Arquivo da tag: SMIIC

Secult de Cubatão abre consulta virtual sobre Plano Municipal de Cultura

Por Lincoln Spada

A fim de dar maior abrangência às discussões da elaboração do Plano Municipal de Cultura, a Prefeitura através da Secretaria de Cultura abre consulta virtual à população para encaminhar propostas de programas e ações para as políticas públicas do setor. O formulário online está disponível no site oficial da Prefeitura ( http://www.cubatao.sp.gov.br ) no quadro “Consulta pública – Plano Municipal de Cultura”.

A consulta faz parte de um amplo conteúdo do SMIIC – Sistema Municipal de Informações e Indicadores Culturais e também pode ser acessado pelo link https://tinyurl.com/consultapmc, do próprio Sistema. Recém-lançado pela Secretaria, com objetivo de coletar, sistematizar e interpretar dados públicos, disponibilizando a maior participação popular sobre vários assuntos, como mapeamento de artistas, espaços e dados referentes às legislações municipais da cultura.

Na última semana, a Secult e o Conselho Municipal de Política Cultural iniciaram as discussões e consultas populares sobre o Plano. Assim, realizaram uma sequência de seis audiências presenciais com a população em diferentes territórios da Cidade. Acompanhe as atividades do conselho e do plano em: http://fb.com/cubataocmpc .

 

Pioneiro na Região, SMIIC dispõe de indicadores culturais de Cubatão

Por Lincoln Spada
.
O mapeamento de agentes e espaços culturais está sendo iniciado com o lançamento do SMIIC – Sistema Municipal de Informações e Indicadores Culturais, desenvolvido pela Prefeitura de Cubatão. Inédita na Baixada Santista, a plataforma virtual gratuita está sendo inserida nesta semana no portal da Prefeitura e já está disponibilizada em: www.smiic.wordpress.com.
.
Uma das prioridades da atual Administração Municipal, o SMIIC é um dos compromissos acordados entre Prefeitura e Ministério da Cultura em 2013. Com objetivo de coletar, sistematizar e interpretar dados, trata-se de uma plataforma múltipla de atualização permanente de conteúdos relevantes para transparência, facilitando o monitoramento e avaliação das políticas públicas culturais.
.
Além do cadastro de artistas e produtores culturais nos mapeamentos, o sistema também permite que a comunidade acesse a agenda de atividades de formação e difusão artística realizadas ou apoiadas pela Prefeitura desde o início dessa gestão, como também de observar o calendário oficial da Cidade, dados sobre organograma e funcionamento da Secult e informações sobre conselhos, patrimônios e legislação municipal referente ao setor cultural.
.
Mapeamentos culturais
.
Embora seja um novo modelo colaborativo de informações públicas na Baixada Santista, é comum nos últimos anos a realização de plataformas com a mesma finalidade do SMIIC. Nesse sentido, o sistema cubatense tem como base as referências de mapeamentos e sistemas similares de indicadores do setor em Sorocaba, São Paulo, Belo Horizonte.