Arquivo da tag: sv

Em São Vicente, Secult lança 1º concurso para projetos culturais independentes

Por Lincoln Spada

O primeiro edital público de projetos culturais de São Vicente foi aberto pela Secretaria de Cultura nesta última quarta-feira (13/mar). O concurso foi realizado a partir do convênio entre a Prefeitura e o Governo Estadual por meio do ProAC Municípios no montante de R$ 300 mil. Ao todo, serão 15 projetos contemplados, cada um no valor de R$ 20 mil. As inscrições seguem até 2/mai.

Serão seis montagens e circulações de espetáculos, quatro projetos de festivais de artes, feiras ou exposições itinerantes, um par de projetos audiovisuais, outra dupla de publicações de obras literárias inéditas, além de uma iniciativa que aborde a formação e a arte-educação. A contrapartida são de, pelo menos, uma apresentação pública, prevendo a doação de 5% da tiragem dos livros publicados e a gratuidade no caso de espetáculos, festivais e mostras.

A Secult nomeará uma comissão de seleção de projetos, aos moldes do ProAC, que terá como critérios de avaliação: excelência e relevância artística; experiência dos proponentes; descentralização das atividades; diversidade temática e estética; interesse público; proposta de contrapartida; viabilidade de realização do projeto. O edital prevê que o resultado final seja publicado até a primeira quinzena de julho e o período de contrato e repasse em cota única até setembro.

Os projetos devem ter duração de até 10 meses, podendo ser prorrogados. Interessados devem se inscrever somente como pessoa física ou jurídica (exceto MEI) que comprove residência e atuação cultural há mais de dois anos. Coletivos artísticos e proponentes individuais só podem concorrer com uma única proposta. Os envelopes devem ser entregues pessoalmente em dias úteis, das 10h às 12h e das 13h às 16h, na sede da Secult (R. Tenente Durval do Amaral, 72, Catiapoã). Confira o edital na íntegra aqui.

 

37ª Encenação de São Vicente segue até dia 22; conheça o elenco principal

Por Prefeitura de São Vicente

Chegou o momento de concentrar as atenções para não perder nenhum detalhe. Diariamente até terça-feira (22/jan), data do aniversário da Cidade, acontece sempre a partir das 20h30 a temporada da 37ª Encenação da Fundação da Vila de São Vicente, em frente à Praça Tom Jobim. Confira aqui os pontos de troca de 1 Kg de alimento não-perecível pelos ingressos deste principal espetáculo da Região.

> Acesse aqui a galeria oficial de fotos da 37ª Encenação

A direção do espetáculo é dividida pelas premiadas coreógrafas Geyssa Alencar e Sabrina Olímpio e do ator e diretor teatral Lucas Magalhães. Em cena, mais de 700 atores e 1 mil pessoas que colaboram na confecção desta obra. No elenco, destaque para Marcos Frota interpretando a Loucura: “Contar essa história é valorizar um momento marcante para o nosso País. É uma proposta diferente. Um grande desafio. Vou viver muito mais do que uma personagem. Vou representar um sentimento. E o desafio é promover essa grande celebração”.

Também estão os atores Duda Nagle (Martim Afonso), Marissol Dias (Índia Jacy ou Deusa Lua); Fernanda Pontes (Anna Pimentel); Carol Nakamura (Índia Bartira); Rick Moreno (Índio Tibiriçá); Alexandre Romero (Conselheiro) e Guilherme Leonel (João Ramalho). O pároco da Igreja Matriz de São Vicente, padre Renan Fonseca e Censi, interpreta Gonçalo Monteiro, primeiro padre a rezar uma missa na Primeira Cidade do Brasil. Já o ator local Gustavo Roemer dará vida ao Bacharel de Cananeia.

Vale o sacrifício

Se estar na 37ª Encenação de Fundação da Vila de São Vicente é especial para quem tem experiência nos palcos e atrás das câmeras, para quem vem da comunidade será um momento único e que permite qualquer sacrifício. Em alguns casos, até mesmo percorrer 200 quilômetros (ida e volta), de segunda a sexta-feira, entre Itariri, no Vale do Ribeira, e São Vicente. Foi o que fez a jovem Júlia Marina Olímpia Menezes Clementino, de 17 anos, que passou os últimos três meses em viagens de ida e volta entre as duas cidades, para realizar o sonho de participar da Encenação.

“Estou ansiosa. Esta é minha primeira encenação. Participo de eventos em Itariri, onde moro. Agora, estar na Encenação de São Vicente é um sonho que será realizado. Quero me dedicar ao teatro”. Ela está no núcleo dos índios. Para ensaiar, Júlia era acompanhada pelos pais, que deram total apoio ao sonho da filha em participar do evento, considerado o maior do gênero em todo o Mundo. “Fiz a inscrição da milha filha, pois este sempre foi um sonho para ela. Estivemos em todos os ensaios. Não foi fácil, tivemos de percorrer cerca de 200 quilômetros, para vir e voltar. Em alguns dias, com o trânsito, ficamos até quatro horas na estrada”, lembra a professora Ireni da Silva Menezes, 41 anos, mãe de Júlia.

A estrada também fez parte da rotina do doceiro Everton Alves, 56 anos, e de Silvana Alves de Souza, 42 anos. Moradores em Mongaguá, eles são veteranos na Encenação. “Em 2014 vim assistir ao espetáculo e fiquei encantado. Então, decidi me inscrever. Neste ano estou indo para a minha terceira participação”, conta Everton. “Estou aqui na Arena desde 2010, participando como atriz da comunidade. Não tenho palavras para descrever este momento único”, completa a manicure Silvana. Os dois estão no núcleo da Loucura.

Em sua 7ª participação, a praia-grandense Maria Celsa Santos Pupo, 64 anos, dispensa qualquer compromisso para fazer parte do evento. “Quando chega o período de inscrição, venho imediatamente garantir presença na Encenação. Cancelo qualquer compromisso para estar aqui”, afirma. Ela será porta-bandeira no núcleo da Corte. Moradora em Santos, Maria de Fátima Larsson, 54 anos, amplia o quadro de atores que vêm de outras cidades. “Será a minha primeira vez como atriz. Sempre quis participar do evento. Neste ano estou realizando o meu sonho”, comemora.

 

Segue até domingo o 3º Festival de Tatuagem de São Vicente

Por Prefeitura de São Vicente

Com caráter beneficente, o 3º Festival de Tatuagem de São Vicente reunirá mais de 100 artistas de todo o Brasil. Amantes deste meio artístico, além de poderem ajudar o Fundo Social de Solidariedade do Município, terão três dias de entretenimentos para todas as idades. Workshops, oficinas, exposições, área gastronômica, feira de vinis e espaço kids são algumas das atrações do evento que acontecerá nos dias 18, 19 e 20 deste mês, das 11h às 22h, nas dependências da faculdade UNIBR São Vicente (Av. Capitão Mor Aguiar, 798 – Centro).

O ingresso custa R$ 20,00, mas há a opção da meia-entrada social, de R$10,00 mais um quilo de alimento não perecível (exceto açúcar e sal). Todos os alimentos arrecadados serão destinados ao Fundo Social de Solidariedade de São Vicente. Há dois pontos de venda de ingressos: loja The New Custom (Rua São Luís, 17, Centro) e estúdio Santos City Tatto, do Shopping Miramar, este em Santos (Rua Euclides da Cunha, 21, loja 97, Gonzaga).

A programação começou nessa sexta-feira. A organização do evento é do estúdio Redh Tatto Exclusive e ECT Brasil, com parceria da faculdade UNIBR São Vicente. Apoio da Secretaria de Saúde (Sesau), da Secretaria de Cultura (Secult), de Wellington Kudlinski (estúdio White Head Tattoo Supply), Fabio Hutterer, Edu Montejano, da marca The New Custom, da Rádio 013FM (100,7 Mhz) e da Chilli Beans 013. Confira a programação de sábado e domingo:

19/jan – Sábado
> 14h – Workshop com Kreyner Laskala;
> 17h – DJ Leon;
> 20h – Banda Ratos de Porão.

20/jan – Domingo
> 16h – Início do julgamento do concurso;
> 20h – Premiação do Miss Tattoo Verão 2019;
> 20h30 – Show da Garage Fizz.

Em São Vicente, bloco ‘O Bicho Pegô’ está com ensaios abertos para munícipes

Prefeitura de São Vicente

Quer desfilar e dançar pelas ruas de São Vicente em pleno Carnaval? Então não pode perder a oportunidade que o bloco carnavalesco “O bicho pego” está oferecendo. O grupo está recrutando pessoas interessadas em participar no desfile do dia 4 de março. O ensaio aberto está marcado para a segunda-feira (21/jan) das 19h às 21h, no Ilha Porchat Clube (Alameda Gonçalves, 61, Ilha Porchat).

Os integrantes do grupo pedem aos interessados que levem um produto de higiene para ser doado ao Fundo Social de Solidariedade (FSS), que ficará responsável por destinar a pessoas com câncer. Os participantes aprenderão coreografias novas e antigas do grupo que já tem mais de 20 anos de trajetória.

Os demais ensaios acontecerão das 19h às 21h, às segundas, no Ilha Porchat Clube (até o dia 25/fev). Podem participar pessoas de todas as idades. Os ensaios acontecerão até o desfile previsto para 4/mar. Fundado em 1997, o grupo de dança vivenciava à época o auge do axé.

Exposição fotográfica ‘Relicário’ segue em última semana no IHGSV

Prefeitura de São Vicente

Da fotógrafa Sibylla Ventura, a exposição ‘Relicário’ segue até esta semana no Instituto Histórico e Geográfico de São Vicente (R. Frei Gaspar, 280, Centro). A mostra gratuita continua aberta a visitação das 8h às 17h até 17/jan (quinta-feira). A ação tem o apoio da Prefeitura via Secult.

A origem da exposição começou em 2016, quando a artista visitava o Orquidário de Santos com os avós que completavam 60 anos de casados. Com uma câmera em mãos, decidiu registrar o afeto do par: o resultado foi um ensaio virtual despertando o interesse e a admiração de muitos.

Após o falecimento do avô, Sibylla decidiu perpetuar por meio de cliques a essência e beleza dos idosos do Lar Vicentino. Ali, as imagens elevam a autoestima dos idosos, com caracterização, maquiagem e cenografia, além de possuir fotos documentais, que esboçam a realidade e o dia-a-dia dos idosos no Lar.

A fotógrafa divide os ensaios em dois dias para se adequar aos horários de lanche dos moradores. Muitos dos modelos possuem mal de Alzheimer ou limitações físicas, por isso o cenário é cuidadosamente planejado para pessoas em cadeiras de rodas e usuários de andador, para que todos sejam incluídos.

Nos dias de fotografar existe toda uma ambientação para deixá-los confortáveis, playlists com músicas são elaboradas, que remetem ao tema das fotos e a época dos idosos. Eles se surpreendem com as fotos impressas e mostram comoção com o resultado: “Durante os dois anos de projeto tive que aprender a lidar com a perda de alguns deles, a cada ensaio já não temos a presença de alguns dos anteriores. Enfim, é um aprendizado constante”.

Confira programação de shows do Litoral Festival de São Vicente

Por Lincoln Spada

São Vicente recebe até janeiro a nova edição do Litoral Festival, na Praia do Itararé, com shows a partir das 19h. No próximo sábado (22/dez), haverá shows de Anitta e Gustavo Mioto. No calendário, também estão previstos shows de: Jorge e Matheus (27/dez), Ferrugem e Dilsinho (28/dez), Marília Mendonça (5/jan), Alok (12/jan) e Wesley Safadão e atração surpresa (25/jan).

O evento é uma realização do grupo Eventos Litoral com apoio da Prefeitura, Brisamar Shopping e Fortec, tendo a Skol como cerveja oficial. Os ingressos variam nos valores de R$ 30 (pista), R$ 60 (pista premium), R$ 90 (camarote gold). Também há valores de lotes promocionais para todos os dias do evento.

As entradas podem ser adquiridas no site Guichê Web (https://www.guicheweb.com.br/ingressos/8909) e em São Vicente, na bilheteria do local, na Loja Restrito (R. João Ramalho, 630), no Brisamar Shopping (R. Frei Gaspar, 365) na loja Zebra e no quiosque local, na Della Centro SV (R. Frei Gaspar, 531).

Também há ingressos nas lojas Della de Santos, nos bairros da Ponta da Praia (R. Bassim Nagib Trabulsi, 64), do Gonzaga (Av. Ana Costa, 549) e da Vila Belmiro (Av. Carvalho de Mendonça, 289), além da loja de Cubatão (Av. 9 de Abril, 2484). A Proplastik tem entradas à venda nas lojas de Guarujá (Av. Tiago Ferreira, 286) e de Praia Grande (Av. Pres. Kennedy, 7137). Por fim, as entradas também podem ser compradas nas lojas Hood Multimarcas (Shopping Miramar/Santos) e Nosso Canto Bar & Grill (Av. Almirante Tamandaré, 284).

De São Vicente, escritores mirins realizam tarde de autógrafos

Por Prefeitura de São Vicente
.
As primeiras letras ainda estão sendo conhecidas, o que não impede uma galerinha com idade entre 4 e 5 anos de participar da tarde de autógrafos que acontece nesta terça-feira (5). Sob a orientação das professoras, os 250 alunos da EMEI Carlos Caldeira (Praça Armindo Ramos, s/n – Samaritá) produziram livros com histórias coletivas.
.
O título é o mesmo por turma, mas a edição é personalizada, com ilustrações de cada criança que ajudou na produção textual. Para a tarde de autógrafos, 33 alunos estarão presentes.
.
O evento, que vai das 14 às 16h, é a fase final do projeto de leitura “Metamorfose da escrita: transformando sonhos em livros”. Realizada desde o ano passado, a iniciativa tem por objetivo incentivar a produção textual, com livros editados e publicados pela Editora Estante Mágica.
.
As atividades desenvolvidas ajudaram a despertar o interesse pela leitura e também a desenvolver o lado criativo, através da escrita e ilustração. Assim, os alunos sentem na pele como é ser um escritor.