Nenê (Maria Aparecida Nobre), presidente da Colônia de Pescadores Z-4 e bisneta de Firmino Gonçalves do Santos – mais antigo pescador registrado de São Vicente (1912).

José Miguel Soares Wisnik nasceu em 27 de outubro de 1948. Estudou piano clássico e estreou aos 17 anos como solista na Orquestra Municipal de São Paulo. Ingressou no curso de Letras na USP, onde, depois, concluiu o doutorado em Teoria Literária e Literatura Comparada. Como músico e compositor tem quatro discos gravados e parcerias que vão desde Caetano Veloso e Arthur Nestrowsk, à Elza Soares e Tom Zé.

Compôs para cinema (‘Terra Estrangeira’), teatro (Teatro Oficina) e dança (Grupo Corpo). Escreveu diversos ensaios sobre música e literatura, cuja obra máxima é Veneno Remédio. Ganhou o Prêmio Jabuti de Literatura em 1978. Apresenta-se no Brasil e no exterior regularmente, onde sempre fala de sua cidade natal: São Vicente.

A 1ª Semana da Cultura Caiçara de São Vicente é uma realização do Coletivo Caiçara, Imaginário Coletivo de Arte, Prefeitura de São Vicente, Secult, IHGSV, Academia Vicentina de Letras, Artes e Ofícios e Conselho Municipal de Políticas Culturais. Curadoria de Márcio Barreto. Produção e organização de Márcio Barreto, Gigi Fernandes e Rogerio Baraquet.

Confira a programação:
>> 14/mai | 17h | Instituto Histórico e Geográfico de SV (R. Frei Gaspar, 280) | Abertura oficial com homenagem a José Miguel Wisnik e às familias de pescadores tradicionais;
>> 14/mai | 17h30 | IHGSV | Abertura da exposição fotográfica ‘Café com Peixe’, de Christina Amorim, visitação até dia 20;
>> 14/mai | 18h | IHGSV | Lançamento do livro ‘Mar Selvagem – Vicente de Carvalho Revisitado’;
>> 14/mai | 19h | IHGSV | Sarau Caiçara, com Flávio Viegas Amoreira, Marcelo Ignacio, Marcelo Ariel, Maria José Goldschimidt, Madô Matins, a intérprete-criadora Célia Faustino, os fotógrafos Anak Albuquerque, Gilberto Grecco, os músicos Laert Sarrumor, Anderson Vilaverde, Rogerio Baraquet, Danilo Nunes, as atrizes Gigi Fernandes e Claudynha Torres, os artistas visuais Gil de Brito, Anna Fecker e a participação especial dos escritores Academia Vicentina de Letras, Artes e Ofícios.
>> 17/mai | 9h e 10h | E.E. Esmeraldo Tarquínio | Ciranda ‘Caiçara’, com músicas de Rogério Baraquet, contação de histórias com Gigi Fernandes e oficinas de cultura caiçara;
>> 17/mai | 14h | E.M.E.F. Francisco Martins | Ciranda ‘Caiçara’, com músicas de Rogério Baraquet, contação de histórias com Gigi Fernandes e oficinas de cultura caiçara.
>> 19/mai | 14h | IHGSV | Feira de Artesanato;
>> 19/mai | 19h | IHGSV | CineCaiçarama, com exibição de ‘Expedição Caiçara – Praia de Castelhanos/SP’, de Danilo Tavares, e ‘Mar Selvagem’, de Márcio Barreto;
>> 19/mai | 21h | IHGSV | Cozinha Caiçara, com organização da Confraria Guaiaó e chef Fabio Perassoli, a adesão no valor de R$ 50;
>> 20/mai | 10h às 14h | Praça Principal do Samaritá | ‘Subprefeitura em Ação – Ocupação Caiçara’, ação social com prestações de serviços e apresentações artísticas;
>> 20/mai | 10h | Praça Tom Jobim | Visita à Aldeia Guarani Mbyá;
>> 20/mai | 16h | Da Ilha Porchat à Praia do Gonzaguinha | Remada Caiçara;
>> 20/mai | 16h | Praia do Gonzaguinha | Batalha da Conselheiro, com apresentação de JR e Ofstreet;
>> 20/mai | 17h | Praia do Gonzaguinha | Art Radical Hip Hop Caiçara, com Carlos Tatu;
>> 20/mai | 18h | Praia do Gonzaguinha | Show de Brunão Mente Sagaz;
>> 20/mai | 19h | Praia do Gonzaguinha | Show ‘Pindorama’, com Percutindo Mundos, Danilo Nunes, Anderson Vilaverde, Célia Demézio e convidados.

 

Praia Grande terá Semana da Cultura Caiçara a partir de 2017

A partir do ano que vem, Praia Grande terá uma semana especial para celebrar a cultura caiçara. Na sessão ordinária da Câmara dos Vereadores da última quinta-feira (2), os vereadores aprovaram o projeto de Lei Complementar 15/2016, instituindo a Semana da Cultura Caiçara entre os dias 25 e 31 de maio na Cidade.

O verador e líder do governo, Antônio Eduardo Serrano exaltou em seu discurso a importancia desta celeração. “Comemorar a cultura caiçara é muito importante para o povo praiagrandense. Esse é aquele tipo de projeto que nem deve pensar duas vezes, deve ser aprovado sem dúvidas”.

“Parabéns, Praia Grande! Esta linda cidade que cresce a olhos vistos, valorizando a cultura em suas três dimensões; simbólica, econômica e cidadã!”, celebrou também Virna Gomes Meira, chefe da Difusão cultural na Secretaria de Cultura e Turismo de Praia Grande.

*Informações do Gazeta do Litoral/Virna Gomes

 

‘Marulhos’ é encenado nesta sexta-feira no Teatro Braz Cubas

Fruto de pesquisa cênica e musical em comunidades do litoral norte, realizada por meio do ProAC Artes Integradas de 2014, o espetáculo “Marulhos” propõe uma viagem às raízes da cultura caiçara, passando pelos povos que habitavam a área antes da chegada dos portugueses, pelo período escravocrata e pela chegada da modernidade.

Os atores cantam e tocam ao vivo instrumentos típicos como rabeca e caixa de folia, compondo um universo musical que transita dos cantos tupinambás à música popular brasileira. Esta atividade faz parte da programação da 3° Semana da Cultura Caiçara de Santos em parceria com Oficina Cultural PAGU

DIA 18/03 às 20h
Teatro Municipal Braz Cubas (Av Pinheiro Machado, 48. Santos – SP)
ENTRADA FRANCA
Retirada de ingressos 1h antes na bilheteria
ou reserve gratuitamente o seu clicando aqui: http://goo.gl/forms/O8JQgCjBBn(válido até o dia 16/3) – no caso de reserva, retirar na bilheteria do teatro com até meia hora de antecedência do início do espetáculo.

Cia. Teatral Marulhos
Criação e atuação: Ernani Sequinel e Fabíola Moraes
Direção musical e preparação vocal: Carol Bezerra
Cenário e iluminação: Gilson de Melo Barros
Figurinos: Kadu Veríssimo
Design gráfico: Filipe S. C. Lima
Fotografia: Rodrigo MMorales | Eduardo Martinelli
Apoio: Aldeia Hostel, Bonita Produções, Casarão Santa Cruz, Universidade Santa Cecília, Filipe Lima Design Gráfico. Realização Governo do Estado de São Paulo – Secretaria de Cultura – Edital Proac 45/2014.

*Marulhos Cia. Teatral

 

3ª Semana da Cultura Caiçara homenageia vida e obra de Gilberto Mendes

A larga contribuição do maestro santista Gilberto Mendes à música de vanguarda e às outras áreas, como a literatura e a dança contemporânea, serão celebradas nesta terça-feira, às 20 horas, no Sesc Santos (Rua Conselheiro Ribas, 136, Aparecida). A homenagem póstuma será realizada na cerimônia de abertura da 3ª Semana da Cultura Caiçara de Santos, que segue até o dia 21 de março. Toda a programação é gratuita.

Nomeado de ‘Ivy Marã ey’ (‘A Terra sem Males’, em tupi-guarani), o evento contará com apresentações do músico erudito Lívio Tragtenberg, os coletivos de pesquisa artística Percutindo Mundos e Coletivo Caiçara, o autor e músico Danilo Nunes, o Boi de Conchas e o Coral Zanzalá de Cubatão. A entrada é franca e os convites podem ser retirados na terça-feira, na bilheteria do Sesc.

Gilberto Mendes, o compositor do mar

Nascido em Santos em 1922, sob o signo da genialidade, Gilberto Ambrosio Garcia Mendes ganhou o mundo com sua música e seu espírito vanguardista. Filho de Ana Garcia Mendes e Odorico Mendes, definia-se como um homem de beira-mar que compunha nas horas vagas.

Sua obra já foi tocada nos cinco continetnes, principalmente na Europa e EUA. Destacam-se ‘Santos Football Music’, ‘Alegres Trópicos’, ‘Um baile na Mata Atlântica’, ‘Saudades do Parque Balneário Hotel’, ‘Ulysses em Copacabana Surfando com James Joyce e Dorothy Lamour’, ‘Urubuqueçaba’, ‘Beba Coca-Cola’, ‘Ashmatour’, ‘Vila Socó Meu Amor’, entre tantas outras obras que assinalam seu amor pelo mar e pela cidade abrigou seu olhar.

Mendes é considerado um dos grandes renovadores da música brasileira no século 20, militando pelas vanguardas artísticas. Em 1963, foi um dos signatários do Manifesto da Música Nova, ao lado de nomes como Willy Correia de Oliveira, Damiano Cozzela, Rogério Duprat e Júlio Medaglia. Gilberto foi o idealizador e realizador do Festival Música Nova por cinquenta anos. Faleceu em janeiro de 2016.

A Semana

Aprovado como Lei Municipal 2.920/13, o evento é uma realização da Prefeitura de Santos e conta com parceria da Fundação Arquivo e Memória de Santos, Sesc Santos, Oficina Cultural Pagu e restaurantes da Cidade.

*Lincoln Spada

 

Com mais de 70 ações, vem aí a  3ª Semana da Cultura Caiçara em Santos

Herdeiras da miscigenação dos indígenas, africanos e europeus, as comunidades caiçaras adotam uma identidade que foge do ritmo urbano. A fim de difundir o estilo de vida típico dos moradores do litoral da Mata Atlântica, será realizada a 3º Semana da Cultura Caiçara em Santos de 15 a 21 de março, com mais de 70 atividades e exposições que seguem até abril.
A pesca artesanal, a gastronomia com frutos da terra, as cirandas, a sabedoria popular e até os instrumentos típicos como a rabeca compõem parte desta cultura. E estas e outras atividades estão previstas na programação desta iniciativa, com curadoria do pesquisador e artista Márcio Barreto.
De acordo com Barreto, o projeto visa “valorizar e divulgar a cultura tradicional caiçara e suas relações com o contemporâneo, amparado por um amplo campo de ação, que envolve artes, esportes, debates e turismo de base comunitária”.  Este ano, o evento será em homenagem póstuma ao maestro Gilberto Mendes e, na Mostra de Arte Contemporânea Caiçara em nome do saudoso artista plástico Francisco Telles.
Já inserido no Calendário Oficial de diversas cidades do estado e do Rio de Janeiro, a semana contará com ações gratuitas na Zona Leste, Centro e Área Continental (Ilha Diana e Caruara). De expedições às paisagens naturais e exposições em centros comerciais até contações de lendas nas escolas e apresentações cênicas nos espaços públicos, o projeto também objetiva fortalecer as redes de empreendedorismo criativo e sustentável com a população.
Aprovado como Lei Municipal 2.920/13, o evento é uma realização da Prefeitura de Santos e conta com parceria da Fundação Arquivo e Memória de Santos, Sesc Santos, Oficina Cultural Pagu e restaurantes da Cidade.
PROGRAMAÇÃO
Roteiro Gastronômico
>> Restaurante-Escola Bistrô (Largo Marquês de Monte Alegre, s/nº) – Cardápio elaborado utilizando ingredientes caiçaras como taioba, banana e peixes. Também haverá apresentação de música tradicional caiçara de rabeca e outros instrumentos. De terça a sábado, das 12 às 15 horas. Tel.: (13) 3219-3494.
>> Oca Restaurante (Rua Azevedo Sodré, 155) – Cardápio elaborado com ingredientes caiçaras. De terça a sábado, das 11 às 15 e 19 às 23 horas. Tel.: (13) 3302-3133.
>> Bar e Restaurante da Ilha Diana (Ilha Diana) – Cardápio diverso com foco no Azul Marinho, prato tradicional caiçara que leva peixe ensopado e banan verdolenga. Agendar com antecedência: (13) 3019-5418.
>> Comedoria Sesc (Rua Cons. Ribas, 136) – Cardápio com elementos ou pratos da culinária caiçara. Tel.: (13) 3278-9800.
>> Pizzaria 7° Avenida (Av. Gal. San Martin, 140) – Cardápio com pizza com ingredientes caiçaras durante toda a semana. Tel.: (13) 3261-4411.
Escola Caiçara
>> Coletivo Caiçara promove contação de lendas caiçaras e bate-papo ‘O Escritor na Escola’ na rede municipal de educação, de terça a sexta-feira, à manhã e à tarde.
Turismo Social
>> Dias 16 a 20 de março – Excursões do Sesc Santos ‘Nos Arredores de Paraty: Tradições Caiçaras’, já com lista de espera
Turismo de Base Comunitária
Neste projeto, haverá uma visita da comunidade do Caruara à Ilha Diana, e outra da comunidade da Ilha Diana ao Caruara. Inscrição para os moradores da comunidade do Caruara e Ilha Diana. Maiores informações com Secretaria de Turismo – telefone: (13) 3201-8000.
Artes e Esportes
 
Dias 11 de março a 29 de abril 
>> MISS – Mostra fotográfica ‘Rastros’, com Catharina Apolinário, Christina Amorim, Isabel Carvalhaes e Isabella Carrari. Abertura será no dia 11, às 20 horas.
Dias 15 a 21 de março 
>> Shopping Praiamar – Mostra fotográfica ‘Memória Caiçara’, com curadoria de Sergio Willians e acervo da Fundação Arquivo e Memória de Santos.
Dia 15 de março
>> 12h – Praça Mauá – Teatro de Rua ‘Mar Caiçara’, com Coletivo Caiçara;
>> 14h – Centro de Convivência de Caruara – Oficina de Rabeca Calunga, com Galeno Malfatti;
>> 20h – Sesc Santos – Abertura da Semana Caiçara ‘Ivy Marã ey’, com homenagem a Gilberto Mendes, com Livio Tragtenberg, Percutindo Mundos, Coral Zanzalá, Danilo Nunes, O Boi de Conchas e Coletivo Caiçara.
Dias 16 a 19 de março
>> 19h – Oficina Cultural Pagu – Oficina ‘Identidade Caiçara’, com Fátima Cristina Pires;
Dia 16 de março
>> 19h – Pizzaria 7ª Avenida – Apresentação de pizza com ingredientes caiçaras e degustação de cerveja Caiçara Homebrew (de grumixama e araçá);
>> 19h – Senaut (Sede Náutica) – Visita monitorada dos alunos da Senaut ao Orquidário Municipal;
>> 19h30 – Sesc Santos – Bate-papo ‘Percursos’ sobre mapeamento cultural com Ana Paula do Val e apresentação do projeto ‘Ramal Caiçara’;
>> 20h – MISS – Cine Caiçara, com seleção de curtas-metragens locais;
>> 20h – Oca Restaurante – Bate-papo ‘Café com Peixe’ sobre gastronomia caiçara com Christina Amorim e Daniel Stucchi.
Dia 17 de março
>> 14h – Cecon de Caruara – Oficina de ‘Artesanato Caiçara’, com Galeno Malfatti;
>> A definir – Senaut (Sede Náutica) – Visita monitorada dos alunos da Senaut ao Aquário Municipal;
>> 19h – Cine Arte Posto 4 – Exibição do filme ‘A Odisseia Musical de Gilberto Mendes’, de Carlos de Moura Ribeiro Mendes;
>> 20h – Teatro Guarany – Sessão ‘Santos de frente para o mundo’, Cia Aplauso de Dança;
>> 21h – Cine Arte Posto 4 – Exibição do filme ‘New Gaza’, de Rita Martins Tragtenberg.
Dia 18 de março
>> 8h – Sesc Santos – Passeio à Ilha Diana;
>> 10h – Ilha Diana – Projeto Leia Santos;
>> 16h – Instituto Arte no Dique – Bate-papo ‘Essa gente a Beira-Mar’, com a pesquisadora Meire Berti;
>> 17h – Instituto Arte no Dique – Improvisação cênica ‘Jam no Dique’, com ugo Castro Alves e alunos do instituto;
>> 19h30 – Sesc Santos – Lançamento do livro ‘Direito das Comunidades Tradicionais Caiçaras’ e bate-papo com Antonio Carlos Diegues e Paulo Stanich;
>> 20h – Teatro Braz Cubas – Teatro ‘Marulhos’, com Cia Marulhos.
Dia 19 de março
>> 10h – Gibiteca Posto 5 – Projeto Como fazer uma HQ, ‘Do Início ao Fim’ com lendas caiçaras;
>> 10h – Senaut – Remada Caiçara, aberto para canoas, caiaques, SUPs e barcos, além de exposição de Canoa Caiçara;
>> 10h30 – Concha Acústica – Teatro infantil ‘Pescando Letras’, com Bella Cia.*;
>> 11h – Praia do Gonzaga (Canal 3) – Festival de castelos de areia;
>> 14h30 – Ruínas do Engenho São Jorge dos Erasmos – Bate-papo ‘Balaio de Causos Caiçaras’, com Julinho Mendes;
>> 15h – Jardim Botânico Chico Mendes – 23º Sarau Caiçara ‘Natureza em Arte’;
>> 17h – Aquário Municipal – Apresentação de Orquestra na Rua*;
>> 19h – Concha Acústica – Apresentação musical ‘Vida Nova’, com Rafael Palmieri*;
>> 20h – Concha Acústica – Apresentação musical ‘Autoria’, com Paulo Cesar Luz*.
Dia 20 de março
>> 10h – Feira de Orgânicos – Apresentação Musical
>> 10h30 – Concha Acústica – Teatro ‘Embarcações’, com o Teatro do Pé*;
>> 15h – Casa da Frontaria Azulejada – Programação da 3ª Mostra de Arte
Contemporânea Caiçara, em homenagem póstuma ao artista plástico Francisco Telles;
>> 15h – Casa da Frontaria Azulejada – Abertura com Ateliê Oficina 44, Coletivo Caiçara e Caiçara Vegan Fest;
>> 15h30 – Casa da Frontaria Azulejada – Apresentação ‘Navios’, do N(I)D – Núcleo Interdisciplinar de Dança da Unifesp;
>> 16h30 – Casa da Frontaria Azulejada – Improvisação cênica e lítero-musical ‘Pindorama’;
>> 17h30 – Gibiteca Posto 5 – Bate-papo ‘Culturalmente Caiçara’ sobre arte e cultura em Santos
>> 17h30 – Casa da Frontaria Azulejada – Intervenção cênica ‘Mundo Caiçara’;
>> 18h30 – Casa da Frontaria Azulejada – Apresentação musical ‘Sonho de Voar’, com a banda Saramandaia;
>> 19h – Concha Acústica – Apresentação ‘Música Popular Caiçara’, com o grupo Alma Caiçara*;
>> 19h30 – Casa da Frontaria Azulejada – Apresentação musical ‘O Cinema Invisível’, com Percutindo Mundos;
>> 20h30 – Casa da Frontaria Azulejada – Apresentação musical ‘Ciranda da Minha Terra’, com Carrossel de Baco;
>> 22h – Casa da Frontaria Azulejada – Improvisação de música e dança ‘Giramundo’.
Dia 21 de março 
>> 16h – Casa da Vovó Anita – Apresentação poética e musical ‘Entre Nuvens, um Passarinho’, com Ricardo Rutigliano Roque e Rogerio Baraquet.
*Em caso de chuvas, estas atividades serão transferidas para outro local.

‘Leia Santos’ tem três edições neste mês de março

O projeto ‘Leia Santos – Um Incentivo à Leitura, da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), realiza três edições neste mês de março. A primeira ocorre nesta sexta-feira (11), das 10h às 14h, na Praça Mauá, no Centro Histórico, em homenagem a Rui Ribeiro Couto.

No próximo dia 18, na Ilha Diana, o programa integra a programação ‘Semana da Cultura Caiçara’, com atividades das 10h às 14h. Já no dia 21, das 14h às 17h, as atividades são realizadas no Centro de Atividades Integradas (Cais) Milton Teixeira (Av. Rangel Pestana, 150, Vila Mathias), na ‘Semana Mundial da Água’.

Itinerante, o projeto ‘Leia Santos’, criado há 9 anos, percorre toda a Cidade promovendo diversas atividades de incentivo à leitura e à escrita. Entre as principais ações estão a distribuição gratuita de publicações por meio dos projetos ‘Adote um Livro’ e ‘Adote um Gibi’.

Também disponibiliza o ‘Espaço Leitura’, com cadeiras e mesas para a leitura de jornais, revistas e dos títulos adotados, e ‘Espaço Pintura’, com atividades recreativas para as crianças.

Outras ações são o ‘Varal de Poesias’ e ‘Exposições Literárias’, que destacam poemas dos principais atores nacionais e regionais. Mais informações pelo telefone 3226-8000.

Histórico

Já denominado ‘Praça da Leitura’, ‘Leitura na Praia’, ‘Leitura também é Esporte’ e ‘Concha das Letras’, o ‘Leia Santos’ foi realizado pela primeira vez em outubro de 2006. Desde então já realizou cerca de 300 edições, nas quais doou cerca de 30 mil livros e 20 mil gibis, atingido milhares de leitores.

*Prefeitura de Santos