Arquivo da tag: unisanta

TEP-Unisanta inicia festa de 50 anos com exposição até dia 28

Por Rodrigo Florentino

O Teatro Experimental de Pesquisas da Universidade Santa Cecília (TEP-Unisanta) iniciará as celebrações do seu 50º aniversário de criação com a abertura da exposição ‘TEP 50 ANOS’. Junto de uma sessão de curta-metragem, a mostra começou no último dia 11 e segue até 28/mar, na Galeria de Arte da Unisanta (R. Oswaldo Cruz, 277/Santos).

A exposição é composta por dois painéis de grandes dimensões criados pelo designer Rafael Branco, que mostram boa parte da trajetória do grupo, documentada por fotos de arquivo, material jornalístico e gráfico sobre suas principais montagens. Também há 50 fotografias de cenas de espetáculos realizados pelo grupo ao largo destes anos, clicadas por renomados fotógrafos. São eles: Antonio Abreu, Biga Appes, Delba Baraldi, Denise Braga, LF Mutti, Rafael Branco, Simone Soffredini e Tito Wagner.

Complementam a exposição 46 cartazes de espetáculos montados pelo grupo, criados em sua maioria pela designer Marcia Okida, e alguns figurinos e adereços, também de trabalhos da companhia, assinados por Lindalva Parorini e Gilson de Melo Barros. A exposição estará aberta ao público até o dia 28 de março, podendo ser visitada nos períodos da manhã e noite. Informações: Gilson de Melo Barros (99172-3122 e gilson61barros@hotmail.com).

O TEP-Unisanta

Criado no final dos anos 60 em plena ditadura militar, o grupo “sobreviveu” à história, passando por vários processos de criação em que se destacaram notáveis montagens teatrais, além de atividades audiovisuais que lhe valeram destaque em eventos cinematográficos. Viagens internacionais e prêmios em festivais locais, estaduais e nacionais também marcaram sua trajetória, tornando o grupo uma das referências do fazer teatral da nossa região.

Neste período, inúmeros artistas passaram pelo TEP . Entre eles, Toninho Dantas (agitador cultural), Domingos Fuschini (figurinista e maquiador) e Zéllus Machado (ator e animador cultural). Valiosas também, entre tantos outros que por seus quadros transitaram, as participações de Nanci Alonso (uma das fundadoras do grupo e criadora do GAPA/BS), Miguel Hernandez (ator de diretor teatral) e Marco Antonio Rodrigues (diretor teatral e ex- secretário de cultura de Santos).

 

TEP/Unisanta faz teste de elenco para nova peça ‘Oração aos Moços’

Por Gilson de Melo Barros

O Teatro Experimental de Pesquisas (TEP/Unisanta) realiza audição neste próximo domingo (10/fev), às 15h, para conformação de elenco para a sua próxima montagem, ‘Oração aos Moços’. O teste será na Rua Oswaldo Cruz, 266, sala D52. Não há necessidade de inscrição prévia.

‘Oração aos Moços’ é um discurso qualificado como um testamento político de Rui Barbosa. O político e diplomata reflete no discurso os seus 50 anos como jurista, como um pai que ensina aos filhos a partir de suas próprias experiências e reflexões. Neste caso, a prole seria a turma de Direito do Largo São Francisco que o convidara para ser paraninfo da formatura.

Impossibilitado por recomendação médica, em 1921, o texto foi lido por outro docente. Em suas palavras, aborda sobre a importância de não serem inertes, das diferentes classes, das desigualdades sociais, da necessidade da crítica, da relação entre trabalho e moralidade, da ética profissional, entre outros temas.

 

Projeto Arte Consciente leva muralismo até ‘Sobre as Ondas’

Por Prefeitura de Guarujá

O passeio por Guarujá ganhou um atrativo a mais. Além das belas praias, monumentos históricos e museus, a Cidade está investindo no Muralismo. O projeto municipal Arte Consciente tem valorizado a área urbana com murais que retratam a história e a beleza da Cidade.

Desde fevereiro, quatro grandes intervenções já foram feitas no Município. A mais recente se encontra na Avenida General Rondon (entre as praias de Pitangueiras e Astúrias). Quem passa pela região chamada de ‘Sobre as Ondas’ se surpreende com a riqueza dos detalhes artísticos do mural de 260 metros.

A obra faz referência aos nordestinos que ajudaram a construir a Cidade. Eles são representados através da pintura do reisado sergipano. Outra referência foi a homenagem ao ‘pai da aviação’, Santos Dumont, que, segundo relatos, passava as férias na ilha. É possível contemplar pinturas de esportes ao ar livre e a paisagem bucólica dos barquinhos no canto das Galhetas (Astúrias).

Os trabalhos são realizados por Almeida Reis, pós-graduado em Artes Visuais (Unisanta) e especialista em pinturas de murais. Reis também dá aulas na rede municipal e, foi destaque na exposição internacional Elephant Parade. “A arte é necessária para a vida. Ela encanta, instrui e confronta. Nós artistas e futuros artistas de todas as áreas precisamos de políticas públicas como esta que apoia nossas ações”.

Outras três intervenções já foram entregues na Cidade desde o início do ano: na Creche Anna Juliana Tybor Passaes (Al. das Margaridas x Av. Santos Dumont); na Rua Quintino Bocaiúva (atrás da Delegacia de Política); e no Viaduto Floriberto Mariano.

 

Curso de Formação de Escritores conquista Troféu ProLer

Por Secult Santos

O Curso Livre de Formação de Escritores, realizado pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult) no Centro de Atividades Integradas (Cais) Milton Teixeira (Av. Rangel Pestana, 150, na Vila Mathias), conquistou na última quinta-feira (26), o Troféu ProLer na categoria Secretaria de Cultura. A premiação ocorreu no evento ProLer/Baixada Santista – Unisanta.

“Ganhar essa categoria reforça o papel que a Cultura tem na promoção e incentivo à escrita literária, leitura e ao livro. Santos tem um papel estratégico no cenário regional. Receber esse prêmio indica que o desenvolvimento artístico e humano da nossa comunidade ganha motivação com reconhecimentos dessa natureza”, afirma a servidora pública Milena Graziela, uma das idealizadoras do curso ao lado da escritora Carolina Zuppo Abed.

Coordenado pelo Núcleo Incentivo à Palavra, do Departamento de Formação e Pesquisa Cultural (Deforpec), da Secult, o curso realizou sua primeira edição este ano e ofereceu aulas gratuitas para 20 alunos, com corpo docente formado por escritores como André Argolo, Mauricio Salles Vasconcelos e Roberto Taddei, além de convidados como Alessandro Atanes e Marcelo Ariel.

Separadas em módulos, as aulas buscam instigar os participantes a escrever e refletir sobre textos de ficção, não ficção e poesia. O curso ainda oferece workshops voltados para possibilidades concretas de publicação das obras.

ProLer

Criado em 1994 em parceria com a Universidade Santa Cecília, por iniciativa da Reitora Profª. Drª. Sílvia Ângela Teixeira Penteado, e atualmente coordenado pela Profª. Conceição Dante, o comitê do ProLer promove cursos de aperfeiçoamento profissional para professores das redes municipal, estadual e particular de ensino, estudantes e demais interessados pela leitura. Também promove oficinas relacionadas ao incentivo à leitura e práticas leitoras. Outras informações na página http://www.unisanta.br/Estrutura/Proler

 

Ciclo de estudos do TEP conta com oficina de dança meditativa

Por TEP/Unisanta
.
No ciclo cítrico de teatro ‘O Corpo de Afrodite’, do Teatro Experimental de Pesquisas (TEP/Unisanta), acontece a oficina de prática corporal ‘Dança Meditativa’, de Samaa Hamraa. A atividade gratuita será neste sábado (21/out), das 10h às 12h, na universidade (Rua Oswaldo Cruz, 255, sala D52/Santos).
.
Samaa iniciou seus estudos na dança do ventre em 2005 e em 2008 começou a ministrar aulas. Em 2017 desenvolveu a dança meditativa, método de orientação no processo de autoconhecimento e autocura através dos movimentos da dança do ventre.
.
Um mergulho interior, resgatando, resignificando e liberando emoções e sentimentos e traumas, fazendo com que a dança meditativa tenha um resultado terapêutico. A consciência corporal obtida nos exercícios e passos de dança promovem o autoconhecimento, a atenção para o seu mundo interior, a aceitação de si mesma, o discernimento de separar o que vem da sua essência do que vem de fora e assim se libertar.
.
Ouvindo os próprios sentimentos, valorizando as próprias experiências e se assumindo como um ser único é possível entender em que parte do processo de liberação está para poder finalizá-lo de uma forma saudável. O grupo orienta que o aluno venha com roupa confortável para a prática corporal.

Arlaine Gomes ministra próxima oficina do projeto ‘O Corpo de Afrodite’

Por TEP/Unisanta
.
Celebrando seus 50 anos, o Teatro Experimental de Pesquisas (TEP/Unisanta) promove o ciclo cítrico de teatro ‘O Corpo de Afrodite – O feminino na arte’. Neste sábado, das 10 às 12h, será a vez do segundo módulo, com oficina gratuita de prática corporal na Universidade Santa Cecília (R. Oswaldo Cruz, 266, sala D52/Santos).
.
A atividade será ministrada por Alaine Gomes, que também abordará sobre discussões e práticas sobre o feminino na arte. A arte-educadora agrega valores na ação formativa, por seus conhecimentos de dança clássica às investigações desenvolvidas em sua permanência no Balet Stagium.
.
Ainda, em sua trajetória, teve contato Silvy Lagache e as teorias em voga que estudam o movimento como consequência da respiração, ligando-o à essência humana, como a Eutonia e o Ai Ki Do.

Núcleo de Pesquisa realiza atividades sobre o teatro físico

Por Secult Santos | Foto: Rodrigo Montaldi

Contemplado pelo 5º edital do Fundo de Assistência à Cultura (Facult), o projeto ‘O Ator Silencioso – Abertura de processo do Núcleo’, do Núcleo de Pesquisa em Teatro Físico CIAES, traz programação voltada para o estudo da área teatral e dos movimentos corporais interpretativos. O evento, que ocorre no Casarão Santa Cruz (Rua Almeida de Morais, 45, Vila Mathias), tem entrada gratuita e ocorre neste fim de semana.

No sábado (11), às 18h, ocorre mesa redonda com a participação de Luis Louis e Vinícius Piedade, que abordam a importância do trabalho físico para os atores. Já no domingo (12), das 14h às 18h, estudantes de teatro e atores participam da oficina de pantomima, gênero da mímica clássica que tem como objetivo contar histórias sem o uso da palavra, com o ator e mímico Ernani Sequinel.

Mais tarde, às 19h, o público assiste aula com integrantes da CIAES, que explicam como é o processo de pesquisa e treinamento do grupo, com demonstração de exercícios e apresentação de cenas. Outras informações na página http://www.facebook.com/mimicaciaes. O processo de estudo também tem o apoio do ‘Casarão Santa Cruz – Espaço de Arte’ e da Universidade Santa Cecília.

Grupo

Sediado em Santos, o Núcleo de Pesquisa em Teatro Físico CIAES foi criado em 2013, pelo ator e mímico Ernani Sequinel. Hoje tem a participação dos também atores Daniel Sette e Natan Brith. Por meio de estudos e treinamentos, o trio desenvolve pesquisas práticas e teóricas, sobre o teatro físico e suas contribuições para a formação do ator.